Resultados da busca para "necropsia em canino exame dos orgaos"

Exame dermatológico em gatos? Prepare-se com as dicas abaixo!

O exame dermatológico em gatos é, geralmente, um exame difícil de o médico veterinário realizar. “Gatos não gostam da inspeção, pois incomoda bastante o animal”, afirma Prof.ª Dr.ª Waleska de Melo Ferreira Dantas, Doutora em Patologia Clínica Animal pela Universidade Federal de Viçosa - UFV.

Saiba mais

Dermatite canina: saiba tudo sobre essa doença

Um dos problemas mais comuns em pets é a dermatite canina. De forma resumida, a dermatite é uma doença na pele do animal, que provoca coceira, vermelhidão e o surgimento de pequenas feridas. Um dos exemplos mais conhecidos dessa doença é a sarna, mas também há outros como a micose e a escabiose.

Saiba mais

Cinomose: conheça a principal doença infecciosa canina

A cinomose é um doença canina viral de importância mundial e endêmica no Brasil. Felizmente, ela não é uma zoonose, mas sua taxa de mortalidade entre os animais infectados que não conseguem uma eficiente resposta imune contra o vírus é muito alta.

Saiba mais

Exame físico em lagartos? Saiba como no passo a passo abaixo

Precisa fazer a avaliação física de um lagarto e não sabe como? Contenção, auscultação, inspeção e palpação são as três etapas para o exame físico em lagartos. Isso é fácil. Siga as dicas abaixo: 1º passo: contenção Contenha o lagarto com uma fronha ou toalha

Saiba mais

Necropsia: características anatômicas e fisiológicas das aves

O estudo das características anatômicas e fisiológicas das aves se torna importante devido aos impactos que todas as peculiaridades têm, tanto sobre a parte clínica quanto sobre a produção desses animais. “A necropsia objetiva demonstrar as técnicas mais comuns na avicultura e apresentar as características físicas e anatômicas dessa categoria animal”,

Saiba mais

Sr. Veterinário: cuidados especiais durante a extração das presas caninas

Para extração do dente canino são utilizados o osteótomo e o martelo, retirando assim o alveolar em camadas, seguindo a curvatura do dente. “Ao utilizar os instrumentais, deve-se tomar cuidado para que os mesmos não escapem e atinjam a gengiva e a mucosa”, salienta Fernando T. Tavares Fernandes, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Exame ultrassonográfico em animais: como fazer

De acordo com os ensinamentos da Profa. Sâmara Turbay Pires, “no exame ultrassonográfico, o animal deve ser colocado à direita do veterinário e a mão esquerda da pessoa vai trabalhar no aparelho de ultrassom”. Para demonstração, veja, a seguir, a avaliação da parte abdominal de um cão.

Saiba mais

Exame clínico em bovinos: como coletar informações para o diagnóstico?

Mesmo que o Veterinário seja chamado em uma propriedade para realizar o exame de apenas um animal, o conjunto precisa ser entendido, pois eles podem fornecer as informações importantes.

Saiba mais

Necropsia em suíno: avaliação da carcaça

Na necropsia, todas as estruturas que compõem o organismo do animal são detalhadamente investigadas em busca de anormalidades que corroborem para elucidação do diagnóstico post mortem.

Saiba mais

Tendinite crônica em equinos: quais são os exames específicos para esse diagnóstico?

Quando se recebe um animal com histórico de claudicação, além dos exames gerais, deve-se realizar exames físicos específicos.

Saiba mais

Precisando examinar boca de gatos? Saiba como

O exame físico de inspeção e palpação da boca de cães e gatos além de ser relativamente simples, permite que o médico observe uma série de alterações que possam acometer a cavidade oral desses animais domésticos. “Ao iniciar a inspeção e palpação da boca de felinos, o Veterinário deve conter previamente o animal para que o exame seja feito de forma rápida, precisa e eficiente, minimizando o estresse para o animal e os riscos para o examinador”, afirma Dra. Waleska de Melo Ferreira Dantas

Saiba mais

Ultrassonografia para avaliação ginecológica de fêmeas bovinas: quais são as vantagens desse exame?

