Resultados da busca para "exame clinico geral caninos"

Exame dermatológico em gatos? Prepare-se com as dicas abaixo!

O exame dermatológico em gatos é, geralmente, um exame difícil de o médico veterinário realizar. “Gatos não gostam da inspeção, pois incomoda bastante o animal”, afirma Prof.ª Dr.ª Waleska de Melo Ferreira Dantas, Doutora em Patologia Clínica Animal pela Universidade Federal de Viçosa - UFV.

Saiba mais

Dermatite canina: saiba tudo sobre essa doença

Um dos problemas mais comuns em pets é a dermatite canina. De forma resumida, a dermatite é uma doença na pele do animal, que provoca coceira, vermelhidão e o surgimento de pequenas feridas. Um dos exemplos mais conhecidos dessa doença é a sarna, mas também há outros como a micose e a escabiose.

Saiba mais

Cinomose: conheça a principal doença infecciosa canina

A cinomose é um doença canina viral de importância mundial e endêmica no Brasil. Felizmente, ela não é uma zoonose, mas sua taxa de mortalidade entre os animais infectados que não conseguem uma eficiente resposta imune contra o vírus é muito alta.

Saiba mais

Anestesia geral: características, aplicação, vantagens e desvantagens

Anestesia geral injetável é a administração de fármacos anestésicos de forma injetável com o objetivo de alcançar os pilares da anestesiologia, tais quais: inconsciência, relaxamento muscular, analgesia e estabilidade autonômica. As características ideais de uma anestesia injetável são: ser solúvel em água; ser estável em solução aquosa; estar presente em concentrações adequadas;

Saiba mais

Exame físico em lagartos? Saiba como no passo a passo abaixo

Precisa fazer a avaliação física de um lagarto e não sabe como? Contenção, auscultação, inspeção e palpação são as três etapas para o exame físico em lagartos. Isso é fácil. Siga as dicas abaixo: 1º passo: contenção Contenha o lagarto com uma fronha ou toalha

Saiba mais

Sr. Veterinário: cuidados especiais durante a extração das presas caninas

Para extração do dente canino são utilizados o osteótomo e o martelo, retirando assim o alveolar em camadas, seguindo a curvatura do dente. “Ao utilizar os instrumentais, deve-se tomar cuidado para que os mesmos não escapem e atinjam a gengiva e a mucosa”, salienta Fernando T. Tavares Fernandes, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Exame ultrassonográfico em animais: como fazer

De acordo com os ensinamentos da Profa. Sâmara Turbay Pires, “no exame ultrassonográfico, o animal deve ser colocado à direita do veterinário e a mão esquerda da pessoa vai trabalhar no aparelho de ultrassom”. Para demonstração, veja, a seguir, a avaliação da parte abdominal de um cão.

Saiba mais

Precisando examinar boca de gatos? Saiba como

O exame físico de inspeção e palpação da boca de cães e gatos além de ser relativamente simples, permite que o médico observe uma série de alterações que possam acometer a cavidade oral desses animais domésticos. “Ao iniciar a inspeção e palpação da boca de felinos, o Veterinário deve conter previamente o animal para que o exame seja feito de forma rápida, precisa e eficiente, minimizando o estresse para o animal e os riscos para o examinador”, afirma Dra. Waleska de Melo Ferreira Dantas

Saiba mais

Exame ginecológico em éguas: importância, etapas e quando fazer

Apesar de a fertilização e gestação serem o núcleo do processo de reprodução animal, os criadores, baseados em inúmeras pesquisas científicas, entenderam que a obtenção de animais de alto desempenho genético só seria possível mediante valorização de todas as etapas que compõem o manejo reprodutivo. Em relação à criação de equinos, uma dessas etapas que se mostra fundamental é o exame ginecológico completo da égua antes da estação reprodutiva.

Saiba mais

Precisa examinar a boca de um cão? Siga essas dicas!

O Médico Veterinário, ao iniciar o exame específico da boca de cães, deve atentar-se primeiramente para a área externa que envolve a cabeça: a musculatura responsável pelos movimentos mastigatórios e os lábios do animal, a fim de verificar a presença de lesões ulcerativas, lesões erosivas e algum tipo de massa nessa região. Em seguida, o Médico Veterinário deve palpar toda a região perilabial e a musculatura que participa dos movimentos mastigatórios, principalmente os masseteres.

