Guias de Capacitação do Veterinários. Clique e baixe!

Resultados da busca para "ossos do corpo de um suino"

Fisiopatogenia das doenças ósseas metabólicas: vamos entender o que é?

O corpo sempre busca o equilíbrio. Em relação ao sistema ósseo, o principal equilíbrio é entre cálcio e fósforo séricos e dos ossos, o que quer dizer que, sempre que precisar, o corpo vai retirar esses minerais dos ossos ou do sangue para desempenhar suas funções.

Saiba mais

Osteologia do membro torácico: articulação úmero radioulnar

Além da escápula e do úmero, os membros torácicos também possuem os ossos do antebraço, rádio e ulna, e os ossos da mão, carpos, metacarpos e falanges. “São estruturas com muitas articulações, com atenção especial para a articulação úmero-radioulnar, que é a articulação do cotovelo do animal”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional, que é Doutor em Morfologia Animal e Mestre em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Veterinário, conheça as subdivisões da Anatomia Animal

A anatomia é um ramo da biologia que estuda as formas e estruturas que compõem o corpo do animal e as correlaciona com as funções do corpo do mesmo. Inicialmente, a anatomia era simplesmente descritiva, utilizando bisturis e pinças, fazendo a separação das estruturas e sua descrição. Com o desenvolvimento da ciência anatômica, surgiu a necessidade de subdividi-la. Uma delas, dentre as várias divisões da anatomia animal, é a anatomia macroscópica, que é a anatomia em si, a descrição das estruturas a olho nu.

Saiba mais

Sr. Veterinário, aprenda um pouco mais sobre as estruturas internas do olho

A coroide, juntamente com o corpo ciliar e a íris, compõem a camada vascular. As arteríolas e as vênulas são os vasos sanguíneos. O vítreo é o composto gelatinoso, explica Kelly Pontes, professora do VET Profissional. Veja, a seguir, com mais detalhes, algumas estruturas internas. a) Íris e corpo ciliar • O corpo ciliar é um músculo cuja função é promover a acomodação visual. Ao contrair e relaxar o músculo ciliar, a lente se move para frente e para trás.

Saiba mais

Osteologia canina: como é feita a divisão dos ossos?

A osteologia é o estudo dos ossos, juntamente com a cartilagem e os ligamentos, que formam o esqueleto do animal.

Saiba mais

Unidade básica do corpo dos mamíferos? A célula!

A vida de um animal se inicia com apenas uma célula, através da fecundação de um óvulo por um espermatozoide que dá origem ao crescimento celular de um novo ser vivo. A célula é a unidade básica do corpo dos mamíferos. O corpo é formado por mais de trilhões de células.

Saiba mais

Fratura do corpo da mandíbula de um cachorro. E agora?

As fraturas mandibulares são muito comuns de ocorrem em cães e gatos. O médico veterinário deve ter em mente que, na fratura mandibular os animais devem ser tratados de forma independente, estudando-se caso a caso e recorrendo a manejos adequados para cada situação.

Saiba mais

Osso coxal: conheça essa porção da pelve óssea de animais

A pelve, formada pelos ossos coxal, sacro e as primeiras vértebras coccígeas é a porção final do tronco, onde se fixam os membros pélvicos e a cauda. O osso coxal é constituído pela fusão de três ossos: ílio, ísquio e púbis.

Saiba mais

Muda de penas das aves poedeiras: entenda esse processo

A muda anual é uma ocorrência natural, caracterizada pela perda de penas do corpo da ave e por um descanso ou pausa na produção de ovos. As aves nesse estado tornam-se fotorrefratárias, ou seja, não respondem aos estímulos luminosos, perdem o apetite e têm o peso corporal reduzido.

Saiba mais

Articulações do joelho de animais domésticos: conheça as principais estruturas

A articulação do joelho é formada pelo contato entre o osso fêmur e os ossos da perna tíbia e fíbula. Entre os ossos envolvidos nessa articulação, está presente ainda o osso Patela, maior osso sesamoide do animal.

Saiba mais

Microrganismos encontrados no corpo de um animal é sinal de doença?

Os microrganismos são ubíquos, isto é, estão presentes em todas as áreas, seja no solo, no ar, na pele, no cabelo e em todos os ambientes. Mesmo aqueles em que, muitas vezes, se imagina nem haver vida, há a presença de microrganismos. O corpo humano, por exemplo, é todo colonizado por microrganismos.

Saiba mais

Coluna vertebral dos animais: conheça as principais alterações que podem acontecer

A coluna vertebral é uma estrutura de sustentação do corpo dos animais, constituídas por ossos denominados de vértebras. Os elementos da coluna vertebral têm como objetivo proteger a medula espinhal.

Saiba mais

Esofagotomia cervical animal: conheça essa técnica cirúrgica de abertura do esôfago

“A esofagotomia é a técnica cirúrgica de abertura do esôfago. Ela é importante tanto para explorar alguma alteração observada em exames quanto para remoção de corpos estranhos, neoplasias, correção de perfurações e fístulas, entre muitos outros casos”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Diagnóstico por imagens: qual a importância dos exames de imagens?

Mesmo diante de lesões externamente visíveis, é preciso saber sua extensão e até que ponto os danos internos vão. Por isso, os exames de imagens são muito valiosos no campo da medicina, seja veterinária ou humana. Saber o que acontece dentro do corpo do paciente é imprescindível para o estabelecimento do diagnóstico.

Saiba mais

Tecido ósseo: você conhece as características desse tecido de sustentação?

O tecido ósseo é o principal tecido presente no esqueleto dos animais, tendo a função de sustentação do corpo, apoio aos músculos, inserção de tendões, proteção dos órgãos e depósito de cálcio e outros minerais, chegando a conter 99% de todo o cálcio presente no organismo.

Saiba mais

Órteses para animais: conheça a importância desses dispositivos cada dia mais utilizados

Órteses são dispositivos aplicados externamente para modificar as características estruturais e funcionais do corpo ou do membro afetado.

Saiba mais

Paramentação da equipe cirúrgica: qual a real importância?

