Resultados da busca para "como ocorre as infeccoes intramamarias causada por bacteria"

Sr. Veterinário: saiba mais sobre a bactéria Salmonelose

Segundo Prof. Marcelo Dias, do VET Profissional, “o gênero Salmonella é composto por inúmeras espécies, havendo grupos que causam grandes problemas sanitários na avicultura e outros que causam importantes doenças nos seres humanos”. Existem três grandes grupos de doenças associadas à salmonela, sendo duas delas de grande prejuízo para a avicultura: - Tifo, causada por Salmonella gallinarum. - Pulorose, causada por Salmonella pullorum. - Paratifo, causada por Salmonella spp. (as principais são Salmonella enteritidis e Salmonella typhimurium).

Saiba mais

Mosca do Chifre: um dos parasitas que mais causam prejuízo à pecuária

Um dos parasitas que mais causam prejuízo à pecuária de corte ou de leite é a mosca de chifre. Sua população aumenta rapidamente com o início do período de chuvas e causa grande irritação nos animais, que ficam inquietos, tentando espantá-las. “As moscas, geralmente, ficam na região da cernelha, próximo ao pescoço dos animais. Têm preferência por animais de pelagem preta, principalmente machos inteiros”, explica Prof. Leonardo Cotta Quintão, do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, entenda um pouco mais sobre replicação do DNA

É na interfase que ocorre a replicação do DNA das células no período de 5 a 10 horas antes da mitose. Nesse período ocorrem múltiplas reações enzimáticas com a participação de duas enzimas principais: DNA-polimerase e DNA-ligase, afirma a Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Clostridioses em caprinos: doenças bacterianas de alta mortalidade

As Clostridioses são um complexo de enfermidades que ocorrem de forma muito rápida e fatal em caprinos, e são causadas por bactérias do gênero Clostrídios. Essas bactérias têm capacidade de esporulação, e são encontradas nas fezes dos animais, no solo, entre outros, explica Dra. Magna Coroa Lima, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Mastite: o que é e o que representa no sistema de produção de leite

A mastite é a inflamação do parênquima da glândula mamária. A doença pode ter causas diversas, mas a maior parte das vezes, é causada por bactérias que atingem o interior de um ou mais quartos da mama bovina através dos ductos localizados nos tetos. De acordo com Paolo Antônio Dutra Vivenza, Professor do VET Profissional, “Além das bactérias, outros microrganismos também podem causar a mastite, entre eles: leveduras, fungos, o vírus do Mycoplasma bovis, microrganismo que ocupa posição intermediária entre bactérias e vírus, e algas microscópicas do gênero Prototheca”. É preciso ressaltar que, sob o ponto de vista epidemiológico, a interação entre a resistência do animal, as condições do ambiente e a presença do agente patogênico favorece a ocorrência da mastite no rebanho.

Saiba mais

Micoplasmose em aves causa grandes perdas econômicas e subclínicas

A micoplasmose causa grandes perdas econômicas, além de perdas subclínicas, pois seu controle é difícil de ser realizado nas granjas, explica Marcelo Dias, Professor do VET Profissional. Trata-se de uma doença que se tornou alvo do Programa Nacional de Sanidade Avícola – PNSA, por meio da Instrução Normativa SDA nº 44 de 23 de agosto de 2001, que aprovou uma série de normas técnicas para controle e certificação de núcleos e estabelecimentos avícolas em relação à micoplasmose aviária. São elas:

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba mais sobre a retenção de placenta

A retenção de placenta é a não expulsão da placenta dentro do período de 12 horas após o parto. Em algumas literaturas consta que esse período pode ser de 24 horas, mas, como é difícil saber com exatidão a hora em que o parto ocorreu, o comum é considerar um caso de retenção de placenta se a expulsão não tiver ocorrido até o dia seguinte.

Saiba mais

A tuberculose bovina e a forma comum de transmissão

A tuberculose bovina é uma doença que ocorre em praticamente todo o mundo, sendo a América do Sul um dos locais de maior incidência. No Brasil o problema é preocupante e se constitui em um grave problema de saúde pública. Os principais prejuízos causados pela tuberculose são a diminuição da produção de leite e de carne e a perda de animais que, dependendo do sistema de produção, pode ser disseminada rapidamente entre o rebanho, explica Prof. Leonardo Cotta Quintão, professor do VetProfissional. Por apresentar sinais comuns de várias enfermidades, a identificação dessa doença exige métodos complementares.

Saiba mais

Epidemiologia: qual a sua importância para o médico veterinário?

A epidemiologia (Epi-: sobre; -demos-: povo ; -logia: estudo) consiste em estudar “aquilo que se abate sobre o povo”: as epidemias. “É função da epidemiologia conhecer detalhadamente as doenças e buscar intervenções. Nesse contexto, a medicina veterinária se insere tanto na saúde pública quanto no controle de doenças em animais”, explica Marcelo Dias da Silva, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Por que castrar cães machos é uma ação para o bem-estar social?

Muitas pessoas consideram que a melhor forma de controlar a natalidade de cães e gatos é a castração de fêmeas, uma vez que são elas que geram os filhotes. Embora castrá-las seja, sim, uma forma de controle, a orquiectomia, ou seja, a castração de machos, causa muito mais impacto nesse aspecto quando existe um grande volume de animais a ser neutralizado reprodutivamente.

Saiba mais

Estro em leitoas: como diagnosticar?

Nas fêmeas suínas, a puberdade é caracterizada pelo primeiro cio produtivo ou o processo de ovulação. Ocorre em torno de 135 dias de idade. A partir da puberdade as fêmeas passam a ser monitoradas. Nesse momento, suinocultores e veterinários responsáveis devem formar lotes de animais com cio em período semelhante.

