Guias de Capacitação do Veterinários. Clique e baixe!

Resultados da busca para "inseminacao bovinos"

Estomatite em bovinos: você conhece essa afecção do sistema digestivo?

Estomatites são alterações (inflamações) que acometem a mucosa oral dos bovinos, podendo ocorrer em diversas partes como língua (glossite), palato (palatite) e gengiva (gengivite).

Saiba mais

Clínica Médica de Bovinos: Nova Disciplina VET Profissional

A criação de bovinos para a produção de leite é uma opção extremamente promissora para os pecuaristas. O mercado do leite no Brasil encontra-se em expansão, mas é preciso oferecer um produto de qualidade para garantir o seu espaço. Uma doença que pode atacar esses animais é a mastite, que causa alterações físico-químicas na composição do leite, ocasionando grandes prejuízos aos produtores rurais.

Saiba mais

Anestesia loco-regional para descorna bovina: como realizar este procedimento?

A descorna é a remoção cirúrgica do processo cornual em bovinos já adultos. A presença do processo cornual é uma característica que diferencia bovinos de equinos. Todas as vezes que se deseja remover o processo, é necessário fazer o bloqueio do ramo cornual que faz parte do nervo zigomático temporal.

Saiba mais

Bovinos: exigência nutricional de energia para produção de leite

O bovino possui exigências diárias de água, energia, proteína, minerais, vitaminas e outros nutrientes. Essas exigências podem variar em função de fatores como: peso vivo, categoria, estado fisiológico, uso de promotores de crescimento e fatores ambientais.

Saiba mais

Técnicas anestésicas locais em bovinos

A anestesia faz parte da rotina veterinária e é importante para os bovinos. Em termos técnicos, a anestesia consiste na aplicação de medicamentos para eliminar ou aliviar a dor em um local ou de forma generalizada, de modo que seja possível realizar procedimentos cirúrgicos. Cabe ao médico veterinário avaliar o animal e definir qual a melhor forma de aplicação em cada caso.

Saiba mais

Coleta de sangue em bovinos: quais materiais utilizar? Qual a via escolher?

Na espécie bovina, a coleta é feita primordialmente utilizando-se o acesso da veia jugular. Os bovinos são mais ariscos que os equinos. Caso o veterinário tenha dificuldades para fazer a coleta de sangue na veia jugular devido ao movimento do pescoço e da cabeça do animal, a coleta pode ser feita na veia coccígea localizada na cauda.

Saiba mais

Ultrassonografia em fêmeas bovinas: como é feita a sexagem fetal?

O uso da ultrassonografia aplicada à reprodução de bovinos visa o planejamento reprodutivo de fêmeas bovinas, tanto em gado de corte, quanto de leite. “Ela representa uma ferramenta importante para a eficiência reprodutiva e produtiva dentro do sistema de bovinocultura”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Mestre e Doutor em Medicina Veterinária na área de Reprodução Animal.

Saiba mais

Sistema genital de machos bovinos: vamos conhecer essa estrutura?

“O sistema genital de machos bovinos é composto, principalmente, pelo escroto, cordão espermático, testículos, epidídimo, uretra peniana, glândulas sexuais acessórias e pênis”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Mestre e Doutor em Medicina Veterinária na área de Reprodução Animal.

Saiba mais

Desenvolvimento da glândula mamária em bovinos: como e quando ocorre?

“É de suma importância que a glândula mamária esteja pronta no momento do parto, expressando assim o seu maior potencial de produção”, explica Pedro Henrique de Araújo Carvalho, Médico Veterinário e professor do VET Profissional, que é Mestre em Zootecnia.

Saiba mais

Reprodução de bovinos: vamos conhecer a atuação do sistema nervoso e do sistema endócrino?

Você sabia que a atuação do sistema nervoso é importante para a transformação de qualquer estímulo externo e sinais nervosos em mudanças em todo o organismo do animal?

Saiba mais

A tuberculose bovina e a forma comum de transmissão

A tuberculose bovina é uma doença que ocorre em praticamente todo o mundo, sendo a América do Sul um dos locais de maior incidência. No Brasil o problema é preocupante e se constitui em um grave problema de saúde pública. Os principais prejuízos causados pela tuberculose são a diminuição da produção de leite e de carne e a perda de animais que, dependendo do sistema de produção, pode ser disseminada rapidamente entre o rebanho, explica Prof. Leonardo Cotta Quintão, professor do VetProfissional. Por apresentar sinais comuns de várias enfermidades, a identificação dessa doença exige métodos complementares.

Saiba mais

O uso da ultrassonografia aplicada à reprodução de bovinos

O uso da ultrassonografia aplicada à reprodução de bovinos visa o planejamento reprodutivo de fêmeas bovinas, tanto em gado de corte, quanto de leite. “Ela representa uma ferramenta importante para a eficiência reprodutiva e produtiva dentro do sistema de bovinocultura”, explica Prof. Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, do VetProfissional.

Saiba mais

Exame clínico em bovinos: como coletar informações para o diagnóstico?