Tanto em humanos quanto em animais, a pele é a primeira barreira de defesa contra bactérias, vírus e outros agentes microbiológicos nocivos ao corpo. Assim, procedimentos cirúrgicos, cujas incisões são mais profundas, precisam ser submetidos a protocolos higiênicos cautelosos.

Saiba mais

Exame de aves em postura: como fazer?

Quando o avicultor opta pela criação de aves de postura, é possível ter até 18 mil poedeiras por galpão. Assim, como identificar, dentre tantas aves, se alguma delas não está produzindo? Para isso, alguns pontos devem ser observados, como: - As aves produtivas têm crista aquecida, quente ao toque, devido ao alto metabolismo, e uma coloração vermelha levemente pálida, já que o sangue do seu corpo está sendo desviado para a região do oviduto. - O espaço entre pernas deve ser de aproximadamente três dedos, pois os hormônios sexuais dilatam a região dos ossos pélvicos para facilitar a passagem dos ovos.

Saiba mais

Lipidose hepática em gatos: como diagnosticar?

Períodos prolongados de anorexia podem trazer como consequência a lipidose hepática. “Esse quadro ocasiona o mau funcionamento das células do fígado e do trato biliar”, explica Fabíola Carolina de Almeida, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Vértebras cervicais de animais domésticos: conheça um pouco sobre essa estrutura

A coluna vertebral dos animais se inicia no pescoço, o qual é composto por vértebras cervicais. Tais vértebras são irregulares e formadas por um orifício.

Saiba mais

Células: conheça essa estrutura essencial para a vida animal

A célula é a unidade básica do corpo dos mamíferos. O corpo é formado por mais de trilhões de células. “O conjunto de células formam os órgãos e sistemas responsáveis pelas funções vitais do organismo, por exemplo: respiração, deglutição, absorção e adaptação ao meio ambiente”, explica Waleska de Melo, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Caprinos: características externas da cabeça do animal

Conhecer a boa conformação anatômica e as características desejáveis da espécie e das raças é o que proporciona identificar os defeitos de um animal e classificá-los quanto ao grau de interferência no desempenho produtivo. Também, conhecer os aspectos de um animal saudável facilita na identificação de animais doentes.

Saiba mais

Pesquisa de endoparasitas: conheça as principais técnicas

A pesquisa de endoparasitas nas fezes de animais serve para detectar a presença de vermes e protozoários no organismo do animal, o que pode causar doenças intestinais.

Saiba mais

Produção de calor pelo organismo animal: vamos entender?

“A temperatura, apesar de estar na faixa de normalidade para o organismo, pode variar tanto durante o dia quanto durante a noite, dependendo da característica da espécie”, explica Waleska de Melo, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, que é Doutora em Patologia Clínica Animal e Mestre em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Fase luteal em bovinos: você sabe o que é luteinização?

Várias mudanças são desencadeadas pelo pico de LH, como liberações de ações de prostaglandina, interferindo em todas as estruturas do folículo pré-ovulatório. Essas mudanças drásticas (metabólicas, bioquímicas) resultarão em um aumento do tamanho folicular, enfraquecendo a parede folicular e liberando o processo de ovulação.

Saiba mais

Enteroanastomose e enterotomia: qual a diferença entre estes dois procedimentos?

A enteroanastomose é indicada para casos de traumatismos causados por mordedura, projéteis, corpos estranhos, esquírolas ósseas, eviscerações e lacerações mesentéricas. Outra situação que é indicado esse procedimento é por trauma causado por obstrução mecânica, ou seja, por corpos estranhos, neoplasias, aderências, torção mesentérica além da intussuscepção.

Saiba mais

Doenças articulares em raças pequenas: conheça a anatomia e os achados radiográficos dessas doenças

As articulações são as estruturas que impedem o atrito dos ossos no ponto em que a parte distal de um osso se liga à parte proximal de outro. Elas que permitem a mobilidade do corpo.

Saiba mais

Aparelho locomotor de animais domésticos: quais as características dos músculos?

O aparelho locomotor do animal é dividido em porção ativa e porção passiva. A porção passiva é constituída dos ossos que compõem o esqueleto e dá sustentação ao corpo do animal. A porção ativa é representada pelo conjunto de músculos, os quais o estudo é denominado miologia.

Saiba mais

Cistotomia em animais: como chegar a um diagnóstico para a realização desse procedimento?

O diagnóstico de doença da bexiga é essencial para que se possa iniciar o procedimento cirúrgico. O diagnóstico pode ser realizado por meio do histórico do animal junto com o exame de palpação.

Saiba mais

Curiosidades sobre as penas das aves. Vamos conhecer?

As penas parecem ser formadas por uma estrutura homogênea, contudo são compostas por várias partes ou porções específicas.

Saiba mais

Anestologia local em pequenos animais: entenda como funciona

Anestesia local ou loco-regional corresponde a um conjunto de técnicas anestésicas que, através da administração de fármacos, impedem ou bloqueiam a difusão do impulso nociceptivo de forma temporária em determinada região do corpo do paciente.

Saiba mais

Lançamento VET Profissional: Disciplina Suínos - Produção e Principais Doenças

A suinocultura é um dos nichos de mercado mais atraentes para se investir no Brasil graças às possibilidades de produtividade e rentabilidade. A atividade gera impacto na economia do país e apresenta índices de crescimento maiores a cada ano que passa. Porém, essa atividade pode sofrer enormes prejuízos devido a várias doenças que podem afetar os animais.

Saiba mais

As principais doenças dos suínos

Mariana Costa Fausto, professora do VET Profissional, contextualiza que a suinocultura é um dos nichos de mercado mais atraentes para se investir no Brasil graças às possibilidades de produtividade e rentabilidade. Os números da atividade no país são animadores e têm levado cada vez mais criadores a entrar no ramo.

Saiba mais

Hérnia umbilical em potros? Conheça a Herniorrafia!

