Guias de Capacitação do Veterinários. Clique e baixe!

Resultados da busca para "acessos abdominais em equinos"

Influenza equina: um tipo de afecção viral que acomete o sistema respiratório de equinos

A influenza equina é uma doença respiratória aguda de etiologia viral causada por duas cepas de ortomixovírus: Influenza A/equina 1 (H7N7) e Influenza A/equina 2 (H3N8).

Saiba mais

Precisando aferir a frequência cardíaca em equinos? Saiba como

Para mensurar a frequência cardíaca e respiratória em equinos, é preciso uma condição ideal em que esses animais sejam mantidos em repouso e em temperatura ambiente. O número de batimentos cardíacos por minuto (BPM) em equinos saudáveis é de 28-40.

Saiba mais

Síndrome do osso navicular em equinos: o que é?

A síndrome do osso navicular possui características (histológicas, radiográficas e ultrassonográficas) de uma doença articular degenerativa crônica, como a osteoartrite. Sendo assim, muitas vezes não ocorrerá uma evolução positiva com relação ao tratamento.

Saiba mais

Inseminação Artificial Equina com sêmen resfriado: 5 dicas de sucesso

A Inseminação Artificial em equinos é largamente praticada em todo o mundo, e a maneira mais comumente usada nessa espécie é mediante o resfriamento e transporte de sêmen (LOOMIS, 2006). Aparentemente, no mundo, os países que mais realizam IA com sêmen resfriado transportado são Estados Unidos, seguido pelo Brasil (PAPA et al., 2008). Quando a técnica é executada corretamente, o sêmen a fresco alcança índices de concepção semelhantes aos obtidos com a monta natural.

Saiba mais

Garrotilho ou adenite equina: você sabe o que é?

Entre as principais afecções que acometem o sistema respiratório dos equinos, destaca-se o garrotilho, que também é chamada de adenite equina ou linfoadenite equina. Trata-se de uma patologia de difícil controle e para a qual ainda não há vacinas eficazes. Essa doença possui alta morbidade e baixa letalidade: os animais ficam doentes por um período, apresentando estado febril, e deixam de comer e de crescer.

Saiba mais

Tenomiectomia do extensor digital lateral de equinos: você conhece a indicação para esse procedimento?

A Tenomiectomia é indicada em casos de arpejo ou hipertonia reflexa equina, que consiste na hiperflexão involuntária do membro pélvico de equinos. Samuel Pereira Simonato, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Mestre em Medicina Veterinária, explica que esta infermidade tem como principais características:

Saiba mais

Dermatofilose em equinos: conheça essa doença que acomete a pele de diversos animais

A dermatofilose é uma doença infectocontagiosa aguda ou crônica. Seu agente etiológico é a bactéria Dermatophilus congolensis, que gera uma dermatite exsudativa, com erupções crostosas e escamosas.

Saiba mais

Precisa anestesiar equinos? Saiba como!

Se você precisa anestesiar um equino para uma cirurgia, saiba que o primeiro passo é realizar uma rápida avaliação física do animal, a fim de mensurar o peso, a frequência cardíaca e respiratória, o TPC e a coloração da mucosa. Essa avaliação deve ser realizada antes de qualquer anestesia, seja a campo ou em ambiente hospitalar.

Saiba mais

Equinos: como diagnosticar doenças do sistema nervoso?

O exame semiológico do sistema nervoso começa com a avaliação geral do animal, desde a identificação, anamnese e histórico de vacinações e vermifugações, dando atenção ao estado mental do animal, sua postura, alterações anatômicas e de ambulações.

Saiba mais

Exame radiográfico do boleto equino: achados normais nessas imagens radiográficas

As imagens radiográficas obtidas através de quatro projeções permitem a avaliação completa e importantes informações sobre a articulação do boleto dos equinos.

Saiba mais

Paciente equino com alteração na locomoção? Quais exames físicos específicos devem ser feitos?

Ao se receber um equino apresentando alterações no padrão de locomoção, com relatos de pioras gradativas, o médico veterinário deve inicialmente realizar um exame físico geral. Após essa primeira etapa de exames, passamos para os exames específicos.

Saiba mais

Cólica em equinos? Conheça o Strongylus vulgaris, verme responsável por essa enfermidade

Os vermes da família Strongylidae são facilmente observados na mucosa intestinal de equídeos (equinos, asininos), possuindo coloração vermelho escuro.

Saiba mais

Anemia infecciosa equina: você conhece essa doença?

A anemia infecciosa equina (AIE) é uma doença de etiologia viral causada por um retrovírus da subfamília Lentivirinae, família Retroviridae.

Saiba mais

Anemia infecciosa equina: saiba mais sobre essa doença

A anemia infecciosa equina (AIE) é uma doença de etiologia viral causada por um retrovírus da subfamília Lentivirinae, família Retroviridae. “A transmissão se dá a partir da transferência de sangue ou derivados sanguíneos contaminados, seja por via fômite ou por picadas de insetos, e ainda de forma intrauterina e seminal”, explica Maria Gazzinelli, Professora do VET Profissional.

Saiba mais

Dissecação de músculos do braço de equinos: como fazer

Ao adentrarmos ao processo de dissecação de músculos do braço de equinos, explica Marcelo Santana, professor do VetProfissional, o primeiro músculo a ser observado é o músculo tríceps braquial formado por cabeça lateral e cabeça longa.

Saiba mais

Alterações radiográficas associadas à claudicação e a patologias no tarso dos equinos

Na rotina de atendimento médico veterinário, na área de grandes animais, é muito comum ocorrer queixas relacionadas ao sistema locomotor dos equinos.