Saiba mais

Sr. Veterinário: aprenda sobre o bloqueio do nervo maxilar de cães

O nervo maxilar emerge pelo forame maxilar e é responsável por irrigar um dos lados da face do cão, explica Luís Eugênio Franklin Augusto, Professor do VET Profissional. O bloqueio desse nervo permite dessensibilizar a parte superior rostral e arcada superior do animal (teto da cavidade nasal, palato duro, palato mole, focinho, lábio superior, dentes incisivos e caninos superiores, dentes molares e pré-molares de um dos lados da face do paciente).

Saiba mais

Anestesia em cães

Em um conceito mais técnico, a anestesia é um fármaco que deve ser ministrado para eliminar ou aliviar a dor e outras sensações a animais, para que possam passar por procedimentos cirúrgicos, exames diagnósticos e outros procedimentos. Ela deve durar um tempo determinado e deve ser aplicada por um anestesiologista veterinário.

Saiba mais

Precisando fazer exame de urina em éguas? Saiba como!

A coleta de urina em éguas é feita por meio da cateterização vesical ou sondagem vesical. É importante, como primeira medida para a realização do procedimento, fazer a assepsia da vulva para retirar resíduos de fezes e evitar a contaminação ao introduzir a sonda na uretra dos equinos.

Saiba mais

Anamnese em cães e gatos para a identificação de problemas de pele

É mesmo possível realizar anameses em cães e gatos para a identificação de problemas de pele? Sim, é. A anamnese inicia-se pela queixa principal do proprietário e deve se desenvolver por meio de uma série de perguntas feitas pelo médico veterinário, relativas ao sistema tegumentar que irão orientá-lo na identificação das alterações, bem como sugerir exames complementares.

Saiba mais

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação!

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação do esôfago cervical, técnicas que permitem ao Médico Veterinário visualizar externamente aumentos de volume e outras alterações visíveis no esôfago. A palpação ocorre a partir da glote e desce pelo esôfago. Durante esta ação, o médico deve sentir se existe algum tipo de massa ou corpo estranho que dificultando a passagem do alimento no animal. O exame também demonstra o nível de sensibilidade do animal na região do esôfago.

Saiba mais

A importância da anamnese para o trabalho com animais

Segundo Ana Carolina Silva Faria, professora do VET Profissional, “A anamnese deve ser um exame detalhado, capaz de fornecer o perfil do animal, o perfil do ambiente em que ele vive e o perfil do proprietário”. A ficha de anamnese do paciente deve ser preenchida minunciosamente e conter os seguintes dados

Saiba mais

O que saber sobre a captação de água no meio rural?

Geralmente na zona rural não há água disponível pela rede pública. Diante disso, a questão da fonte dentro na propriedade para fornecimento de água é muito importante, explica Prof. Marcelo Dias da Silva, do VET Profissional. Na escolha do manancial, deve-se analisar as opções e características de cada tipo: • Se fornecerá água em quantidade suficiente, mesmo em período de escassez; • Lago e represas: fornecimento durante a seca; rios: suscetível a contaminações, se passa por alguma cidade e se recebe dejetos de indústrias.

Saiba mais

Aves em estado crítico: o que o veterinário deve fazer?

As aves quando chegam em clínicas, geralmente, já se encontram em estado crítico. “Elas são pacientes diferentes, não são como os cães e os gatos, porque mascaram os sinais clínicos de doenças. Devido a isso, os seus responsáveis normalmente não percebem quando elas começam a adoecer e a doença se agrava”, explica Letícia Bergo Coelho Ferreira, Professora do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário: conheça as vantagens e as desvantagens da TIVA

TIVA é a sigla para Total Intravenous Anesthesia (Anestesia Venosa Total em português – AVT). É uma técnica que se baseia na aplicação do anestésico geral injetável tanto para a indução da anestesia quanto para sua manutenção, explica Prof. Luís Eugênio Franklin Augusto, do VET Profissional.

Saiba mais

Avaliação ginecológica em vacas: por que fazer?

A ultrassonografia em reprodução animal, tanto relacionada a bovinos de corte quanto de leite, possibilita uma avaliação ginecológica mais precisa, executando exames de fêmeas para protocolos de IATF (inseminação artificial em tempo fixo) e TETF (transferência de embriões em tempo fixo).