O procedimento de herniorrafia em potros é realizado sempre que o animal jovem ou recém-nascido apresenta a patologia de hérnia umbilical. Esta, por sua vez, ocorre devido a ausência de fechamento adequado da musculatura abdominal ventral. Essa má formação propicia o desenvolvimento de um ponto anatomicamente frágil no corpo do potro, permitindo a passagem do conteúdo oriundo da cavidade abdominal para o espaço subcutâneo.

Saiba mais

Especialista em suínos? Conheça a preparação das leitoas pré-cobertura

Leitoa, marrã ou marroa são porcas novas desmamadas. As fêmeas selecionadas para cruzamento devem ser trabalhadas no sentido de indução da maturidade sexual em um processo denominado preparação e manejo pré-cobertura. As porcas selecionadas como matrizes devem ser levadas para a granja, a fim de iniciar a vida reprodutiva no rebanho. Ao chegar à granja as porcas são preparadas para o início do processo de reprodução.

Saiba mais

O que é possível diagnosticar observando a pele animal?

A pele é o maior órgão do corpo, tanto em extensão quanto em volume. Ela reflete a saúde dos animais e constitui a principal barreira física, química e microbiana do organismo contra as contaminações do ambiente. Dentre as alterações possíveis de se observar na pele podemos mencionar: Problemas endócrinos; Problemas nutricionais;

Saiba mais

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação!

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação do esôfago cervical, técnicas que permitem ao Médico Veterinário visualizar externamente aumentos de volume e outras alterações visíveis no esôfago. A palpação ocorre a partir da glote e desce pelo esôfago. Durante esta ação, o médico deve sentir se existe algum tipo de massa ou corpo estranho que dificultando a passagem do alimento no animal. O exame também demonstra o nível de sensibilidade do animal na região do esôfago.

Saiba mais

Sr. Veterinário, conheça as principais funções das pálpebras oculares

Precisando avaliar os olhos de algum animal sob seus cuidados? A primeira dica para que isto seja realizado de forma correta é conhecer a anatomia e a fisiologia oftálmica, a começar pelas pálpebras e suas funções. As principais funções das pálpebras são: • Proteção: contra agressões externas, corpos estranhos, dentre outros. • Filme lacrimal: produção de mucina e lipídios. • Ato de piscar, promovendo:

Saiba mais

Sr. Veterinário: como as imagens ultrassonográficas são formadas?

No transdutor do aparelho de ultrassom existem vários cristais ou elementos piezoelétricos. Quando o aparelho é ligado à tomada, a corrente elétrica faz vibrar os cristais, formando um tipo de energia denominada onda sonora que chegam aos objetos ou tecidos do corpo. Depois que a onda sonora bate nos tecidos, ela retorna até o transdutor, vibrando os cristais, fazendo com que a energia sonora seja transformada novamente em impulso elétrico.

Saiba mais

Suinocultura: como evitar a carne DFP de suínos

A "carne DFD, sigla em inglês que significa - dark, firm, dry, ou seja, escura, dura e seca - pode ser evidenciada pela cor escura, sendo ainda carne firme e seca com média de pH superior a 6,2", explica Mariana Costa Fausto, Professora do VET Profissional.

Saiba mais

Criação de suínos: a maternidade exige dois ambientes distintos

A maternidade é a fase mais sensível da produção de suínos cuja instalação utilizada para o parto e fase de lactação das porcas deve ser construída atentando-se para os detalhes. Qualquer erro na construção poderá trazer graves problemas, como de umidade (empoçamento de fezes e urina), esmagamento de leitões e extremos de calor ou frio que provocam alta mortalidade de leitões.

Saiba mais

Criação de suínos: instalações de crescimento e terminação

Ao saírem da creche, os suínos devem ser destinados a uma instalação maior, na qual passarão pelas fases de crescimento e terminação até sua comercialização. Nessa nova instalação, o piso das baias pode ser totalmente ripado ou 2/3 compacto e 1/3 ripado.

Saiba mais

Necropsia em suíno: avaliação da carcaça

Na necropsia, todas as estruturas que compõem o organismo do animal são detalhadamente investigadas em busca de anormalidades que corroborem para elucidação do diagnóstico post mortem.

Saiba mais

Dermatofitose em Gato: como coletar amostras para o diagnóstico?

Quando nos deparamos com pacientes com lesões de pele circunscritas em determinadas áreas do corpo, é muito difícil fazer o diagnóstico observando apenas as características das lesões, pois essas se apresentam de modo semelhante para diferentes agentes ou causas.

Saiba mais

Crioterapia em animais: quais as indicações?

A termoterapia pode ser realizada através da crioterapia, aplicação de baixas temperaturas ou por meio da aplicação de calor superficial em regiões específicas do corpo dos pacientes.

Saiba mais

Fêmeas suínas: como detectar o cio?

A suinocultura é uma atividade que exige muita dedicação para se alcançar bons índices de produtividade e, consequentemente, obter resultados econômicos satisfatórios. Dentro das inúmeras técnicas de manejo diário de uma granja, o manejo reprodutivo é um dos principais pontos de atenção do suinocultor, onde não bastam bons padrões nutricionais e boas normas de manejo, se os índices reprodutivos não forem também elevados.

Saiba mais

Exame coproparasitológico e análise macroscópica das fezes: quais características desejadas?

O exame coproparasitológico é aquele que obtém informações importantes sobre o trato gastrointestinal, a partir da análise das fezes do paciente. “A partir desse exame conseguimos detectar parasitas, hemorragias, corpos estranhos, dieta, bacteriologia, material glandular’’, explica Waleska de Melo, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, que é Doutora em Patologia Clínica Animal.

Saiba mais

Necropsia de ovinos: avaliação da cabeça e remoção do cérebro

Na necropsia, todas as estruturas que compõem o organismo do animal são detalhadamente investigadas em busca de anormalidades que corroborem para elucidação do diagnóstico post mortem. Entende-se como carcaça as estruturas que permanecem após a retirada de todos os órgãos internos do animal, como cabeça, ossos, músculos, cérebro e medula espinhal, e ao realizar a avaliação dessas estruturas, alterações podem representar processos patológicos em outros sistemas orgânicos.

Saiba mais

Quarentena de fêmeas suínas: o que é e como fazer?