Mesmo que o Veterinário seja chamado em uma propriedade para realizar o exame de apenas um animal, o conjunto precisa ser entendido, pois eles podem fornecer as informações importantes.

Saiba mais

Palpação transretal: qual a importância desse exame em fêmeas bovinas?

“As avaliações ginecológicas feitas em bovinos são de suma importância para o correto andamento dos estudos de índices zootécnicos nas propriedades, relacionados à reprodução animal”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Classificação de doenças na medicina de produção de bovinos

A medicina de produção se baseia no gerenciamento das informações coletadas para a elaboração de um diagnóstico, de modo que essas informações englobam a realidade da propriedade atendida e das do seu entorno, a identificação de cada animal, o levantamento do histórico clínico de todas as doenças que o animal atendido teve ao longo da sua vida, anotação dos parâmetros produtivos, reconhecimento das estruturas da propriedade, entre outros.

Saiba mais

Regulação de consumo alimentar em bovinos: entenda como ocorre

O consumo de matéria seca (CMS) é o principal ponto da nutrição bovina. Em um período de 24 horas, os animais de alta produção podem ter problemas para consumir grande quantidade de alimentos, sendo necessário o estímulo.

Saiba mais

Retenção de placenta em bovinos: quais os cuidados necessários?

A retenção de placenta é a não expulsão da placenta dentro do período de 12 horas após o parto. Em algumas literaturas consta que esse período pode ser de 24 horas, mas, como é difícil saber com exatidão a hora em que o parto ocorreu, o comum é considerar um caso de retenção de placenta se a expulsão não tiver ocorrido até o dia seguinte.

Saiba mais

Necropsia de bovinos a campo: como iniciar esse procedimento?

Para realização da necropsia, são utilizadas técnicas específicas de exames. No entanto, antes de iniciar os exames propriamente ditos, deve ser feito o levantamento do histórico clínico do animal, também conhecido como perinecropsia.

Saiba mais

Parto em bovinos: quais são os principais eventos e alterações endócrinas que estão associados ao parto?

É fundamental para o início do parto que o eixo fetal hipotálamo-hipófise-adrenal do feto esteja em funcionalidade de maturação completa e ativa.

Saiba mais

Ao parir, qual espécie tem mais facilidade: equinos ou bovinos?

Comparando as espécies, bovinos e equinos, vemos que a égua tem mais facilidade de parto do que a vaca. É mais comum, portanto, nos depararmos com um caso de problema de parto em uma vaca do que de uma égua. Existem algumas estruturas anatômicas envolvidas no parto que fazem com que haja essa maior dificuldade no parto da vaca do que no da égua, como veremos a seguir:

Saiba mais

Clostridioses em bovinos: doenças bacterianas de alta mortalidade

As Clostridioses são um complexo de enfermidades que ocorrem de forma muito rápida e fatal, e é causado por bactérias do gênero Clostrídios. Essas bactérias têm capacidade de esporulação, e são encontradas nas fezes dos animais, no solo, entre outros, explica Marcelo dias da Silva, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Como ocorre a fertilização em bovinos?

“O deslocamento dos espermatozoides desde a vagina até a região da tuba uterina pode ocorrer mediante os processos de transporte imediato (espermatozoides não viáveis para fertilização) ou transporte de sustentação (espermatozoides passando por etapas de transposição)”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Bovinos devem ser casqueados? Por quê?

Os cascos têm por finalidade a sustentação e a locomoção dos bovinos, daí sua estrutura rígida e sua forma de crescimento. O casqueamento tem como principal objetivo prevenir doenças dos cascos em animais estabulados e mesmo mantidos em piquetes.

Saiba mais

Bovinos e equinos: você conhece a fisiologia bucal desses animais?

O aparelho digestório, que é constituído por boca, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus, é responsável por garantir ao organismo o aproveitamento de todos os nutrientes presentes nos alimentos. “Esse aparelho se inicia pela boca, que é responsável pela apreensão e transformação física do alimento por meio do processo de mastigação, insalivação e deglutição”, explica a Dr.ª Waleska de Melo, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Ultrassonografia para avaliação ginecológica de fêmeas bovinas: quais são as vantagens desse exame?

A ultrassonografia em reprodução animal, tanto relacionada a bovinos de corte quanto de leite, possibilita uma avaliação ginecológica mais precisa, executando exames de fêmeas para protocolos de IATF (inseminação artificial em tempo fixo) e TETF (transferência de embriões em tempo fixo).

Saiba mais

Foliculogênese ovariana em bovinos: você sabe o que são foliculogênese basal e foliculogênese tônica?

A foliculogênese é um processo dinâmico e contínuo de crescimento e maturação do oócito, em que ocorre a proliferação e diferenciação das células da granulosa e teca (indução hormonal) e liberação de oócito apto para ser fertilizado.

Saiba mais

Pré-parto de bovinos: manejo e cuidados com a vaca

Na fase pré-parto existem algumas limitações relacionadas à própria vaca, ao manejo desses animais e ao aproveitamento da dieta. É fisiológico para um animal a antecipação ou atraso no parto em até 15 dias.

