Fisioterapia animal: trabalho conjunto entre o dono e o fisioterapeuta

Podemos dizer que a fisioterapia não se limita ao tratamento na clínica. Algumas vezes é necessário que os proprietários colaborem 100% com o tratamento em casa

Fisioterapia animal: trabalho conjunto entre o dono e o fisioterapeuta   Artigos VetProfissional

 

Assim como em qualquer área da Medicina Veterinária, a fisioterapia depende de um trabalho em equipe entre o profissional e o proprietário do animal. O profissional deve confiar que o proprietário seguirá todas as recomendações para que o tratamento do paciente obtenha sucesso.

“Por isso, podemos dizer que a fisioterapia não se limita ao tratamento na clínica. Algumas vezes é necessário que os proprietários colaborem 100% com o tratamento em casa”, afirma Ana Carolina Silva Faria, Professora do VetProfissional.

Entre as terapias sugeridas pelo médico veterinário que podem ser feitas pelo proprietário em casa, é possível recomendar:


• Massagens.
• Alongamentos.
• Crioterapia (15 minutos por sessão).
• Movimentos passivos.
• Simulações de caminhada.

Essas terapias podem ser recomendadas com a frequência de 2 até 3 x ao dia. Quadros de rigidez articular causados pela não colaboração de proprietários durante o tratamento de pacientes são sérios, atrasam a terapia e fazem com que as sessões sejam mais sacrificantes para os pacientes.

Há diversos casos em que pacientes com problemas neurológicos e ortopédicos que não receberam alongamento e movimentos de mobilização passiva recomendados pelo médico veterinário.

Aprenda mais sobre fisioterapia animal, na disciplina Reabilitação Ortopédica I disponível no VetProfissonal, a mais moderna ferramenta de capacitação para médicos veterinários e estudantes de veterinária disponível no mercado, com a qual você obterá todos os conhecimentos necessários para garantir o bem-estar dos animais e alcançar êxito em sua profissão.

Receba Mais Informações