A quarentena é uma estrutura separada do galpão principal para onde devem ser encaminhadas as fêmeas recém-chegadas à granja. Lá, elas permanecerão por tempo suficiente até que se verifique a ausência de doenças e outros fatores contaminantes trazidos de fora que podem comprometer todo o plantel principal.

Saiba mais

Osteossíntese: você conhece esse procedimento?

Na ortopedia, osteossíntese é o termo utilizado para a intervenção cirúrgica feita nas extremidades de ossos fraturados, havendo necessidade do uso de placas, hastes, parafusos e, ou pinos para unir as bordas do osso, para que a fratura seja corrigida.

Saiba mais

Sistema sensorial de animais domésticos: como ocorre o processamento da informação sensorial?

O sistema nervoso é composto pelo sistema nervoso central e sistema nervoso periférico. “O correto processamento da informação sensorial pelos órgãos dos sentidos ocorre por meio da interação entre ambos os sistemas. Essa interação é fundamental para a sobrevivência dos animais no meio em que vivem”, explica Waleska de Melo, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, que é Doutora em Patologia Clínica Animal e Mestre em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Exérese de glândulas salivares: você conhece este procedimento?

A exérese nada mais é do que a remoção cirúrgica de partes estranhas ou doentes do corpo. A exérese das glândulas salivares, nos casos veterinários, é geralmente recomendada quando, estando os ductos salivares obstruídos, cistos se formam devido ao acúmulo de saliva, ou quando há lesões glandulares ou dos ductos em virtude de traumas que geram o extravasamento da saliva. Esses traumas acontecem frequentemente por brigas entre os animais, que mordem uns aos outros na região do pescoço.

Saiba mais

Melhoramento genético de suínos: vamos conhecer o histórico?

No melhoramento genético se modifica um rebanho em suas características fenotípicas, por meio de alterações na frequência de determinados genes, com o objetivo de aumentar a eficiência produtiva dos animais. Devem ser identificadas as características de maior impacto na produtividade e lucratividade da atividade e, a seguir, deve ser promovido o melhoramento, especificamente, para essas características.

Saiba mais

Imunocastração de suínos: você conhece esse procedimento?

“A imunocastração consiste na castração química do suíno na fase de terminação com a finalidade de impedir que o odor e gosto desagradáveis da carne suína cheguem ao paladar do consumidor”, explica Mariana Costa Fausto, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestre em Medicina Veterinária e Doutora em Medicina Veterinária Preventiva – Saúde Animal e Programas Sanitários.

Saiba mais

Você, estudante de veterinária, sabe o que é gastrotomia?

Gastrotomia é a abertura do estômago, e, muitas vezes, é confundida com gastrostomia, que é o estabelecimento de uma abertura artificial (de comunicação com o meio externo) do estômago.

Saiba mais

Necropsia em suíno: exame externo, como devo começar a necropsia?

Você sabia que a necropsia é iniciada com o exame externo, o qual, às vezes, pode ser suficiente para definição do diagnóstico? Nesse exame, é analisado o histórico de vacinação, vermifugação, manejo adotado na propriedade, histórico clínico do rebanho e do cadáver. Esses dados são obtidos com o proprietário do animal e, ou com o médico veterinário responsável, por meio de conversas e registros sanitários.

Saiba mais

Maternidade para criação de suínos: o que é necessário nas instalações?

No setor de maternidade, o maior desafio para a produção de suínos é a ambiência, já que as temperaturas de conforto térmico da porca e dos recém-nascidos são distintas.

Saiba mais

O que é edema? Quais são os mecanismos que levam à sua formação?

Edema é o acúmulo de líquido no tecido intercelular (intersticial), nos espaços ou nas cavidades do corpo. É resultado do aumento da quantidade de líquido no meio extracelular, sendo externo ao meio intravascular.

Saiba mais

Suínos recém-nascidos: como organizar a mamada dos leitões?

Através do colostro, os leitões recebem uma série de anticorpos maternos. Esse processo é o que chamamos de imunidade passiva e mantém os filhotes imunizados durante um bom período dentro da granja.

Saiba mais

Necropsia em suínos: como deve ser feita a análise do coração?

Na necropsia é feita uma análise detalhada do cadáver, tanto da parte externa quanto da parte interna, e envolve exame dos órgãos, da carcaça e de todas as estruturas que compõem o organismo do animal em busca de sinais que possam levar à causa da morte. Nessa investigação também são coletados materiais para análise laboratorial.

Saiba mais

Suínos: você sabe quais são as raças mais utilizadas no sistema comercial?

A suinocultura é uma atividade de grande relevância nacional e mundial. Com uma produção e exportação expressiva, trata-se de um mercado altamente rentável e com tendência a crescer.

Saiba mais

Coleta de sêmen de suínos: como realizar esse procedimento?

Geralmente, os machos chegam à granja aos cinco meses de idade. Já aos seis meses de idade estão maduros sexualmente. Nessa fase, produzem espermatozoides em quantidade significativa e recebem o treinamento para a coleta de sêmen.

Saiba mais

Seleção de reprodutores suínos: quais características devem ser observadas?

O macho selecionado deve apresentar sinais de masculinidade, apresentando cabeça robusta, peito e pescoço bem desenvolvidos, e dorso bem desenvolvido; possuir comportamento sexual ativo; deve ser um bom exemplar da sua linhagem e possuir todos os caracteres que se recomendam a um bom reprodutor.

Saiba mais

Creche suína: qual a importância dessa etapa da criação?

A fase de creche é a fase seguinte à maternidade. Os leitões chegam à creche após o desmame, com aproximadamente 21 dias de idade e com 5 a 6 kg de peso vivo, permanecendo neste espaço por 65 a 70 dias, tendo como meta 23 kg.

Saiba mais

Manejo pré-abate de suínos: quais são os principais cuidados que devem ser tomados?

O manejo pré-abate deve ser feito da forma mais tranquila possível com o objetivo de reduzir, ao máximo, o estresse dos animais. Para que isso ocorra é necessário fazer o planejamento e preparação para o embarque dos suínos.

