Guias de Capacitação do Veterinários. Clique e baixe!

Resultados da busca para "anatomia ave"

Veterinário, conheça as subdivisões da Anatomia Animal

A anatomia é um ramo da biologia que estuda as formas e estruturas que compõem o corpo do animal e as correlaciona com as funções do corpo do mesmo. Inicialmente, a anatomia era simplesmente descritiva, utilizando bisturis e pinças, fazendo a separação das estruturas e sua descrição. Com o desenvolvimento da ciência anatômica, surgiu a necessidade de subdividi-la. Uma delas, dentre as várias divisões da anatomia animal, é a anatomia macroscópica, que é a anatomia em si, a descrição das estruturas a olho nu.

Saiba mais

Muda de penas das aves poedeiras: entenda esse processo

A muda anual é uma ocorrência natural, caracterizada pela perda de penas do corpo da ave e por um descanso ou pausa na produção de ovos. As aves nesse estado tornam-se fotorrefratárias, ou seja, não respondem aos estímulos luminosos, perdem o apetite e têm o peso corporal reduzido.

Saiba mais

Precisando medicar pássaros? Saiba como proceder por via oral

Para aplicar uma medicação por via oral em aves, pode-se usar uma seringa de precisão, principalmente quando o paciente for uma ave de pequeno porte, para que a dosagem correta não seja ultrapassada. Para aplicações feitas diretamente no inglúvio, são necessárias sondas as quais são introduzidas através do canal oral da ave.

Saiba mais

Anatomia dos tetos mamários de vacas leiteiras

A forma e posição dos tetos de uma vaca influenciam na facilidade da ordenha. “A superfície dos tetos apresenta uma pele fina e a parede dos tetos é formada por diversas fibras musculares lisas pelas quais circula extenso volume de sangue”, explica Paolo Vivenza, professor do VET Profissional. Observe, na imagem, as estruturas que compõem a anatomia dos tetos:

Saiba mais

Aves de estimação: quais os cuidados e preparativos para realizar o exame desses animais?

A avaliação da ave como um paciente envolve fatores que correspondem não apenas ao exame físico, mas também ao seu histórico de saúde. Ainda, se possível, o profissional deve observar o ambiente em que a ave está inserida e o seu comportamento de interação com esse ambiente para um diagnóstico completo.

Saiba mais

Intestino delgado de animais domésticos: você sabia que existe diferença desse órgão nas diversas espécies de animais?

O intestino tem a responsabilidade da absorção de todos os nutrientes que foram processados em outras porções do digestório. Ele é dividido em intestino delgado e intestino grosso, e seu desenvolvimento é muito diferente em cada espécie.

Saiba mais

Médico veterinário, você está preparado para atender uma ave em estado crítico?

As aves quando chegam às clinicas, geralmente já se encontram em estado crítico. Elas são pacientes diferentes, não são como os cães e os gatos, porque mascaram os sinais clínicos de doenças, então os seus responsáveis normalmente não percebem quando elas começam a adoecer e nisso a doença se agrava.

Saiba mais

Sr. Veterinário, conheça as principais funções das pálpebras oculares

Precisando avaliar os olhos de algum animal sob seus cuidados? A primeira dica para que isto seja realizado de forma correta é conhecer a anatomia e a fisiologia oftálmica, a começar pelas pálpebras e suas funções. As principais funções das pálpebras são: • Proteção: contra agressões externas, corpos estranhos, dentre outros. • Filme lacrimal: produção de mucina e lipídios. • Ato de piscar, promovendo:

Saiba mais

Anatomia sistemática da boca de animais: conheça as funções dos lábios e da bochecha dos animais domésticos

O aparelho digestório se inicia pela boca. A cavidade oral possui estruturas necessárias para apreensão, mastigação e deglutição do alimento ingerido. “A maioria das espécies de animais utilizam os lábios para realiza a apreensão e seleção dos alimentos”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Faringe dos animais: vamos conhecer essa estrutura?

A faringe é a porção do aparelho digestório responsável pelo controle da passagem de ar e de alimento.

Saiba mais

Aparelho mastigatório: vamos conhecer a arcada dentária canina?

