Guias de Capacitação do Veterinários. Clique e baixe!

Resultados da busca para "distribuicao da estrutura do tecido cerebral"

Tecido ósseo: você conhece as características desse tecido de sustentação?

O tecido ósseo é o principal tecido presente no esqueleto dos animais, tendo a função de sustentação do corpo, apoio aos músculos, inserção de tendões, proteção dos órgãos e depósito de cálcio e outros minerais, chegando a conter 99% de todo o cálcio presente no organismo.

Saiba mais

Tecido epitelial glandular: glândula tireoide. Vamos conhecer?

O tecido epitelial também está presente nas glândulas, sendo chamado de tecido epitelial glandular. Todo tecido glandular é originado a partir do tecido epitelial de revestimento, por isso, embora suas células sejam especializadas na atividade de secreção, ainda sim elas são firmemente aderidas.

Saiba mais

Tecido nervoso: conheça as principais características desse tecido presente em todos os animais

O sistema nervoso organiza e coordena as funções do organismo. As células que compõem o neurônio têm a capacidade de transmitir impulso nervoso, por isso, detecta, analisa e transmite uma resposta motora determinada pelo sistema nervoso central. “Além disso, ele é responsável por estabilizar condições intrínsecas, como pressão sanguínea, teor de glicose, hormônios, padrões de comportamento (alimentação, reprodução, entre outros)”, explica Rosyane Souza, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, que é Mestra em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Tecido conjuntivo adiposo em animais: conheça as características desse tecido

O tecido conjuntivo adiposo é um tecido especializado, responsável pelo armazenamento e quebra de energia sob a forma de triglicerídeos; pela formação de coxins absorventes de choque, presentes, por exemplo, nos colchões palmares e plantares das patas dos animais.

Saiba mais

Tecido Epitelial de Revestimento: vamos conhecer suas características?

O tecido epitelial possui muitas funções, como proteção, absorção, secreção, percepção de estímulos, contração, entre outros. Quando está presente revestindo órgãos é classificado como tecido epitelial de revestimento.

Saiba mais

Células do tecido conjuntivo: o que são células fixas ou residentes?

Algumas células do tecido conjuntivo são produzidas localmente, ou seja, são próprias do tecido conjuntivo. São chamadas de células fixas ou residentes. Outras vêm de outro local e podem habitar o tecido temporariamente.

Saiba mais

Tecido nervoso: conheça os neurônios e as células da neuroglia

O tecido nervoso é responsável por coordenar as atividades dos mais diversos órgãos, recebendo as informações do meio interno e externo e processando-as para enviar as respostas aos órgãos e glândulas.

Saiba mais

Estrutura óssea da cabeça de cães e gatos: vamos conhecer?

No caso do estudo de estruturas da cabeça e regiões da face, torna-se necessário observar as áreas como um todo.

Saiba mais

Veterinário, conheça as subdivisões da Anatomia Animal

A anatomia é um ramo da biologia que estuda as formas e estruturas que compõem o corpo do animal e as correlaciona com as funções do corpo do mesmo. Inicialmente, a anatomia era simplesmente descritiva, utilizando bisturis e pinças, fazendo a separação das estruturas e sua descrição. Com o desenvolvimento da ciência anatômica, surgiu a necessidade de subdividi-la. Uma delas, dentre as várias divisões da anatomia animal, é a anatomia macroscópica, que é a anatomia em si, a descrição das estruturas a olho nu.

Saiba mais

Vai trabalhar com ultrassonografia animal? Conheça os transdutores

Os transdutores acoplados são escolhidos de acordo com o objetivo do exame ultrassonográfico a ser realizado. • Para observação de estruturas mais superficiais: transdutor com frequência maior → mais curto o pulso → menor penetração (visibilizar estruturas superficiais) → alta resolução. • Para observação de estruturas mais profundas: frequência menor →maior penetração (visibilizar estruturas mais profundas) → baixa resolução.