Saiba mais

Sêmen de garanhões: como preparar o ejaculado para o congelamento?

O congelamento é feito em laboratório, onde os materiais que serão utilizados no procedimento devem estar devidamente preparados para receber o material coletado. “Contudo, antes de ser congelado, o conteúdo ejaculado deve ser analisado”, explica Bruna de Freitas, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestre e Doutora em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Neonato equino: você sabe o que é retenção de mecônio?

Mas afinal, o que é mecônio? Mecônio é o nome dado às primeiras fezes do equino compostas por secreções intestinais, secreções do fluido amniótico e debris celulares. A eliminação do mecônio se dá até 12 horas de vida e, quando fica retido por período maior, desencadeia uma condição denominada retenção de mecônio.

Saiba mais

Exame ultrassonográfico em equinos: quais são as ultrassonográficas que podem ser observadas no abdômen do cavalo?

“O exame ultrassonográfico, associado a outros exames como o físico, transretal, laboratorial, análise de líquido peritoneal e avaliação do grau de dor, ajuda na tomada de decisão do Médico Veterinário para definição do tratamento (cirúrgico ou clínico)”, explica Lorena Chaves Monteiro, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestra em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Comportamento sexual e libido de equinos: quais tipos de distúrbios podem ser observados?

O médico veterinário deve ter plena noção do que é considerado um comportamento sexual e a libido normal para a espécie, ao avaliar garanhões a fim de considerar ou não esses animais como reprodutores de excelência.

Saiba mais

Manejo do botijão criogênico: cuidados simples para inseminações bem-sucedidas

A inseminação artificial é a técnica reprodutiva mais utilizada nas criações equinas atualmente, pois controlar a qualidade do sêmen e a sanidade das éguas é essencial para a obtenção de animais geneticamente superiores. Embora haja muitos aspectos que colaboram para o bom resultado da inseminação, existe um que nem sempre recebe a seriedade merecida: o manejo do botijão criogênico. Manuseá-lo incorretamente ou mantê-lo em condições inadequadas pode inviabilizar as doses de sêmen, gerando perda de tempo e, principalmente, de dinheiro.

Saiba mais

Ao parir, qual espécie tem mais facilidade: equinos ou bovinos?

Comparando as espécies, bovinos e equinos, vemos que a égua tem mais facilidade de parto do que a vaca. É mais comum, portanto, nos depararmos com um caso de problema de parto em uma vaca do que de uma égua. Existem algumas estruturas anatômicas envolvidas no parto que fazem com que haja essa maior dificuldade no parto da vaca do que no da égua, como veremos a seguir:

Saiba mais

Bovinos e equinos: você conhece a fisiologia bucal desses animais?

O aparelho digestório, que é constituído por boca, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus, é responsável por garantir ao organismo o aproveitamento de todos os nutrientes presentes nos alimentos. “Esse aparelho se inicia pela boca, que é responsável pela apreensão e transformação física do alimento por meio do processo de mastigação, insalivação e deglutição”, explica a Dr.ª Waleska de Melo, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Sêmen de garanhões: como fazer a coleta de forma adequada?

A inseminação artificial é uma técnica que permite maior eficiência na reprodução equina. “No entanto, para alcançar essa eficiência, é preciso coletar e avaliar o sêmen que será utilizado no processo, observando os critérios: número de espermatozoides, porcentagem de concentração, padrões de motilidade e vigor”, explica Maria Gazzinelli, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Tendinite crônica em equinos: quais são os exames específicos para esse diagnóstico?

Quando se recebe um animal com histórico de claudicação, além dos exames gerais, deve-se realizar exames físicos específicos.

Saiba mais

Orquiectomia em equinos: quais os cuidados necessários para realizar esse procedimento?

A orquiectomia consiste no procedimento cirúrgico de remoção da gônada e de alguns de seus anexos. Trata-se de uma cirurgia realizada com grande frequência na espécie equina.

Saiba mais

Exame radiológico do sistema locomotor de equinos: conheça alguns posicionamentos para obtenção das imagens

Na rotina de atendimento do médico veterinário, na área de grandes animais, é muito comum ocorrer queixas relacionadas ao sistema locomotor dos equinos. O exame de imagem do sistema locomotor fornece informações importantes a respeito de diagnóstico e prognóstico de grande número de enfermidades nessa área.

Saiba mais

Babebiose em equinos: como diagnosticar?

“As possibilidades de diagnóstico são inúmeras quando se fala em redução de apetite. As primeiras suspeitas são problemas dentários ou relacionados à cavidade oral e verminoses, que não só reduzem o apetite como provocam considerável perda de peso”, explica Lorena Chaves Monteiro, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Exame andrológico: qual a finalidade desse exame feito em equinos?

O exame andrológico precisa ser realizado de forma criteriosa pelo Médico Veterinário que deverá incluí-lo na rotina de trabalho com os animais ou sempre que se fizer necessário. Por meio do exame também são avaliados o comportamento, a postura do animal no momento da cópula e características espermáticas.

Saiba mais

Avaliação ultrassonográfica da região de metacarpo, metatarso e quartela dos cavalos: como preparar o animal para esse exame?

Saber executar o equipamento ultrassonográfico, dominar a composição das estruturas anatômicas dos cavalos e também identificar as imagens das regiões tem se tornado um grande desafio e agregado muito valor aos Médicos Veterinários. Mas para que o exame tenha sucesso, é de grande importância o preparo dos animais.

Saiba mais

Doenças nutricionais em equinos: conhceça a Paralisia Periódica Hipercalêmica (PPH)

A Paralisia Periódica Hipercalêmica (PPH) é uma doença genética autossômica dominante, também chamada de doença do Impressive (garanhão da raça quarto de milha que foi o principal disseminador da doença), ou paralisia periódica induzida por potássio.