Nos caninos, a dentição pode ser considerada completa, uma vez que esse animal possui os três tipos de dentes: incisivos pequenos, caninos fortes e pontiagudos e molares com saliências aguçadas e cortantes.

Saiba mais

Doenças articulares em raças pequenas: conheça a anatomia e os achados radiográficos dessas doenças

As articulações são as estruturas que impedem o atrito dos ossos no ponto em que a parte distal de um osso se liga à parte proximal de outro. Elas que permitem a mobilidade do corpo.

Saiba mais

Cavidade celomática: vamos conhecer os órgãos do sistema respiratório que compõem essa cavidade presente nas aves

A cavidade celomática representa, nas aves, o tórax e o abdômen dos mamíferos domésticos, pois, nessa cavidade, todos os órgãos estão dispostos de forma uniforme. As aves não possuem o músculo diafragma e nem a divisão da cavidade torácica e abdominal. Nos mamíferos, esse órgão separa o tórax do abdômen.

Saiba mais

Estômago simples de animais domésticos: conheça as características dessa estrutura em alguns animais

O estômago é a porção dilatada do aparelho digestório responsável pela transformação química do alimento, o qual recebe a ação de enzimas, sendo transformado em partículas diferentes. Além dessas enzimas, o estômago produz ácido clorídrico, que é altamente corrosivo e apresenta um pH bem baixo.

Saiba mais

Manejo de aves criadas em cativeiro: o que um veterinário deve saber?

A classe das aves possui grande variação e se diferencia tanto no aspecto morfológico quanto no alimentar e comportamental. É de extrema importância que o clínico conheça o manejo adequado de cada classe e o objetivo da criação para identificar as estratégias de manejo ou possíveis falhas no manejo quando a ave apresenta alguma patologia.

Saiba mais

Miologia topográfica do pescoço de animais domésticos: vamos conhecer?

Os músculos profundos do pescoço estão mais relacionados e fixados nas vértebras cervicais, entre as vértebras cervicais e ligados à cabeça. Com isso, os músculos profundos do pescoço participam da movimentação da cabeça do animal e ajudam também na sustentação da mesma.

Saiba mais

Hérnia umbilical em potros? Conheça a Herniorrafia!

O procedimento de herniorrafia em potros é realizado sempre que o animal jovem ou recém-nascido apresenta a patologia de hérnia umbilical. Esta, por sua vez, ocorre devido a ausência de fechamento adequado da musculatura abdominal ventral. Essa má formação propicia o desenvolvimento de um ponto anatomicamente frágil no corpo do potro, permitindo a passagem do conteúdo oriundo da cavidade abdominal para o espaço subcutâneo.

Saiba mais

Veterinário de aves domésticas? Quais aspectos avaliar em granjas com problemas?

O veterinário de aves domésticas será solicitado à granja sempre que o granjeiro ou proprietário perceber algum problema com os animais. No primeiro contato, já é importante que o profissional comece a traçar o histórico, ou anamnese, do animal, verificando todas as características das aves e as condições a que são submetidas, como idade, alimentação, vacinação, condições das instalações granjeiras, qual o quadro suspeito e quando começou a sua observação, entre outros. É necessário que tudo seja devidamente anotado em fichas próprias.

Saiba mais

Necropsia: características anatômicas e fisiológicas das aves

O estudo das características anatômicas e fisiológicas das aves se torna importante devido aos impactos que todas as peculiaridades têm, tanto sobre a parte clínica quanto sobre a produção desses animais. “A necropsia objetiva demonstrar as técnicas mais comuns na avicultura e apresentar as características físicas e anatômicas dessa categoria animal”,

Saiba mais

Criação de frangos de corte: dicas para a densidade e cama

A densidade da cama para a criação de frangos de corte diz respeito à quantidade de aves por área de galpão. Densidades menores representam maior conforto e bem-estar para a ave, enquanto que altas densidades representam mais lucro por área. “A cama é um item importante na avicultura, pois seu descuido pode gerar sérios problemas sanitários ao lote”, explica Marcelo Dias, professor do VET Profissional. Dessa forma, a cama precisa ter aspecto seco, sem emplastramentos, e necessita de revolvimentos periódicos.