Saiba mais

Narinas dos animais: curiosidades sobre essa estrutura do sistema respiratório

Inicialmente precisamos saber que a correta condução do ar para o sistema respiratório se inicia pelas narinas. É essa estrutura que faz a comunicação com o meio externo para a passagem do ar. Todas as narinas (de todos os animais) são compostas por duas aberturas independentes, presentes no nariz. O ar que entra por uma narina é independente do ar que entra em seu antímero.

Saiba mais

Necropsia de ovinos: avaliação da cabeça e remoção do cérebro

Na necropsia, todas as estruturas que compõem o organismo do animal são detalhadamente investigadas em busca de anormalidades que corroborem para elucidação do diagnóstico post mortem. Entende-se como carcaça as estruturas que permanecem após a retirada de todos os órgãos internos do animal, como cabeça, ossos, músculos, cérebro e medula espinhal, e ao realizar a avaliação dessas estruturas, alterações podem representar processos patológicos em outros sistemas orgânicos.

Saiba mais

Feridas em animais domésticos: como classificar essas injúrias do tecido cutâneo?

O Médico Veterinário deve saber avaliar as feridas para eleger o melhor recurso terapêutico para o caso, uma vez que nem toda terapia deve ser aplicada em qualquer tipo de ferida.

Saiba mais

Síntese de proteína: como ocorre esse processo?

As células são formadas por diversas proteínas. A estrutura das proteínas é formada por cadeias polipeptídicas que sempre são adicionadas a um grupo Amino e a um grupo Carboxílico. A formação dessa estrutura é comandada pelo DNA, de acordo com a necessidade de cada uma das células e do organismo animal.

Saiba mais

Estruturas renais de animais domésticos: conheça os néfrons!

Os rins são os principais órgãos do sistema urinário, exercendo as funções de homeostase, excreção e hormonal. Todas essas funções são indispensáveis à fisiologia do organismo, no entanto, a homeostase se destaca, uma vez que é responsável por regular o volume hídrico no organismo, excretar substâncias indesejáveis e ainda promover a regulação hormonal.

Saiba mais

Cirurgia veterinária: impactação e abscedação do Saco Anal

A estrutura chamada de saco anal está presente em todos os cães e gatos e cada um possui duas dessas estruturas. Não são visíveis externamente e ficam localizadas na lateral do ânus desses animais. Formando uma espécie de bolsa, dentro de cada saco há duas glândulas, denominadas adanais ou glândulas do saco anal.

Saiba mais

Sr. Veterinário, responda: qual a finalidade do citoesqueleto?

O citoesqueleto mantém as estruturas que fazem parte da célula de forma ordenada e organizada. O citoesqueleto é formado por uma rede de filamentos dispostos dentro da célula. “Esses filamentos fazem com que cada organela permaneça no seu devido lugar, exercendo a sua função de modo adequado”, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, aprenda um pouco mais sobre as estruturas internas do olho

A coroide, juntamente com o corpo ciliar e a íris, compõem a camada vascular. As arteríolas e as vênulas são os vasos sanguíneos. O vítreo é o composto gelatinoso, explica Kelly Pontes, professora do VET Profissional. Veja, a seguir, com mais detalhes, algumas estruturas internas. a) Íris e corpo ciliar • O corpo ciliar é um músculo cuja função é promover a acomodação visual. Ao contrair e relaxar o músculo ciliar, a lente se move para frente e para trás.

Saiba mais

Contrastes radiográficos: por que utilizar?

Existe contraste natural entre as diferentes estruturas anatômicas. Contudo, em alguns casos, essa diferenciação é perdida e, com isso, há radiopacidade igual ou muito parecida entre os órgãos, o que impede a leitura da imagem radiográfica. Então, nesses casos, os contrastes são utilizados quando é necessário diferenciar, nas imagens radiográficas, estruturas anatômicas com opacidades semelhantes.