Saiba mais

Cólera aviária: aprenda um pouco sobre essa doença

A pasteurelose também é conhecida como “cólera aviária” devido aos sintomas e índice de mortalidade causados pela bactéria Pasteurella multocida em aves, "que lembra a ação endêmica provocada pelo vibrião do cólera em seres humanos", afirma o Médico Veterinário e Zootecnista Marcelo Dias.

Saiba mais

Aleitamento artificial em potros: saiba quando indicar

O uso de aleitamento artificial na criação de potros ocorre quando éguas com baixo escore corporal apresentam pouca produção de leite, sendo necessário administrar uma complementação aos potros, afirma Fabiana Garcia Christovão, Doutora em Medicina Veterinária na área de Patologia Animal.

Saiba mais

Veterinário: dicas para identificar a Micoplasmose em galinhas

Nos anos de 1980, o Brasil passou por um grave problema na avicultura, quando foram constatados lotes de aves com problemas de doença crônica respiratória – DCR. Ao se investigar a causa dessa situação, descobriu-se que a micoplasmose era a doença responsável pelo quadro clínico de inúmeras aves.

Saiba mais

Medula espinhal: ponto-chave na fisioterapia veterinária

A medula espinhal é de suma importância na fisioterapia veterinária, pois os traumas e doenças medulares são causas frequentes de proprietários buscarem a ajuda de um fisiatra. “Os comandos principais de movimentos do animal que passam por toda a medula espinhal são chamados neurônios motores”, afirma Ana Carolina Silva Faria, professora do VET Profissional.

Saiba mais

O hipotálamo e a produção de hormônios em animais

O hipotálamo é a região do cérebro formado por neurônios na qual ocorre a junção e controle do sistema nervoso e do sistema endócrino para a produção de hormônios que serão transmitidos à adeno-hipófise e à neuro-hipófise, afirma Waleska de Melo Ferreira Dantas, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba sobre a passagem de substâncias pelo organismo animal

A passagem de substâncias no organismo ocorre de acordo com as necessidades fisiológicas do animal representadas pela demanda de cada uma das células e tecidos-alvo. “O transporte através da membrana plasmática pode se dar de forma passiva por difusão ou por transporte ativo”, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

A água na manutenção dos fluidos corporais dos animais

A manutenção do volume de água em relação aos demais fluidos presentes dentro e fora da célula ocorre através da osmose. Dessa forma, é possível manter o nível de água e de íons osmoticamente ativos equilibrado nos meios intra e extracelular. “O nível de água deve permanecer igual em todos os compartimentos nos organismos saudáveis, e não deve haver fluxo resultante de água, ou seja, não deve haver água a mais ou a menos nos compartimentos corporais”, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário: entenda um pouco mais sobre as interações medicamentosas

A interação medicamentosa é um evento clínico que pode ocorrer entre medicamento-medicamento, medicamento-alimento ou medicamento-drogas, caracterizando-se pela interferência na absorção, ação ou eliminação de outro medicamento, explica Profa. Waleska Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Estudando farmacodinâmica? Conheça seus conceitos básicos

Farmacodinâmica é o estudo das alterações bioquímicas ou fisiológicas causadas no organismo pelos fármacos. A resposta decorrente dessa ação é o efeito do medicamento. “Para entender a diferença entre absorção local e absorção sistêmica serão apresentados dois medicamentos utilizados na pele do animal para controle de pulga e carrapato e suas diferenças”

Saiba mais

Clostridioses em bovinos: doenças bacterianas de alta mortalidade

As Clostridioses são um complexo de enfermidades que ocorrem de forma muito rápida e fatal, e é causado por bactérias do gênero Clostrídios. Essas bactérias têm capacidade de esporulação, e são encontradas nas fezes dos animais, no solo, entre outros, explica Marcelo dias da Silva, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Glomerulonefropatias em animais domésticos: você conhece a glomerulonefrite?

As glomerulonefropatias são doenças glomerulares consideradas como principais causas de doença renal crônica em cães, prevalecendo a ocorrência em animais de meia idade e idosos.

Saiba mais

Como combater cálculos urinários em cães e gatos?

Assim como os seres humanos, os animais também podem sofrer com cálculos urinários, que são bem parecidos aos nossos. Esse material sólido é formado, geralmente, por sais minerais, com elementos como o cálcio, o magnésio, a amônia, o fósforo e carbonatos. A consistência do cálculo e a composição são similares a do calcário.

Saiba mais

Cães: alergia e dermatite alérgica

Por andarem em quase todos os locais da casa e terem contato com diversas substâncias, os cães podem facilmente apresentar alergias e dermatite causada por reação alérgica. Essa doença na pele é muito comum e é resultado de uma reação alérgica quando o animal entra em contato com alguma substância alérgena.

Saiba mais

Veterinário, tire dúvidas de seus clientes quanto à criação de caprinos

Os caprinos foram introduzidos no Brasil durante o período de colonização. Por causa do porte, eram facilmente transportados nos navios, e por causa da grande adaptabilidade a muitos ambientes, podiam ser criados nos territórios recém-colonizados, sem maiores problemas para subsistência. A primeira notícia de importação de animais, visando à produção de forma comercial, só aconteceu em 1910.

