Tecido Epitelial de Revestimento: vamos conhecer suas características?

O tecido epitelial é formado por células justapostas, avasculares, com diversas funções como proteção, absorção, secreção, percepção de estímulos e contração

Tecido Epitelial de Revestimento: vamos conhecer suas características?

O tecido epitelial possui muitas funções, como proteção, absorção, secreção, percepção de estímulos, contração, entre outros. Quando está presente revestindo órgãos é classificado como tecido epitelial de revestimento.

No tecido epitelial, as células são contíguas, firmemente aderidas, e que formam lâminas cobrindo ou forrando o corpo”, explica Rosyane Souza Cruzeiro, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestre em Medicina Veterinária.

Todos os órgãos ocos, que possuem luz (como estômago, bexiga, esôfago), são revestidos com tecido epitelial de revestimento, assim como os vasos sanguíneos.

No tecido epitelial as células se agrupam densamente, ficam justapostas e observamos, entre as células, pequena ou nenhuma quantidade de secreção de uma matriz extracelular. Essa secreção é encontrada em maior quantidade na base da célula e recebe o nome de lâmina basal.

Outra característica importante dos tecidos epiteliais é que são desprovidos de vasos sanguíneos, ou seja, são avasculares, e suas células possuem grande capacidade de serem substituídas, estando em constante divisão por mitose.


Aprenda mais sobre esse assunto na área Histologia Veterinária do VET Profissional, com a Prof.ª M.ª Rosyane Souza Cruzeiro, Mestra em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). O VET Profissional é a plataforma de aperfeiçoamento mais completa para Médicos Veterinários e estudantes de Veterinária, com milhares de vídeos e centenas de livros digitais, para aprender rápido e salvar mais vidas. Tenha acesso ilimitado a centenas de aulas práticas, cursos online, casos clínicos e casos cirúrgicos na palma da sua mão!

Receba Mais Informações