Exsudato fibrinoso em animais: você sabe o que é?

Exsudato é uma resposta do organismo aos danos sofridos nos tecidos, é um processo responsável por fornecer nutrientes essenciais para a cicatrização da lesão

Exsudato fibrinoso em animais: você sabe o que é?

Exsudato é uma resposta do organismo aos danos sofridos nos tecidos, é um processo responsável por fornecer nutrientes essenciais para a cicatrização da lesão, ativando o metabolismo celular e regulando a umidade da região lesada.

Os exsudatos são classificados de acordo com o que se predomina nas lesões, expressando o tipo de agente etiológico que causa a resposta inflamatória.

O aspecto macroscópico é muito mais eficaz para se classificar um exsudato. “O microscópico pode variar consideravelmente dentro de uma lesão particular, dependendo da área da lesão selecionada para o exame histológico”, explica João Paulo Machado, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Doutor em Medicina Veterinária.


Exsudato fibrinoso

O exsudato fibrinoso acontece quando há predomínio de fibrina nas lesões. Ocorre em espaços corpóreos, onde há cavidades (cavidade abdominal, pulmão, coração), associados a agressões graves do endotélio ou de toda parede do vaso.

Macroscopicamente apresenta-se como uma inflamação opaca, rugosa, amarela-acinzentada, podendo ter um aspecto leitoso.

Microscopicamente a fibrina assemelha-se a uma rede ou teia de aranha. Ela é uma molécula polimerizada, filamentosa, com coloração variando de levemente basofílica a acidofílica.

A pericardite fibrinosa pode formar também um aspecto de “pão com manteiga”. Quando há presença de pus no exsudato, classifica-se como inflamação fibrinopurulenta.


Exemplos clínicos em que predominam o exsudato fibrinoso:

- Placa brancacenta e aderida que se forma na superfície das úlceras cutâneas.

- Peritonites sépticas.

- Deposição localmente extensiva de substância amarelada e bem aderida na parede do cólon.

- Pneumonias bacterianas.

- Deposição de material filamentoso e amarelado em todas as serosas (pleura, pericárdio, peritônio).


Aprenda mais sobre esse assunto na área Patologia Geral - Histopatologia do VET Profissional, com o Prof. Dr. João Paulo Machado, Doutor em Medicina Veterinária – Patologia Animal pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). O VET Profissional é a plataforma de aperfeiçoamento mais completa para Médicos Veterinários e estudantes de Veterinária, com milhares de vídeos e centenas de livros digitais, para aprender rápido e salvar mais vidas. Tenha acesso ilimitado a centenas de aulas práticas, cursos online, casos clínicos e casos cirúrgicos na palma da sua mão! 

Receba Mais Informações