A ultrassonografia em reprodução animal, tanto relacionada a bovinos de corte quanto de leite, possibilita uma avaliação ginecológica mais precisa, executando exames de fêmeas para protocolos de IATF (inseminação artificial em tempo fixo) e TETF (transferência de embriões em tempo fixo).

Saiba mais

Exame ginecológico em éguas: importância, etapas e quando fazer

Apesar de a fertilização e gestação serem o núcleo do processo de reprodução animal, os criadores, baseados em inúmeras pesquisas científicas, entenderam que a obtenção de animais de alto desempenho genético só seria possível mediante valorização de todas as etapas que compõem o manejo reprodutivo. Em relação à criação de equinos, uma dessas etapas que se mostra fundamental é o exame ginecológico completo da égua antes da estação reprodutiva.

Saiba mais

Precisa examinar a boca de um cão? Siga essas dicas!

O Médico Veterinário, ao iniciar o exame específico da boca de cães, deve atentar-se primeiramente para a área externa que envolve a cabeça: a musculatura responsável pelos movimentos mastigatórios e os lábios do animal, a fim de verificar a presença de lesões ulcerativas, lesões erosivas e algum tipo de massa nessa região. Em seguida, o Médico Veterinário deve palpar toda a região perilabial e a musculatura que participa dos movimentos mastigatórios, principalmente os masseteres.

Saiba mais

Sr. Veterinário: aprenda sobre o bloqueio do nervo maxilar de cães

O nervo maxilar emerge pelo forame maxilar e é responsável por irrigar um dos lados da face do cão, explica Luís Eugênio Franklin Augusto, Professor do VET Profissional. O bloqueio desse nervo permite dessensibilizar a parte superior rostral e arcada superior do animal (teto da cavidade nasal, palato duro, palato mole, focinho, lábio superior, dentes incisivos e caninos superiores, dentes molares e pré-molares de um dos lados da face do paciente).

Saiba mais

Osteologia canina: como é feita a divisão dos ossos?

A osteologia é o estudo dos ossos, juntamente com a cartilagem e os ligamentos, que formam o esqueleto do animal.

Saiba mais

Anestesia em cães

Em um conceito mais técnico, a anestesia é um fármaco que deve ser ministrado para eliminar ou aliviar a dor e outras sensações a animais, para que possam passar por procedimentos cirúrgicos, exames diagnósticos e outros procedimentos. Ela deve durar um tempo determinado e deve ser aplicada por um anestesiologista veterinário.

Saiba mais

Precisando fazer exame de urina em éguas? Saiba como!

A coleta de urina em éguas é feita por meio da cateterização vesical ou sondagem vesical. É importante, como primeira medida para a realização do procedimento, fazer a assepsia da vulva para retirar resíduos de fezes e evitar a contaminação ao introduzir a sonda na uretra dos equinos.

Saiba mais

Anamnese em cães e gatos para a identificação de problemas de pele

É mesmo possível realizar anameses em cães e gatos para a identificação de problemas de pele? Sim, é. A anamnese inicia-se pela queixa principal do proprietário e deve se desenvolver por meio de uma série de perguntas feitas pelo médico veterinário, relativas ao sistema tegumentar que irão orientá-lo na identificação das alterações, bem como sugerir exames complementares.

Saiba mais

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação!

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação do esôfago cervical, técnicas que permitem ao Médico Veterinário visualizar externamente aumentos de volume e outras alterações visíveis no esôfago. A palpação ocorre a partir da glote e desce pelo esôfago. Durante esta ação, o médico deve sentir se existe algum tipo de massa ou corpo estranho que dificultando a passagem do alimento no animal. O exame também demonstra o nível de sensibilidade do animal na região do esôfago.

Saiba mais

A importância da anamnese para o trabalho com animais

Segundo Ana Carolina Silva Faria, professora do VET Profissional, “A anamnese deve ser um exame detalhado, capaz de fornecer o perfil do animal, o perfil do ambiente em que ele vive e o perfil do proprietário”. A ficha de anamnese do paciente deve ser preenchida minunciosamente e conter os seguintes dados

Saiba mais

Avaliação ginecológica em vacas: por que fazer?

A ultrassonografia em reprodução animal, tanto relacionada a bovinos de corte quanto de leite, possibilita uma avaliação ginecológica mais precisa, executando exames de fêmeas para protocolos de IATF (inseminação artificial em tempo fixo) e TETF (transferência de embriões em tempo fixo).