Saiba mais

Exsudato fibrinoso em animais: você sabe o que é?

Exsudato é uma resposta do organismo aos danos sofridos nos tecidos, é um processo responsável por fornecer nutrientes essenciais para a cicatrização da lesão, ativando o metabolismo celular e regulando a umidade da região lesada.

Saiba mais

Sistema genital de machos bovinos: vamos conhecer essa estrutura?

“O sistema genital de machos bovinos é composto, principalmente, pelo escroto, cordão espermático, testículos, epidídimo, uretra peniana, glândulas sexuais acessórias e pênis”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Mestre e Doutor em Medicina Veterinária na área de Reprodução Animal.

Saiba mais

Tecido muscular e suas características: Importante conhecimento para a medicina veterinária

O tecido muscular possui células alongadas especializadas para a contração as quais também são chamadas de fibras musculares ou miócitos. De acordo com suas características morfológicas e funcionais, os músculos se dividem em músculo liso e músculo estriado, sendo este, ainda, subdividido em esquelético e cardíaco.

Saiba mais

Veterinário, entenda melhor como funciona o sistema de piscicultura Raceway

Precisando entender melhor como funciona o sistema RAS de produção de peixe? Pois bem, vamos lá! Na concepção do sistema produtivo de piscicultura em Raceway com recirculação, as perdas de água por infiltração devem ser minimizadas por meio de estruturas em material rígido impermeável, como PVC, fibra de vidro, Polietileno de Alta Densidade “PEAD”, alvenaria, ferrocimento, entre outros.

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba sobre a passagem de substâncias pelo organismo animal

A passagem de substâncias no organismo ocorre de acordo com as necessidades fisiológicas do animal representadas pela demanda de cada uma das células e tecidos-alvo. “O transporte através da membrana plasmática pode se dar de forma passiva por difusão ou por transporte ativo”, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, responda: o que é cardiopatia congênita e como ela acontece?

Cardiopatia congênita é o defeito morfológico na estrutura e função do coração ou dos grandes vasos, presentes no nascimento do animal. Ocorrem no desenvolvimento embrionário, podendo acometer cães e gatos. Possui, porém, baixa prevalência.

Saiba mais

Sr. Veterinário, responda: o que é a ceratotomia em grade?

A ceratotomia em grade consiste no procedimento cirúrgico que trata de lesões da córnea e exposição de células profundas do estroma, e debridamento das lesões para remoção de tecido e estímulo de reparação da córnea com maior eficiência, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, professora do VET Profissional. É indicada para casos em que úlceras de córnea não foram curadas por meio de tratamento médico clínico.

Saiba mais

Ceratotomia em grade: o que é, do que se trata e quando é indicada?

A ceratotomia em grade consiste no procedimento cirúrgico que trata de lesões da córnea e exposição de células profundas do estroma, e debridamento das lesões para remoção de tecido e estímulo de reparação da córnea com maior eficiência. “A ceratotomia é indicada para casos em que úlceras de córnea não foram curadas por meio de tratamento médico clínico”,

Saiba mais

Histologia: qual a importância dessa disciplina para a Medicina Veterinária?

Uma das competências do médico veterinário é dar diagnósticos, procedimento que nem sempre envolve lesões e doenças. “Após uma análise, identificar que no órgão ou tecido não há alterações microscópicas também é uma forma de diagnosticar um paciente e é a histologia que fornece conhecimento para que o profissional consiga fazer esse tipo de verificação”, explica Rosyane Souza Cruzeiro, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Quais principais doenças periodontais que acometem cães e gatos?

Doença periodontal é a enfermidade mais comum da cavidade oral de cães e gatos. Inicia-se por acúmulo de bactérias na superfície dos dentes e progride até os tecidos de sustentação que formam o periodonto, que são gengiva, osso alveolar, cemento e ligamento periodontal.

