Guias de Capacitação do Veterinários. Clique e baixe!

Resultados da busca para "aula 2"

Sr. Veterinário, aprenda como fazer na prática a TIVA

O animal será pré-medicado com 0,5 ml/kg de diazepan intravenoso e, em seguida, será feita a indução da anestesia de 2 em 2 ml/kg de propofol até atingir o efeito esperado. Como a paciente pesa 2,65 kg, a regulagem da bomba de infusão deve seguir a adaptação desse valor.

Saiba mais

Quer se tornar um assinante do VET Profissional? Aposte nos cartões digitais!

O VET Profissional oferece ao Médico Veterinário a oportunidade de rever e aprimorar, por meio de Aulas Práticas e Cursos de Aperfeiçoamento, conceitos e técnicas para aplicar em seu dia a dia, transformando-se em um profissional diferenciado. O VET Profissional é essencial, também, para o Estudante de Veterinária, pois proporciona um aprendizado ágil e dinâmico, além, é claro, de servir como complemento para as aulas práticas abordadas nas disciplinas do seu curso. Contudo, para ter acesso ao conteúdo das aulas e cursos, é preciso efetuar sua assinatura anual, por meio de um cartão de crédito.

Saiba mais

Suinocultura: como evitar a carne DFP de suínos

A "carne DFD, sigla em inglês que significa - dark, firm, dry, ou seja, escura, dura e seca - pode ser evidenciada pela cor escura, sendo ainda carne firme e seca com média de pH superior a 6,2", explica Mariana Costa Fausto, Professora do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, nesta aula um pouco mais sobre as células

As células possuem um ciclo de vida em que crescem, reproduzem e morrem. As que estão no período de crescimento passam por aumento quantitativo de moléculas e de material genético. A reprodução celular, por sua vez, corresponde à partição do núcleo e do citoplasma em duas células. “A reprodução celular é proporcional o aumento exponencial de células até a fase adulta do animal na qual o crescimento do organismo cessa”, explica Waleska de Melo Ferreira Dantas, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Veterinário dá dicas para a recepção de pintinhos em granjas. Veja!

Na ocasião da chegada das aves à granja, a primeira coisa que o avicultor deve observar é se os pintinhos estão estressados e, às vezes, desidratados, devido à locomoção que, em alguns casos, pode durar até 2 ou 3 dias de viagem de caminhão. É bom lembrar que os pintinhos chegam até a granja transportados em caixas feitas de plástico rígido ou em caixas de papelão que possuem furos para ventilação.

Saiba mais

4 dicas para acertar na inseminação artificial de porcas

Precisando acertar no momento de inseminar porcas? Pois muito bem, atente-se a essas dicas e faça um procedimento perfeito: 1 - A inseminação artificial deverá ser feita na presença do macho, tendo-se o cuidado para que o sêmen seja depositado naturalmente na fêmea e não forçado,explica Paulo César Brustolini, Mestre e Doutor em Zootecnia. 2 - O tempo de uma inseminação deve ser de, no mínimo, 4 minutos. Ao mesmo tempo que a inseminação é feita, massageie o flanco e pressione (gentilmente, com as mãos ou cavalgando) as costas da fêmea o que facilitará a penetração do sêmen.

Saiba mais

Influenza equina: um tipo de afecção viral que acomete o sistema respiratório de equinos

A influenza equina é uma doença respiratória aguda de etiologia viral causada por duas cepas de ortomixovírus: Influenza A/equina 1 (H7N7) e Influenza A/equina 2 (H3N8).

Saiba mais

Sr. Veterinário, aprenda como fazer na prática a TIVA

O animal será pré-medicado com 0,5 ml/kg de diazepan intravenoso e, em seguida, será feita a indução da anestesia de 2 em 2 ml/kg de propofol até atingir o efeito esperado. Como a paciente pesa 2,65 kg, a regulagem da bomba de infusão deve seguir a adaptação desse valor.

Saiba mais

Quer se tornar um assinante do VET Profissional? Aposte nos cartões digitais!

O VET Profissional oferece ao Médico Veterinário a oportunidade de rever e aprimorar, por meio de Aulas Práticas e Cursos de Aperfeiçoamento, conceitos e técnicas para aplicar em seu dia a dia, transformando-se em um profissional diferenciado. O VET Profissional é essencial, também, para o Estudante de Veterinária, pois proporciona um aprendizado ágil e dinâmico, além, é claro, de servir como complemento para as aulas práticas abordadas nas disciplinas do seu curso. Contudo, para ter acesso ao conteúdo das aulas e cursos, é preciso efetuar sua assinatura anual, por meio de um cartão de crédito.

Saiba mais

Suinocultura: como evitar a carne DFP de suínos

A "carne DFD, sigla em inglês que significa - dark, firm, dry, ou seja, escura, dura e seca - pode ser evidenciada pela cor escura, sendo ainda carne firme e seca com média de pH superior a 6,2", explica Mariana Costa Fausto, Professora do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, nesta aula um pouco mais sobre as células

As células possuem um ciclo de vida em que crescem, reproduzem e morrem. As que estão no período de crescimento passam por aumento quantitativo de moléculas e de material genético. A reprodução celular, por sua vez, corresponde à partição do núcleo e do citoplasma em duas células. “A reprodução celular é proporcional o aumento exponencial de células até a fase adulta do animal na qual o crescimento do organismo cessa”, explica Waleska de Melo Ferreira Dantas, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Veterinário dá dicas para a recepção de pintinhos em granjas. Veja!

Na ocasião da chegada das aves à granja, a primeira coisa que o avicultor deve observar é se os pintinhos estão estressados e, às vezes, desidratados, devido à locomoção que, em alguns casos, pode durar até 2 ou 3 dias de viagem de caminhão. É bom lembrar que os pintinhos chegam até a granja transportados em caixas feitas de plástico rígido ou em caixas de papelão que possuem furos para ventilação.

Saiba mais

4 dicas para acertar na inseminação artificial de porcas

Precisando acertar no momento de inseminar porcas? Pois muito bem, atente-se a essas dicas e faça um procedimento perfeito: 1 - A inseminação artificial deverá ser feita na presença do macho, tendo-se o cuidado para que o sêmen seja depositado naturalmente na fêmea e não forçado,explica Paulo César Brustolini, Mestre e Doutor em Zootecnia. 2 - O tempo de uma inseminação deve ser de, no mínimo, 4 minutos. Ao mesmo tempo que a inseminação é feita, massageie o flanco e pressione (gentilmente, com as mãos ou cavalgando) as costas da fêmea o que facilitará a penetração do sêmen.

Saiba mais

Influenza equina: um tipo de afecção viral que acomete o sistema respiratório de equinos

A influenza equina é uma doença respiratória aguda de etiologia viral causada por duas cepas de ortomixovírus: Influenza A/equina 1 (H7N7) e Influenza A/equina 2 (H3N8).

Saiba mais

Receba Mais Informações