Saiba mais

Exame ultrassonográfico ou raio X do tórax do equino? Qual exame de imagem escolher?

A realização de exames de imagem em área torácica de cavalos pode ser um fator limitante para o diagnóstico das enfermidades que envolvem o seu sistema respiratório, por se tratar de uma área muito profunda, de difícil acesso para os equipamentos, principalmente os de raio x.

Saiba mais

Linfonodos equinos: como examinar corretamente e o que observar

A avaliação dos linfonodos é feita comparando-se um linfonodo ao linfonodo do antímero contrário, ou seja, linfonodos esquerdo e direito. Sempre que possível, deve-se palpar os dois linfonodos juntos para que o Veterinário perceba alterações.

Saiba mais

Coleta de sangue em bovinos: quais materiais utilizar? Qual a via escolher?

Na espécie bovina, a coleta é feita primordialmente utilizando-se o acesso da veia jugular. Os bovinos são mais ariscos que os equinos. Caso o veterinário tenha dificuldades para fazer a coleta de sangue na veia jugular devido ao movimento do pescoço e da cabeça do animal, a coleta pode ser feita na veia coccígea localizada na cauda.

Saiba mais

Equino apresentando o jarrete do membro pélvico direito edemaciado: quais exames necessários para detectar a enfermidade?

“O exame físico geral deve sempre ser realizado em animais atendidos a campo com queixas de problemas no sistema locomotor, pois muitas vezes cursam com episódios crônicos de dor”, explica Lorena Chaves Monteiro, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Fêmeas equinas: conheça 7 sinais clínicos de alterações no sistema reprodutor das éguas

O sistema reprodutor tem a importante função de garantir a perpetuação das espécies por meio da gestação. “Quando se trata de fêmeas equinas, o conhecimento da anatomia desse sistema é indispensável para conseguir identificar anormalidades ao executar a palpação retal no exame físico”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, Pós-doutora em Medicina, na área de Oftalmologia e Oncologia e Doutora em Cirúrgicas e Anestésicas Aplicadas aos Animais.

Saiba mais

Broncopneumonia em equinos: veja como alguns descuidos pode favorecer essa doença

Um animal foi transportado por cerca de 100 km até um evento de cavalgada, por onde permaneceu em exercício físico intenso até a noite, retornando em uma carreta aberta, sem proteção contra o vento.

Saiba mais

Exame ginecológico em éguas: importância, etapas e quando fazer

Apesar de a fertilização e gestação serem o núcleo do processo de reprodução animal, os criadores, baseados em inúmeras pesquisas científicas, entenderam que a obtenção de animais de alto desempenho genético só seria possível mediante valorização de todas as etapas que compõem o manejo reprodutivo. Em relação à criação de equinos, uma dessas etapas que se mostra fundamental é o exame ginecológico completo da égua antes da estação reprodutiva.

Saiba mais

Equinos com carrapatos: como fazer o controle?

Os carrapatos são os principais ectoparasitas de equinos e correspondem ao maior desafio de contingência na criação e também em relação ao plano de biosseguridade.

Saiba mais

Coleta de embriões de éguas: por que realizar esse procedimento?

A coleta e transferência de embriões é uma biotecnologia utilizada para melhorar a eficiência reprodutiva em equinos, visando à produção de mais animais ao ano, uma vez que na reprodução natural é produzido apenas um potro ao ano.

Saiba mais

Encefalomielite em equinos: diagnóstico, sintomas e tratamento

Você sabe o que é a encefalomielite? É uma doença de etiologia viral cujos reservatórios são aves, roedores e répteis. É uma zoonose, portanto, sua notificação é obrigatória, e sua transmissão se dá por picada de mosquitos.

Saiba mais

Anestesia paravertebral proximal: vamos conhecer essa técnica de anestesia?

A técnica de anestesia paravertebral proximal é uma das técnicas mais utilizadas e mais eficientes para o acesso ao flanco dos bovinos, garantindo analgesia das seguintes estruturas: • Pele; • Subcutâneo; • Musculatura; • Peritônio.

Saiba mais

Inseminação artificial: como preparar a égua para o procedimento?

A inseminação artificial na reprodução animal torna o processo reprodutivo mais eficiente quando comparado ao método de monta natural. Nesse sentido, entre os benefícios da inseminação de éguas, cita-se a possibilidade de inseminar várias éguas com apenas um ejaculado, aumentando a eficiência do garanhão, evitando a transmissão de DSTs entre outros.

Saiba mais

Medicina veterinária? Apresento-lhe a Orquiectomia, vulgo castração!

A orquiectomia, popularmente conhecida como castração, consiste no procedimento cirúrgico de remoção da gônada do animal e de alguns de seus anexos. Trata-se de uma cirurgia realizada com grande frequência, principalmente na espécie equina, e é uma das causas mais comuns de processos legais contra veterinários nos Estados Unidos, devido a erros de conduta e falhas na aplicação da técnica.

Saiba mais

Cateter endovenoso? Conheça a função do Mandril e o Canhão

O mandril é o instrumento do cateter que penetra a pele do paciente e alcança o vaso, por isso, possui uma ponta com bisel. A ponta biselada, por sua vez, deve ser posicionada para cima no momento de penetrar a pele do animal para evitar que a ponta de silicone do tubo do cateter se dobre ao atravessar a veia do paciente.

Saiba mais

Dirofilaria immitis: você conhece esse nematelminto e seus prejuízos para os animais?