Saiba mais

Galinhas poedeiras em gaiolas: vantagens e dimensão das gaiolas

Hoje, no Brasil, é mais comum as fases de cria e recria serem realizadas em piso e a fase de produção em gaiolas, explica Marcelo Dias, Professor do VET Profissional. As principais vantagens da criação de galinhas poedeiras em gaiolas são: - Ovos mais limpos; - Menor contato da ave com o solo; - Devido ao menor gasto de energia proporcionado pelo espaço limitado, tem-se maior produtividade.

Saiba mais

Corte das asas de aves de estimação: como realizar esse procedimento?

O corte das asas pode ser feito por um veterinário habilitado em qualquer estabelecimento e tem o objetivo de conter o voo das aves, uma vez que elas não conseguirão sustentá-lo por muito tempo após o procedimento.

Saiba mais

Fêmeas equinas: conheça 7 sinais clínicos de alterações no sistema reprodutor das éguas

O sistema reprodutor tem a importante função de garantir a perpetuação das espécies por meio da gestação. “Quando se trata de fêmeas equinas, o conhecimento da anatomia desse sistema é indispensável para conseguir identificar anormalidades ao executar a palpação retal no exame físico”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, Pós-doutora em Medicina, na área de Oftalmologia e Oncologia e Doutora em Cirúrgicas e Anestésicas Aplicadas aos Animais.

Saiba mais

Necropsia de bovinos a campo: como iniciar esse procedimento?

Para realização da necropsia, são utilizadas técnicas específicas de exames. No entanto, antes de iniciar os exames propriamente ditos, deve ser feito o levantamento do histórico clínico do animal, também conhecido como perinecropsia.

Saiba mais

Osso coxal: conheça essa porção da pelve óssea de animais

A pelve, formada pelos ossos coxal, sacro e as primeiras vértebras coccígeas é a porção final do tronco, onde se fixam os membros pélvicos e a cauda. O osso coxal é constituído pela fusão de três ossos: ílio, ísquio e púbis.

Saiba mais

Necropsia em gatos: como fazer a avaliação das mucosas?

Na necropsia é feita uma análise detalhada do cadáver, tanto na parte externa como interna. O exame externo nada mais é que uma avaliação detalhada da superfície do cadáver. Trata-se da primeira fase da necropsia em que informações relevantes são coletadas para elucidar a causa mortis do animal.

Saiba mais

Articulações do joelho de animais domésticos: conheça as principais estruturas

A articulação do joelho é formada pelo contato entre o osso fêmur e os ossos da perna tíbia e fíbula. Entre os ossos envolvidos nessa articulação, está presente ainda o osso Patela, maior osso sesamoide do animal.

Saiba mais

Necropsia em suíno: exame externo, como devo começar a necropsia?

Você sabia que a necropsia é iniciada com o exame externo, o qual, às vezes, pode ser suficiente para definição do diagnóstico? Nesse exame, é analisado o histórico de vacinação, vermifugação, manejo adotado na propriedade, histórico clínico do rebanho e do cadáver. Esses dados são obtidos com o proprietário do animal e, ou com o médico veterinário responsável, por meio de conversas e registros sanitários.

Saiba mais

Especificidades do fêmur de equinos: vamos conhecer?

Se imaginarmos a figura de um animal equino posicionado à nossa frente com o crânio voltado para nós, podemos dizer que a cabeça do fêmur na articulação coxofemoral ocupa posição medial, enquanto a estrutura do trocanter maior está na posição lateral do animal.

Saiba mais

Como iniciar uma necropsia em equino a campo?

O exame necroscópico consiste em realizar um exame detalhado do cadáver do animal com o objetivo principal de investigar a causa da morte, quando esta ainda é uma incógnita, ou para confirmar um diagnóstico.

Saiba mais

Estômago composto: conheça essa estrutura presente apenas em animais ruminantes

O estômago composto é dividido em quatro compartimentos: rúmen, retículo, omaso e abomaso, e esta é a ordem do caminho feito pelo alimento durante a digestão. Vale lembrar que o alimento vai e volta do rúmen para o retículo para fazer a digestão fermentativa; no entanto, quando o conteúdo passa para o omaso, não há mais retorno.

Saiba mais

Necropsia em suínos: como deve ser feita a análise do coração?