Saiba mais

Fisiopatogenia das doenças ósseas metabólicas: vamos entender o que é?

O corpo sempre busca o equilíbrio. Em relação ao sistema ósseo, o principal equilíbrio é entre cálcio e fósforo séricos e dos ossos, o que quer dizer que, sempre que precisar, o corpo vai retirar esses minerais dos ossos ou do sangue para desempenhar suas funções.

Saiba mais

Osteologia do membro torácico: articulação úmero radioulnar

Além da escápula e do úmero, os membros torácicos também possuem os ossos do antebraço, rádio e ulna, e os ossos da mão, carpos, metacarpos e falanges. “São estruturas com muitas articulações, com atenção especial para a articulação úmero-radioulnar, que é a articulação do cotovelo do animal”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional, que é Doutor em Morfologia Animal e Mestre em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Veterinário, conheça as subdivisões da Anatomia Animal

A anatomia é um ramo da biologia que estuda as formas e estruturas que compõem o corpo do animal e as correlaciona com as funções do corpo do mesmo. Inicialmente, a anatomia era simplesmente descritiva, utilizando bisturis e pinças, fazendo a separação das estruturas e sua descrição. Com o desenvolvimento da ciência anatômica, surgiu a necessidade de subdividi-la. Uma delas, dentre as várias divisões da anatomia animal, é a anatomia macroscópica, que é a anatomia em si, a descrição das estruturas a olho nu.

Saiba mais

Sr. Veterinário, aprenda um pouco mais sobre as estruturas internas do olho

A coroide, juntamente com o corpo ciliar e a íris, compõem a camada vascular. As arteríolas e as vênulas são os vasos sanguíneos. O vítreo é o composto gelatinoso, explica Kelly Pontes, professora do VET Profissional. Veja, a seguir, com mais detalhes, algumas estruturas internas. a) Íris e corpo ciliar • O corpo ciliar é um músculo cuja função é promover a acomodação visual. Ao contrair e relaxar o músculo ciliar, a lente se move para frente e para trás.

Saiba mais

Osteologia canina: como é feita a divisão dos ossos?

A osteologia é o estudo dos ossos, juntamente com a cartilagem e os ligamentos, que formam o esqueleto do animal.

Saiba mais

Unidade básica do corpo dos mamíferos? A célula!

A vida de um animal se inicia com apenas uma célula, através da fecundação de um óvulo por um espermatozoide que dá origem ao crescimento celular de um novo ser vivo. A célula é a unidade básica do corpo dos mamíferos. O corpo é formado por mais de trilhões de células.

Saiba mais

Fratura do corpo da mandíbula de um cachorro. E agora?

As fraturas mandibulares são muito comuns de ocorrem em cães e gatos. O médico veterinário deve ter em mente que, na fratura mandibular os animais devem ser tratados de forma independente, estudando-se caso a caso e recorrendo a manejos adequados para cada situação.

Saiba mais

Osso coxal: conheça essa porção da pelve óssea de animais

A pelve, formada pelos ossos coxal, sacro e as primeiras vértebras coccígeas é a porção final do tronco, onde se fixam os membros pélvicos e a cauda. O osso coxal é constituído pela fusão de três ossos: ílio, ísquio e púbis.

Saiba mais

Muda de penas das aves poedeiras: entenda esse processo

A muda anual é uma ocorrência natural, caracterizada pela perda de penas do corpo da ave e por um descanso ou pausa na produção de ovos. As aves nesse estado tornam-se fotorrefratárias, ou seja, não respondem aos estímulos luminosos, perdem o apetite e têm o peso corporal reduzido.

Saiba mais

Articulações do joelho de animais domésticos: conheça as principais estruturas

A articulação do joelho é formada pelo contato entre o osso fêmur e os ossos da perna tíbia e fíbula. Entre os ossos envolvidos nessa articulação, está presente ainda o osso Patela, maior osso sesamoide do animal.

Saiba mais

Microrganismos encontrados no corpo de um animal é sinal de doença?

Os microrganismos são ubíquos, isto é, estão presentes em todas as áreas, seja no solo, no ar, na pele, no cabelo e em todos os ambientes. Mesmo aqueles em que, muitas vezes, se imagina nem haver vida, há a presença de microrganismos. O corpo humano, por exemplo, é todo colonizado por microrganismos.

Saiba mais

Coluna vertebral dos animais: conheça as principais alterações que podem acontecer

A coluna vertebral é uma estrutura de sustentação do corpo dos animais, constituídas por ossos denominados de vértebras. Os elementos da coluna vertebral têm como objetivo proteger a medula espinhal.

Saiba mais

Esofagotomia cervical animal: conheça essa técnica cirúrgica de abertura do esôfago

“A esofagotomia é a técnica cirúrgica de abertura do esôfago. Ela é importante tanto para explorar alguma alteração observada em exames quanto para remoção de corpos estranhos, neoplasias, correção de perfurações e fístulas, entre muitos outros casos”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Diagnóstico por imagens: qual a importância dos exames de imagens?

Mesmo diante de lesões externamente visíveis, é preciso saber sua extensão e até que ponto os danos internos vão. Por isso, os exames de imagens são muito valiosos no campo da medicina, seja veterinária ou humana. Saber o que acontece dentro do corpo do paciente é imprescindível para o estabelecimento do diagnóstico.

Saiba mais

Tecido ósseo: você conhece as características desse tecido de sustentação?

O tecido ósseo é o principal tecido presente no esqueleto dos animais, tendo a função de sustentação do corpo, apoio aos músculos, inserção de tendões, proteção dos órgãos e depósito de cálcio e outros minerais, chegando a conter 99% de todo o cálcio presente no organismo.

Saiba mais

Órteses para animais: conheça a importância desses dispositivos cada dia mais utilizados

Órteses são dispositivos aplicados externamente para modificar as características estruturais e funcionais do corpo ou do membro afetado.

Saiba mais

Paramentação da equipe cirúrgica: qual a real importância?

