Precisando medicar pássaros? Saiba como proceder por via oral

Para aplicar uma medicação por via oral em aves, pode-se usar uma seringa de precisão, principalmente em ave de pequeno porte, para que a dosagem correta não seja ultrapassada

Precisando medicar passarinhos? Saiba como proceder por via oral   Artigos VetProfissional

 

Para aplicar uma medicação por via oral em aves, pode-se usar uma seringa de precisão, principalmente quando o paciente for uma ave de pequeno porte, para que a dosagem correta não seja ultrapassada. Para aplicações feitas diretamente no inglúvio, são necessárias sondas as quais são introduzidas através do canal oral da ave.

A via oral é a via fisiológica de ingestão do animal, portanto, quando um suplemento vitamínico ou algum fármaco que pode ser tóxico é ministrado através dela, há uma chance maior de o excesso da sustância fornecida ser eliminada com mais eficiência do que por uma via parenteral. Além disso, ela é menos invasiva, o que a torna menos estr4essante para animais dóceis.

Quando a ave está ativa, é possível ministrar a medicação formando uma gota na ponta da seringa e levando ao seu bico. É preciso ter cuidado para não lançar um jato pela traqueia, o que poderá provocar engasgos.

Em aplicações com sondas, deve-se preencher o tubo acoplado à seringa com o líquido para não encher de ar o inglúvio do animal. Estique o pescoço da ave para que o esôfago fique reto e introduza a sinda pelo lado esquerdo, mas no sentido do lado direito da cavidade oral.

Aprenda mais sobre Manejo de lagomorfos e pequenos roedores em cativeiro no Curso Online Clínica e Manejo de Animais Silvestres e Pets Exóticos, disponível no VetProfissonal, a mais moderna ferramenta de capacitação para médicos veterinários e estudantes de veterinária disponível no mercado, com a qual você obterá todos os conhecimentos necessários para garantir o bem-estar dos animais e alcançar êxito em sua profissão. 

Receba Mais Informações