Saiba mais

Células: conheça essa estrutura essencial para a vida animal

A célula é a unidade básica do corpo dos mamíferos. O corpo é formado por mais de trilhões de células. “O conjunto de células formam os órgãos e sistemas responsáveis pelas funções vitais do organismo, por exemplo: respiração, deglutição, absorção e adaptação ao meio ambiente”, explica Waleska de Melo, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Sistema nervoso: vamos conhecer a divisão desse sistema?

O sistema nervoso é considerado um dos tecidos mais especializados do organismo animal, sendo o principal regulador de todas as funções realizadas no organismo.

Saiba mais

Fase luteal em bovinos: você sabe o que é luteinização?

Várias mudanças são desencadeadas pelo pico de LH, como liberações de ações de prostaglandina, interferindo em todas as estruturas do folículo pré-ovulatório. Essas mudanças drásticas (metabólicas, bioquímicas) resultarão em um aumento do tamanho folicular, enfraquecendo a parede folicular e liberando o processo de ovulação.

Saiba mais

Vai criar tilápias? Conheça as três fases da produção

O piscicultor que desejar especializar-se na criação de tilápias, a fim de abastecer o mercado consumidor, deverá antes de mais nada atentar-se às três fases do processo de produção: alevinagem, recria e engorda. “Aprofundando os estudos sobre essas três fases, podemos perceber que a alevinagem é a que mais se diferencia em termos de estrutura, técnicas de produção e manejo e, por isso, necessita de conhecimentos e estrutura específica para ser realizada”,

Saiba mais

Sr. Veterinário, entenda mais sobre as proteínas

Todas as proteínas são formadas a partir de um mesmo conjunto de 20 aminoácidos, também denominados de aminoácidos essenciais, ligados covalentemente em sequências lineares. As células são formadas por diversas proteínas. A estrutura das proteínas é formada por cadeias polipeptídicas que sempre são adicionadas a um grupo Amino e a um grupo Carboxílico. A formação dessa estrutura é comandada pelo DNA, de acordo com a necessidade de cada uma das células e do organismo animal.

Saiba mais

Fisiologia das células ajuda a identificar quadros clínicos patológicos nos animais

A compreensão acerca da fisiologia das células nos ajuda a identificar quadros clínicos patológicos nos animais. “Na célula animal há o citoplasma e na célula vegetal essa estrutura é denominada de protoplasma”, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional. Ambos apresentam estruturas importantes para a sobrevivência ou multiplicação das células.

Saiba mais

Sr. Veterinário: como as imagens ultrassonográficas são formadas?

No transdutor do aparelho de ultrassom existem vários cristais ou elementos piezoelétricos. Quando o aparelho é ligado à tomada, a corrente elétrica faz vibrar os cristais, formando um tipo de energia denominada onda sonora que chegam aos objetos ou tecidos do corpo. Depois que a onda sonora bate nos tecidos, ela retorna até o transdutor, vibrando os cristais, fazendo com que a energia sonora seja transformada novamente em impulso elétrico.

Saiba mais

Vértebras cervicais de animais domésticos: conheça um pouco sobre essa estrutura

A coluna vertebral dos animais se inicia no pescoço, o qual é composto por vértebras cervicais. Tais vértebras são irregulares e formadas por um orifício.

Saiba mais

Dentição dos animais domésticos: vamos conhecer as características dos dentes desses animais?

O conjunto dos dentes presentes na boca de um animal é chamado de arcada dentária. “Nos animais domésticos, o número de dentes é reduzido, chegando ao máximo de 46 a 48 dentes em um suíno, que são os representantes que apresentam a dentição mais completa desse grupo”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Língua dos animais: vamos conhecer um pouco sobre esta estrutura?

“Entre as funções da língua, estão a deglutição e movimentação durante a mastigação, apreensão dos alimentos - sobretudo nos bovinos, funções gustativas e táteis e até mesmo a troca térmica nos carnívoros, que não tem glândulas sudoríparas”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Regulação da síntese hormonal: entenda mais esse processo

Os hormônios são substâncias químicas específicas sintetizadas pelo sistema endócrino ou por neurônios altamente especializados.