Saiba mais

Exame de aves em postura: como fazer?

Quando o avicultor opta pela criação de aves de postura, é possível ter até 18 mil poedeiras por galpão. Assim, como identificar, dentre tantas aves, se alguma delas não está produzindo? Para isso, alguns pontos devem ser observados, como: - As aves produtivas têm crista aquecida, quente ao toque, devido ao alto metabolismo, e uma coloração vermelha levemente pálida, já que o sangue do seu corpo está sendo desviado para a região do oviduto. - O espaço entre pernas deve ser de aproximadamente três dedos, pois os hormônios sexuais dilatam a região dos ossos pélvicos para facilitar a passagem dos ovos.

Saiba mais

Saiba como interpretar leucograma

O leucograma é uma parte do exame de sangue, que avalia os leucócitos ou glóbulos brancos, responsáveis pela imunidade do animal. Este exame indica o número de basófilos, eosinófilos, linfócitos e monócitos presentes no sangue. Os resultados do leucograma podem ajudar o médico veterinário a interpretar doenças.

Saiba mais

Aprenda realizar o exame físico externo para diagnosticar doenças em aves

Os médicos veterinários devem sempre orientar criadores de aves domésticas a nunca ignorarem nenhum sinal de doença observado em sua criação, por menor que ele seja. Em granjas, como o número de animais convivendo muito próximos é elevado, infecções se propagam rapidamente, o que pode ocasionar descarte de plantéis inteiros.

Saiba mais

Aprenda a como realizar o exame físico externo para diagnosticar doenças em aves

Os médicos veterinários devem sempre orientar criadores de aves domésticas a nunca ignorarem nenhum sinal de doença observado em sua criação, por menor que ele seja. Em granjas, como o número de animais convivendo muito próximos é elevado, infecções se propagam rapidamente, o que pode ocasionar descarte de plantéis inteiros.

Saiba mais

Quer obter carcaças de qualidade? Conheça a avaliação por indicadores de composição quantitativa!

A avaliação de carcaça é uma técnica utilizada para caracterizar e classificar o produto final, melhorando consequentemente a sua qualidade. Vários fatores influenciam nesse processo, e, por conta disso, foram desenvolvidos alguns métodos de avaliação, os quais são divididos em indicadores de composição qualitativas e quantitativas.

Saiba mais

Atlas: primeira vértebra cervical dos mamíferos. Saiba mais!

A primeira vértebra do pescoço dos mamíferos é denominada atlas. Todos os mamíferos possuem sete vértebras cervicais e o osso atlas é a primeira vértebra dessa sequência. A vértebra atlas articula-se com a cabeça na parte cranial dos animais. Em direção à causa, o osso atlas articula-se com as próximas vértebras cervicais.

Saiba mais

Clínica Médica de Bovinos: Nova Disciplina VET Profissional

A criação de bovinos para a produção de leite é uma opção extremamente promissora para os pecuaristas. O mercado do leite no Brasil encontra-se em expansão, mas é preciso oferecer um produto de qualidade para garantir o seu espaço. Uma doença que pode atacar esses animais é a mastite, que causa alterações físico-químicas na composição do leite, ocasionando grandes prejuízos aos produtores rurais.

Saiba mais

Conheça a nova disciplina VET Profissional: Clínica Médica de Cães e Gatos

O VET Profissional acaba de ganhar mais uma disciplina: Clínica Médica de Cães e Gatos. Para os médicos veterinários, a clínica médica é uma prática importante, pois trata do diagnóstico e tratamento de doenças, atuando, também, na área de saúde pública, ao combater zoonoses, promovendo a interação entre o profissional veterinário e a sociedade. Independente da especialidade do médico veterinário, essas práticas fazem parte de sua rotina.

Saiba mais

Como combater cálculos urinários em cães e gatos?

Assim como os seres humanos, os animais também podem sofrer com cálculos urinários, que são bem parecidos aos nossos. Esse material sólido é formado, geralmente, por sais minerais, com elementos como o cálcio, o magnésio, a amônia, o fósforo e carbonatos. A consistência do cálculo e a composição são similares a do calcário.

Saiba mais

Cuidado veterinário: o que é Otohematoma?