Saiba mais

Importância do sistema reprodutivo para clínica de bovinos

Independente do sistema de produção, os aspectos próprios da reprodução e os índices reprodutivos podem auxiliar no diagnóstico de doenças de vários sistemas. Um exemplo disso é a possibilidade de suspeitar que afecções podais estão ocorrendo no rebanho devido à baixa taxa de prenhez, pois, como as vacas não demonstrarão cio montando umas nas outras por causa da possível dor na pata, elas não serão submetidas à inseminação ou qualquer que seja o método de concepção utilizado pela propriedade.

Saiba mais

Água de má qualidade mata muitas galinhas, você sabia?

A qualidade da água a ser consumida é de extrema importância para a sanidade do plantel avícola. “É costume falar que se a água não está boa para consumo humano, também não está boa para consumo animal”, afirma Marcelo Dias, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Doenças bacterianas em caprinos podem causar mortalidade dos animais?

É de grande importância saber identificar as doenças bacterianas de alta morbidade e de alta mortalidade em caprinos, sabendo quais são as mais prevalentes em jovens, conhecendo as práticas de diagnóstico, tratamento, profilaxia e controle dessas doenças nos caprinos.

Saiba mais

Ciclo estral de bovinos: você sabe reconhecer o cio de uma vaca?

“O ciclo estral é o período compreendido entre dois estros de duração variável. Porém, em torno de 21 dias, apresenta fases bastante evidentes, caracterizado por modificações da genitália tanto interna quanto externa, bem como no comportamento da fêmea”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Farmacocinética veterinária: como ocorre a absorção dos medicamentos?

“A farmacocinética estuda o caminho percorrido pelos medicamentos no organismo animal. Este caminho se inicia com a absorção da droga, a depender da via de administração”, explica Waleska de Melo, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Clínica Médica de Bovinos: Nova Disciplina VET Profissional

A criação de bovinos para a produção de leite é uma opção extremamente promissora para os pecuaristas. O mercado do leite no Brasil encontra-se em expansão, mas é preciso oferecer um produto de qualidade para garantir o seu espaço. Uma doença que pode atacar esses animais é a mastite, que causa alterações físico-químicas na composição do leite, ocasionando grandes prejuízos aos produtores rurais.

Saiba mais

Cuidado veterinário: o que é Otohematoma?

Muito comum em cães e muito tratado por veterinários o otohematoma ou hematoma auricular é um hematoma que costuma aparecer no pavilhão auricular desses animais, caracterizado por um conjunto de sangue entre a cartilagem auricular e a pele canina, que pode ocorrer após uma lesão de segundo grau.

Saiba mais

Medicina veterinária? Apresento-lhe a Orquiectomia, vulgo castração!

A orquiectomia, popularmente conhecida como castração, consiste no procedimento cirúrgico de remoção da gônada do animal e de alguns de seus anexos. Trata-se de uma cirurgia realizada com grande frequência, principalmente na espécie equina, e é uma das causas mais comuns de processos legais contra veterinários nos Estados Unidos, devido a erros de conduta e falhas na aplicação da técnica.

Saiba mais

Hérnia umbilical em potros? Conheça a Herniorrafia!

O procedimento de herniorrafia em potros é realizado sempre que o animal jovem ou recém-nascido apresenta a patologia de hérnia umbilical. Esta, por sua vez, ocorre devido a ausência de fechamento adequado da musculatura abdominal ventral. Essa má formação propicia o desenvolvimento de um ponto anatomicamente frágil no corpo do potro, permitindo a passagem do conteúdo oriundo da cavidade abdominal para o espaço subcutâneo.

Saiba mais

Doença de maior impacto no sistema de produção de leite? A Mastite!

A real importância da mastite no sistema de produção de leite está relacionada a três fatores: trata-se da doença de maior impacto direto na diminuição da produção e qualidade do leite; causa enormes perdas econômicas para a indústria leiteira; e inviabiliza a atividade dos produtores pecuaristas. Por isso, é fundamental que o médico veterinário conheça as características da doença, bem como quais são as novidades que estudos e pesquisas já realizados sobre a mastite revelam.

Saiba mais

Mastite: principal responsável pela baixa na atividade leiteira

Independente do tipo de sistema de produção de leite adotado pelo pecuarista, o objetivo de todo cuidado e esforço no tratamento e manejo do gado é alcançar o lucro. Porém, anualmente, a mastite é a principal responsável pelo impacto negativo na atividade leiteira. Dentre os principais prejuízos econômicos causados pela doença citam-se:

Saiba mais

Atlas: primeira vértebra cervical dos mamíferos. Saiba mais!

A primeira vértebra do pescoço dos mamíferos é denominada atlas. Todos os mamíferos possuem sete vértebras cervicais e o osso atlas é a primeira vértebra dessa sequência. A vértebra atlas articula-se com a cabeça na parte cranial dos animais. Em direção à causa, o osso atlas articula-se com as próximas vértebras cervicais.

Saiba mais

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação!

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação do esôfago cervical, técnicas que permitem ao Médico Veterinário visualizar externamente aumentos de volume e outras alterações visíveis no esôfago. A palpação ocorre a partir da glote e desce pelo esôfago. Durante esta ação, o médico deve sentir se existe algum tipo de massa ou corpo estranho que dificultando a passagem do alimento no animal. O exame também demonstra o nível de sensibilidade do animal na região do esôfago.

Saiba mais

Quais bactérias do gênero Mycoplasma acometem as aves? Você sabe?