Saiba mais

Exame de aves em postura: como fazer?

Quando o avicultor opta pela criação de aves de postura, é possível ter até 18 mil poedeiras por galpão. Assim, como identificar, dentre tantas aves, se alguma delas não está produzindo? Para isso, alguns pontos devem ser observados, como: - As aves produtivas têm crista aquecida, quente ao toque, devido ao alto metabolismo, e uma coloração vermelha levemente pálida, já que o sangue do seu corpo está sendo desviado para a região do oviduto. - O espaço entre pernas deve ser de aproximadamente três dedos, pois os hormônios sexuais dilatam a região dos ossos pélvicos para facilitar a passagem dos ovos.

Saiba mais

Saiba como interpretar leucograma

O leucograma é uma parte do exame de sangue, que avalia os leucócitos ou glóbulos brancos, responsáveis pela imunidade do animal. Este exame indica o número de basófilos, eosinófilos, linfócitos e monócitos presentes no sangue. Os resultados do leucograma podem ajudar o médico veterinário a interpretar doenças.

Saiba mais

Aprenda realizar o exame físico externo para diagnosticar doenças em aves

Os médicos veterinários devem sempre orientar criadores de aves domésticas a nunca ignorarem nenhum sinal de doença observado em sua criação, por menor que ele seja. Em granjas, como o número de animais convivendo muito próximos é elevado, infecções se propagam rapidamente, o que pode ocasionar descarte de plantéis inteiros.

Saiba mais

Aprenda a como realizar o exame físico externo para diagnosticar doenças em aves

Os médicos veterinários devem sempre orientar criadores de aves domésticas a nunca ignorarem nenhum sinal de doença observado em sua criação, por menor que ele seja. Em granjas, como o número de animais convivendo muito próximos é elevado, infecções se propagam rapidamente, o que pode ocasionar descarte de plantéis inteiros.

Saiba mais

Atlas: primeira vértebra cervical dos mamíferos. Saiba mais!

A primeira vértebra do pescoço dos mamíferos é denominada atlas. Todos os mamíferos possuem sete vértebras cervicais e o osso atlas é a primeira vértebra dessa sequência. A vértebra atlas articula-se com a cabeça na parte cranial dos animais. Em direção à causa, o osso atlas articula-se com as próximas vértebras cervicais.

Saiba mais

Dermatofitose em Gato: como coletar amostras para o diagnóstico?

Quando nos deparamos com pacientes com lesões de pele circunscritas em determinadas áreas do corpo, é muito difícil fazer o diagnóstico observando apenas as características das lesões, pois essas se apresentam de modo semelhante para diferentes agentes ou causas.

Saiba mais

Exodontia em pequenos animais: cuidados ao extrair dentes caninos

Para a realização da exodondia são utilizados o osteótomo e o martelo para a retirada do osso alveolar. “Essa técnica precisa ser executada de forma cuidadosa devido à força empregada nos instrumentos bem próximos às áreas internas da boca”, explica Fernando Fernandes, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Cuidado veterinário: o que é Otohematoma?

Muito comum em cães e muito tratado por veterinários o otohematoma ou hematoma auricular é um hematoma que costuma aparecer no pavilhão auricular desses animais, caracterizado por um conjunto de sangue entre a cartilagem auricular e a pele canina, que pode ocorrer após uma lesão de segundo grau.

Saiba mais

Cuidados pré-gestação para a segurança de gatas, cadelas e filhotes

A importância de um acompanhamento médico adequado durante a gestação de gatas e cadelas não é mais segredo para os tutores, de modo que são cada vez mais frequentes as pacientes prenhas e os neonatos nas clínicas e hospitais veterinários. Entretanto, existem alguns cuidados nem sempre observados que devem ser tomados antes mesmo do acasalamento e que podem prevenir problemas de alto risco para os filhotes.

Saiba mais

Quando realizar a eutanásia em granjas avícolas e como fazê-la?