Tanto em humanos quanto em animais, a pele é a primeira barreira de defesa contra bactérias, vírus e outros agentes microbiológicos nocivos ao corpo. Assim, procedimentos cirúrgicos, cujas incisões são mais profundas, precisam ser submetidos a protocolos higiênicos cautelosos.

Saiba mais

Exame de aves em postura: como fazer?

Quando o avicultor opta pela criação de aves de postura, é possível ter até 18 mil poedeiras por galpão. Assim, como identificar, dentre tantas aves, se alguma delas não está produzindo? Para isso, alguns pontos devem ser observados, como: - As aves produtivas têm crista aquecida, quente ao toque, devido ao alto metabolismo, e uma coloração vermelha levemente pálida, já que o sangue do seu corpo está sendo desviado para a região do oviduto. - O espaço entre pernas deve ser de aproximadamente três dedos, pois os hormônios sexuais dilatam a região dos ossos pélvicos para facilitar a passagem dos ovos.

Saiba mais

Lipidose hepática em gatos: como diagnosticar?

Períodos prolongados de anorexia podem trazer como consequência a lipidose hepática. “Esse quadro ocasiona o mau funcionamento das células do fígado e do trato biliar”, explica Fabíola Carolina de Almeida, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Vértebras cervicais de animais domésticos: conheça um pouco sobre essa estrutura

A coluna vertebral dos animais se inicia no pescoço, o qual é composto por vértebras cervicais. Tais vértebras são irregulares e formadas por um orifício.

Saiba mais

Células: conheça essa estrutura essencial para a vida animal

A célula é a unidade básica do corpo dos mamíferos. O corpo é formado por mais de trilhões de células. “O conjunto de células formam os órgãos e sistemas responsáveis pelas funções vitais do organismo, por exemplo: respiração, deglutição, absorção e adaptação ao meio ambiente”, explica Waleska de Melo, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Caprinos: características externas da cabeça do animal

Conhecer a boa conformação anatômica e as características desejáveis da espécie e das raças é o que proporciona identificar os defeitos de um animal e classificá-los quanto ao grau de interferência no desempenho produtivo. Também, conhecer os aspectos de um animal saudável facilita na identificação de animais doentes.

Saiba mais

Pesquisa de endoparasitas: conheça as principais técnicas

A pesquisa de endoparasitas nas fezes de animais serve para detectar a presença de vermes e protozoários no organismo do animal, o que pode causar doenças intestinais.

Saiba mais

Produção de calor pelo organismo animal: vamos entender?

“A temperatura, apesar de estar na faixa de normalidade para o organismo, pode variar tanto durante o dia quanto durante a noite, dependendo da característica da espécie”, explica Waleska de Melo, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, que é Doutora em Patologia Clínica Animal e Mestre em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Fase luteal em bovinos: você sabe o que é luteinização?

Várias mudanças são desencadeadas pelo pico de LH, como liberações de ações de prostaglandina, interferindo em todas as estruturas do folículo pré-ovulatório. Essas mudanças drásticas (metabólicas, bioquímicas) resultarão em um aumento do tamanho folicular, enfraquecendo a parede folicular e liberando o processo de ovulação.

Saiba mais

Enteroanastomose e enterotomia: qual a diferença entre estes dois procedimentos?

A enteroanastomose é indicada para casos de traumatismos causados por mordedura, projéteis, corpos estranhos, esquírolas ósseas, eviscerações e lacerações mesentéricas. Outra situação que é indicado esse procedimento é por trauma causado por obstrução mecânica, ou seja, por corpos estranhos, neoplasias, aderências, torção mesentérica além da intussuscepção.

Saiba mais

Doenças articulares em raças pequenas: conheça a anatomia e os achados radiográficos dessas doenças

As articulações são as estruturas que impedem o atrito dos ossos no ponto em que a parte distal de um osso se liga à parte proximal de outro. Elas que permitem a mobilidade do corpo.

Saiba mais

Aparelho locomotor de animais domésticos: quais as características dos músculos?

O aparelho locomotor do animal é dividido em porção ativa e porção passiva. A porção passiva é constituída dos ossos que compõem o esqueleto e dá sustentação ao corpo do animal. A porção ativa é representada pelo conjunto de músculos, os quais o estudo é denominado miologia.

Saiba mais

Cistotomia em animais: como chegar a um diagnóstico para a realização desse procedimento?

O diagnóstico de doença da bexiga é essencial para que se possa iniciar o procedimento cirúrgico. O diagnóstico pode ser realizado por meio do histórico do animal junto com o exame de palpação.

Saiba mais

Curiosidades sobre as penas das aves. Vamos conhecer?

As penas parecem ser formadas por uma estrutura homogênea, contudo são compostas por várias partes ou porções específicas.

Saiba mais

Anestologia local em pequenos animais: entenda como funciona

Anestesia local ou loco-regional corresponde a um conjunto de técnicas anestésicas que, através da administração de fármacos, impedem ou bloqueiam a difusão do impulso nociceptivo de forma temporária em determinada região do corpo do paciente.

Saiba mais

Lançamento VET Profissional: Disciplina Suínos - Produção e Principais Doenças

A suinocultura é um dos nichos de mercado mais atraentes para se investir no Brasil graças às possibilidades de produtividade e rentabilidade. A atividade gera impacto na economia do país e apresenta índices de crescimento maiores a cada ano que passa. Porém, essa atividade pode sofrer enormes prejuízos devido a várias doenças que podem afetar os animais.

Saiba mais

As principais doenças dos suínos

Mariana Costa Fausto, professora do VET Profissional, contextualiza que a suinocultura é um dos nichos de mercado mais atraentes para se investir no Brasil graças às possibilidades de produtividade e rentabilidade. Os números da atividade no país são animadores e têm levado cada vez mais criadores a entrar no ramo.

Saiba mais

Hérnia umbilical em potros? Conheça a Herniorrafia!

O procedimento de herniorrafia em potros é realizado sempre que o animal jovem ou recém-nascido apresenta a patologia de hérnia umbilical. Esta, por sua vez, ocorre devido a ausência de fechamento adequado da musculatura abdominal ventral. Essa má formação propicia o desenvolvimento de um ponto anatomicamente frágil no corpo do potro, permitindo a passagem do conteúdo oriundo da cavidade abdominal para o espaço subcutâneo.