Saiba mais

Aprenda o passo a passo do casqueamento em bovinos

Antes de começar o casqueamento, avalie cuidadosamente todas as vacas para determinar quais necessitam de casqueamento. Comece com a unha de dentro do membro posterior. Usualmente, essa unha tem a forma normal. Usando como guia a unha de dentro, apare a unha de fora (membros posteriores), deixando-a do mesmo tamanho. Quando terminar, as superfícies de apoio deverão estar planas de dentro para fora e da frente para trás.

Saiba mais

Mastite: o que é e o que representa no sistema de produção de leite

A mastite é a inflamação do parênquima da glândula mamária. A doença pode ter causas diversas, mas a maior parte das vezes, é causada por bactérias que atingem o interior de um ou mais quartos da mama bovina através dos ductos localizados nos tetos. De acordo com Paolo Antônio Dutra Vivenza, Professor do VET Profissional, “Além das bactérias, outros microrganismos também podem causar a mastite, entre eles: leveduras, fungos, o vírus do Mycoplasma bovis, microrganismo que ocupa posição intermediária entre bactérias e vírus, e algas microscópicas do gênero Prototheca”. É preciso ressaltar que, sob o ponto de vista epidemiológico, a interação entre a resistência do animal, as condições do ambiente e a presença do agente patogênico favorece a ocorrência da mastite no rebanho.

Saiba mais

Sr. Veterinário, entenda melhor o reflexo da ejeção do leite bovino

Na natureza, o leite é liberado pela vaca quando o bezerro mama. Já nos rebanhos de gado leiteiro, as vacas devem ser treinadas e condicionadas para responder aos estímulos do ordenhador e do equipamento de ordenha, quando esta é feita sem a presença do bezerro posicionado ao pé do animal. As células mioepiteliais que compõem o alvéolo, por sua vez, encontram-se sujeitas ao controle hormonal. Quando são estimuladas, contraem e causam a ejeção do leite para a fora do alvéolo. Dessa forma, é possível fazer a extração por meio da ordenha mecânica.

Saiba mais

Importância do sistema reprodutivo para clínica de bovinos

Independente do sistema de produção, os aspectos próprios da reprodução e os índices reprodutivos podem auxiliar no diagnóstico de doenças de vários sistemas. Um exemplo disso é a possibilidade de suspeitar que afecções podais estão ocorrendo no rebanho devido à baixa taxa de prenhez, pois, como as vacas não demonstrarão cio montando umas nas outras por causa da possível dor na pata, elas não serão submetidas à inseminação ou qualquer que seja o método de concepção utilizado pela propriedade.

Saiba mais

Sr. Veterinário, conheça as principais afecções causadoras de aborto em bovinos

A duração da gestação pode apresentar importância clínica para os bezerros, pois gestações 3 ou 4 dias mais curtas do que o normal pode gerar bezerros mais leves, os quais têm mais dificuldade em absorver nutrientes, e consequentemente, tendem a ter mais problemas. Normalmente, a gestação de taurinos dura aproximadamente 285 dias enquanto a gestação de zebuínos dura aproximadamente 292 dias. A partir disso, a atenção deve ser voltada para a anotação dos índices zootécnicos, pois só é possível fazer a previsão do parto se as datas de inseminação

Saiba mais

Ciclo estral de bovinos: você sabe reconhecer o cio de uma vaca?

“O ciclo estral é o período compreendido entre dois estros de duração variável. Porém, em torno de 21 dias, apresenta fases bastante evidentes, caracterizado por modificações da genitália tanto interna quanto externa, bem como no comportamento da fêmea”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Mastite: o que provoca este tipo de infecção?

A mastite pode ter causas diversas, mas a maior parte das vezes, é causada por bactérias que atingem o interior de um ou mais quartos da mama bovina através dos ductos localizados nos tetos. A real importância da mastite no sistema de produção de leite está relacionada a três fatores:

Saiba mais

Urinálises: como realizar a coleta de urina em fêmeas bovinas?

As urinálises possibilitam a obtenção de informações sobre muitas funções metabólicas do organismo e sobre os rins, além disso, a urina possui a vantagem de ser de fácil coleta para exame em laboratório.

Saiba mais

Anestesia paravertebral proximal: vamos conhecer essa técnica de anestesia?

A técnica de anestesia paravertebral proximal é uma das técnicas mais utilizadas e mais eficientes para o acesso ao flanco dos bovinos, garantindo analgesia das seguintes estruturas: • Pele; • Subcutâneo; • Musculatura; • Peritônio.

Saiba mais

Descorna: indicações e técnicas

Muito comum nas criações de bovinos, ovinos e caprinos, a descorna é uma prática que consiste em eliminar os cornos (chifres) dos animais, extraindo-os ou impedindo seu crescimento. Quando realizada em filhotes, também é chamada de mochação.

Saiba mais

Conheça os tipos de correções em aprumos e previna lesões em bovinos

No casqueamento de animais adultos, a principal função da aparação é restaurar o formato correto do casco, prevenindo-se lesões.

