Sêmen de garanhões: como preparar o ejaculado para o congelamento?

Na reprodução equina, a técnica de congelamento de sêmen de garanhões permite sua preservação para uso futuro ou comercialização

Sêmen de garanhões: como preparar o ejaculado para o congelamento?

O congelamento é feito em laboratório, onde os materiais que serão utilizados no procedimento devem estar devidamente preparados para receber o material coletado. “Contudo, antes de ser congelado, o conteúdo ejaculado deve ser analisado”, explica Bruna de Freitas, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestre e Doutora em Medicina Veterinária.

Após a coleta deve-se avaliar o sêmen quanto à:

• Motilidade e vigor.

• Concentração.

• Volume.

A avaliação é feita por meio de análise do ejaculado no microscópio. Feito isso, pegue uma segunda alíquota do ejaculado para fazer a diluição da concentração do sêmen na solução depositada no tubo ependorf. Deposite uma gota do ejaculado no tubo ependorf com solução formol salina.

Preencha a Câmara de Neubauer, de ambos os lados, com a solução diluída do ejaculado. Após preencher a Câmara de Neubauer com o ejaculado diluído, é necessário aferir o volume da amostra e, posteriormente, fazer a estimativa da quantidade total de espermatozoides presentes no ejaculado.

Uma vez que se descobre o número de espermatozoides contidos no ejaculado total, é possível estimar a quantidade de palhetas com sêmen que deverão ser congeladas.

Após a avaliação da qualidade seminal e estimativa prévia do número de paletas que serão congeladas, deve-se diluir o sêmen em meio a leite desnatado na porção de 1:1.

Após a diluição, divida o sêmen diluído em tubos falcon a fim de encaminhá-los para centrifugação. Os tubos falcon devem ser preenchidos completamente com o sêmen diluído, isto é, até a borda, quando possível. Tampe os tubos e leve até a centrífuga.

A centrifugação do sêmen diluído tem como objetivo separar a fração rica em espermatozoides do plasma seminal.

Após a centrifugação, é possível observar a formação de pellet no fundo do tubo falcon. Esse pellet corresponde à porção rica em espermatozoides. O sobrenadante consiste no plasma seminal que deve ser retirado de todos os tubos que foram centrifugados.

Após a adição do volume final do meio de congelamento e preenchimento das palhetas a ser congeladas, é necessário fazer o envase das palhetas.


Aprenda mais sobre esse assunto na área Reprodução Equina do VET Profissional, com os professores: Prof.ª Dr.ª Maria Gazzinelli, Mestre e Doutora em Zootecnia, Reprodução Animal, pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), especialista em equinos; Prof. Dr. Márcio Menezes, Mestre em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa, especialista em foliculogênese e endocrinologia do estral, análises hormonais, criopreservação de sêmen, inseminação artificial e transferência de embriões equinos; Prof.ª Dr.ª Bruna de Freitas, Mestre e Doutora em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa, especialista em fisiopatologia da reprodução animal, ginecologia e andrologia animal e biotécnicas aplicadas à reprodução animal. O VET Profissional é a plataforma de aperfeiçoamento mais completa para Médicos Veterinários e estudantes de Veterinária, com milhares de vídeos e centenas de livros digitais, para aprender rápido e salvar mais vidas. Tenha acesso ilimitado a centenas de aulas práticas, cursos online, casos clínicos e casos cirúrgicos na palma da sua mão!

 

Receba Mais Informações