Proteção radiológica: cuidados essenciais para o bem-estar e saúde do paciente, tutor e profissional

Ao se utilizar o raio-X, precisa haver a consciência sobre como se proteger da radiação, pois esta tem efeitos, principalmente, em células de alta divisão

Proteção radiológica: cuidados essenciais para o bem-estar e saúde do paciente, tutor e profissional

Quando se trata de radiação, os cuidados para proteger o paciente, o tutor e o funcionário são imprescindíveis. Para minimizar as doses a pacientes e trabalhadores, empregando os métodos razoáveis existentes, foi criado um princípio de segurança de radiação denominado ALARA (As Low As Reasonably Achievable - “tão baixo quanto razoavelmente possível”).

Este princípio objetiva o MÁXIMO de informação diagnóstica com a MENOR exposição possível do paciente/tutor/funcionários”, explica Sâmara Turbay Pires, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Doutora em Biociência Animal e Mestre em Diagnóstico por Imagem.

 

Efeitos da radiação ionizante no DNA.

Efeitos da radiação ionizante no DNA.


A ionização do DNA pode levar a amplificação biológica, com as seguintes consequências:

• Aumento da taxa de mutação.
• Aumento da taxa de abortos ou anomalias fetais.
• Aumento da suscetibilidade a doenças.
• Aumento do risco de câncer.
• Aumento da formação da catarata.


Os equipamentos de proteção radiológica

Iniciamos a proteção pelo ambiente da sala radiográfica, que deve conter:

Parede baritada: blinda o ambiente que utiliza equipamentos emissores de raios x.
Portas com placa de chumbo: impede que a radiação atravesse a parede e as portas e chegue até o ambiente externo.
Biombo de chumbo: protege a pessoa que dispara o raio-X.


Já nos equipamentos de proteção individual, precisamos de:

Dosímetro: mede a exposição de um indivíduo à radiação, ruído, vibração e produtos químicos específicos durante um período de tempo.
Luva plumbífera: protege as mãos de quem segura o animal da exposição à radiação.
Protetor de tireoide: protege da radiação direta no pescoço.
Óculos plumbíferos: impede a penetração nos olhos de raios-x ionizantes.
Colete plumbífero: protege todo o abdómen e o tórax.

Outro equipamento que também se faz necessário é a Gaveta Potter Bucky ou Porta-chassi. Essa gaveta fica abaixo da mesa radiográfica. Possui alguns filetes de chumbo e alumínio que, quando vibram, permitem a filtragem da radiação dispersa. Ajuda tanto na qualidade da imagem, quanto na proteção de quem está na sala de raios-X.


Aprenda mais sobre esse assunto na área Diagnóstico por Imagem de Cães e Gatos do VET Profissional, com a Prof.ª Dr.ª Sâmara Turbay Pires, Mestre em Diagnóstico por Imagem e Doutora em Biociência Animal, pela Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos na Universidade de São Paulo (USP). O VET Profissional é a plataforma de aperfeiçoamento mais completa para Médicos Veterinários e estudantes de Veterinária, com milhares de vídeos e centenas de livros digitais, para aprender rápido e salvar mais vidas. Tenha acesso ilimitado a centenas de aulas práticas, cursos online, casos clínicos e casos cirúrgicos na palma da sua mão!

Receba Mais Informações