Saiba mais

Veterinário, tire dúvidas de seus clientes quanto à criação de caprinos

Os caprinos foram introduzidos no Brasil durante o período de colonização. Por causa do porte, eram facilmente transportados nos navios, e por causa da grande adaptabilidade a muitos ambientes, podiam ser criados nos territórios recém-colonizados, sem maiores problemas para subsistência. A primeira notícia de importação de animais, visando à produção de forma comercial, só aconteceu em 1910.

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba mais sobre a retenção de placenta

A retenção de placenta é a não expulsão da placenta dentro do período de 12 horas após o parto. Em algumas literaturas consta que esse período pode ser de 24 horas, mas, como é difícil saber com exatidão a hora em que o parto ocorreu, o comum é considerar um caso de retenção de placenta se a expulsão não tiver ocorrido até o dia seguinte.

Saiba mais

Proteínas constituintes do leite: vamos conhecer suas características?

O leite bovino é um fluido complexo, produto da secreção mamária, que contém água, lipídios, proteínas, carboidratos e sais minerais.

Saiba mais

Produção de leite: qualidade na ordenha e prevenção da mastite

Há uma crescente modificação no controle de qualidade do leite e de seus derivados. Com a modernização da produção, todos os produtores se veem obrigados a produzir com os padrões mais altos de qualidade para sobreviverem no mercado. E, em uma rápida visita ao setor de produtos lácteos dos grandes supermercados, já é possível perceber a diferença.

Saiba mais

Inseminação Artificial Equina com sêmen resfriado: 5 dicas de sucesso

A Inseminação Artificial em equinos é largamente praticada em todo o mundo, e a maneira mais comumente usada nessa espécie é mediante o resfriamento e transporte de sêmen (LOOMIS, 2006). Aparentemente, no mundo, os países que mais realizam IA com sêmen resfriado transportado são Estados Unidos, seguido pelo Brasil (PAPA et al., 2008). Quando a técnica é executada corretamente, o sêmen a fresco alcança índices de concepção semelhantes aos obtidos com a monta natural.

Saiba mais

Medicina veterinária? Apresento-lhe a Orquiectomia, vulgo castração!

A orquiectomia, popularmente conhecida como castração, consiste no procedimento cirúrgico de remoção da gônada do animal e de alguns de seus anexos. Trata-se de uma cirurgia realizada com grande frequência, principalmente na espécie equina, e é uma das causas mais comuns de processos legais contra veterinários nos Estados Unidos, devido a erros de conduta e falhas na aplicação da técnica.

Saiba mais

Avaliação ginecológica em vacas: por que fazer?

A ultrassonografia em reprodução animal, tanto relacionada a bovinos de corte quanto de leite, possibilita uma avaliação ginecológica mais precisa, executando exames de fêmeas para protocolos de IATF (inseminação artificial em tempo fixo) e TETF (transferência de embriões em tempo fixo).

Saiba mais

4 dicas para acertar na inseminação artificial de porcas

Precisando acertar no momento de inseminar porcas? Pois muito bem, atente-se a essas dicas e faça um procedimento perfeito: 1 - A inseminação artificial deverá ser feita na presença do macho, tendo-se o cuidado para que o sêmen seja depositado naturalmente na fêmea e não forçado,explica Paulo César Brustolini, Mestre e Doutor em Zootecnia. 2 - O tempo de uma inseminação deve ser de, no mínimo, 4 minutos. Ao mesmo tempo que a inseminação é feita, massageie o flanco e pressione (gentilmente, com as mãos ou cavalgando) as costas da fêmea o que facilitará a penetração do sêmen.

Saiba mais

Descorna em animais domésticos: quais as técnicas utilizadas para esse procedimento?

A descorna é um procedimento simples, utilizada em bovinos, ovinos e caprinos, que visa remover ou evitar o surgimento dos cornos, vulgarmente conhecidos como chifres. Por ser frequentemente realizado por leigos em propriedades rurais, pode trazer complicações para os animais.

Saiba mais

Língua dos animais: vamos conhecer um pouco sobre esta estrutura?

“Entre as funções da língua, estão a deglutição e movimentação durante a mastigação, apreensão dos alimentos - sobretudo nos bovinos, funções gustativas e táteis e até mesmo a troca térmica nos carnívoros, que não tem glândulas sudoríparas”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Inseminação artificial: como preparar a égua para o procedimento?

A inseminação artificial na reprodução animal torna o processo reprodutivo mais eficiente quando comparado ao método de monta natural. Nesse sentido, entre os benefícios da inseminação de éguas, cita-se a possibilidade de inseminar várias éguas com apenas um ejaculado, aumentando a eficiência do garanhão, evitando a transmissão de DSTs entre outros.

Saiba mais

Cetose e esteatose hepática em vacas leiteiras: conheça duas doenças metabólicas que ocorrem simultaneamente no animal

A cetose é uma desordem metabólica associada ao balanço energético negativo e à carência de carboidratos precursores de glicose, típicas do período do parto de vacas de elevada produção de leite. Enquanto a esteatose hepática é a condição na qual ocorre acúmulo de triglicerídeos dentro dos hepatócitos (acúmulo de gordura nas células do fígado).