Na necropsia é feita uma análise detalhada do cadáver, tanto da parte externa quanto da parte interna, e envolve exame dos órgãos, da carcaça e de todas as estruturas que compõem o organismo do animal em busca de sinais que possam levar à causa da morte. Nessa investigação também são coletados materiais para análise laboratorial.

Saiba mais

Necropsia em gatos: conheça as etapas da retirada do monobloco

Para que cada conjunto de órgãos que compõem o monobloco continue preservado, ao proceder a separação das estruturas, é preciso se atentar para os ligamentos e secções que unem os conjuntos de órgãos, fazendo a retirada do monobloco de maneira correta.

Saiba mais

Dissecação da face medial do membro torácico de bovino: como iniciar?

Para realizar a dissecação da face medial do membro torácico, é necessário, em primeiro lugar, observar e realizar o descolamento de músculos que compõem a região do cíngulo escapular.

Saiba mais

Intestino grosso de animais domésticos: conheça as diferenças

O intestino grosso tem como função básica a absorção de água e, apenas nos equinos, a digestão fermentativa. Por conta disso, nesses animais, tal estrutura é muito desenvolvida e apresenta grande capacidade de reter o alimento.

Saiba mais

Necropsia em gatos: entenda o que deve ser observado ao examinar o fígado de felino

O exame dos órgãos deve ser feito de forma minuciosa, e cada órgão deve ser examinado individualmente, observando possíveis processos patológicos.

Saiba mais

Estruturas superficiais da perna de bovinos: conheça essas estruturas!

A fáscia crural, formada por uma lâmina de tecido conjuntivo que reveste e agrupa os músculos e aumentando a eficiência de contração, está ligada ao músculo bíceps femoral (em bovinos), revestindo o joelho e os músculos da perna.

Saiba mais

Fígado de animais domésticos: existem diferenças nesse órgão de acordo com as espécies animais?

O fígado, maior glândula do corpo, produz uma secreção extremamente importante liberada no intestino delgado, a bile. Essa substância auxilia principalmente na emulsificação da gordura, além de ajudar na digestão de algumas proteínas e carboidratos.

Saiba mais

Veterinário, conheça as subdivisões da Anatomia Animal

A anatomia é um ramo da biologia que estuda as formas e estruturas que compõem o corpo do animal e as correlaciona com as funções do corpo do mesmo. Inicialmente, a anatomia era simplesmente descritiva, utilizando bisturis e pinças, fazendo a separação das estruturas e sua descrição. Com o desenvolvimento da ciência anatômica, surgiu a necessidade de subdividi-la. Uma delas, dentre as várias divisões da anatomia animal, é a anatomia macroscópica, que é a anatomia em si, a descrição das estruturas a olho nu.

Saiba mais

Muda de penas das aves poedeiras: entenda esse processo

A muda anual é uma ocorrência natural, caracterizada pela perda de penas do corpo da ave e por um descanso ou pausa na produção de ovos. As aves nesse estado tornam-se fotorrefratárias, ou seja, não respondem aos estímulos luminosos, perdem o apetite e têm o peso corporal reduzido.

Saiba mais

Precisando medicar pássaros? Saiba como proceder por via oral

Para aplicar uma medicação por via oral em aves, pode-se usar uma seringa de precisão, principalmente quando o paciente for uma ave de pequeno porte, para que a dosagem correta não seja ultrapassada. Para aplicações feitas diretamente no inglúvio, são necessárias sondas as quais são introduzidas através do canal oral da ave.

Saiba mais

Anatomia dos tetos mamários de vacas leiteiras

A forma e posição dos tetos de uma vaca influenciam na facilidade da ordenha. “A superfície dos tetos apresenta uma pele fina e a parede dos tetos é formada por diversas fibras musculares lisas pelas quais circula extenso volume de sangue”, explica Paolo Vivenza, professor do VET Profissional. Observe, na imagem, as estruturas que compõem a anatomia dos tetos:

Saiba mais

Aves de estimação: quais os cuidados e preparativos para realizar o exame desses animais?

A avaliação da ave como um paciente envolve fatores que correspondem não apenas ao exame físico, mas também ao seu histórico de saúde. Ainda, se possível, o profissional deve observar o ambiente em que a ave está inserida e o seu comportamento de interação com esse ambiente para um diagnóstico completo.