Como representante da família Onchocercidae, destaca-se a espécie Dirofilaria immitis, que possui como hospedeiros definitivos o cão, o gato, os carnívoros silvestres, os equinos, os primatas e, raramente, o homem. “Os hospedeiros intermediários são os mosquitos dos gêneros Aedes spp., Anopheles spp., Culex spp. e Ctenocephalides canis”, explica a professora Mariana Costa, do VET Profissional.

Saiba mais

Celiotomia: o que é? Como é feita?

• Celio = abdômen. • Tomia = incisão. Trata-se da incisão da região do abdômen.

Saiba mais

Você, estudante de veterinária, sabe o que é gastrotomia?

Gastrotomia é a abertura do estômago, e, muitas vezes, é confundida com gastrostomia, que é o estabelecimento de uma abertura artificial (de comunicação com o meio externo) do estômago.

Saiba mais

O que é Neonatologia Veterinária?

Dentro da medicina veterinária são vários os ramos em que o médico veterinário pode se especializar. Pediatria e especialização em equinos, são algumas dessas especializações. Assim como para nós, humanos, também existe uma especialização veterinária que cuida da mãe e observa o comportamento da ninhada: a Neonatologia Veterinária.

Saiba mais

Diagnóstico gestacional em éguas: como realizar essa etapa do manejo reprodutivo?

Alguns dias após submeter a égua à inseminação artificial ou cobertura pelo garanhão, entra em vigor uma etapa do manejo reprodutivo fundamental não só para a saúde do animal e do feto, quanto para os negócios: o diagnóstico de gestação.

Saiba mais

Quer se tornar um assinante do VET Profissional? Aposte nos cartões digitais!

O VET Profissional oferece ao Médico Veterinário a oportunidade de rever e aprimorar, por meio de Aulas Práticas e Cursos de Aperfeiçoamento, conceitos e técnicas para aplicar em seu dia a dia, transformando-se em um profissional diferenciado. O VET Profissional é essencial, também, para o Estudante de Veterinária, pois proporciona um aprendizado ágil e dinâmico, além, é claro, de servir como complemento para as aulas práticas abordadas nas disciplinas do seu curso. Contudo, para ter acesso ao conteúdo das aulas e cursos, é preciso efetuar sua assinatura anual, por meio de um cartão de crédito.

Saiba mais

Precisando fazer exame de urina em éguas? Saiba como!

A coleta de urina em éguas é feita por meio da cateterização vesical ou sondagem vesical. É importante, como primeira medida para a realização do procedimento, fazer a assepsia da vulva para retirar resíduos de fezes e evitar a contaminação ao introduzir a sonda na uretra dos equinos.

Saiba mais

Aferir temperatura de cavalos é simples. Saiba como

De acordo com Ludmila Souza Fernandes, Profª. Do VET Profissional, a avaliação da temperatura corporal de cavalos pode ser feita por: Palpação externa (dorso da mão do examinador deve tocar a narina do animal, a região abdominal e extremidades do animal); Termômetros; e Aferição da temperatura retal (lubrificação e assepsia).

Saiba mais

Anatomia sistemática da boca de animais: conheça as funções dos lábios e da bochecha dos animais domésticos

O aparelho digestório se inicia pela boca. A cavidade oral possui estruturas necessárias para apreensão, mastigação e deglutição do alimento ingerido. “A maioria das espécies de animais utilizam os lábios para realiza a apreensão e seleção dos alimentos”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Saneamento básico no meio rural: fossa séptica

O saneamento básico é essencial tanto para o meio rural quanto para o meio urbano. Porém, esses recursos normalmente não são oferecidos à zona rural, sendo necessário criar formas de resolver esse problema, apresentando ao produtor rural recursos acessíveis e seguros para ter acesso à água de boa qualidade e para tratar as águas advindas das várias atividades desenvolvidas na propriedade, a fim de não poluir o meio ambiente.

Saiba mais

Anestesia loco-regional para descorna bovina: como realizar este procedimento?

A descorna é a remoção cirúrgica do processo cornual em bovinos já adultos. A presença do processo cornual é uma característica que diferencia bovinos de equinos. Todas as vezes que se deseja remover o processo, é necessário fazer o bloqueio do ramo cornual que faz parte do nervo zigomático temporal.

Saiba mais

Nematelmintos da família Trichostrongylidae: características dos gêneros Trichostrongylus e Cooperia

“Os gêneros Trichostrongylus e Cooperia, são parasitos responsáveis pela gastroenterite parasitária”, explica a professora Mariana Costa, do VET Profissional, tendo o gênero Trichostrongylus como hospedeiros os ruminantes, equinos, suínos, coelhos e aves e o gênero Cooperia apenas os ruminantes.

Saiba mais

Febre maculosa? Como ocorre a transmissão dessa doença?

A febre maculosa é uma doença causada pela bactéria Rickettsia Gram-, cujo vetor são os carrapatos do gênero Amblyommas da família Ixodidae. No Brasil, a maior parte dos casos acontece na região sudeste.

Saiba mais

Palpação transretal e ultrassonografia em éguas: vamos entender o objetivo desse exame?

Na prática, para fazer o exame de palpação transretal é necessário lubrificar as luvas com um gel feito à base de pó de carboxymethylcellulose e água aquecida. O primeiro procedimento é a retirada de todas as cíbalas da ampola retal.

Saiba mais

Quais são os dados que devem ser coletados antes de iniciar um exame ginecológico em éguas?

O exame ginecológico abrange técnicas diversificadas, além da palpação transretal e ultrassonografia. O médico veterinário deverá considerar cada uma das etapas de modo sistemático para que possa avaliar o exame clínico reprodutivo completo da égua.