Saiba mais

Estomatite em bovinos: você conhece essa afecção do sistema digestivo?

Estomatites são alterações (inflamações) que acometem a mucosa oral dos bovinos, podendo ocorrer em diversas partes como língua (glossite), palato (palatite) e gengiva (gengivite).

Saiba mais

Clínica Médica de Bovinos: Nova Disciplina VET Profissional

A criação de bovinos para a produção de leite é uma opção extremamente promissora para os pecuaristas. O mercado do leite no Brasil encontra-se em expansão, mas é preciso oferecer um produto de qualidade para garantir o seu espaço. Uma doença que pode atacar esses animais é a mastite, que causa alterações físico-químicas na composição do leite, ocasionando grandes prejuízos aos produtores rurais.

Saiba mais

Anestesia loco-regional para descorna bovina: como realizar este procedimento?

A descorna é a remoção cirúrgica do processo cornual em bovinos já adultos. A presença do processo cornual é uma característica que diferencia bovinos de equinos. Todas as vezes que se deseja remover o processo, é necessário fazer o bloqueio do ramo cornual que faz parte do nervo zigomático temporal.

Saiba mais

Bovinos: exigência nutricional de energia para produção de leite

O bovino possui exigências diárias de água, energia, proteína, minerais, vitaminas e outros nutrientes. Essas exigências podem variar em função de fatores como: peso vivo, categoria, estado fisiológico, uso de promotores de crescimento e fatores ambientais.

Saiba mais

Técnicas anestésicas locais em bovinos

A anestesia faz parte da rotina veterinária e é importante para os bovinos. Em termos técnicos, a anestesia consiste na aplicação de medicamentos para eliminar ou aliviar a dor em um local ou de forma generalizada, de modo que seja possível realizar procedimentos cirúrgicos. Cabe ao médico veterinário avaliar o animal e definir qual a melhor forma de aplicação em cada caso.

Saiba mais

Coleta de sangue em bovinos: quais materiais utilizar? Qual a via escolher?

Na espécie bovina, a coleta é feita primordialmente utilizando-se o acesso da veia jugular. Os bovinos são mais ariscos que os equinos. Caso o veterinário tenha dificuldades para fazer a coleta de sangue na veia jugular devido ao movimento do pescoço e da cabeça do animal, a coleta pode ser feita na veia coccígea localizada na cauda.

Saiba mais

Ultrassonografia em fêmeas bovinas: como é feita a sexagem fetal?

O uso da ultrassonografia aplicada à reprodução de bovinos visa o planejamento reprodutivo de fêmeas bovinas, tanto em gado de corte, quanto de leite. “Ela representa uma ferramenta importante para a eficiência reprodutiva e produtiva dentro do sistema de bovinocultura”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Mestre e Doutor em Medicina Veterinária na área de Reprodução Animal.

Saiba mais

Sistema genital de machos bovinos: vamos conhecer essa estrutura?

“O sistema genital de machos bovinos é composto, principalmente, pelo escroto, cordão espermático, testículos, epidídimo, uretra peniana, glândulas sexuais acessórias e pênis”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Mestre e Doutor em Medicina Veterinária na área de Reprodução Animal.

Saiba mais

Desenvolvimento da glândula mamária em bovinos: como e quando ocorre?

“É de suma importância que a glândula mamária esteja pronta no momento do parto, expressando assim o seu maior potencial de produção”, explica Pedro Henrique de Araújo Carvalho, Médico Veterinário e professor do VET Profissional, que é Mestre em Zootecnia.

Saiba mais

Reprodução de bovinos: vamos conhecer a atuação do sistema nervoso e do sistema endócrino?

Você sabia que a atuação do sistema nervoso é importante para a transformação de qualquer estímulo externo e sinais nervosos em mudanças em todo o organismo do animal?

Saiba mais

A tuberculose bovina e a forma comum de transmissão

A tuberculose bovina é uma doença que ocorre em praticamente todo o mundo, sendo a América do Sul um dos locais de maior incidência. No Brasil o problema é preocupante e se constitui em um grave problema de saúde pública. Os principais prejuízos causados pela tuberculose são a diminuição da produção de leite e de carne e a perda de animais que, dependendo do sistema de produção, pode ser disseminada rapidamente entre o rebanho, explica Prof. Leonardo Cotta Quintão, professor do VetProfissional. Por apresentar sinais comuns de várias enfermidades, a identificação dessa doença exige métodos complementares.

Saiba mais

O uso da ultrassonografia aplicada à reprodução de bovinos

O uso da ultrassonografia aplicada à reprodução de bovinos visa o planejamento reprodutivo de fêmeas bovinas, tanto em gado de corte, quanto de leite. “Ela representa uma ferramenta importante para a eficiência reprodutiva e produtiva dentro do sistema de bovinocultura”, explica Prof. Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, do VetProfissional.

Saiba mais

Exame clínico em bovinos: como coletar informações para o diagnóstico?

Mesmo que o Veterinário seja chamado em uma propriedade para realizar o exame de apenas um animal, o conjunto precisa ser entendido, pois eles podem fornecer as informações importantes.

