VET Profissional: dicas para vestir os equipamentos cirúrgicos

É preciso atenção na hora de vestir os equipamentos cirúrgicos, de forma a evitar contaminações durante o procedimento operatório

VET Profissional: dicas para vestir os equipamentos cirúrgicos


Para a preparação de cirurgias em cães e gatos, é imprescindível estar atento a vários detalhes, que serão fundamentais para garantir que não haja qualquer tipo de contaminação ao animal por parte do veterinário. Após reunir a equipe, dentre outros procedimentos, é necessário vestir alguns equipamentos cirúrgicos.

Kelly Cristine de Sousa Pontes, professora do VetProfissional, afirma que essas práticas ajudam a prevenir a contaminação exógena do campo operatório, isto é, evita que ele seja contaminado antes do procedimento operatório.

Para que o veterinário possa vestir o avental, é preciso que a equipe o ajude e seja capacitada para desempenhar essa função. Os componentes da equipe devem:


- segurar o avental com as pontas dos dedos pelas dobras do decote, elevando-o do campo esterilizado e levando-o para fora da mesa;

- depois, ele deve ser aberto com movimentos firmes, para que as dobras se desfaçam, cuidando para que ele não entre em contato com outras pessoas da sala ou com objetos e locais não esterilizados;

- para vesti-lo é preciso segurá-lo pela parte interna do ombro, afastando-o do corpo e, com um movimento ligeiro para cima, introduzir ao mesmo tempo os dois braços, mantendo a extensão para cima;

- posicionar-se de costas para os ajudantes e solicitar ajuda para acertar as mangas. Eles, por sua vez, introduzem a mão pela parte interna do avental e puxam as mangas até que elas se acertem nos pulsos;

- esperar que os ajudantes amarrem as tiras ou fitas do decote do avental;

Para calçar as luvas


- abrir o pacote onde elas se encontram, expondo-as de modo que os punhos fiquem voltados para si;

- calçar a esquerda da seguinte maneira: segurando-a pela dobra do punho com a mão direita. Depois, os dedos da mão que já está enluvada devem ser introduzidos sob a dobra do punho da luva direita, calçando-a. Após calça-las, a dobra deve ser desfeita até que se cubra o punho da manga do avental.

- colocar os dedos da mão direita enluvada na dobra do punho da luva esquerda, repetindo o procedimento acima.

Há outra maneira de se realizar esse procedimento


- segurar o par de luvas pelas dobras e calçar a mão direita;

- introduzir a mão enluvada sob a dobra do punho da luva esquerda e calçar a mão esquerda;

- desfazer as dobras da forma descrita acima.

No preparo de qualquer procedimento cirúrgico, o veterinário e a equipe devem priorizar a segurança do animal e de toda a esquipe, cuidando também de todo o processo pré e pós-operatório.

Aprenda mais sobre Vestimenta Cirúrgica, na Disciplina Cirurgia de Cães e Gatos, disponível no VetProfissonal, a mais moderna ferramenta de capacitação para médicos veterinários e estudantes de veterinária disponível no mercado, com a qual você obterá todos os conhecimentos necessários para garantir o bem-estar dos animais e alcançar êxito em sua profissão.

Fonte: Portal Educação – portaleducacao.com.br
por Renato Rodrigues

Receba Mais Informações