Nem todas as bactérias do gênero Mycoplasma são patogênicas às aves, afirma o Médico Veterinário e Zootecnista Marcelo Dias. As espécies específicas que acometem as aves são Mycoplasma gallisepticum, M. synoviae e M. meleagridis

Saiba mais

Sr. Veterinário, entenda melhor o reflexo da ejeção do leite bovino

Na natureza, o leite é liberado pela vaca quando o bezerro mama. Já nos rebanhos de gado leiteiro, as vacas devem ser treinadas e condicionadas para responder aos estímulos do ordenhador e do equipamento de ordenha, quando esta é feita sem a presença do bezerro posicionado ao pé do animal. As células mioepiteliais que compõem o alvéolo, por sua vez, encontram-se sujeitas ao controle hormonal. Quando são estimuladas, contraem e causam a ejeção do leite para a fora do alvéolo. Dessa forma, é possível fazer a extração por meio da ordenha mecânica.

Saiba mais

Sr. Veterinário, conheça as principais afecções causadoras de aborto em bovinos

A duração da gestação pode apresentar importância clínica para os bezerros, pois gestações 3 ou 4 dias mais curtas do que o normal pode gerar bezerros mais leves, os quais têm mais dificuldade em absorver nutrientes, e consequentemente, tendem a ter mais problemas. Normalmente, a gestação de taurinos dura aproximadamente 285 dias enquanto a gestação de zebuínos dura aproximadamente 292 dias. A partir disso, a atenção deve ser voltada para a anotação dos índices zootécnicos, pois só é possível fazer a previsão do parto se as datas de inseminação

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba mais sobre o reflexo da ejeção do leiteira

Na natureza, o leite é liberado pela vaca quando o bezerro mama. Já nos rebanhos de gado leiteiro, as vacas devem ser treinadas e condicionadas para responder aos estímulos do ordenhador e do equipamento de ordenha, quando esta é feita sem a presença do bezerro posicionado ao pé do animal. “As células mioepiteliais que compõem o alvéolo encontram-se sujeitas ao controle hormonal. Quando são estimuladas, contraem e causam a ejeção do leite para a fora do alvéolo. Dessa forma, é possível fazer a extração por meio da ordenha mecânica”, explica Paolo Vivenza, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Quando optar pela compostagem nas propriedades rurais?

A compostagem é um processo controlado por decomposição microbiana, utilizado, assim como a fossa séptica, para purificar os dejetos produzidos nas propriedades rurais, no entanto, é a opção mais indicada para materiais de menor umidade, explica Prof. Marcelo Dias da Silva, do VET Profissional. O processo de compostagem ocorre da seguinte forma: - Inicialmente, formam-se leiras com o produto que passará pela compostagem. Esse material deverá fica sob temperatura de 25 C°.

Saiba mais

Pulorose, doença de alta mortalidade em granjas de aves jovens

A pulorose é uma doença causada pela Salmonella pullorum, um bacilo imóvel sem flagelo. Afeta exclusivamente aves, principalmente as jovens, desencadeando a chamada diarreia branca bacilar. “É uma doença de alta mortalidade, que chega a afetar 90% do plantel quando acontece”, explica Prof. Marcelo Dias, do VET Profissional.

Saiba mais

Anemia infecciosa equina: saiba mais sobre essa doença

A anemia infecciosa equina (AIE) é uma doença de etiologia viral causada por um retrovírus da subfamília Lentivirinae, família Retroviridae. “A transmissão se dá a partir da transferência de sangue ou derivados sanguíneos contaminados, seja por via fômite ou por picadas de insetos, e ainda de forma intrauterina e seminal”, explica Maria Gazzinelli, Professora do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, responda: o que é cardiopatia congênita e como ela acontece?

Cardiopatia congênita é o defeito morfológico na estrutura e função do coração ou dos grandes vasos, presentes no nascimento do animal. Ocorrem no desenvolvimento embrionário, podendo acometer cães e gatos. Possui, porém, baixa prevalência.

Saiba mais

Estenose aórtica: o que é e como acontece?

A estenose aórtica é uma doença caracterizada pela obstrução parcial da via de saída do ventrículo esquerdo. Esta enfermidade pode ocorrer nas estenoses subvalvar (mais comum), valvar e supravalvar. “Acontece tanto em animais sem raça definida, quanto nos de raça, porém é mais comum em animais de raças grandes e gigantes, como Golden Retriever, Dogue Alemão, Samoieda, Terra Nova, Boxer, dentre outros”, explica Luiz Eduardo, professor do VetProfissional.

Saiba mais

Fraturas ósseas em cães e gatos: você sabe classificar uma fratura?

A fratura é classificada como uma solução de continuidade do tecido ósseo. “Acontece devido a um trauma ou à fragilidade óssea causada por doença (fratura patológica)”, explica a professora Sâmara Turbay Pires, do VET Profissional.

Saiba mais

Estenose aórtica em animais domésticos: um tipo de cardiopatia congênita que merece atenção

Cardiopatia congênita é o defeito morfológico na estrutura e função do coração ou dos grandes vasos, presentes no nascimento do animal. Ocorrem no desenvolvimento embrionário, podendo acometer cães e gatos. Aqui vamos conhecer a estenose aórtica, uma doença caracterizada pela obstrução parcial da via de saída do ventrículo esquerdo.

Saiba mais

Dermatofitose em Gato: como coletar amostras para o diagnóstico?

Quando nos deparamos com pacientes com lesões de pele circunscritas em determinadas áreas do corpo, é muito difícil fazer o diagnóstico observando apenas as características das lesões, pois essas se apresentam de modo semelhante para diferentes agentes ou causas.