Saiba mais

Palpação transretal: qual a importância desse exame em fêmeas bovinas?

“As avaliações ginecológicas feitas em bovinos são de suma importância para o correto andamento dos estudos de índices zootécnicos nas propriedades, relacionados à reprodução animal”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Classificação de doenças na medicina de produção de bovinos

A medicina de produção se baseia no gerenciamento das informações coletadas para a elaboração de um diagnóstico, de modo que essas informações englobam a realidade da propriedade atendida e das do seu entorno, a identificação de cada animal, o levantamento do histórico clínico de todas as doenças que o animal atendido teve ao longo da sua vida, anotação dos parâmetros produtivos, reconhecimento das estruturas da propriedade, entre outros.

Saiba mais

Regulação de consumo alimentar em bovinos: entenda como ocorre

O consumo de matéria seca (CMS) é o principal ponto da nutrição bovina. Em um período de 24 horas, os animais de alta produção podem ter problemas para consumir grande quantidade de alimentos, sendo necessário o estímulo.

Saiba mais

Retenção de placenta em bovinos: quais os cuidados necessários?

A retenção de placenta é a não expulsão da placenta dentro do período de 12 horas após o parto. Em algumas literaturas consta que esse período pode ser de 24 horas, mas, como é difícil saber com exatidão a hora em que o parto ocorreu, o comum é considerar um caso de retenção de placenta se a expulsão não tiver ocorrido até o dia seguinte.

Saiba mais

Necropsia de bovinos a campo: como iniciar esse procedimento?

Para realização da necropsia, são utilizadas técnicas específicas de exames. No entanto, antes de iniciar os exames propriamente ditos, deve ser feito o levantamento do histórico clínico do animal, também conhecido como perinecropsia.

Saiba mais

Parto em bovinos: quais são os principais eventos e alterações endócrinas que estão associados ao parto?

É fundamental para o início do parto que o eixo fetal hipotálamo-hipófise-adrenal do feto esteja em funcionalidade de maturação completa e ativa.

Saiba mais

Ao parir, qual espécie tem mais facilidade: equinos ou bovinos?

Comparando as espécies, bovinos e equinos, vemos que a égua tem mais facilidade de parto do que a vaca. É mais comum, portanto, nos depararmos com um caso de problema de parto em uma vaca do que de uma égua. Existem algumas estruturas anatômicas envolvidas no parto que fazem com que haja essa maior dificuldade no parto da vaca do que no da égua, como veremos a seguir:

Saiba mais

Clostridioses em bovinos: doenças bacterianas de alta mortalidade

As Clostridioses são um complexo de enfermidades que ocorrem de forma muito rápida e fatal, e é causado por bactérias do gênero Clostrídios. Essas bactérias têm capacidade de esporulação, e são encontradas nas fezes dos animais, no solo, entre outros, explica Marcelo dias da Silva, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Como ocorre a fertilização em bovinos?

“O deslocamento dos espermatozoides desde a vagina até a região da tuba uterina pode ocorrer mediante os processos de transporte imediato (espermatozoides não viáveis para fertilização) ou transporte de sustentação (espermatozoides passando por etapas de transposição)”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Bovinos devem ser casqueados? Por quê?

Os cascos têm por finalidade a sustentação e a locomoção dos bovinos, daí sua estrutura rígida e sua forma de crescimento. O casqueamento tem como principal objetivo prevenir doenças dos cascos em animais estabulados e mesmo mantidos em piquetes.

Saiba mais

Bovinos e equinos: você conhece a fisiologia bucal desses animais?

O aparelho digestório, que é constituído por boca, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus, é responsável por garantir ao organismo o aproveitamento de todos os nutrientes presentes nos alimentos. “Esse aparelho se inicia pela boca, que é responsável pela apreensão e transformação física do alimento por meio do processo de mastigação, insalivação e deglutição”, explica a Dr.ª Waleska de Melo, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Ultrassonografia para avaliação ginecológica de fêmeas bovinas: quais são as vantagens desse exame?

A ultrassonografia em reprodução animal, tanto relacionada a bovinos de corte quanto de leite, possibilita uma avaliação ginecológica mais precisa, executando exames de fêmeas para protocolos de IATF (inseminação artificial em tempo fixo) e TETF (transferência de embriões em tempo fixo).

Saiba mais

Foliculogênese ovariana em bovinos: você sabe o que são foliculogênese basal e foliculogênese tônica?

A foliculogênese é um processo dinâmico e contínuo de crescimento e maturação do oócito, em que ocorre a proliferação e diferenciação das células da granulosa e teca (indução hormonal) e liberação de oócito apto para ser fertilizado.

Saiba mais

Pré-parto de bovinos: manejo e cuidados com a vaca

Na fase pré-parto existem algumas limitações relacionadas à própria vaca, ao manejo desses animais e ao aproveitamento da dieta. É fisiológico para um animal a antecipação ou atraso no parto em até 15 dias.