Saiba mais

Cavidade abdominal: divisões da estrutura que aloja a maioria dos órgãos do sistema digestório

A cavidade abdominal faz parte do tronco do animal, que é dividido em tórax, abdômen e pelve e se encontra na porção caudal ao diafragma. Ela é composta por quatro músculos, formando, assim, a parede abdominal.

Saiba mais

Fisioterapia em animais: é possível realizar atendimento no domicílio do paciente?

Os pacientes internos são aqueles que recebem atendimento do fisiatra em clínicas, hospitais ou centros de reabilitação de propriedade do médico veterinário ou em parceria com outros médicos. Já os pacientes externos, são aqueles cujo atendimento é realizado pelo fisiatra em domicílio.

Saiba mais

Fratura do corpo da mandíbula de um cachorro. E agora?

As fraturas mandibulares são muito comuns de ocorrem em cães e gatos. O médico veterinário deve ter em mente que, na fratura mandibular os animais devem ser tratados de forma independente, estudando-se caso a caso e recorrendo a manejos adequados para cada situação.

Saiba mais

Morfologia bacteriana: você sabe classificar as bactérias morfologicamente?

Bactérias são organismos unicelulares formados por células procariontes. Apresentam estruturas essenciais, comuns a todas as espécies, entretanto há grupos que apresentam estruturas específicas.

Saiba mais

Articulações do joelho de animais domésticos: conheça as principais estruturas

A articulação do joelho é formada pelo contato entre o osso fêmur e os ossos da perna tíbia e fíbula. Entre os ossos envolvidos nessa articulação, está presente ainda o osso Patela, maior osso sesamoide do animal.

Saiba mais

Faringe dos animais: vamos conhecer essa estrutura?

A faringe é a porção do aparelho digestório responsável pelo controle da passagem de ar e de alimento.

Saiba mais

Responda rápido: o que é calcificação patológica?

A calcificação patológica também pode ser denominada de mineralização patológica, pois junto ao cálcio se deposita muitas vezes magnésio, fósforo e uma série de outros íons.

Saiba mais

Maternidade para criação de suínos: o que é necessário nas instalações?

No setor de maternidade, o maior desafio para a produção de suínos é a ambiência, já que as temperaturas de conforto térmico da porca e dos recém-nascidos são distintas.

Saiba mais

O que é edema? Quais são os mecanismos que levam à sua formação?

Edema é o acúmulo de líquido no tecido intercelular (intersticial), nos espaços ou nas cavidades do corpo. É resultado do aumento da quantidade de líquido no meio extracelular, sendo externo ao meio intravascular.

Saiba mais

Estômago simples de animais domésticos: conheça as características dessa estrutura em alguns animais

O estômago é a porção dilatada do aparelho digestório responsável pela transformação química do alimento, o qual recebe a ação de enzimas, sendo transformado em partículas diferentes. Além dessas enzimas, o estômago produz ácido clorídrico, que é altamente corrosivo e apresenta um pH bem baixo.

Saiba mais

Desenvolvimento embrionário em bovinos: entenda o que ocorre até a nidação

Ao se desenvolver, o embrião precisa passar por etapas antes de acoplar-se no endométrio uterino.

Saiba mais

Padrão brônquico: você conhece esse padrão radiográfico pulmonar?

Em qualquer padrão, deve-se associar o exame físico, a anamnese e os exames complementares dos animais.

Saiba mais

Estômago composto: conheça essa estrutura presente apenas em animais ruminantes

O estômago composto é dividido em quatro compartimentos: rúmen, retículo, omaso e abomaso, e esta é a ordem do caminho feito pelo alimento durante a digestão. Vale lembrar que o alimento vai e volta do rúmen para o retículo para fazer a digestão fermentativa; no entanto, quando o conteúdo passa para o omaso, não há mais retorno.