Saiba mais

Staphylococcus aureus: bactéria de maior importância para a saúde animal

O Staphylococcus aureus é a bactéria que tem maior importância tanto para a saúde animal quanto pra saúde humana. “Ela pode ocasionar tanto infecções superficiais como profundas, além da produção de toxinas, muitas das quais responsáveis pelas toxinfecções alimentares”, explica Magna Coroa Lima, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário: saiba mais sobre a bactéria Salmonelose

Segundo Prof. Marcelo Dias, do VET Profissional, “o gênero Salmonella é composto por inúmeras espécies, havendo grupos que causam grandes problemas sanitários na avicultura e outros que causam importantes doenças nos seres humanos”. Existem três grandes grupos de doenças associadas à salmonela, sendo duas delas de grande prejuízo para a avicultura: - Tifo, causada por Salmonella gallinarum. - Pulorose, causada por Salmonella pullorum. - Paratifo, causada por Salmonella spp. (as principais são Salmonella enteritidis e Salmonella typhimurium).

Saiba mais

Mosca do Chifre: um dos parasitas que mais causam prejuízo à pecuária

Um dos parasitas que mais causam prejuízo à pecuária de corte ou de leite é a mosca de chifre. Sua população aumenta rapidamente com o início do período de chuvas e causa grande irritação nos animais, que ficam inquietos, tentando espantá-las. “As moscas, geralmente, ficam na região da cernelha, próximo ao pescoço dos animais. Têm preferência por animais de pelagem preta, principalmente machos inteiros”, explica Prof. Leonardo Cotta Quintão, do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, entenda um pouco mais sobre replicação do DNA

É na interfase que ocorre a replicação do DNA das células no período de 5 a 10 horas antes da mitose. Nesse período ocorrem múltiplas reações enzimáticas com a participação de duas enzimas principais: DNA-polimerase e DNA-ligase, afirma a Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Clostridioses em caprinos: doenças bacterianas de alta mortalidade

As Clostridioses são um complexo de enfermidades que ocorrem de forma muito rápida e fatal em caprinos, e são causadas por bactérias do gênero Clostrídios. Essas bactérias têm capacidade de esporulação, e são encontradas nas fezes dos animais, no solo, entre outros, explica Dra. Magna Coroa Lima, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Mastite: o que é e o que representa no sistema de produção de leite

A mastite é a inflamação do parênquima da glândula mamária. A doença pode ter causas diversas, mas a maior parte das vezes, é causada por bactérias que atingem o interior de um ou mais quartos da mama bovina através dos ductos localizados nos tetos. De acordo com Paolo Antônio Dutra Vivenza, Professor do VET Profissional, “Além das bactérias, outros microrganismos também podem causar a mastite, entre eles: leveduras, fungos, o vírus do Mycoplasma bovis, microrganismo que ocupa posição intermediária entre bactérias e vírus, e algas microscópicas do gênero Prototheca”. É preciso ressaltar que, sob o ponto de vista epidemiológico, a interação entre a resistência do animal, as condições do ambiente e a presença do agente patogênico favorece a ocorrência da mastite no rebanho.

Saiba mais

Micoplasmose em aves causa grandes perdas econômicas e subclínicas

A micoplasmose causa grandes perdas econômicas, além de perdas subclínicas, pois seu controle é difícil de ser realizado nas granjas, explica Marcelo Dias, Professor do VET Profissional. Trata-se de uma doença que se tornou alvo do Programa Nacional de Sanidade Avícola – PNSA, por meio da Instrução Normativa SDA nº 44 de 23 de agosto de 2001, que aprovou uma série de normas técnicas para controle e certificação de núcleos e estabelecimentos avícolas em relação à micoplasmose aviária. São elas:

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba mais sobre a retenção de placenta

A retenção de placenta é a não expulsão da placenta dentro do período de 12 horas após o parto. Em algumas literaturas consta que esse período pode ser de 24 horas, mas, como é difícil saber com exatidão a hora em que o parto ocorreu, o comum é considerar um caso de retenção de placenta se a expulsão não tiver ocorrido até o dia seguinte.

Saiba mais

A tuberculose bovina e a forma comum de transmissão

A tuberculose bovina é uma doença que ocorre em praticamente todo o mundo, sendo a América do Sul um dos locais de maior incidência. No Brasil o problema é preocupante e se constitui em um grave problema de saúde pública. Os principais prejuízos causados pela tuberculose são a diminuição da produção de leite e de carne e a perda de animais que, dependendo do sistema de produção, pode ser disseminada rapidamente entre o rebanho, explica Prof. Leonardo Cotta Quintão, professor do VetProfissional. Por apresentar sinais comuns de várias enfermidades, a identificação dessa doença exige métodos complementares.

Saiba mais

Epidemiologia: qual a sua importância para o médico veterinário?

A epidemiologia (Epi-: sobre; -demos-: povo ; -logia: estudo) consiste em estudar “aquilo que se abate sobre o povo”: as epidemias. “É função da epidemiologia conhecer detalhadamente as doenças e buscar intervenções. Nesse contexto, a medicina veterinária se insere tanto na saúde pública quanto no controle de doenças em animais”, explica Marcelo Dias da Silva, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Por que castrar cães machos é uma ação para o bem-estar social?

Muitas pessoas consideram que a melhor forma de controlar a natalidade de cães e gatos é a castração de fêmeas, uma vez que são elas que geram os filhotes. Embora castrá-las seja, sim, uma forma de controle, a orquiectomia, ou seja, a castração de machos, causa muito mais impacto nesse aspecto quando existe um grande volume de animais a ser neutralizado reprodutivamente.

Saiba mais

Estro em leitoas: como diagnosticar?

Nas fêmeas suínas, a puberdade é caracterizada pelo primeiro cio produtivo ou o processo de ovulação. Ocorre em torno de 135 dias de idade. A partir da puberdade as fêmeas passam a ser monitoradas. Nesse momento, suinocultores e veterinários responsáveis devem formar lotes de animais com cio em período semelhante.