Muito comum em cães e muito tratado por veterinários o otohematoma ou hematoma auricular é um hematoma que costuma aparecer no pavilhão auricular desses animais, caracterizado por um conjunto de sangue entre a cartilagem auricular e a pele canina, que pode ocorrer após uma lesão de segundo grau.

Saiba mais

Cuidados pré-gestação para a segurança de gatas, cadelas e filhotes

A importância de um acompanhamento médico adequado durante a gestação de gatas e cadelas não é mais segredo para os tutores, de modo que são cada vez mais frequentes as pacientes prenhas e os neonatos nas clínicas e hospitais veterinários. Entretanto, existem alguns cuidados nem sempre observados que devem ser tomados antes mesmo do acasalamento e que podem prevenir problemas de alto risco para os filhotes.

Saiba mais

Precisando avaliar cavalos? Observe-os em grupo, não isoladamente

Precisando avaliar cavalos? Observe-os em grupo, não isoladamente. Quando observarmos os animais em conjunto, é possível comparar comportamentos e posturas diferenciadas entre animais saudáveis e animais doentes. Esses últimos tendem a se afastar do grupo, apresentam comportamento ingestivo diferenciado, bem como o modo como se locomovem.

Saiba mais

Linfonodos equinos: como examinar corretamente e o que observar

A avaliação dos linfonodos é feita comparando-se um linfonodo ao linfonodo do antímero contrário, ou seja, linfonodos esquerdo e direito. Sempre que possível, deve-se palpar os dois linfonodos juntos para que o Veterinário perceba alterações.

Saiba mais

Veterinário: você sabe o que é Bioeletrogênese?

O meio intracelular é carregado negativamente devido a altas quantidades de proteínas existentes dentro das células. O meio extracelular é carregado positivamente devido à abundância de moléculas iônicas, principalmente eletrólitos, predominantes fora das células. Dessa forma, há diferença de potencial elétrico existente no interior e no exterior das células. De modo geral, as células apresentam potencial elétrico em torno de 90 miliwolts.

Saiba mais

Importância do sistema reprodutivo para clínica de bovinos

Independente do sistema de produção, os aspectos próprios da reprodução e os índices reprodutivos podem auxiliar no diagnóstico de doenças de vários sistemas. Um exemplo disso é a possibilidade de suspeitar que afecções podais estão ocorrendo no rebanho devido à baixa taxa de prenhez, pois, como as vacas não demonstrarão cio montando umas nas outras por causa da possível dor na pata, elas não serão submetidas à inseminação ou qualquer que seja o método de concepção utilizado pela propriedade.

Saiba mais

Vai trabalhar com ultrassonografia animal? Conheça os transdutores

Os transdutores acoplados são escolhidos de acordo com o objetivo do exame ultrassonográfico a ser realizado. • Para observação de estruturas mais superficiais: transdutor com frequência maior → mais curto o pulso → menor penetração (visibilizar estruturas superficiais) → alta resolução. • Para observação de estruturas mais profundas: frequência menor →maior penetração (visibilizar estruturas mais profundas) → baixa resolução.

Saiba mais

Fisiologia das células ajuda a identificar quadros clínicos patológicos nos animais

A compreensão acerca da fisiologia das células nos ajuda a identificar quadros clínicos patológicos nos animais. “Na célula animal há o citoplasma e na célula vegetal essa estrutura é denominada de protoplasma”, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional. Ambos apresentam estruturas importantes para a sobrevivência ou multiplicação das células.

Saiba mais

Mosca do Chifre: um dos parasitas que mais causam prejuízo à pecuária

Um dos parasitas que mais causam prejuízo à pecuária de corte ou de leite é a mosca de chifre. Sua população aumenta rapidamente com o início do período de chuvas e causa grande irritação nos animais, que ficam inquietos, tentando espantá-las. “As moscas, geralmente, ficam na região da cernelha, próximo ao pescoço dos animais. Têm preferência por animais de pelagem preta, principalmente machos inteiros”, explica Prof. Leonardo Cotta Quintão, do VET Profissional.

Saiba mais

Veterinário Radiologista: atenção aos artefatos de imagem!

Os artefatos de imagem são exibições de informações (imagens) que não correspondem exatamente à verdadeira imagem da área examinada. São frequentemente observados nos exames ultrassonográficos. Os artefatos mais comuns vistos dentro da avaliação ultrassonográfica dos animais são:

Saiba mais

Exame dermatológico em gatos? Prepare-se com as dicas abaixo!