Saiba mais

Inflamação crônica do tipo granulomatosa: você sabe o que é?

A inflamação crônica do tipo granulomatosa ou do tecido de granulação é considerada uma inflamação “proliferativa” ou “produtiva”, pois sempre levará a uma hiperplasia do tecido conjuntivo da lesão e também a uma considerada angiogênese.

Saiba mais

Bovinos devem ser casqueados? Por quê?

Os cascos têm por finalidade a sustentação e a locomoção dos bovinos, daí sua estrutura rígida e sua forma de crescimento. O casqueamento tem como principal objetivo prevenir doenças dos cascos em animais estabulados e mesmo mantidos em piquetes.

Saiba mais

Ao parir, qual espécie tem mais facilidade: equinos ou bovinos?

Comparando as espécies, bovinos e equinos, vemos que a égua tem mais facilidade de parto do que a vaca. É mais comum, portanto, nos depararmos com um caso de problema de parto em uma vaca do que de uma égua. Existem algumas estruturas anatômicas envolvidas no parto que fazem com que haja essa maior dificuldade no parto da vaca do que no da égua, como veremos a seguir:

Saiba mais

Sr. Veterinário, um pouco mais sobre a distribuição dos fluidos corporais

Os fluidos corporais localizam-se em dois compartimentos no organismo - dentro e fora da célula do animal, afirma afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional. Por isso, são denominados: líquidos intracelulares (LIC) e líquidos extracelulares (LEC). O líquido extracelular pode ser classificado de 3 formas:

Saiba mais

Anatomia dos tetos mamários de vacas leiteiras

A forma e posição dos tetos de uma vaca influenciam na facilidade da ordenha. “A superfície dos tetos apresenta uma pele fina e a parede dos tetos é formada por diversas fibras musculares lisas pelas quais circula extenso volume de sangue”, explica Paolo Vivenza, professor do VET Profissional. Observe, na imagem, as estruturas que compõem a anatomia dos tetos:

Saiba mais

Fraturas ósseas em cães e gatos: você sabe classificar uma fratura?

A fratura é classificada como uma solução de continuidade do tecido ósseo. “Acontece devido a um trauma ou à fragilidade óssea causada por doença (fratura patológica)”, explica a professora Sâmara Turbay Pires, do VET Profissional.

Saiba mais

Necropsia em suíno: avaliação da carcaça

Na necropsia, todas as estruturas que compõem o organismo do animal são detalhadamente investigadas em busca de anormalidades que corroborem para elucidação do diagnóstico post mortem.

Saiba mais

Anatomia sistemática da boca de animais: conheça as funções dos lábios e da bochecha dos animais domésticos

O aparelho digestório se inicia pela boca. A cavidade oral possui estruturas necessárias para apreensão, mastigação e deglutição do alimento ingerido. “A maioria das espécies de animais utilizam os lábios para realiza a apreensão e seleção dos alimentos”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Estenose aórtica em animais domésticos: um tipo de cardiopatia congênita que merece atenção

Cardiopatia congênita é o defeito morfológico na estrutura e função do coração ou dos grandes vasos, presentes no nascimento do animal. Ocorrem no desenvolvimento embrionário, podendo acometer cães e gatos. Aqui vamos conhecer a estenose aórtica, uma doença caracterizada pela obstrução parcial da via de saída do ventrículo esquerdo.

Saiba mais

Família enterobacteriaceae: conheça esse variado grupo de bacilos

A família enterobacteriaceae é composta por microrganismos gram-negativos, divididos em vários elementos e estruturas. Possui mais de 46 gêneros, 176 espécies e 263 subespécies e milhares de sorotipos. Pertence a essa família, a Escherichia coli, uma bactéria que, apesar de habitar naturalmente o organismo humano e animal, se subdivide em outros tipos capazes de causar doenças.