Saiba mais

Influenza equina: um tipo de afecção viral que acomete o sistema respiratório de equinos

A influenza equina é uma doença respiratória aguda de etiologia viral causada por duas cepas de ortomixovírus: Influenza A/equina 1 (H7N7) e Influenza A/equina 2 (H3N8).

Saiba mais

Precisando aferir a frequência cardíaca em equinos? Saiba como

Para mensurar a frequência cardíaca e respiratória em equinos, é preciso uma condição ideal em que esses animais sejam mantidos em repouso e em temperatura ambiente. O número de batimentos cardíacos por minuto (BPM) em equinos saudáveis é de 28-40.

Saiba mais

Síndrome do osso navicular em equinos: o que é?

A síndrome do osso navicular possui características (histológicas, radiográficas e ultrassonográficas) de uma doença articular degenerativa crônica, como a osteoartrite. Sendo assim, muitas vezes não ocorrerá uma evolução positiva com relação ao tratamento.

Saiba mais

Inseminação Artificial Equina com sêmen resfriado: 5 dicas de sucesso

A Inseminação Artificial em equinos é largamente praticada em todo o mundo, e a maneira mais comumente usada nessa espécie é mediante o resfriamento e transporte de sêmen (LOOMIS, 2006). Aparentemente, no mundo, os países que mais realizam IA com sêmen resfriado transportado são Estados Unidos, seguido pelo Brasil (PAPA et al., 2008). Quando a técnica é executada corretamente, o sêmen a fresco alcança índices de concepção semelhantes aos obtidos com a monta natural.

Saiba mais

Garrotilho ou adenite equina: você sabe o que é?

Entre as principais afecções que acometem o sistema respiratório dos equinos, destaca-se o garrotilho, que também é chamada de adenite equina ou linfoadenite equina. Trata-se de uma patologia de difícil controle e para a qual ainda não há vacinas eficazes. Essa doença possui alta morbidade e baixa letalidade: os animais ficam doentes por um período, apresentando estado febril, e deixam de comer e de crescer.

Saiba mais

Tenomiectomia do extensor digital lateral de equinos: você conhece a indicação para esse procedimento?

A Tenomiectomia é indicada em casos de arpejo ou hipertonia reflexa equina, que consiste na hiperflexão involuntária do membro pélvico de equinos. Samuel Pereira Simonato, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Mestre em Medicina Veterinária, explica que esta infermidade tem como principais características:

Saiba mais

Dermatofilose em equinos: conheça essa doença que acomete a pele de diversos animais

A dermatofilose é uma doença infectocontagiosa aguda ou crônica. Seu agente etiológico é a bactéria Dermatophilus congolensis, que gera uma dermatite exsudativa, com erupções crostosas e escamosas.

Saiba mais

Precisa anestesiar equinos? Saiba como!

Se você precisa anestesiar um equino para uma cirurgia, saiba que o primeiro passo é realizar uma rápida avaliação física do animal, a fim de mensurar o peso, a frequência cardíaca e respiratória, o TPC e a coloração da mucosa. Essa avaliação deve ser realizada antes de qualquer anestesia, seja a campo ou em ambiente hospitalar.

Saiba mais

Equinos: como diagnosticar doenças do sistema nervoso?

O exame semiológico do sistema nervoso começa com a avaliação geral do animal, desde a identificação, anamnese e histórico de vacinações e vermifugações, dando atenção ao estado mental do animal, sua postura, alterações anatômicas e de ambulações.

Saiba mais

Exame radiográfico do boleto equino: achados normais nessas imagens radiográficas

As imagens radiográficas obtidas através de quatro projeções permitem a avaliação completa e importantes informações sobre a articulação do boleto dos equinos.

Saiba mais

Paciente equino com alteração na locomoção? Quais exames físicos específicos devem ser feitos?

Ao se receber um equino apresentando alterações no padrão de locomoção, com relatos de pioras gradativas, o médico veterinário deve inicialmente realizar um exame físico geral. Após essa primeira etapa de exames, passamos para os exames específicos.

Saiba mais

Cólica em equinos? Conheça o Strongylus vulgaris, verme responsável por essa enfermidade

Os vermes da família Strongylidae são facilmente observados na mucosa intestinal de equídeos (equinos, asininos), possuindo coloração vermelho escuro.

Saiba mais

Anemia infecciosa equina: você conhece essa doença?

A anemia infecciosa equina (AIE) é uma doença de etiologia viral causada por um retrovírus da subfamília Lentivirinae, família Retroviridae.

Saiba mais

Anemia infecciosa equina: saiba mais sobre essa doença

A anemia infecciosa equina (AIE) é uma doença de etiologia viral causada por um retrovírus da subfamília Lentivirinae, família Retroviridae. “A transmissão se dá a partir da transferência de sangue ou derivados sanguíneos contaminados, seja por via fômite ou por picadas de insetos, e ainda de forma intrauterina e seminal”, explica Maria Gazzinelli, Professora do VET Profissional.

Saiba mais

Dissecação de músculos do braço de equinos: como fazer

Ao adentrarmos ao processo de dissecação de músculos do braço de equinos, explica Marcelo Santana, professor do VetProfissional, o primeiro músculo a ser observado é o músculo tríceps braquial formado por cabeça lateral e cabeça longa.

Saiba mais

Alterações radiográficas associadas à claudicação e a patologias no tarso dos equinos

Na rotina de atendimento médico veterinário, na área de grandes animais, é muito comum ocorrer queixas relacionadas ao sistema locomotor dos equinos.

Saiba mais

Sêmen de garanhões: como preparar o ejaculado para o congelamento?