Saiba mais

Intestino delgado de animais domésticos: você sabia que existe diferença desse órgão nas diversas espécies de animais?

O intestino tem a responsabilidade da absorção de todos os nutrientes que foram processados em outras porções do digestório. Ele é dividido em intestino delgado e intestino grosso, e seu desenvolvimento é muito diferente em cada espécie.

Saiba mais

Médico veterinário, você está preparado para atender uma ave em estado crítico?

As aves quando chegam às clinicas, geralmente já se encontram em estado crítico. Elas são pacientes diferentes, não são como os cães e os gatos, porque mascaram os sinais clínicos de doenças, então os seus responsáveis normalmente não percebem quando elas começam a adoecer e nisso a doença se agrava.

Saiba mais

Sr. Veterinário, conheça as principais funções das pálpebras oculares

Precisando avaliar os olhos de algum animal sob seus cuidados? A primeira dica para que isto seja realizado de forma correta é conhecer a anatomia e a fisiologia oftálmica, a começar pelas pálpebras e suas funções. As principais funções das pálpebras são: • Proteção: contra agressões externas, corpos estranhos, dentre outros. • Filme lacrimal: produção de mucina e lipídios. • Ato de piscar, promovendo:

Saiba mais

Anatomia sistemática da boca de animais: conheça as funções dos lábios e da bochecha dos animais domésticos

O aparelho digestório se inicia pela boca. A cavidade oral possui estruturas necessárias para apreensão, mastigação e deglutição do alimento ingerido. “A maioria das espécies de animais utilizam os lábios para realiza a apreensão e seleção dos alimentos”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Faringe dos animais: vamos conhecer essa estrutura?

A faringe é a porção do aparelho digestório responsável pelo controle da passagem de ar e de alimento.

Saiba mais

Aparelho mastigatório: vamos conhecer a arcada dentária canina?

Nos caninos, a dentição pode ser considerada completa, uma vez que esse animal possui os três tipos de dentes: incisivos pequenos, caninos fortes e pontiagudos e molares com saliências aguçadas e cortantes.

Saiba mais

Doenças articulares em raças pequenas: conheça a anatomia e os achados radiográficos dessas doenças

As articulações são as estruturas que impedem o atrito dos ossos no ponto em que a parte distal de um osso se liga à parte proximal de outro. Elas que permitem a mobilidade do corpo.

Saiba mais

Cavidade celomática: vamos conhecer os órgãos do sistema respiratório que compõem essa cavidade presente nas aves

A cavidade celomática representa, nas aves, o tórax e o abdômen dos mamíferos domésticos, pois, nessa cavidade, todos os órgãos estão dispostos de forma uniforme. As aves não possuem o músculo diafragma e nem a divisão da cavidade torácica e abdominal. Nos mamíferos, esse órgão separa o tórax do abdômen.

Saiba mais

Estômago simples de animais domésticos: conheça as características dessa estrutura em alguns animais

O estômago é a porção dilatada do aparelho digestório responsável pela transformação química do alimento, o qual recebe a ação de enzimas, sendo transformado em partículas diferentes. Além dessas enzimas, o estômago produz ácido clorídrico, que é altamente corrosivo e apresenta um pH bem baixo.

Saiba mais

Manejo de aves criadas em cativeiro: o que um veterinário deve saber?

A classe das aves possui grande variação e se diferencia tanto no aspecto morfológico quanto no alimentar e comportamental. É de extrema importância que o clínico conheça o manejo adequado de cada classe e o objetivo da criação para identificar as estratégias de manejo ou possíveis falhas no manejo quando a ave apresenta alguma patologia.

Saiba mais

Miologia topográfica do pescoço de animais domésticos: vamos conhecer?

Os músculos profundos do pescoço estão mais relacionados e fixados nas vértebras cervicais, entre as vértebras cervicais e ligados à cabeça. Com isso, os músculos profundos do pescoço participam da movimentação da cabeça do animal e ajudam também na sustentação da mesma.

Saiba mais

Hérnia umbilical em potros? Conheça a Herniorrafia!