Saiba mais

Aprenda o passo a passo do casqueamento em bovinos

Antes de começar o casqueamento, avalie cuidadosamente todas as vacas para determinar quais necessitam de casqueamento. Comece com a unha de dentro do membro posterior. Usualmente, essa unha tem a forma normal. Usando como guia a unha de dentro, apare a unha de fora (membros posteriores), deixando-a do mesmo tamanho. Quando terminar, as superfícies de apoio deverão estar planas de dentro para fora e da frente para trás.

Saiba mais

Mastite: o que é e o que representa no sistema de produção de leite

A mastite é a inflamação do parênquima da glândula mamária. A doença pode ter causas diversas, mas a maior parte das vezes, é causada por bactérias que atingem o interior de um ou mais quartos da mama bovina através dos ductos localizados nos tetos. De acordo com Paolo Antônio Dutra Vivenza, Professor do VET Profissional, “Além das bactérias, outros microrganismos também podem causar a mastite, entre eles: leveduras, fungos, o vírus do Mycoplasma bovis, microrganismo que ocupa posição intermediária entre bactérias e vírus, e algas microscópicas do gênero Prototheca”. É preciso ressaltar que, sob o ponto de vista epidemiológico, a interação entre a resistência do animal, as condições do ambiente e a presença do agente patogênico favorece a ocorrência da mastite no rebanho.

Saiba mais

Sr. Veterinário, entenda melhor o reflexo da ejeção do leite bovino

Na natureza, o leite é liberado pela vaca quando o bezerro mama. Já nos rebanhos de gado leiteiro, as vacas devem ser treinadas e condicionadas para responder aos estímulos do ordenhador e do equipamento de ordenha, quando esta é feita sem a presença do bezerro posicionado ao pé do animal. As células mioepiteliais que compõem o alvéolo, por sua vez, encontram-se sujeitas ao controle hormonal. Quando são estimuladas, contraem e causam a ejeção do leite para a fora do alvéolo. Dessa forma, é possível fazer a extração por meio da ordenha mecânica.

Saiba mais

Importância do sistema reprodutivo para clínica de bovinos

Independente do sistema de produção, os aspectos próprios da reprodução e os índices reprodutivos podem auxiliar no diagnóstico de doenças de vários sistemas. Um exemplo disso é a possibilidade de suspeitar que afecções podais estão ocorrendo no rebanho devido à baixa taxa de prenhez, pois, como as vacas não demonstrarão cio montando umas nas outras por causa da possível dor na pata, elas não serão submetidas à inseminação ou qualquer que seja o método de concepção utilizado pela propriedade.

Saiba mais

Sr. Veterinário, conheça as principais afecções causadoras de aborto em bovinos

A duração da gestação pode apresentar importância clínica para os bezerros, pois gestações 3 ou 4 dias mais curtas do que o normal pode gerar bezerros mais leves, os quais têm mais dificuldade em absorver nutrientes, e consequentemente, tendem a ter mais problemas. Normalmente, a gestação de taurinos dura aproximadamente 285 dias enquanto a gestação de zebuínos dura aproximadamente 292 dias. A partir disso, a atenção deve ser voltada para a anotação dos índices zootécnicos, pois só é possível fazer a previsão do parto se as datas de inseminação

Saiba mais

Ciclo estral de bovinos: você sabe reconhecer o cio de uma vaca?

“O ciclo estral é o período compreendido entre dois estros de duração variável. Porém, em torno de 21 dias, apresenta fases bastante evidentes, caracterizado por modificações da genitália tanto interna quanto externa, bem como no comportamento da fêmea”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Mastite: o que provoca este tipo de infecção?

A mastite pode ter causas diversas, mas a maior parte das vezes, é causada por bactérias que atingem o interior de um ou mais quartos da mama bovina através dos ductos localizados nos tetos. A real importância da mastite no sistema de produção de leite está relacionada a três fatores:

Saiba mais

Urinálises: como realizar a coleta de urina em fêmeas bovinas?

As urinálises possibilitam a obtenção de informações sobre muitas funções metabólicas do organismo e sobre os rins, além disso, a urina possui a vantagem de ser de fácil coleta para exame em laboratório.

Saiba mais

Anestesia paravertebral proximal: vamos conhecer essa técnica de anestesia?

A técnica de anestesia paravertebral proximal é uma das técnicas mais utilizadas e mais eficientes para o acesso ao flanco dos bovinos, garantindo analgesia das seguintes estruturas: • Pele; • Subcutâneo; • Musculatura; • Peritônio.

Saiba mais

Descorna: indicações e técnicas

Muito comum nas criações de bovinos, ovinos e caprinos, a descorna é uma prática que consiste em eliminar os cornos (chifres) dos animais, extraindo-os ou impedindo seu crescimento. Quando realizada em filhotes, também é chamada de mochação.

Saiba mais

Conheça os tipos de correções em aprumos e previna lesões em bovinos

No casqueamento de animais adultos, a principal função da aparação é restaurar o formato correto do casco, prevenindo-se lesões.