O congelamento é feito em laboratório, onde os materiais que serão utilizados no procedimento devem estar devidamente preparados para receber o material coletado. “Contudo, antes de ser congelado, o conteúdo ejaculado deve ser analisado”, explica Bruna de Freitas, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestre e Doutora em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Neonato equino: você sabe o que é retenção de mecônio?

Mas afinal, o que é mecônio? Mecônio é o nome dado às primeiras fezes do equino compostas por secreções intestinais, secreções do fluido amniótico e debris celulares. A eliminação do mecônio se dá até 12 horas de vida e, quando fica retido por período maior, desencadeia uma condição denominada retenção de mecônio.

Saiba mais

Exame ultrassonográfico em equinos: quais são as ultrassonográficas que podem ser observadas no abdômen do cavalo?

“O exame ultrassonográfico, associado a outros exames como o físico, transretal, laboratorial, análise de líquido peritoneal e avaliação do grau de dor, ajuda na tomada de decisão do Médico Veterinário para definição do tratamento (cirúrgico ou clínico)”, explica Lorena Chaves Monteiro, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestra em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Comportamento sexual e libido de equinos: quais tipos de distúrbios podem ser observados?

O médico veterinário deve ter plena noção do que é considerado um comportamento sexual e a libido normal para a espécie, ao avaliar garanhões a fim de considerar ou não esses animais como reprodutores de excelência.

Saiba mais

Manejo do botijão criogênico: cuidados simples para inseminações bem-sucedidas

A inseminação artificial é a técnica reprodutiva mais utilizada nas criações equinas atualmente, pois controlar a qualidade do sêmen e a sanidade das éguas é essencial para a obtenção de animais geneticamente superiores. Embora haja muitos aspectos que colaboram para o bom resultado da inseminação, existe um que nem sempre recebe a seriedade merecida: o manejo do botijão criogênico. Manuseá-lo incorretamente ou mantê-lo em condições inadequadas pode inviabilizar as doses de sêmen, gerando perda de tempo e, principalmente, de dinheiro.

Saiba mais

Ao parir, qual espécie tem mais facilidade: equinos ou bovinos?

Comparando as espécies, bovinos e equinos, vemos que a égua tem mais facilidade de parto do que a vaca. É mais comum, portanto, nos depararmos com um caso de problema de parto em uma vaca do que de uma égua. Existem algumas estruturas anatômicas envolvidas no parto que fazem com que haja essa maior dificuldade no parto da vaca do que no da égua, como veremos a seguir:

Saiba mais

Bovinos e equinos: você conhece a fisiologia bucal desses animais?

O aparelho digestório, que é constituído por boca, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus, é responsável por garantir ao organismo o aproveitamento de todos os nutrientes presentes nos alimentos. “Esse aparelho se inicia pela boca, que é responsável pela apreensão e transformação física do alimento por meio do processo de mastigação, insalivação e deglutição”, explica a Dr.ª Waleska de Melo, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Sêmen de garanhões: como fazer a coleta de forma adequada?

A inseminação artificial é uma técnica que permite maior eficiência na reprodução equina. “No entanto, para alcançar essa eficiência, é preciso coletar e avaliar o sêmen que será utilizado no processo, observando os critérios: número de espermatozoides, porcentagem de concentração, padrões de motilidade e vigor”, explica Maria Gazzinelli, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Tendinite crônica em equinos: quais são os exames específicos para esse diagnóstico?

Quando se recebe um animal com histórico de claudicação, além dos exames gerais, deve-se realizar exames físicos específicos.

Saiba mais

Orquiectomia em equinos: quais os cuidados necessários para realizar esse procedimento?

A orquiectomia consiste no procedimento cirúrgico de remoção da gônada e de alguns de seus anexos. Trata-se de uma cirurgia realizada com grande frequência na espécie equina.

Saiba mais

Exame radiológico do sistema locomotor de equinos: conheça alguns posicionamentos para obtenção das imagens

Na rotina de atendimento do médico veterinário, na área de grandes animais, é muito comum ocorrer queixas relacionadas ao sistema locomotor dos equinos. O exame de imagem do sistema locomotor fornece informações importantes a respeito de diagnóstico e prognóstico de grande número de enfermidades nessa área.

Saiba mais

Babebiose em equinos: como diagnosticar?

“As possibilidades de diagnóstico são inúmeras quando se fala em redução de apetite. As primeiras suspeitas são problemas dentários ou relacionados à cavidade oral e verminoses, que não só reduzem o apetite como provocam considerável perda de peso”, explica Lorena Chaves Monteiro, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Exame andrológico: qual a finalidade desse exame feito em equinos?

O exame andrológico precisa ser realizado de forma criteriosa pelo Médico Veterinário que deverá incluí-lo na rotina de trabalho com os animais ou sempre que se fizer necessário. Por meio do exame também são avaliados o comportamento, a postura do animal no momento da cópula e características espermáticas.

Saiba mais

Avaliação ultrassonográfica da região de metacarpo, metatarso e quartela dos cavalos: como preparar o animal para esse exame?

Saber executar o equipamento ultrassonográfico, dominar a composição das estruturas anatômicas dos cavalos e também identificar as imagens das regiões tem se tornado um grande desafio e agregado muito valor aos Médicos Veterinários. Mas para que o exame tenha sucesso, é de grande importância o preparo dos animais.

Saiba mais

Doenças nutricionais em equinos: conhceça a Paralisia Periódica Hipercalêmica (PPH)

A Paralisia Periódica Hipercalêmica (PPH) é uma doença genética autossômica dominante, também chamada de doença do Impressive (garanhão da raça quarto de milha que foi o principal disseminador da doença), ou paralisia periódica induzida por potássio.