Saiba mais

Cólera aviária: aprenda um pouco sobre essa doença

A pasteurelose também é conhecida como “cólera aviária” devido aos sintomas e índice de mortalidade causados pela bactéria Pasteurella multocida em aves, "que lembra a ação endêmica provocada pelo vibrião do cólera em seres humanos", afirma o Médico Veterinário e Zootecnista Marcelo Dias.

Saiba mais

Aleitamento artificial em potros: saiba quando indicar

O uso de aleitamento artificial na criação de potros ocorre quando éguas com baixo escore corporal apresentam pouca produção de leite, sendo necessário administrar uma complementação aos potros, afirma Fabiana Garcia Christovão, Doutora em Medicina Veterinária na área de Patologia Animal.

Saiba mais

Veterinário: dicas para identificar a Micoplasmose em galinhas

Nos anos de 1980, o Brasil passou por um grave problema na avicultura, quando foram constatados lotes de aves com problemas de doença crônica respiratória – DCR. Ao se investigar a causa dessa situação, descobriu-se que a micoplasmose era a doença responsável pelo quadro clínico de inúmeras aves.

Saiba mais

Medula espinhal: ponto-chave na fisioterapia veterinária

A medula espinhal é de suma importância na fisioterapia veterinária, pois os traumas e doenças medulares são causas frequentes de proprietários buscarem a ajuda de um fisiatra. “Os comandos principais de movimentos do animal que passam por toda a medula espinhal são chamados neurônios motores”, afirma Ana Carolina Silva Faria, professora do VET Profissional.

Saiba mais

O hipotálamo e a produção de hormônios em animais

O hipotálamo é a região do cérebro formado por neurônios na qual ocorre a junção e controle do sistema nervoso e do sistema endócrino para a produção de hormônios que serão transmitidos à adeno-hipófise e à neuro-hipófise, afirma Waleska de Melo Ferreira Dantas, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba sobre a passagem de substâncias pelo organismo animal

A passagem de substâncias no organismo ocorre de acordo com as necessidades fisiológicas do animal representadas pela demanda de cada uma das células e tecidos-alvo. “O transporte através da membrana plasmática pode se dar de forma passiva por difusão ou por transporte ativo”, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

A água na manutenção dos fluidos corporais dos animais

A manutenção do volume de água em relação aos demais fluidos presentes dentro e fora da célula ocorre através da osmose. Dessa forma, é possível manter o nível de água e de íons osmoticamente ativos equilibrado nos meios intra e extracelular. “O nível de água deve permanecer igual em todos os compartimentos nos organismos saudáveis, e não deve haver fluxo resultante de água, ou seja, não deve haver água a mais ou a menos nos compartimentos corporais”, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário: entenda um pouco mais sobre as interações medicamentosas

A interação medicamentosa é um evento clínico que pode ocorrer entre medicamento-medicamento, medicamento-alimento ou medicamento-drogas, caracterizando-se pela interferência na absorção, ação ou eliminação de outro medicamento, explica Profa. Waleska Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Estudando farmacodinâmica? Conheça seus conceitos básicos

Farmacodinâmica é o estudo das alterações bioquímicas ou fisiológicas causadas no organismo pelos fármacos. A resposta decorrente dessa ação é o efeito do medicamento. “Para entender a diferença entre absorção local e absorção sistêmica serão apresentados dois medicamentos utilizados na pele do animal para controle de pulga e carrapato e suas diferenças”

Saiba mais

Clostridioses em bovinos: doenças bacterianas de alta mortalidade

As Clostridioses são um complexo de enfermidades que ocorrem de forma muito rápida e fatal, e é causado por bactérias do gênero Clostrídios. Essas bactérias têm capacidade de esporulação, e são encontradas nas fezes dos animais, no solo, entre outros, explica Marcelo dias da Silva, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Glomerulonefropatias em animais domésticos: você conhece a glomerulonefrite?

As glomerulonefropatias são doenças glomerulares consideradas como principais causas de doença renal crônica em cães, prevalecendo a ocorrência em animais de meia idade e idosos.

Saiba mais

Como combater cálculos urinários em cães e gatos?

Assim como os seres humanos, os animais também podem sofrer com cálculos urinários, que são bem parecidos aos nossos. Esse material sólido é formado, geralmente, por sais minerais, com elementos como o cálcio, o magnésio, a amônia, o fósforo e carbonatos. A consistência do cálculo e a composição são similares a do calcário.

Saiba mais

Cães: alergia e dermatite alérgica

Por andarem em quase todos os locais da casa e terem contato com diversas substâncias, os cães podem facilmente apresentar alergias e dermatite causada por reação alérgica. Essa doença na pele é muito comum e é resultado de uma reação alérgica quando o animal entra em contato com alguma substância alérgena.

Saiba mais

Veterinário, tire dúvidas de seus clientes quanto à criação de caprinos

Os caprinos foram introduzidos no Brasil durante o período de colonização. Por causa do porte, eram facilmente transportados nos navios, e por causa da grande adaptabilidade a muitos ambientes, podiam ser criados nos territórios recém-colonizados, sem maiores problemas para subsistência. A primeira notícia de importação de animais, visando à produção de forma comercial, só aconteceu em 1910.

Saiba mais

Importância do sistema reprodutivo para clínica de bovinos

Independente do sistema de produção, os aspectos próprios da reprodução e os índices reprodutivos podem auxiliar no diagnóstico de doenças de vários sistemas. Um exemplo disso é a possibilidade de suspeitar que afecções podais estão ocorrendo no rebanho devido à baixa taxa de prenhez, pois, como as vacas não demonstrarão cio montando umas nas outras por causa da possível dor na pata, elas não serão submetidas à inseminação ou qualquer que seja o método de concepção utilizado pela propriedade.