Após o médico veterinário proceder à correta realização da anamnese, é preciso iniciar a necropsia para observar as alterações internas das aves. Para tal, ele deverá escolher tanto animais que estejam aparentemente saudáveis quanto animais que já apresentem o quadro suspeito, tendo o cuidado de evitar, ao máximo, espécimes mortos, pois suas características de autólise poderão se confundir com os processos patológicos.

Saiba mais

Precisando avaliar cavalos? Observe-os em grupo, não isoladamente

Precisando avaliar cavalos? Observe-os em grupo, não isoladamente. Quando observarmos os animais em conjunto, é possível comparar comportamentos e posturas diferenciadas entre animais saudáveis e animais doentes. Esses últimos tendem a se afastar do grupo, apresentam comportamento ingestivo diferenciado, bem como o modo como se locomovem.

Saiba mais

Linfonodos equinos: como examinar corretamente e o que observar

A avaliação dos linfonodos é feita comparando-se um linfonodo ao linfonodo do antímero contrário, ou seja, linfonodos esquerdo e direito. Sempre que possível, deve-se palpar os dois linfonodos juntos para que o Veterinário perceba alterações.

Saiba mais

Vai trabalhar com ultrassonografia animal? Conheça os transdutores

Os transdutores acoplados são escolhidos de acordo com o objetivo do exame ultrassonográfico a ser realizado. • Para observação de estruturas mais superficiais: transdutor com frequência maior → mais curto o pulso → menor penetração (visibilizar estruturas superficiais) → alta resolução. • Para observação de estruturas mais profundas: frequência menor →maior penetração (visibilizar estruturas mais profundas) → baixa resolução.

Saiba mais

Veterinário Radiologista: atenção aos artefatos de imagem!

Os artefatos de imagem são exibições de informações (imagens) que não correspondem exatamente à verdadeira imagem da área examinada. São frequentemente observados nos exames ultrassonográficos. Os artefatos mais comuns vistos dentro da avaliação ultrassonográfica dos animais são:

Saiba mais

Médico veterinário: vamos lembrar como coletar o sangue pela veia jugular em cães?

Antes de indicar a coleta de sangue, é necessário que o Médico veterinário faça um bom exame físico do paciente, pois aqueles com coagulopatias graves não devem ser submetidos ao procedimento.

Saiba mais

Exame dermatológico em gatos? Prepare-se com as dicas abaixo!

O exame dermatológico em gatos é, geralmente, um exame difícil de o médico veterinário realizar. “Gatos não gostam da inspeção, pois incomoda bastante o animal”, afirma Prof.ª Dr.ª Waleska de Melo Ferreira Dantas, Doutora em Patologia Clínica Animal pela Universidade Federal de Viçosa - UFV.

Saiba mais

Dermatite canina: saiba tudo sobre essa doença

Um dos problemas mais comuns em pets é a dermatite canina. De forma resumida, a dermatite é uma doença na pele do animal, que provoca coceira, vermelhidão e o surgimento de pequenas feridas. Um dos exemplos mais conhecidos dessa doença é a sarna, mas também há outros como a micose e a escabiose.

Saiba mais

Cinomose: conheça a principal doença infecciosa canina

A cinomose é um doença canina viral de importância mundial e endêmica no Brasil. Felizmente, ela não é uma zoonose, mas sua taxa de mortalidade entre os animais infectados que não conseguem uma eficiente resposta imune contra o vírus é muito alta.

Saiba mais

Exame físico em lagartos? Saiba como no passo a passo abaixo

Precisa fazer a avaliação física de um lagarto e não sabe como? Contenção, auscultação, inspeção e palpação são as três etapas para o exame físico em lagartos. Isso é fácil. Siga as dicas abaixo: 1º passo: contenção Contenha o lagarto com uma fronha ou toalha

Saiba mais

Necropsia: características anatômicas e fisiológicas das aves

O estudo das características anatômicas e fisiológicas das aves se torna importante devido aos impactos que todas as peculiaridades têm, tanto sobre a parte clínica quanto sobre a produção desses animais. “A necropsia objetiva demonstrar as técnicas mais comuns na avicultura e apresentar as características físicas e anatômicas dessa categoria animal”,

Saiba mais

Sr. Veterinário: cuidados especiais durante a extração das presas caninas

Para extração do dente canino são utilizados o osteótomo e o martelo, retirando assim o alveolar em camadas, seguindo a curvatura do dente. “Ao utilizar os instrumentais, deve-se tomar cuidado para que os mesmos não escapem e atinjam a gengiva e a mucosa”, salienta Fernando T. Tavares Fernandes, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Exame ultrassonográfico em animais: como fazer

De acordo com os ensinamentos da Profa. Sâmara Turbay Pires, “no exame ultrassonográfico, o animal deve ser colocado à direita do veterinário e a mão esquerda da pessoa vai trabalhar no aparelho de ultrassom”. Para demonstração, veja, a seguir, a avaliação da parte abdominal de um cão.