Saiba mais

Especialista em suínos? Conheça a preparação das leitoas pré-cobertura

Leitoa, marrã ou marroa são porcas novas desmamadas. As fêmeas selecionadas para cruzamento devem ser trabalhadas no sentido de indução da maturidade sexual em um processo denominado preparação e manejo pré-cobertura. As porcas selecionadas como matrizes devem ser levadas para a granja, a fim de iniciar a vida reprodutiva no rebanho. Ao chegar à granja as porcas são preparadas para o início do processo de reprodução.

Saiba mais

O que é possível diagnosticar observando a pele animal?

A pele é o maior órgão do corpo, tanto em extensão quanto em volume. Ela reflete a saúde dos animais e constitui a principal barreira física, química e microbiana do organismo contra as contaminações do ambiente. Dentre as alterações possíveis de se observar na pele podemos mencionar: Problemas endócrinos; Problemas nutricionais;

Saiba mais

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação!

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação do esôfago cervical, técnicas que permitem ao Médico Veterinário visualizar externamente aumentos de volume e outras alterações visíveis no esôfago. A palpação ocorre a partir da glote e desce pelo esôfago. Durante esta ação, o médico deve sentir se existe algum tipo de massa ou corpo estranho que dificultando a passagem do alimento no animal. O exame também demonstra o nível de sensibilidade do animal na região do esôfago.

Saiba mais

Sr. Veterinário, conheça as principais funções das pálpebras oculares

Precisando avaliar os olhos de algum animal sob seus cuidados? A primeira dica para que isto seja realizado de forma correta é conhecer a anatomia e a fisiologia oftálmica, a começar pelas pálpebras e suas funções. As principais funções das pálpebras são: • Proteção: contra agressões externas, corpos estranhos, dentre outros. • Filme lacrimal: produção de mucina e lipídios. • Ato de piscar, promovendo:

Saiba mais

Sr. Veterinário: como as imagens ultrassonográficas são formadas?

No transdutor do aparelho de ultrassom existem vários cristais ou elementos piezoelétricos. Quando o aparelho é ligado à tomada, a corrente elétrica faz vibrar os cristais, formando um tipo de energia denominada onda sonora que chegam aos objetos ou tecidos do corpo. Depois que a onda sonora bate nos tecidos, ela retorna até o transdutor, vibrando os cristais, fazendo com que a energia sonora seja transformada novamente em impulso elétrico.

Saiba mais

Suinocultura: como evitar a carne DFP de suínos

A "carne DFD, sigla em inglês que significa - dark, firm, dry, ou seja, escura, dura e seca - pode ser evidenciada pela cor escura, sendo ainda carne firme e seca com média de pH superior a 6,2", explica Mariana Costa Fausto, Professora do VET Profissional.

Saiba mais

Criação de suínos: a maternidade exige dois ambientes distintos

A maternidade é a fase mais sensível da produção de suínos cuja instalação utilizada para o parto e fase de lactação das porcas deve ser construída atentando-se para os detalhes. Qualquer erro na construção poderá trazer graves problemas, como de umidade (empoçamento de fezes e urina), esmagamento de leitões e extremos de calor ou frio que provocam alta mortalidade de leitões.

Saiba mais

Criação de suínos: instalações de crescimento e terminação

Ao saírem da creche, os suínos devem ser destinados a uma instalação maior, na qual passarão pelas fases de crescimento e terminação até sua comercialização. Nessa nova instalação, o piso das baias pode ser totalmente ripado ou 2/3 compacto e 1/3 ripado.

Saiba mais

Necropsia em suíno: avaliação da carcaça

Na necropsia, todas as estruturas que compõem o organismo do animal são detalhadamente investigadas em busca de anormalidades que corroborem para elucidação do diagnóstico post mortem.

Saiba mais

Dermatofitose em Gato: como coletar amostras para o diagnóstico?

Quando nos deparamos com pacientes com lesões de pele circunscritas em determinadas áreas do corpo, é muito difícil fazer o diagnóstico observando apenas as características das lesões, pois essas se apresentam de modo semelhante para diferentes agentes ou causas.

Saiba mais

Crioterapia em animais: quais as indicações?

A termoterapia pode ser realizada através da crioterapia, aplicação de baixas temperaturas ou por meio da aplicação de calor superficial em regiões específicas do corpo dos pacientes.

Saiba mais

Fêmeas suínas: como detectar o cio?

A suinocultura é uma atividade que exige muita dedicação para se alcançar bons índices de produtividade e, consequentemente, obter resultados econômicos satisfatórios. Dentro das inúmeras técnicas de manejo diário de uma granja, o manejo reprodutivo é um dos principais pontos de atenção do suinocultor, onde não bastam bons padrões nutricionais e boas normas de manejo, se os índices reprodutivos não forem também elevados.

Saiba mais

Exame coproparasitológico e análise macroscópica das fezes: quais características desejadas?

O exame coproparasitológico é aquele que obtém informações importantes sobre o trato gastrointestinal, a partir da análise das fezes do paciente. “A partir desse exame conseguimos detectar parasitas, hemorragias, corpos estranhos, dieta, bacteriologia, material glandular’’, explica Waleska de Melo, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, que é Doutora em Patologia Clínica Animal.

Saiba mais

Necropsia de ovinos: avaliação da cabeça e remoção do cérebro

Na necropsia, todas as estruturas que compõem o organismo do animal são detalhadamente investigadas em busca de anormalidades que corroborem para elucidação do diagnóstico post mortem. Entende-se como carcaça as estruturas que permanecem após a retirada de todos os órgãos internos do animal, como cabeça, ossos, músculos, cérebro e medula espinhal, e ao realizar a avaliação dessas estruturas, alterações podem representar processos patológicos em outros sistemas orgânicos.

Saiba mais

Quarentena de fêmeas suínas: o que é e como fazer?