Saiba mais

Exame ultrassonográfico ou raio X do tórax do equino? Qual exame de imagem escolher?

A realização de exames de imagem em área torácica de cavalos pode ser um fator limitante para o diagnóstico das enfermidades que envolvem o seu sistema respiratório, por se tratar de uma área muito profunda, de difícil acesso para os equipamentos, principalmente os de raio x.

Saiba mais

Linfonodos equinos: como examinar corretamente e o que observar

A avaliação dos linfonodos é feita comparando-se um linfonodo ao linfonodo do antímero contrário, ou seja, linfonodos esquerdo e direito. Sempre que possível, deve-se palpar os dois linfonodos juntos para que o Veterinário perceba alterações.

Saiba mais

Coleta de sangue em bovinos: quais materiais utilizar? Qual a via escolher?

Na espécie bovina, a coleta é feita primordialmente utilizando-se o acesso da veia jugular. Os bovinos são mais ariscos que os equinos. Caso o veterinário tenha dificuldades para fazer a coleta de sangue na veia jugular devido ao movimento do pescoço e da cabeça do animal, a coleta pode ser feita na veia coccígea localizada na cauda.

Saiba mais

Equino apresentando o jarrete do membro pélvico direito edemaciado: quais exames necessários para detectar a enfermidade?

“O exame físico geral deve sempre ser realizado em animais atendidos a campo com queixas de problemas no sistema locomotor, pois muitas vezes cursam com episódios crônicos de dor”, explica Lorena Chaves Monteiro, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Fêmeas equinas: conheça 7 sinais clínicos de alterações no sistema reprodutor das éguas

O sistema reprodutor tem a importante função de garantir a perpetuação das espécies por meio da gestação. “Quando se trata de fêmeas equinas, o conhecimento da anatomia desse sistema é indispensável para conseguir identificar anormalidades ao executar a palpação retal no exame físico”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, Pós-doutora em Medicina, na área de Oftalmologia e Oncologia e Doutora em Cirúrgicas e Anestésicas Aplicadas aos Animais.

Saiba mais

Broncopneumonia em equinos: veja como alguns descuidos pode favorecer essa doença

Um animal foi transportado por cerca de 100 km até um evento de cavalgada, por onde permaneceu em exercício físico intenso até a noite, retornando em uma carreta aberta, sem proteção contra o vento.

Saiba mais

Exame ginecológico em éguas: importância, etapas e quando fazer

Apesar de a fertilização e gestação serem o núcleo do processo de reprodução animal, os criadores, baseados em inúmeras pesquisas científicas, entenderam que a obtenção de animais de alto desempenho genético só seria possível mediante valorização de todas as etapas que compõem o manejo reprodutivo. Em relação à criação de equinos, uma dessas etapas que se mostra fundamental é o exame ginecológico completo da égua antes da estação reprodutiva.

Saiba mais

Equinos com carrapatos: como fazer o controle?

Os carrapatos são os principais ectoparasitas de equinos e correspondem ao maior desafio de contingência na criação e também em relação ao plano de biosseguridade.

Saiba mais

Coleta de embriões de éguas: por que realizar esse procedimento?

A coleta e transferência de embriões é uma biotecnologia utilizada para melhorar a eficiência reprodutiva em equinos, visando à produção de mais animais ao ano, uma vez que na reprodução natural é produzido apenas um potro ao ano.

Saiba mais

Encefalomielite em equinos: diagnóstico, sintomas e tratamento

Você sabe o que é a encefalomielite? É uma doença de etiologia viral cujos reservatórios são aves, roedores e répteis. É uma zoonose, portanto, sua notificação é obrigatória, e sua transmissão se dá por picada de mosquitos.

Saiba mais

Anestesia paravertebral proximal: vamos conhecer essa técnica de anestesia?

A técnica de anestesia paravertebral proximal é uma das técnicas mais utilizadas e mais eficientes para o acesso ao flanco dos bovinos, garantindo analgesia das seguintes estruturas: • Pele; • Subcutâneo; • Musculatura; • Peritônio.

Saiba mais

Inseminação artificial: como preparar a égua para o procedimento?

A inseminação artificial na reprodução animal torna o processo reprodutivo mais eficiente quando comparado ao método de monta natural. Nesse sentido, entre os benefícios da inseminação de éguas, cita-se a possibilidade de inseminar várias éguas com apenas um ejaculado, aumentando a eficiência do garanhão, evitando a transmissão de DSTs entre outros.

Saiba mais

Medicina veterinária? Apresento-lhe a Orquiectomia, vulgo castração!

A orquiectomia, popularmente conhecida como castração, consiste no procedimento cirúrgico de remoção da gônada do animal e de alguns de seus anexos. Trata-se de uma cirurgia realizada com grande frequência, principalmente na espécie equina, e é uma das causas mais comuns de processos legais contra veterinários nos Estados Unidos, devido a erros de conduta e falhas na aplicação da técnica.

Saiba mais

Cateter endovenoso? Conheça a função do Mandril e o Canhão

O mandril é o instrumento do cateter que penetra a pele do paciente e alcança o vaso, por isso, possui uma ponta com bisel. A ponta biselada, por sua vez, deve ser posicionada para cima no momento de penetrar a pele do animal para evitar que a ponta de silicone do tubo do cateter se dobre ao atravessar a veia do paciente.

Saiba mais

Dirofilaria immitis: você conhece esse nematelminto e seus prejuízos para os animais?