Saiba mais

Exame clínico em bovinos: como coletar informações para o diagnóstico?

Mesmo que o Veterinário seja chamado em uma propriedade para realizar o exame de apenas um animal, o conjunto precisa ser entendido, pois eles podem fornecer as informações importantes.

Saiba mais

Necropsia em suíno: avaliação da carcaça

Na necropsia, todas as estruturas que compõem o organismo do animal são detalhadamente investigadas em busca de anormalidades que corroborem para elucidação do diagnóstico post mortem.

Saiba mais

Tendinite crônica em equinos: quais são os exames específicos para esse diagnóstico?

Quando se recebe um animal com histórico de claudicação, além dos exames gerais, deve-se realizar exames físicos específicos.

Saiba mais

Precisando examinar boca de gatos? Saiba como

O exame físico de inspeção e palpação da boca de cães e gatos além de ser relativamente simples, permite que o médico observe uma série de alterações que possam acometer a cavidade oral desses animais domésticos. “Ao iniciar a inspeção e palpação da boca de felinos, o Veterinário deve conter previamente o animal para que o exame seja feito de forma rápida, precisa e eficiente, minimizando o estresse para o animal e os riscos para o examinador”, afirma Dra. Waleska de Melo Ferreira Dantas

Saiba mais

Ultrassonografia para avaliação ginecológica de fêmeas bovinas: quais são as vantagens desse exame?

A ultrassonografia em reprodução animal, tanto relacionada a bovinos de corte quanto de leite, possibilita uma avaliação ginecológica mais precisa, executando exames de fêmeas para protocolos de IATF (inseminação artificial em tempo fixo) e TETF (transferência de embriões em tempo fixo).

Saiba mais

Exame ginecológico em éguas: importância, etapas e quando fazer

Apesar de a fertilização e gestação serem o núcleo do processo de reprodução animal, os criadores, baseados em inúmeras pesquisas científicas, entenderam que a obtenção de animais de alto desempenho genético só seria possível mediante valorização de todas as etapas que compõem o manejo reprodutivo. Em relação à criação de equinos, uma dessas etapas que se mostra fundamental é o exame ginecológico completo da égua antes da estação reprodutiva.

Saiba mais

Precisa examinar a boca de um cão? Siga essas dicas!

O Médico Veterinário, ao iniciar o exame específico da boca de cães, deve atentar-se primeiramente para a área externa que envolve a cabeça: a musculatura responsável pelos movimentos mastigatórios e os lábios do animal, a fim de verificar a presença de lesões ulcerativas, lesões erosivas e algum tipo de massa nessa região. Em seguida, o Médico Veterinário deve palpar toda a região perilabial e a musculatura que participa dos movimentos mastigatórios, principalmente os masseteres.

Saiba mais

Sr. Veterinário: aprenda sobre o bloqueio do nervo maxilar de cães

O nervo maxilar emerge pelo forame maxilar e é responsável por irrigar um dos lados da face do cão, explica Luís Eugênio Franklin Augusto, Professor do VET Profissional. O bloqueio desse nervo permite dessensibilizar a parte superior rostral e arcada superior do animal (teto da cavidade nasal, palato duro, palato mole, focinho, lábio superior, dentes incisivos e caninos superiores, dentes molares e pré-molares de um dos lados da face do paciente).

Saiba mais

Osteologia canina: como é feita a divisão dos ossos?

A osteologia é o estudo dos ossos, juntamente com a cartilagem e os ligamentos, que formam o esqueleto do animal.