Saiba mais

Anestesia paravertebral proximal: vamos conhecer essa técnica de anestesia?

A técnica de anestesia paravertebral proximal é uma das técnicas mais utilizadas e mais eficientes para o acesso ao flanco dos bovinos, garantindo analgesia das seguintes estruturas: • Pele; • Subcutâneo; • Musculatura; • Peritônio.

Saiba mais

Osteologia do membro torácico: articulação úmero radioulnar

Além da escápula e do úmero, os membros torácicos também possuem os ossos do antebraço, rádio e ulna, e os ossos da mão, carpos, metacarpos e falanges. “São estruturas com muitas articulações, com atenção especial para a articulação úmero-radioulnar, que é a articulação do cotovelo do animal”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional, que é Doutor em Morfologia Animal e Mestre em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Sr. Veterinário: o que é cirurgia de nodulectomia?

A cirurgia de nodulectomia é uma técnica direcionada para a remoção de tumores malignos e benignos. A retirada dos tecidos é uma medida preventiva para evitar a proliferação de células tumorais.

Saiba mais

Classificação de doenças na medicina de produção de bovinos

A medicina de produção se baseia no gerenciamento das informações coletadas para a elaboração de um diagnóstico, de modo que essas informações englobam a realidade da propriedade atendida e das do seu entorno, a identificação de cada animal, o levantamento do histórico clínico de todas as doenças que o animal atendido teve ao longo da sua vida, anotação dos parâmetros produtivos, reconhecimento das estruturas da propriedade, entre outros.

Saiba mais

Quarentena de fêmeas suínas: o que é e como fazer?

A quarentena é uma estrutura separada do galpão principal para onde devem ser encaminhadas as fêmeas recém-chegadas à granja. Lá, elas permanecerão por tempo suficiente até que se verifique a ausência de doenças e outros fatores contaminantes trazidos de fora que podem comprometer todo o plantel principal.

Saiba mais

Avaliação ultrassonográfica da região de metacarpo, metatarso e quartela dos cavalos: como preparar o animal para esse exame?

Saber executar o equipamento ultrassonográfico, dominar a composição das estruturas anatômicas dos cavalos e também identificar as imagens das regiões tem se tornado um grande desafio e agregado muito valor aos Médicos Veterinários. Mas para que o exame tenha sucesso, é de grande importância o preparo dos animais.

Saiba mais

Foliculogênese ovariana em bovinos: você sabe o que são foliculogênese basal e foliculogênese tônica?

A foliculogênese é um processo dinâmico e contínuo de crescimento e maturação do oócito, em que ocorre a proliferação e diferenciação das células da granulosa e teca (indução hormonal) e liberação de oócito apto para ser fertilizado.

Saiba mais

Fungos? Não. Actinomyces. Você conhece esse gênero de bactérias?

Actinomyces é um gênero de actinobactérias anaeróbias ou anaeróbias facultativas que não formam esporos. São gram-positivas, que individualmente possuem a forma esférica e, quando formam colônias, assumem estruturas semelhantes às hifas dos fungos.

Saiba mais

Especificidades do fêmur de equinos: vamos conhecer?

Se imaginarmos a figura de um animal equino posicionado à nossa frente com o crânio voltado para nós, podemos dizer que a cabeça do fêmur na articulação coxofemoral ocupa posição medial, enquanto a estrutura do trocanter maior está na posição lateral do animal.

Saiba mais

Disfunções plaquetárias em animais domésticos: você sabe do que se trata?

As plaquetas desempenham funções hemostáticas e não hemostáticas, que são extremamente importantes, pois atuam na reparação dos tecidos do organismo além da reparação do endotélio vascular.

Saiba mais

Doenças articulares em raças pequenas: conheça a anatomia e os achados radiográficos dessas doenças

As articulações são as estruturas que impedem o atrito dos ossos no ponto em que a parte distal de um osso se liga à parte proximal de outro. Elas que permitem a mobilidade do corpo.