Saiba mais

Veterinário, tire dúvidas de seus clientes quanto à criação de caprinos

Os caprinos foram introduzidos no Brasil durante o período de colonização. Por causa do porte, eram facilmente transportados nos navios, e por causa da grande adaptabilidade a muitos ambientes, podiam ser criados nos territórios recém-colonizados, sem maiores problemas para subsistência. A primeira notícia de importação de animais, visando à produção de forma comercial, só aconteceu em 1910.

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba mais sobre a retenção de placenta

A retenção de placenta é a não expulsão da placenta dentro do período de 12 horas após o parto. Em algumas literaturas consta que esse período pode ser de 24 horas, mas, como é difícil saber com exatidão a hora em que o parto ocorreu, o comum é considerar um caso de retenção de placenta se a expulsão não tiver ocorrido até o dia seguinte.

Saiba mais

Proteínas constituintes do leite: vamos conhecer suas características?

O leite bovino é um fluido complexo, produto da secreção mamária, que contém água, lipídios, proteínas, carboidratos e sais minerais.

Saiba mais

Produção de leite: qualidade na ordenha e prevenção da mastite

Há uma crescente modificação no controle de qualidade do leite e de seus derivados. Com a modernização da produção, todos os produtores se veem obrigados a produzir com os padrões mais altos de qualidade para sobreviverem no mercado. E, em uma rápida visita ao setor de produtos lácteos dos grandes supermercados, já é possível perceber a diferença.

Saiba mais

Inseminação Artificial Equina com sêmen resfriado: 5 dicas de sucesso

A Inseminação Artificial em equinos é largamente praticada em todo o mundo, e a maneira mais comumente usada nessa espécie é mediante o resfriamento e transporte de sêmen (LOOMIS, 2006). Aparentemente, no mundo, os países que mais realizam IA com sêmen resfriado transportado são Estados Unidos, seguido pelo Brasil (PAPA et al., 2008). Quando a técnica é executada corretamente, o sêmen a fresco alcança índices de concepção semelhantes aos obtidos com a monta natural.

Saiba mais

Medicina veterinária? Apresento-lhe a Orquiectomia, vulgo castração!

A orquiectomia, popularmente conhecida como castração, consiste no procedimento cirúrgico de remoção da gônada do animal e de alguns de seus anexos. Trata-se de uma cirurgia realizada com grande frequência, principalmente na espécie equina, e é uma das causas mais comuns de processos legais contra veterinários nos Estados Unidos, devido a erros de conduta e falhas na aplicação da técnica.

Saiba mais

Avaliação ginecológica em vacas: por que fazer?

A ultrassonografia em reprodução animal, tanto relacionada a bovinos de corte quanto de leite, possibilita uma avaliação ginecológica mais precisa, executando exames de fêmeas para protocolos de IATF (inseminação artificial em tempo fixo) e TETF (transferência de embriões em tempo fixo).

Saiba mais

4 dicas para acertar na inseminação artificial de porcas

Precisando acertar no momento de inseminar porcas? Pois muito bem, atente-se a essas dicas e faça um procedimento perfeito: 1 - A inseminação artificial deverá ser feita na presença do macho, tendo-se o cuidado para que o sêmen seja depositado naturalmente na fêmea e não forçado,explica Paulo César Brustolini, Mestre e Doutor em Zootecnia. 2 - O tempo de uma inseminação deve ser de, no mínimo, 4 minutos. Ao mesmo tempo que a inseminação é feita, massageie o flanco e pressione (gentilmente, com as mãos ou cavalgando) as costas da fêmea o que facilitará a penetração do sêmen.

Saiba mais

Descorna em animais domésticos: quais as técnicas utilizadas para esse procedimento?

A descorna é um procedimento simples, utilizada em bovinos, ovinos e caprinos, que visa remover ou evitar o surgimento dos cornos, vulgarmente conhecidos como chifres. Por ser frequentemente realizado por leigos em propriedades rurais, pode trazer complicações para os animais.

Saiba mais

Língua dos animais: vamos conhecer um pouco sobre esta estrutura?

“Entre as funções da língua, estão a deglutição e movimentação durante a mastigação, apreensão dos alimentos - sobretudo nos bovinos, funções gustativas e táteis e até mesmo a troca térmica nos carnívoros, que não tem glândulas sudoríparas”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Inseminação artificial: como preparar a égua para o procedimento?

A inseminação artificial na reprodução animal torna o processo reprodutivo mais eficiente quando comparado ao método de monta natural. Nesse sentido, entre os benefícios da inseminação de éguas, cita-se a possibilidade de inseminar várias éguas com apenas um ejaculado, aumentando a eficiência do garanhão, evitando a transmissão de DSTs entre outros.

Saiba mais

Cetose e esteatose hepática em vacas leiteiras: conheça duas doenças metabólicas que ocorrem simultaneamente no animal

A cetose é uma desordem metabólica associada ao balanço energético negativo e à carência de carboidratos precursores de glicose, típicas do período do parto de vacas de elevada produção de leite. Enquanto a esteatose hepática é a condição na qual ocorre acúmulo de triglicerídeos dentro dos hepatócitos (acúmulo de gordura nas células do fígado).

Saiba mais

Receba Mais Informações