O exame dermatológico em gatos é, geralmente, um exame difícil de o médico veterinário realizar. “Gatos não gostam da inspeção, pois incomoda bastante o animal”, afirma Prof.ª Dr.ª Waleska de Melo Ferreira Dantas, Doutora em Patologia Clínica Animal pela Universidade Federal de Viçosa - UFV.

Saiba mais

Dermatite canina: saiba tudo sobre essa doença

Um dos problemas mais comuns em pets é a dermatite canina. De forma resumida, a dermatite é uma doença na pele do animal, que provoca coceira, vermelhidão e o surgimento de pequenas feridas. Um dos exemplos mais conhecidos dessa doença é a sarna, mas também há outros como a micose e a escabiose.

Saiba mais

Cinomose: conheça a principal doença infecciosa canina

A cinomose é um doença canina viral de importância mundial e endêmica no Brasil. Felizmente, ela não é uma zoonose, mas sua taxa de mortalidade entre os animais infectados que não conseguem uma eficiente resposta imune contra o vírus é muito alta.

Saiba mais

Anestesia geral: características, aplicação, vantagens e desvantagens

Anestesia geral injetável é a administração de fármacos anestésicos de forma injetável com o objetivo de alcançar os pilares da anestesiologia, tais quais: inconsciência, relaxamento muscular, analgesia e estabilidade autonômica. As características ideais de uma anestesia injetável são: ser solúvel em água; ser estável em solução aquosa; estar presente em concentrações adequadas;

Saiba mais

Exame físico em lagartos? Saiba como no passo a passo abaixo

Precisa fazer a avaliação física de um lagarto e não sabe como? Contenção, auscultação, inspeção e palpação são as três etapas para o exame físico em lagartos. Isso é fácil. Siga as dicas abaixo: 1º passo: contenção Contenha o lagarto com uma fronha ou toalha

Saiba mais

Sr. Veterinário: cuidados especiais durante a extração das presas caninas

Para extração do dente canino são utilizados o osteótomo e o martelo, retirando assim o alveolar em camadas, seguindo a curvatura do dente. “Ao utilizar os instrumentais, deve-se tomar cuidado para que os mesmos não escapem e atinjam a gengiva e a mucosa”, salienta Fernando T. Tavares Fernandes, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Exame ultrassonográfico em animais: como fazer

De acordo com os ensinamentos da Profa. Sâmara Turbay Pires, “no exame ultrassonográfico, o animal deve ser colocado à direita do veterinário e a mão esquerda da pessoa vai trabalhar no aparelho de ultrassom”. Para demonstração, veja, a seguir, a avaliação da parte abdominal de um cão.

Saiba mais

Precisando examinar boca de gatos? Saiba como

O exame físico de inspeção e palpação da boca de cães e gatos além de ser relativamente simples, permite que o médico observe uma série de alterações que possam acometer a cavidade oral desses animais domésticos. “Ao iniciar a inspeção e palpação da boca de felinos, o Veterinário deve conter previamente o animal para que o exame seja feito de forma rápida, precisa e eficiente, minimizando o estresse para o animal e os riscos para o examinador”, afirma Dra. Waleska de Melo Ferreira Dantas

Saiba mais

Exame ginecológico em éguas: importância, etapas e quando fazer

Apesar de a fertilização e gestação serem o núcleo do processo de reprodução animal, os criadores, baseados em inúmeras pesquisas científicas, entenderam que a obtenção de animais de alto desempenho genético só seria possível mediante valorização de todas as etapas que compõem o manejo reprodutivo. Em relação à criação de equinos, uma dessas etapas que se mostra fundamental é o exame ginecológico completo da égua antes da estação reprodutiva.

Saiba mais

Precisa examinar a boca de um cão? Siga essas dicas!

O Médico Veterinário, ao iniciar o exame específico da boca de cães, deve atentar-se primeiramente para a área externa que envolve a cabeça: a musculatura responsável pelos movimentos mastigatórios e os lábios do animal, a fim de verificar a presença de lesões ulcerativas, lesões erosivas e algum tipo de massa nessa região. Em seguida, o Médico Veterinário deve palpar toda a região perilabial e a musculatura que participa dos movimentos mastigatórios, principalmente os masseteres.