Saiba mais

Anestesia em cães

Em um conceito mais técnico, a anestesia é um fármaco que deve ser ministrado para eliminar ou aliviar a dor e outras sensações a animais, para que possam passar por procedimentos cirúrgicos, exames diagnósticos e outros procedimentos. Ela deve durar um tempo determinado e deve ser aplicada por um anestesiologista veterinário.

Saiba mais

Precisando fazer exame de urina em éguas? Saiba como!

A coleta de urina em éguas é feita por meio da cateterização vesical ou sondagem vesical. É importante, como primeira medida para a realização do procedimento, fazer a assepsia da vulva para retirar resíduos de fezes e evitar a contaminação ao introduzir a sonda na uretra dos equinos.

Saiba mais

Anamnese em cães e gatos para a identificação de problemas de pele

É mesmo possível realizar anameses em cães e gatos para a identificação de problemas de pele? Sim, é. A anamnese inicia-se pela queixa principal do proprietário e deve se desenvolver por meio de uma série de perguntas feitas pelo médico veterinário, relativas ao sistema tegumentar que irão orientá-lo na identificação das alterações, bem como sugerir exames complementares.

Saiba mais

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação!

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação do esôfago cervical, técnicas que permitem ao Médico Veterinário visualizar externamente aumentos de volume e outras alterações visíveis no esôfago. A palpação ocorre a partir da glote e desce pelo esôfago. Durante esta ação, o médico deve sentir se existe algum tipo de massa ou corpo estranho que dificultando a passagem do alimento no animal. O exame também demonstra o nível de sensibilidade do animal na região do esôfago.

Saiba mais

A importância da anamnese para o trabalho com animais

Segundo Ana Carolina Silva Faria, professora do VET Profissional, “A anamnese deve ser um exame detalhado, capaz de fornecer o perfil do animal, o perfil do ambiente em que ele vive e o perfil do proprietário”. A ficha de anamnese do paciente deve ser preenchida minunciosamente e conter os seguintes dados

Saiba mais

Avaliação ginecológica em vacas: por que fazer?

A ultrassonografia em reprodução animal, tanto relacionada a bovinos de corte quanto de leite, possibilita uma avaliação ginecológica mais precisa, executando exames de fêmeas para protocolos de IATF (inseminação artificial em tempo fixo) e TETF (transferência de embriões em tempo fixo).

Saiba mais

Exame de aves em postura: como fazer?

Quando o avicultor opta pela criação de aves de postura, é possível ter até 18 mil poedeiras por galpão. Assim, como identificar, dentre tantas aves, se alguma delas não está produzindo? Para isso, alguns pontos devem ser observados, como: - As aves produtivas têm crista aquecida, quente ao toque, devido ao alto metabolismo, e uma coloração vermelha levemente pálida, já que o sangue do seu corpo está sendo desviado para a região do oviduto. - O espaço entre pernas deve ser de aproximadamente três dedos, pois os hormônios sexuais dilatam a região dos ossos pélvicos para facilitar a passagem dos ovos.

Saiba mais

Saiba como interpretar leucograma

O leucograma é uma parte do exame de sangue, que avalia os leucócitos ou glóbulos brancos, responsáveis pela imunidade do animal. Este exame indica o número de basófilos, eosinófilos, linfócitos e monócitos presentes no sangue. Os resultados do leucograma podem ajudar o médico veterinário a interpretar doenças.

Saiba mais

Aprenda realizar o exame físico externo para diagnosticar doenças em aves

Os médicos veterinários devem sempre orientar criadores de aves domésticas a nunca ignorarem nenhum sinal de doença observado em sua criação, por menor que ele seja. Em granjas, como o número de animais convivendo muito próximos é elevado, infecções se propagam rapidamente, o que pode ocasionar descarte de plantéis inteiros.

Saiba mais

Aprenda a como realizar o exame físico externo para diagnosticar doenças em aves

Os médicos veterinários devem sempre orientar criadores de aves domésticas a nunca ignorarem nenhum sinal de doença observado em sua criação, por menor que ele seja. Em granjas, como o número de animais convivendo muito próximos é elevado, infecções se propagam rapidamente, o que pode ocasionar descarte de plantéis inteiros.

Saiba mais

Atlas: primeira vértebra cervical dos mamíferos. Saiba mais!