O procedimento de herniorrafia em potros é realizado sempre que o animal jovem ou recém-nascido apresenta a patologia de hérnia umbilical. Esta, por sua vez, ocorre devido a ausência de fechamento adequado da musculatura abdominal ventral. Essa má formação propicia o desenvolvimento de um ponto anatomicamente frágil no corpo do potro, permitindo a passagem do conteúdo oriundo da cavidade abdominal para o espaço subcutâneo.

Saiba mais

Veterinário de aves domésticas? Quais aspectos avaliar em granjas com problemas?

O veterinário de aves domésticas será solicitado à granja sempre que o granjeiro ou proprietário perceber algum problema com os animais. No primeiro contato, já é importante que o profissional comece a traçar o histórico, ou anamnese, do animal, verificando todas as características das aves e as condições a que são submetidas, como idade, alimentação, vacinação, condições das instalações granjeiras, qual o quadro suspeito e quando começou a sua observação, entre outros. É necessário que tudo seja devidamente anotado em fichas próprias.

Saiba mais

Necropsia: características anatômicas e fisiológicas das aves

O estudo das características anatômicas e fisiológicas das aves se torna importante devido aos impactos que todas as peculiaridades têm, tanto sobre a parte clínica quanto sobre a produção desses animais. “A necropsia objetiva demonstrar as técnicas mais comuns na avicultura e apresentar as características físicas e anatômicas dessa categoria animal”,

Saiba mais

Criação de frangos de corte: dicas para a densidade e cama

A densidade da cama para a criação de frangos de corte diz respeito à quantidade de aves por área de galpão. Densidades menores representam maior conforto e bem-estar para a ave, enquanto que altas densidades representam mais lucro por área. “A cama é um item importante na avicultura, pois seu descuido pode gerar sérios problemas sanitários ao lote”, explica Marcelo Dias, professor do VET Profissional. Dessa forma, a cama precisa ter aspecto seco, sem emplastramentos, e necessita de revolvimentos periódicos.

Saiba mais

Galinhas poedeiras em gaiolas: vantagens e dimensão das gaiolas

Hoje, no Brasil, é mais comum as fases de cria e recria serem realizadas em piso e a fase de produção em gaiolas, explica Marcelo Dias, Professor do VET Profissional. As principais vantagens da criação de galinhas poedeiras em gaiolas são: - Ovos mais limpos; - Menor contato da ave com o solo; - Devido ao menor gasto de energia proporcionado pelo espaço limitado, tem-se maior produtividade.

Saiba mais

Corte das asas de aves de estimação: como realizar esse procedimento?

O corte das asas pode ser feito por um veterinário habilitado em qualquer estabelecimento e tem o objetivo de conter o voo das aves, uma vez que elas não conseguirão sustentá-lo por muito tempo após o procedimento.

Saiba mais

Fêmeas equinas: conheça 7 sinais clínicos de alterações no sistema reprodutor das éguas

O sistema reprodutor tem a importante função de garantir a perpetuação das espécies por meio da gestação. “Quando se trata de fêmeas equinas, o conhecimento da anatomia desse sistema é indispensável para conseguir identificar anormalidades ao executar a palpação retal no exame físico”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, Pós-doutora em Medicina, na área de Oftalmologia e Oncologia e Doutora em Cirúrgicas e Anestésicas Aplicadas aos Animais.

Saiba mais

Necropsia de bovinos a campo: como iniciar esse procedimento?

Para realização da necropsia, são utilizadas técnicas específicas de exames. No entanto, antes de iniciar os exames propriamente ditos, deve ser feito o levantamento do histórico clínico do animal, também conhecido como perinecropsia.

Saiba mais

Osso coxal: conheça essa porção da pelve óssea de animais

A pelve, formada pelos ossos coxal, sacro e as primeiras vértebras coccígeas é a porção final do tronco, onde se fixam os membros pélvicos e a cauda. O osso coxal é constituído pela fusão de três ossos: ílio, ísquio e púbis.

Saiba mais

Necropsia em gatos: como fazer a avaliação das mucosas?

Na necropsia é feita uma análise detalhada do cadáver, tanto na parte externa como interna. O exame externo nada mais é que uma avaliação detalhada da superfície do cadáver. Trata-se da primeira fase da necropsia em que informações relevantes são coletadas para elucidar a causa mortis do animal.