Saiba mais

Sr. Veterinário: aprenda sobre o bloqueio do nervo maxilar de cães

O nervo maxilar emerge pelo forame maxilar e é responsável por irrigar um dos lados da face do cão, explica Luís Eugênio Franklin Augusto, Professor do VET Profissional. O bloqueio desse nervo permite dessensibilizar a parte superior rostral e arcada superior do animal (teto da cavidade nasal, palato duro, palato mole, focinho, lábio superior, dentes incisivos e caninos superiores, dentes molares e pré-molares de um dos lados da face do paciente).

Saiba mais

Anestesia em cães

Em um conceito mais técnico, a anestesia é um fármaco que deve ser ministrado para eliminar ou aliviar a dor e outras sensações a animais, para que possam passar por procedimentos cirúrgicos, exames diagnósticos e outros procedimentos. Ela deve durar um tempo determinado e deve ser aplicada por um anestesiologista veterinário.

Saiba mais

Precisando fazer exame de urina em éguas? Saiba como!

A coleta de urina em éguas é feita por meio da cateterização vesical ou sondagem vesical. É importante, como primeira medida para a realização do procedimento, fazer a assepsia da vulva para retirar resíduos de fezes e evitar a contaminação ao introduzir a sonda na uretra dos equinos.

Saiba mais

Anamnese em cães e gatos para a identificação de problemas de pele

É mesmo possível realizar anameses em cães e gatos para a identificação de problemas de pele? Sim, é. A anamnese inicia-se pela queixa principal do proprietário e deve se desenvolver por meio de uma série de perguntas feitas pelo médico veterinário, relativas ao sistema tegumentar que irão orientá-lo na identificação das alterações, bem como sugerir exames complementares.

Saiba mais

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação!

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação do esôfago cervical, técnicas que permitem ao Médico Veterinário visualizar externamente aumentos de volume e outras alterações visíveis no esôfago. A palpação ocorre a partir da glote e desce pelo esôfago. Durante esta ação, o médico deve sentir se existe algum tipo de massa ou corpo estranho que dificultando a passagem do alimento no animal. O exame também demonstra o nível de sensibilidade do animal na região do esôfago.

Saiba mais

A importância da anamnese para o trabalho com animais

Segundo Ana Carolina Silva Faria, professora do VET Profissional, “A anamnese deve ser um exame detalhado, capaz de fornecer o perfil do animal, o perfil do ambiente em que ele vive e o perfil do proprietário”. A ficha de anamnese do paciente deve ser preenchida minunciosamente e conter os seguintes dados

Saiba mais

O que saber sobre a captação de água no meio rural?

Geralmente na zona rural não há água disponível pela rede pública. Diante disso, a questão da fonte dentro na propriedade para fornecimento de água é muito importante, explica Prof. Marcelo Dias da Silva, do VET Profissional. Na escolha do manancial, deve-se analisar as opções e características de cada tipo: • Se fornecerá água em quantidade suficiente, mesmo em período de escassez; • Lago e represas: fornecimento durante a seca; rios: suscetível a contaminações, se passa por alguma cidade e se recebe dejetos de indústrias.

Saiba mais

Aves em estado crítico: o que o veterinário deve fazer?

As aves quando chegam em clínicas, geralmente, já se encontram em estado crítico. “Elas são pacientes diferentes, não são como os cães e os gatos, porque mascaram os sinais clínicos de doenças. Devido a isso, os seus responsáveis normalmente não percebem quando elas começam a adoecer e a doença se agrava”, explica Letícia Bergo Coelho Ferreira, Professora do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário: conheça as vantagens e as desvantagens da TIVA

TIVA é a sigla para Total Intravenous Anesthesia (Anestesia Venosa Total em português – AVT). É uma técnica que se baseia na aplicação do anestésico geral injetável tanto para a indução da anestesia quanto para sua manutenção, explica Prof. Luís Eugênio Franklin Augusto, do VET Profissional.

Saiba mais

Avaliação ginecológica em vacas: por que fazer?

A ultrassonografia em reprodução animal, tanto relacionada a bovinos de corte quanto de leite, possibilita uma avaliação ginecológica mais precisa, executando exames de fêmeas para protocolos de IATF (inseminação artificial em tempo fixo) e TETF (transferência de embriões em tempo fixo).

