Quanto mais luz mais botam as galinhas, você sabia?

Para botar, as aves precisam de boa quantidade e intensidade de luz. Somente assim terão a hipófise e o hipotálamo estimulados para a postura de ovos

Quanto mais luz mais botam as galinhas, você sabia?   Artigos VetProfissional

Para botar, as aves precisam de boa quantidade e intensidade de luz. Somente assim terão a hipófise e o hipotálamo estimulados para a postura de ovos. “Para poedeiras, a intensidade de luz necessária é de 20 lux (lux é a unidade de medida de intensidade luminosa)”, explica Marcelo Dias da Silva, Médico Veterinário e professor do VET Profissional, que é Doutor em Zootecnia e Mestre em Agroquímica.

I- Influência da luz sobre a ovulação


O processo de ovulação é diretamente influenciado pela luz que interfere no eixo hipotálamo-hipófise influenciado as gônadas e os hormônios sexuais.

Influência da luz sobre a ovulação VetProfissional

Então, a luz vai influenciar diretamente o hipotálamo e, com isso, o hormônio estimulante das gonadotrofinas vai atuar sobre a hipófise, levando à produção dos hormônios folículo estimulante (FSH) e luteinizante (Lh). Esses hormônios atuam sobre o ovário esquerdo das aves, permitindo, assim, a ovulação a cada ciclo de um ovo.

II- Fotoperíodo

Um fotoperíodo crescente estimula a maturidade sexual, enquanto que fotoperíodos negativos, como outono e inverno, vão inibir a postura, o que torna necessária a utilização da luz artificial.

III- Produção de Lh
Assim como a luz e a intensidade de luz são essenciais para postura, a fase de escuridão também o é. Portanto, 8 horas após a transição da luz para a escuridão, nas aves, aumenta-se o Lh do sangue de 3 a 4 ng/ml.

IV- Postura
A postura está ligada à prostaglandina (PGF) e ocitocina, e vai ocorrer 24-26 horas após a ovulação.

V- Andrógenos
Os hormônios andrógenos também são produzidos pelas fêmeas, em níveis diferentes dos produzidos pelos machos, e vão ser responsáveis por características sexuais secundárias, como tamanho de crista e produção de folículos pré-ovulatórios.

VI- Estrogênio
Produzido por folículos em desenvolvimento, o hormônio estrogênio, em aves, aumenta a captação de cálcio no intestino, o acúmulo da gordura corporal e também promove a expansão dos ossos púbicos. No fígado, esse hormônio estimula a produção de lipoproteínas (gema), ao mesmo tempo em que inibe o Lh e o FSH.

VII- Progesterona
A progesterona, que também está ligada ao metabolismo do cálcio, é produzida por folículos pré-ovulatórios. Ela permite o crescimento do oviduto e estimula os hormônios Lh e FSH e a produção da secreção de albume.


Aprenda mais sobre esse assunto na área Aves Domésticas – Produção e Principais Doenças do VET Profissional, com o Prof. Dr. Marcelo Dias da Silva, Doutor em Zootecnia pela Universidade Federal de Viçosa e Mestre em Agroquímica também pela Universidade Federal de Viçosa. O VET Profissional é a plataforma de aperfeiçoamento mais completa para Médicos Veterinários e estudantes de Veterinária, com milhares de vídeos e centenas de livros digitais, para aprender rápido e salvar mais vidas. Tenha acesso ilimitado a centenas de aulas práticas, cursos online, casos clínicos e casos cirúrgicos na palma da sua mão!

Receba Mais Informações