Saiba mais

Quais são os principais tipos de medicamentos que atuam no sistema cardiovascular de animais domésticos?

As cardiopatias são anormalidades congênitas ou adquiridas, decorrentes de defeitos estruturais, infecciosos, degenerativos, inflamatórios e genéticos. Assim, as drogas que atuam sobre o sistema cardiovascular enquadram-se em quatro grandes grupos: anticoagulantes, anti-hipertensivos, vasodilatadores e antiarrítmicos. Veja a seguir as características de alguns destes grupos, conforme explica Waleska de Melo Ferreira Dantas, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestre em Medicina Veterinária e Doutora em Patologia Clínica Animal.

Saiba mais

Vírus: conheça esse microrganismo responsável por diversas doenças

Os vírus são organismos acelulares, possuidores de uma estrutura formada basicamente por proteínas e ácido nucleico. Esse microrganismo não se desenvolve em um meio de cultura. É preciso que haja um organismo hospedeiro, pois ele é um parasita obrigatório.

Saiba mais

Glândulas endócrinas nos animais? Conheça as funções do hipotálamo, da hipófise e da tireoide

Os mecanismos de secreção, liberação e controle de produção hormonal têm como finalidade os tecidos-alvo do organismo do animal.

Saiba mais

Necropsia em suínos: como deve ser feita a análise do coração?

Na necropsia é feita uma análise detalhada do cadáver, tanto da parte externa quanto da parte interna, e envolve exame dos órgãos, da carcaça e de todas as estruturas que compõem o organismo do animal em busca de sinais que possam levar à causa da morte. Nessa investigação também são coletados materiais para análise laboratorial.

Saiba mais

Enxerto conjuntival pediculado em animais: você conhece esse procedimento cirúrgico?

Mas afinal, o que é enxerto conjuntival pediculado? O enxerto conjuntival pediculado consiste em transpor um tecido conjuntival fino sobre a córnea para recobrir uma lesão. Trata-se de um procedimento muito utilizado devido ao fato de ser de fácil execução, ser simples, versátil e apresenta um resultado muito bom.

Saiba mais

Placentação em bovinos: você sabe quais são as membranas extraembrionárias formadas nesse processo?

O processo de implantação ocorre com a adesão da placenta no endométrio, através de uma ligação própria, formando uma estrutura que se desenvolve ao longo da fase gestacional.

Saiba mais

Enzimas pró-inflamatórias essenciais no processo de ação dos AINES: você sabe quais são?

Os anti-inflamatórios não esteroidais (AINES) podem ser classificados quanto a sua estrutura química ou por sua atividade específica sobre enzimas pró-inflamatórias (COX-1 e COX-2).

Saiba mais

Curiosidades sobre as penas das aves. Vamos conhecer?

As penas parecem ser formadas por uma estrutura homogênea, contudo são compostas por várias partes ou porções específicas.

Saiba mais

Doença periodontal em cães: o que é e como tratar?

A doença periodontal é uma doença muito comum e em cães, atingindo pacientes de qualquer faixa etária. Trata-se de uma afecção que ataca a gengiva e os tecidos de sustentação dos dentes.

Saiba mais

Necropsia em gatos: conheça as etapas da retirada do monobloco

Para que cada conjunto de órgãos que compõem o monobloco continue preservado, ao proceder a separação das estruturas, é preciso se atentar para os ligamentos e secções que unem os conjuntos de órgãos, fazendo a retirada do monobloco de maneira correta.

Saiba mais

Anormalidades ultrassonográficas do boleto de equinos: vamos conhecer?

O exame ultrassonográfico é a melhor alternativa para o diagnóstico de imagem precoce de alterações mais sensíveis que só são detectadas pela imagem radiográfica quando em estágios avançados, como as lesões em cartilagens articulares e tecidos periarticulares, explica Lorena Chaves Monteiro, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestra em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Receba Mais Informações