Saiba mais

Exame de aves em postura: como fazer?

Quando o avicultor opta pela criação de aves de postura, é possível ter até 18 mil poedeiras por galpão. Assim, como identificar, dentre tantas aves, se alguma delas não está produzindo? Para isso, alguns pontos devem ser observados, como: - As aves produtivas têm crista aquecida, quente ao toque, devido ao alto metabolismo, e uma coloração vermelha levemente pálida, já que o sangue do seu corpo está sendo desviado para a região do oviduto. - O espaço entre pernas deve ser de aproximadamente três dedos, pois os hormônios sexuais dilatam a região dos ossos pélvicos para facilitar a passagem dos ovos.

Saiba mais

Saiba como interpretar leucograma

O leucograma é uma parte do exame de sangue, que avalia os leucócitos ou glóbulos brancos, responsáveis pela imunidade do animal. Este exame indica o número de basófilos, eosinófilos, linfócitos e monócitos presentes no sangue. Os resultados do leucograma podem ajudar o médico veterinário a interpretar doenças.

Saiba mais

Aprenda realizar o exame físico externo para diagnosticar doenças em aves

Os médicos veterinários devem sempre orientar criadores de aves domésticas a nunca ignorarem nenhum sinal de doença observado em sua criação, por menor que ele seja. Em granjas, como o número de animais convivendo muito próximos é elevado, infecções se propagam rapidamente, o que pode ocasionar descarte de plantéis inteiros.

Saiba mais

Aprenda a como realizar o exame físico externo para diagnosticar doenças em aves

Os médicos veterinários devem sempre orientar criadores de aves domésticas a nunca ignorarem nenhum sinal de doença observado em sua criação, por menor que ele seja. Em granjas, como o número de animais convivendo muito próximos é elevado, infecções se propagam rapidamente, o que pode ocasionar descarte de plantéis inteiros.

Saiba mais

Quer obter carcaças de qualidade? Conheça a avaliação por indicadores de composição quantitativa!

A avaliação de carcaça é uma técnica utilizada para caracterizar e classificar o produto final, melhorando consequentemente a sua qualidade. Vários fatores influenciam nesse processo, e, por conta disso, foram desenvolvidos alguns métodos de avaliação, os quais são divididos em indicadores de composição qualitativas e quantitativas.

Saiba mais

Atlas: primeira vértebra cervical dos mamíferos. Saiba mais!

A primeira vértebra do pescoço dos mamíferos é denominada atlas. Todos os mamíferos possuem sete vértebras cervicais e o osso atlas é a primeira vértebra dessa sequência. A vértebra atlas articula-se com a cabeça na parte cranial dos animais. Em direção à causa, o osso atlas articula-se com as próximas vértebras cervicais.

Saiba mais

Clínica Médica de Bovinos: Nova Disciplina VET Profissional

A criação de bovinos para a produção de leite é uma opção extremamente promissora para os pecuaristas. O mercado do leite no Brasil encontra-se em expansão, mas é preciso oferecer um produto de qualidade para garantir o seu espaço. Uma doença que pode atacar esses animais é a mastite, que causa alterações físico-químicas na composição do leite, ocasionando grandes prejuízos aos produtores rurais.

Saiba mais

Conheça a nova disciplina VET Profissional: Clínica Médica de Cães e Gatos

O VET Profissional acaba de ganhar mais uma disciplina: Clínica Médica de Cães e Gatos. Para os médicos veterinários, a clínica médica é uma prática importante, pois trata do diagnóstico e tratamento de doenças, atuando, também, na área de saúde pública, ao combater zoonoses, promovendo a interação entre o profissional veterinário e a sociedade. Independente da especialidade do médico veterinário, essas práticas fazem parte de sua rotina.

Saiba mais

Como combater cálculos urinários em cães e gatos?

Assim como os seres humanos, os animais também podem sofrer com cálculos urinários, que são bem parecidos aos nossos. Esse material sólido é formado, geralmente, por sais minerais, com elementos como o cálcio, o magnésio, a amônia, o fósforo e carbonatos. A consistência do cálculo e a composição são similares a do calcário.

Saiba mais

Cuidado veterinário: o que é Otohematoma?