Saiba mais

Água de má qualidade mata muitas galinhas, você sabia?

A qualidade da água a ser consumida é de extrema importância para a sanidade do plantel avícola. “É costume falar que se a água não está boa para consumo humano, também não está boa para consumo animal”, afirma Marcelo Dias, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Doenças bacterianas em caprinos podem causar mortalidade dos animais?

É de grande importância saber identificar as doenças bacterianas de alta morbidade e de alta mortalidade em caprinos, sabendo quais são as mais prevalentes em jovens, conhecendo as práticas de diagnóstico, tratamento, profilaxia e controle dessas doenças nos caprinos.

Saiba mais

Ciclo estral de bovinos: você sabe reconhecer o cio de uma vaca?

“O ciclo estral é o período compreendido entre dois estros de duração variável. Porém, em torno de 21 dias, apresenta fases bastante evidentes, caracterizado por modificações da genitália tanto interna quanto externa, bem como no comportamento da fêmea”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Farmacocinética veterinária: como ocorre a absorção dos medicamentos?

“A farmacocinética estuda o caminho percorrido pelos medicamentos no organismo animal. Este caminho se inicia com a absorção da droga, a depender da via de administração”, explica Waleska de Melo, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Clínica Médica de Bovinos: Nova Disciplina VET Profissional

A criação de bovinos para a produção de leite é uma opção extremamente promissora para os pecuaristas. O mercado do leite no Brasil encontra-se em expansão, mas é preciso oferecer um produto de qualidade para garantir o seu espaço. Uma doença que pode atacar esses animais é a mastite, que causa alterações físico-químicas na composição do leite, ocasionando grandes prejuízos aos produtores rurais.

Saiba mais

Cuidado veterinário: o que é Otohematoma?

Muito comum em cães e muito tratado por veterinários o otohematoma ou hematoma auricular é um hematoma que costuma aparecer no pavilhão auricular desses animais, caracterizado por um conjunto de sangue entre a cartilagem auricular e a pele canina, que pode ocorrer após uma lesão de segundo grau.

Saiba mais

Medicina veterinária? Apresento-lhe a Orquiectomia, vulgo castração!

A orquiectomia, popularmente conhecida como castração, consiste no procedimento cirúrgico de remoção da gônada do animal e de alguns de seus anexos. Trata-se de uma cirurgia realizada com grande frequência, principalmente na espécie equina, e é uma das causas mais comuns de processos legais contra veterinários nos Estados Unidos, devido a erros de conduta e falhas na aplicação da técnica.

Saiba mais

Hérnia umbilical em potros? Conheça a Herniorrafia!

O procedimento de herniorrafia em potros é realizado sempre que o animal jovem ou recém-nascido apresenta a patologia de hérnia umbilical. Esta, por sua vez, ocorre devido a ausência de fechamento adequado da musculatura abdominal ventral. Essa má formação propicia o desenvolvimento de um ponto anatomicamente frágil no corpo do potro, permitindo a passagem do conteúdo oriundo da cavidade abdominal para o espaço subcutâneo.

Saiba mais

Doença de maior impacto no sistema de produção de leite? A Mastite!

A real importância da mastite no sistema de produção de leite está relacionada a três fatores: trata-se da doença de maior impacto direto na diminuição da produção e qualidade do leite; causa enormes perdas econômicas para a indústria leiteira; e inviabiliza a atividade dos produtores pecuaristas. Por isso, é fundamental que o médico veterinário conheça as características da doença, bem como quais são as novidades que estudos e pesquisas já realizados sobre a mastite revelam.

Saiba mais

Mastite: principal responsável pela baixa na atividade leiteira

Independente do tipo de sistema de produção de leite adotado pelo pecuarista, o objetivo de todo cuidado e esforço no tratamento e manejo do gado é alcançar o lucro. Porém, anualmente, a mastite é a principal responsável pelo impacto negativo na atividade leiteira. Dentre os principais prejuízos econômicos causados pela doença citam-se:

Saiba mais

Atlas: primeira vértebra cervical dos mamíferos. Saiba mais!

A primeira vértebra do pescoço dos mamíferos é denominada atlas. Todos os mamíferos possuem sete vértebras cervicais e o osso atlas é a primeira vértebra dessa sequência. A vértebra atlas articula-se com a cabeça na parte cranial dos animais. Em direção à causa, o osso atlas articula-se com as próximas vértebras cervicais.

Saiba mais

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação!

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação do esôfago cervical, técnicas que permitem ao Médico Veterinário visualizar externamente aumentos de volume e outras alterações visíveis no esôfago. A palpação ocorre a partir da glote e desce pelo esôfago. Durante esta ação, o médico deve sentir se existe algum tipo de massa ou corpo estranho que dificultando a passagem do alimento no animal. O exame também demonstra o nível de sensibilidade do animal na região do esôfago.

Saiba mais

Quais bactérias do gênero Mycoplasma acometem as aves? Você sabe?