A primeira vértebra do pescoço dos mamíferos é denominada atlas. Todos os mamíferos possuem sete vértebras cervicais e o osso atlas é a primeira vértebra dessa sequência. A vértebra atlas articula-se com a cabeça na parte cranial dos animais. Em direção à causa, o osso atlas articula-se com as próximas vértebras cervicais.

Saiba mais

Dermatofitose em Gato: como coletar amostras para o diagnóstico?

Quando nos deparamos com pacientes com lesões de pele circunscritas em determinadas áreas do corpo, é muito difícil fazer o diagnóstico observando apenas as características das lesões, pois essas se apresentam de modo semelhante para diferentes agentes ou causas.

Saiba mais

Exodontia em pequenos animais: cuidados ao extrair dentes caninos

Para a realização da exodondia são utilizados o osteótomo e o martelo para a retirada do osso alveolar. “Essa técnica precisa ser executada de forma cuidadosa devido à força empregada nos instrumentos bem próximos às áreas internas da boca”, explica Fernando Fernandes, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Cuidado veterinário: o que é Otohematoma?

Muito comum em cães e muito tratado por veterinários o otohematoma ou hematoma auricular é um hematoma que costuma aparecer no pavilhão auricular desses animais, caracterizado por um conjunto de sangue entre a cartilagem auricular e a pele canina, que pode ocorrer após uma lesão de segundo grau.

Saiba mais

Cuidados pré-gestação para a segurança de gatas, cadelas e filhotes

A importância de um acompanhamento médico adequado durante a gestação de gatas e cadelas não é mais segredo para os tutores, de modo que são cada vez mais frequentes as pacientes prenhas e os neonatos nas clínicas e hospitais veterinários. Entretanto, existem alguns cuidados nem sempre observados que devem ser tomados antes mesmo do acasalamento e que podem prevenir problemas de alto risco para os filhotes.

Saiba mais

Quando realizar a eutanásia em granjas avícolas e como fazê-la?

Após o médico veterinário proceder à correta realização da anamnese, é preciso iniciar a necropsia para observar as alterações internas das aves. Para tal, ele deverá escolher tanto animais que estejam aparentemente saudáveis quanto animais que já apresentem o quadro suspeito, tendo o cuidado de evitar, ao máximo, espécimes mortos, pois suas características de autólise poderão se confundir com os processos patológicos.

Saiba mais

Precisando avaliar cavalos? Observe-os em grupo, não isoladamente

Precisando avaliar cavalos? Observe-os em grupo, não isoladamente. Quando observarmos os animais em conjunto, é possível comparar comportamentos e posturas diferenciadas entre animais saudáveis e animais doentes. Esses últimos tendem a se afastar do grupo, apresentam comportamento ingestivo diferenciado, bem como o modo como se locomovem.

Saiba mais

Linfonodos equinos: como examinar corretamente e o que observar

A avaliação dos linfonodos é feita comparando-se um linfonodo ao linfonodo do antímero contrário, ou seja, linfonodos esquerdo e direito. Sempre que possível, deve-se palpar os dois linfonodos juntos para que o Veterinário perceba alterações.

Saiba mais

Vai trabalhar com ultrassonografia animal? Conheça os transdutores

Os transdutores acoplados são escolhidos de acordo com o objetivo do exame ultrassonográfico a ser realizado. • Para observação de estruturas mais superficiais: transdutor com frequência maior → mais curto o pulso → menor penetração (visibilizar estruturas superficiais) → alta resolução. • Para observação de estruturas mais profundas: frequência menor →maior penetração (visibilizar estruturas mais profundas) → baixa resolução.

Saiba mais

Veterinário Radiologista: atenção aos artefatos de imagem!

Os artefatos de imagem são exibições de informações (imagens) que não correspondem exatamente à verdadeira imagem da área examinada. São frequentemente observados nos exames ultrassonográficos. Os artefatos mais comuns vistos dentro da avaliação ultrassonográfica dos animais são:

Saiba mais

Médico veterinário: vamos lembrar como coletar o sangue pela veia jugular em cães?

Antes de indicar a coleta de sangue, é necessário que o Médico veterinário faça um bom exame físico do paciente, pois aqueles com coagulopatias graves não devem ser submetidos ao procedimento.

Saiba mais

Receba Mais Informações