A quarentena é uma estrutura separada do galpão principal para onde devem ser encaminhadas as fêmeas recém-chegadas à granja. Lá, elas permanecerão por tempo suficiente até que se verifique a ausência de doenças e outros fatores contaminantes trazidos de fora que podem comprometer todo o plantel principal.

Saiba mais

Osteossíntese: você conhece esse procedimento?

Na ortopedia, osteossíntese é o termo utilizado para a intervenção cirúrgica feita nas extremidades de ossos fraturados, havendo necessidade do uso de placas, hastes, parafusos e, ou pinos para unir as bordas do osso, para que a fratura seja corrigida.

Saiba mais

Sistema sensorial de animais domésticos: como ocorre o processamento da informação sensorial?

O sistema nervoso é composto pelo sistema nervoso central e sistema nervoso periférico. “O correto processamento da informação sensorial pelos órgãos dos sentidos ocorre por meio da interação entre ambos os sistemas. Essa interação é fundamental para a sobrevivência dos animais no meio em que vivem”, explica Waleska de Melo, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, que é Doutora em Patologia Clínica Animal e Mestre em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Exérese de glândulas salivares: você conhece este procedimento?

A exérese nada mais é do que a remoção cirúrgica de partes estranhas ou doentes do corpo. A exérese das glândulas salivares, nos casos veterinários, é geralmente recomendada quando, estando os ductos salivares obstruídos, cistos se formam devido ao acúmulo de saliva, ou quando há lesões glandulares ou dos ductos em virtude de traumas que geram o extravasamento da saliva. Esses traumas acontecem frequentemente por brigas entre os animais, que mordem uns aos outros na região do pescoço.

Saiba mais

Melhoramento genético de suínos: vamos conhecer o histórico?

No melhoramento genético se modifica um rebanho em suas características fenotípicas, por meio de alterações na frequência de determinados genes, com o objetivo de aumentar a eficiência produtiva dos animais. Devem ser identificadas as características de maior impacto na produtividade e lucratividade da atividade e, a seguir, deve ser promovido o melhoramento, especificamente, para essas características.

Saiba mais

Imunocastração de suínos: você conhece esse procedimento?

“A imunocastração consiste na castração química do suíno na fase de terminação com a finalidade de impedir que o odor e gosto desagradáveis da carne suína cheguem ao paladar do consumidor”, explica Mariana Costa Fausto, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestre em Medicina Veterinária e Doutora em Medicina Veterinária Preventiva – Saúde Animal e Programas Sanitários.

Saiba mais

Você, estudante de veterinária, sabe o que é gastrotomia?

Gastrotomia é a abertura do estômago, e, muitas vezes, é confundida com gastrostomia, que é o estabelecimento de uma abertura artificial (de comunicação com o meio externo) do estômago.

Saiba mais

Necropsia em suíno: exame externo, como devo começar a necropsia?

Você sabia que a necropsia é iniciada com o exame externo, o qual, às vezes, pode ser suficiente para definição do diagnóstico? Nesse exame, é analisado o histórico de vacinação, vermifugação, manejo adotado na propriedade, histórico clínico do rebanho e do cadáver. Esses dados são obtidos com o proprietário do animal e, ou com o médico veterinário responsável, por meio de conversas e registros sanitários.

Saiba mais

Maternidade para criação de suínos: o que é necessário nas instalações?

No setor de maternidade, o maior desafio para a produção de suínos é a ambiência, já que as temperaturas de conforto térmico da porca e dos recém-nascidos são distintas.

Saiba mais

O que é edema? Quais são os mecanismos que levam à sua formação?

Edema é o acúmulo de líquido no tecido intercelular (intersticial), nos espaços ou nas cavidades do corpo. É resultado do aumento da quantidade de líquido no meio extracelular, sendo externo ao meio intravascular.

Saiba mais

Suínos recém-nascidos: como organizar a mamada dos leitões?

Através do colostro, os leitões recebem uma série de anticorpos maternos. Esse processo é o que chamamos de imunidade passiva e mantém os filhotes imunizados durante um bom período dentro da granja.

Saiba mais

Necropsia em suínos: como deve ser feita a análise do coração?

Na necropsia é feita uma análise detalhada do cadáver, tanto da parte externa quanto da parte interna, e envolve exame dos órgãos, da carcaça e de todas as estruturas que compõem o organismo do animal em busca de sinais que possam levar à causa da morte. Nessa investigação também são coletados materiais para análise laboratorial.

Saiba mais

Suínos: você sabe quais são as raças mais utilizadas no sistema comercial?

A suinocultura é uma atividade de grande relevância nacional e mundial. Com uma produção e exportação expressiva, trata-se de um mercado altamente rentável e com tendência a crescer.

Saiba mais

Coleta de sêmen de suínos: como realizar esse procedimento?

Geralmente, os machos chegam à granja aos cinco meses de idade. Já aos seis meses de idade estão maduros sexualmente. Nessa fase, produzem espermatozoides em quantidade significativa e recebem o treinamento para a coleta de sêmen.

Saiba mais

Seleção de reprodutores suínos: quais características devem ser observadas?

O macho selecionado deve apresentar sinais de masculinidade, apresentando cabeça robusta, peito e pescoço bem desenvolvidos, e dorso bem desenvolvido; possuir comportamento sexual ativo; deve ser um bom exemplar da sua linhagem e possuir todos os caracteres que se recomendam a um bom reprodutor.

Saiba mais

Creche suína: qual a importância dessa etapa da criação?

A fase de creche é a fase seguinte à maternidade. Os leitões chegam à creche após o desmame, com aproximadamente 21 dias de idade e com 5 a 6 kg de peso vivo, permanecendo neste espaço por 65 a 70 dias, tendo como meta 23 kg.

Saiba mais

Manejo pré-abate de suínos: quais são os principais cuidados que devem ser tomados?

O manejo pré-abate deve ser feito da forma mais tranquila possível com o objetivo de reduzir, ao máximo, o estresse dos animais. Para que isso ocorra é necessário fazer o planejamento e preparação para o embarque dos suínos.

Saiba mais

Receba Mais Informações