Muito comum em cães e muito tratado por veterinários o otohematoma ou hematoma auricular é um hematoma que costuma aparecer no pavilhão auricular desses animais, caracterizado por um conjunto de sangue entre a cartilagem auricular e a pele canina, que pode ocorrer após uma lesão de segundo grau.

Saiba mais

Cuidados pré-gestação para a segurança de gatas, cadelas e filhotes

A importância de um acompanhamento médico adequado durante a gestação de gatas e cadelas não é mais segredo para os tutores, de modo que são cada vez mais frequentes as pacientes prenhas e os neonatos nas clínicas e hospitais veterinários. Entretanto, existem alguns cuidados nem sempre observados que devem ser tomados antes mesmo do acasalamento e que podem prevenir problemas de alto risco para os filhotes.

Saiba mais

Precisando avaliar cavalos? Observe-os em grupo, não isoladamente

Precisando avaliar cavalos? Observe-os em grupo, não isoladamente. Quando observarmos os animais em conjunto, é possível comparar comportamentos e posturas diferenciadas entre animais saudáveis e animais doentes. Esses últimos tendem a se afastar do grupo, apresentam comportamento ingestivo diferenciado, bem como o modo como se locomovem.

Saiba mais

Linfonodos equinos: como examinar corretamente e o que observar

A avaliação dos linfonodos é feita comparando-se um linfonodo ao linfonodo do antímero contrário, ou seja, linfonodos esquerdo e direito. Sempre que possível, deve-se palpar os dois linfonodos juntos para que o Veterinário perceba alterações.

Saiba mais

Veterinário: você sabe o que é Bioeletrogênese?

O meio intracelular é carregado negativamente devido a altas quantidades de proteínas existentes dentro das células. O meio extracelular é carregado positivamente devido à abundância de moléculas iônicas, principalmente eletrólitos, predominantes fora das células. Dessa forma, há diferença de potencial elétrico existente no interior e no exterior das células. De modo geral, as células apresentam potencial elétrico em torno de 90 miliwolts.

Saiba mais

Importância do sistema reprodutivo para clínica de bovinos

Independente do sistema de produção, os aspectos próprios da reprodução e os índices reprodutivos podem auxiliar no diagnóstico de doenças de vários sistemas. Um exemplo disso é a possibilidade de suspeitar que afecções podais estão ocorrendo no rebanho devido à baixa taxa de prenhez, pois, como as vacas não demonstrarão cio montando umas nas outras por causa da possível dor na pata, elas não serão submetidas à inseminação ou qualquer que seja o método de concepção utilizado pela propriedade.

Saiba mais

Vai trabalhar com ultrassonografia animal? Conheça os transdutores

Os transdutores acoplados são escolhidos de acordo com o objetivo do exame ultrassonográfico a ser realizado. • Para observação de estruturas mais superficiais: transdutor com frequência maior → mais curto o pulso → menor penetração (visibilizar estruturas superficiais) → alta resolução. • Para observação de estruturas mais profundas: frequência menor →maior penetração (visibilizar estruturas mais profundas) → baixa resolução.

Saiba mais

Fisiologia das células ajuda a identificar quadros clínicos patológicos nos animais

A compreensão acerca da fisiologia das células nos ajuda a identificar quadros clínicos patológicos nos animais. “Na célula animal há o citoplasma e na célula vegetal essa estrutura é denominada de protoplasma”, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional. Ambos apresentam estruturas importantes para a sobrevivência ou multiplicação das células.

Saiba mais

Mosca do Chifre: um dos parasitas que mais causam prejuízo à pecuária

Um dos parasitas que mais causam prejuízo à pecuária de corte ou de leite é a mosca de chifre. Sua população aumenta rapidamente com o início do período de chuvas e causa grande irritação nos animais, que ficam inquietos, tentando espantá-las. “As moscas, geralmente, ficam na região da cernelha, próximo ao pescoço dos animais. Têm preferência por animais de pelagem preta, principalmente machos inteiros”, explica Prof. Leonardo Cotta Quintão, do VET Profissional.

Saiba mais

Veterinário Radiologista: atenção aos artefatos de imagem!

Os artefatos de imagem são exibições de informações (imagens) que não correspondem exatamente à verdadeira imagem da área examinada. São frequentemente observados nos exames ultrassonográficos. Os artefatos mais comuns vistos dentro da avaliação ultrassonográfica dos animais são:

Saiba mais

Receba Mais Informações