Como representante da família Onchocercidae, destaca-se a espécie Dirofilaria immitis, que possui como hospedeiros definitivos o cão, o gato, os carnívoros silvestres, os equinos, os primatas e, raramente, o homem. “Os hospedeiros intermediários são os mosquitos dos gêneros Aedes spp., Anopheles spp., Culex spp. e Ctenocephalides canis”, explica a professora Mariana Costa, do VET Profissional.

Saiba mais

Celiotomia: o que é? Como é feita?

• Celio = abdômen. • Tomia = incisão. Trata-se da incisão da região do abdômen.

Saiba mais

Você, estudante de veterinária, sabe o que é gastrotomia?

Gastrotomia é a abertura do estômago, e, muitas vezes, é confundida com gastrostomia, que é o estabelecimento de uma abertura artificial (de comunicação com o meio externo) do estômago.

Saiba mais

O que é Neonatologia Veterinária?

Dentro da medicina veterinária são vários os ramos em que o médico veterinário pode se especializar. Pediatria e especialização em equinos, são algumas dessas especializações. Assim como para nós, humanos, também existe uma especialização veterinária que cuida da mãe e observa o comportamento da ninhada: a Neonatologia Veterinária.

Saiba mais

Diagnóstico gestacional em éguas: como realizar essa etapa do manejo reprodutivo?

Alguns dias após submeter a égua à inseminação artificial ou cobertura pelo garanhão, entra em vigor uma etapa do manejo reprodutivo fundamental não só para a saúde do animal e do feto, quanto para os negócios: o diagnóstico de gestação.

Saiba mais

Quer se tornar um assinante do VET Profissional? Aposte nos cartões digitais!

O VET Profissional oferece ao Médico Veterinário a oportunidade de rever e aprimorar, por meio de Aulas Práticas e Cursos de Aperfeiçoamento, conceitos e técnicas para aplicar em seu dia a dia, transformando-se em um profissional diferenciado. O VET Profissional é essencial, também, para o Estudante de Veterinária, pois proporciona um aprendizado ágil e dinâmico, além, é claro, de servir como complemento para as aulas práticas abordadas nas disciplinas do seu curso. Contudo, para ter acesso ao conteúdo das aulas e cursos, é preciso efetuar sua assinatura anual, por meio de um cartão de crédito.

Saiba mais

Precisando fazer exame de urina em éguas? Saiba como!

A coleta de urina em éguas é feita por meio da cateterização vesical ou sondagem vesical. É importante, como primeira medida para a realização do procedimento, fazer a assepsia da vulva para retirar resíduos de fezes e evitar a contaminação ao introduzir a sonda na uretra dos equinos.

Saiba mais

Aferir temperatura de cavalos é simples. Saiba como

De acordo com Ludmila Souza Fernandes, Profª. Do VET Profissional, a avaliação da temperatura corporal de cavalos pode ser feita por: Palpação externa (dorso da mão do examinador deve tocar a narina do animal, a região abdominal e extremidades do animal); Termômetros; e Aferição da temperatura retal (lubrificação e assepsia).

Saiba mais

Anatomia sistemática da boca de animais: conheça as funções dos lábios e da bochecha dos animais domésticos

O aparelho digestório se inicia pela boca. A cavidade oral possui estruturas necessárias para apreensão, mastigação e deglutição do alimento ingerido. “A maioria das espécies de animais utilizam os lábios para realiza a apreensão e seleção dos alimentos”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Saneamento básico no meio rural: fossa séptica

O saneamento básico é essencial tanto para o meio rural quanto para o meio urbano. Porém, esses recursos normalmente não são oferecidos à zona rural, sendo necessário criar formas de resolver esse problema, apresentando ao produtor rural recursos acessíveis e seguros para ter acesso à água de boa qualidade e para tratar as águas advindas das várias atividades desenvolvidas na propriedade, a fim de não poluir o meio ambiente.

Saiba mais

Anestesia loco-regional para descorna bovina: como realizar este procedimento?

A descorna é a remoção cirúrgica do processo cornual em bovinos já adultos. A presença do processo cornual é uma característica que diferencia bovinos de equinos. Todas as vezes que se deseja remover o processo, é necessário fazer o bloqueio do ramo cornual que faz parte do nervo zigomático temporal.

Saiba mais

Nematelmintos da família Trichostrongylidae: características dos gêneros Trichostrongylus e Cooperia

“Os gêneros Trichostrongylus e Cooperia, são parasitos responsáveis pela gastroenterite parasitária”, explica a professora Mariana Costa, do VET Profissional, tendo o gênero Trichostrongylus como hospedeiros os ruminantes, equinos, suínos, coelhos e aves e o gênero Cooperia apenas os ruminantes.

Saiba mais

Febre maculosa? Como ocorre a transmissão dessa doença?

A febre maculosa é uma doença causada pela bactéria Rickettsia Gram-, cujo vetor são os carrapatos do gênero Amblyommas da família Ixodidae. No Brasil, a maior parte dos casos acontece na região sudeste.

Saiba mais

Palpação transretal e ultrassonografia em éguas: vamos entender o objetivo desse exame?

Na prática, para fazer o exame de palpação transretal é necessário lubrificar as luvas com um gel feito à base de pó de carboxymethylcellulose e água aquecida. O primeiro procedimento é a retirada de todas as cíbalas da ampola retal.

Saiba mais

Quais são os dados que devem ser coletados antes de iniciar um exame ginecológico em éguas?

O exame ginecológico abrange técnicas diversificadas, além da palpação transretal e ultrassonografia. O médico veterinário deverá considerar cada uma das etapas de modo sistemático para que possa avaliar o exame clínico reprodutivo completo da égua.

Saiba mais

Receba Mais Informações