Eletrocardiograma em animais: você sabe o significado das ondas e intervalos?

Durante a avaliação do eletrocardiograma, as ondas e intervalos são mensurados, mostrando informações sobre a condição do coração do paciente

Eletrocardiograma em animais: você sabe o significado das ondas e intervalos?

O eletrocardiograma (ECG) é o registro gráfico da atividade elétrica do coração, em que as ondas e os intervalos vão simbolizar regiões específicas de passagem da onda elétrica. “O traçado eletrocardiográfico será marcado por um complexo de ondas e intervalos, representando a atividade elétrica no coração”, explica Luiz Eduardo Duarte de Oliveira, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Mestre em Ciências Veterinárias.

Durante a avaliação do eletrocardiograma, essas ondas e intervalos serão mensurados, mostrando informações sobre a condição do coração do paciente.

Atividade elétrica no coração, representando 1 ciclo (batimento) cardíaco.

Atividade elétrica no coração, representando 1 ciclo (batimento) cardíaco.

O complexo da figura acima é composto pelas seguintes ondas específicas:

- P: despolarização atrial, geralmente positiva. Em alguns pacientes pode ser bifásica ou até negativa, dependo da condição clínica associada.

- Q: despolarização do septo interventricular, sendo a primeira deflexão negativa.

- R: despolarização dos ventrículos, geralmente a maior onda é positiva.

- S: despolarização da base ventricular, sendo a segunda deflexão negativa.

- T: repolarização das células do miocárdio ventricular, podendo ser positiva, negativa ou bifásica.


O caminho do impulso elétrico para estimulação da despolarização das células do miocárdio inicia-se pelo nó sinusal, passando pelos átrios, indo até o nó atrioventricular, descendo pelo septo interventricular (feixe de His), alcançando a parede livre e a base do miocárdio ventricular.

Os intervalos (tempos) mostram também informações sobre a atividade elétrica no coração. Veja a seguir:

1. Intervalo P-R: tempo de condução do impulso elétrico do nó sinusal ao nó átrio ventricular.

2. Intervalo Q-T: passagem do impulso elétrico, desde a despolarização até a repolarização do miocárdio ventricular.

3. Intervalo S-T: tempo para acontecer à fase lenta da repolarização.


Aprenda mais sobre esse assunto na área Cardiologia de Cães e Gatos do VET Profissional, com o Prof. M. Luiz Eduardo Duarte de Oliveira, Mestre em Ciências Veterinárias pela Universidade Federal de Lavras (UFLA). O VET Profissional é a plataforma de aperfeiçoamento mais completa para Médicos Veterinários e estudantes de Veterinária, com milhares de vídeos e centenas de livros digitais, para aprender rápido e salvar mais vidas. Tenha acesso ilimitado a centenas de aulas práticas, cursos online, casos clínicos e casos cirúrgicos na palma da sua mão!

Receba Mais Informações