Saiba mais

Articulações do joelho de animais domésticos: conheça as principais estruturas

A articulação do joelho é formada pelo contato entre o osso fêmur e os ossos da perna tíbia e fíbula. Entre os ossos envolvidos nessa articulação, está presente ainda o osso Patela, maior osso sesamoide do animal.

Saiba mais

Necropsia em suíno: exame externo, como devo começar a necropsia?

Você sabia que a necropsia é iniciada com o exame externo, o qual, às vezes, pode ser suficiente para definição do diagnóstico? Nesse exame, é analisado o histórico de vacinação, vermifugação, manejo adotado na propriedade, histórico clínico do rebanho e do cadáver. Esses dados são obtidos com o proprietário do animal e, ou com o médico veterinário responsável, por meio de conversas e registros sanitários.

Saiba mais

Especificidades do fêmur de equinos: vamos conhecer?

Se imaginarmos a figura de um animal equino posicionado à nossa frente com o crânio voltado para nós, podemos dizer que a cabeça do fêmur na articulação coxofemoral ocupa posição medial, enquanto a estrutura do trocanter maior está na posição lateral do animal.

Saiba mais

Como iniciar uma necropsia em equino a campo?

O exame necroscópico consiste em realizar um exame detalhado do cadáver do animal com o objetivo principal de investigar a causa da morte, quando esta ainda é uma incógnita, ou para confirmar um diagnóstico.

Saiba mais

Estômago composto: conheça essa estrutura presente apenas em animais ruminantes

O estômago composto é dividido em quatro compartimentos: rúmen, retículo, omaso e abomaso, e esta é a ordem do caminho feito pelo alimento durante a digestão. Vale lembrar que o alimento vai e volta do rúmen para o retículo para fazer a digestão fermentativa; no entanto, quando o conteúdo passa para o omaso, não há mais retorno.

Saiba mais

Necropsia em suínos: como deve ser feita a análise do coração?

Na necropsia é feita uma análise detalhada do cadáver, tanto da parte externa quanto da parte interna, e envolve exame dos órgãos, da carcaça e de todas as estruturas que compõem o organismo do animal em busca de sinais que possam levar à causa da morte. Nessa investigação também são coletados materiais para análise laboratorial.

Saiba mais

Necropsia em gatos: conheça as etapas da retirada do monobloco

Para que cada conjunto de órgãos que compõem o monobloco continue preservado, ao proceder a separação das estruturas, é preciso se atentar para os ligamentos e secções que unem os conjuntos de órgãos, fazendo a retirada do monobloco de maneira correta.

Saiba mais

Dissecação da face medial do membro torácico de bovino: como iniciar?

Para realizar a dissecação da face medial do membro torácico, é necessário, em primeiro lugar, observar e realizar o descolamento de músculos que compõem a região do cíngulo escapular.

Saiba mais

Intestino grosso de animais domésticos: conheça as diferenças

O intestino grosso tem como função básica a absorção de água e, apenas nos equinos, a digestão fermentativa. Por conta disso, nesses animais, tal estrutura é muito desenvolvida e apresenta grande capacidade de reter o alimento.

Saiba mais

Necropsia em gatos: entenda o que deve ser observado ao examinar o fígado de felino

O exame dos órgãos deve ser feito de forma minuciosa, e cada órgão deve ser examinado individualmente, observando possíveis processos patológicos.

Saiba mais

Estruturas superficiais da perna de bovinos: conheça essas estruturas!

A fáscia crural, formada por uma lâmina de tecido conjuntivo que reveste e agrupa os músculos e aumentando a eficiência de contração, está ligada ao músculo bíceps femoral (em bovinos), revestindo o joelho e os músculos da perna.

Saiba mais

Fígado de animais domésticos: existem diferenças nesse órgão de acordo com as espécies animais?

O fígado, maior glândula do corpo, produz uma secreção extremamente importante liberada no intestino delgado, a bile. Essa substância auxilia principalmente na emulsificação da gordura, além de ajudar na digestão de algumas proteínas e carboidratos.

Saiba mais

Receba Mais Informações