Nem todas as bactérias do gênero Mycoplasma são patogênicas às aves, afirma o Médico Veterinário e Zootecnista Marcelo Dias. As espécies específicas que acometem as aves são Mycoplasma gallisepticum, M. synoviae e M. meleagridis

Saiba mais

Sr. Veterinário, entenda melhor o reflexo da ejeção do leite bovino

Na natureza, o leite é liberado pela vaca quando o bezerro mama. Já nos rebanhos de gado leiteiro, as vacas devem ser treinadas e condicionadas para responder aos estímulos do ordenhador e do equipamento de ordenha, quando esta é feita sem a presença do bezerro posicionado ao pé do animal. As células mioepiteliais que compõem o alvéolo, por sua vez, encontram-se sujeitas ao controle hormonal. Quando são estimuladas, contraem e causam a ejeção do leite para a fora do alvéolo. Dessa forma, é possível fazer a extração por meio da ordenha mecânica.

Saiba mais

Sr. Veterinário, conheça as principais afecções causadoras de aborto em bovinos

A duração da gestação pode apresentar importância clínica para os bezerros, pois gestações 3 ou 4 dias mais curtas do que o normal pode gerar bezerros mais leves, os quais têm mais dificuldade em absorver nutrientes, e consequentemente, tendem a ter mais problemas. Normalmente, a gestação de taurinos dura aproximadamente 285 dias enquanto a gestação de zebuínos dura aproximadamente 292 dias. A partir disso, a atenção deve ser voltada para a anotação dos índices zootécnicos, pois só é possível fazer a previsão do parto se as datas de inseminação

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba mais sobre o reflexo da ejeção do leiteira

Na natureza, o leite é liberado pela vaca quando o bezerro mama. Já nos rebanhos de gado leiteiro, as vacas devem ser treinadas e condicionadas para responder aos estímulos do ordenhador e do equipamento de ordenha, quando esta é feita sem a presença do bezerro posicionado ao pé do animal. “As células mioepiteliais que compõem o alvéolo encontram-se sujeitas ao controle hormonal. Quando são estimuladas, contraem e causam a ejeção do leite para a fora do alvéolo. Dessa forma, é possível fazer a extração por meio da ordenha mecânica”, explica Paolo Vivenza, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Quando optar pela compostagem nas propriedades rurais?

A compostagem é um processo controlado por decomposição microbiana, utilizado, assim como a fossa séptica, para purificar os dejetos produzidos nas propriedades rurais, no entanto, é a opção mais indicada para materiais de menor umidade, explica Prof. Marcelo Dias da Silva, do VET Profissional. O processo de compostagem ocorre da seguinte forma: - Inicialmente, formam-se leiras com o produto que passará pela compostagem. Esse material deverá fica sob temperatura de 25 C°.

Saiba mais

Pulorose, doença de alta mortalidade em granjas de aves jovens

A pulorose é uma doença causada pela Salmonella pullorum, um bacilo imóvel sem flagelo. Afeta exclusivamente aves, principalmente as jovens, desencadeando a chamada diarreia branca bacilar. “É uma doença de alta mortalidade, que chega a afetar 90% do plantel quando acontece”, explica Prof. Marcelo Dias, do VET Profissional.

Saiba mais

Anemia infecciosa equina: saiba mais sobre essa doença

A anemia infecciosa equina (AIE) é uma doença de etiologia viral causada por um retrovírus da subfamília Lentivirinae, família Retroviridae. “A transmissão se dá a partir da transferência de sangue ou derivados sanguíneos contaminados, seja por via fômite ou por picadas de insetos, e ainda de forma intrauterina e seminal”, explica Maria Gazzinelli, Professora do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, responda: o que é cardiopatia congênita e como ela acontece?

Cardiopatia congênita é o defeito morfológico na estrutura e função do coração ou dos grandes vasos, presentes no nascimento do animal. Ocorrem no desenvolvimento embrionário, podendo acometer cães e gatos. Possui, porém, baixa prevalência.

Saiba mais

Estenose aórtica: o que é e como acontece?

A estenose aórtica é uma doença caracterizada pela obstrução parcial da via de saída do ventrículo esquerdo. Esta enfermidade pode ocorrer nas estenoses subvalvar (mais comum), valvar e supravalvar. “Acontece tanto em animais sem raça definida, quanto nos de raça, porém é mais comum em animais de raças grandes e gigantes, como Golden Retriever, Dogue Alemão, Samoieda, Terra Nova, Boxer, dentre outros”, explica Luiz Eduardo, professor do VetProfissional.

Saiba mais

Fraturas ósseas em cães e gatos: você sabe classificar uma fratura?

A fratura é classificada como uma solução de continuidade do tecido ósseo. “Acontece devido a um trauma ou à fragilidade óssea causada por doença (fratura patológica)”, explica a professora Sâmara Turbay Pires, do VET Profissional.

Saiba mais

Estenose aórtica em animais domésticos: um tipo de cardiopatia congênita que merece atenção

Cardiopatia congênita é o defeito morfológico na estrutura e função do coração ou dos grandes vasos, presentes no nascimento do animal. Ocorrem no desenvolvimento embrionário, podendo acometer cães e gatos. Aqui vamos conhecer a estenose aórtica, uma doença caracterizada pela obstrução parcial da via de saída do ventrículo esquerdo.

Saiba mais

Dermatofitose em Gato: como coletar amostras para o diagnóstico?

Quando nos deparamos com pacientes com lesões de pele circunscritas em determinadas áreas do corpo, é muito difícil fazer o diagnóstico observando apenas as características das lesões, pois essas se apresentam de modo semelhante para diferentes agentes ou causas.

Saiba mais

Staphylococcus aureus: bactéria de maior importância para a saúde animal

O Staphylococcus aureus é a bactéria que tem maior importância tanto para a saúde animal quanto pra saúde humana. “Ela pode ocasionar tanto infecções superficiais como profundas, além da produção de toxinas, muitas das quais responsáveis pelas toxinfecções alimentares”, explica Magna Coroa Lima, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Receba Mais Informações