Guias de Capacitação do Veterinários. Clique e baixe!

Resultados da busca para "semiologia veter"

Quer se tornar um assinante do VET Profissional? Aposte nos cartões digitais!

O VET Profissional oferece ao Médico Veterinário a oportunidade de rever e aprimorar, por meio de Aulas Práticas e Cursos de Aperfeiçoamento, conceitos e técnicas para aplicar em seu dia a dia, transformando-se em um profissional diferenciado. O VET Profissional é essencial, também, para o Estudante de Veterinária, pois proporciona um aprendizado ágil e dinâmico, além, é claro, de servir como complemento para as aulas práticas abordadas nas disciplinas do seu curso. Contudo, para ter acesso ao conteúdo das aulas e cursos, é preciso efetuar sua assinatura anual, por meio de um cartão de crédito.

Saiba mais

Conheça a nova disciplina VET Profissional: Clínica Médica de Cães e Gatos

O VET Profissional acaba de ganhar mais uma disciplina: Clínica Médica de Cães e Gatos. Para os médicos veterinários, a clínica médica é uma prática importante, pois trata do diagnóstico e tratamento de doenças, atuando, também, na área de saúde pública, ao combater zoonoses, promovendo a interação entre o profissional veterinário e a sociedade. Independente da especialidade do médico veterinário, essas práticas fazem parte de sua rotina.

Saiba mais

Lançamento VET Profissional: Disciplina Suínos - Produção e Principais Doenças

A suinocultura é um dos nichos de mercado mais atraentes para se investir no Brasil graças às possibilidades de produtividade e rentabilidade. A atividade gera impacto na economia do país e apresenta índices de crescimento maiores a cada ano que passa. Porém, essa atividade pode sofrer enormes prejuízos devido a várias doenças que podem afetar os animais.

Saiba mais

Aferir temperatura de cavalos é simples. Saiba como

De acordo com Ludmila Souza Fernandes, Profª. Do VET Profissional, a avaliação da temperatura corporal de cavalos pode ser feita por: Palpação externa (dorso da mão do examinador deve tocar a narina do animal, a região abdominal e extremidades do animal); Termômetros; e Aferição da temperatura retal (lubrificação e assepsia).

Saiba mais

Semiologia tegumentar em gatos: quais os cuidados necessários para realizar esse exame?

O exame dermatológico em gatos é, geralmente, um exame difícil de o médico realizar. Gatos não gostam da inspeção, pois incomoda bastante o animal. Tal fato exige paciência e determinação do Médico Veterinário, bem como auxílio do proprietário sempre que possível.

Saiba mais

Clínica Médica de Bovinos: Nova Disciplina VET Profissional

A criação de bovinos para a produção de leite é uma opção extremamente promissora para os pecuaristas. O mercado do leite no Brasil encontra-se em expansão, mas é preciso oferecer um produto de qualidade para garantir o seu espaço. Uma doença que pode atacar esses animais é a mastite, que causa alterações físico-químicas na composição do leite, ocasionando grandes prejuízos aos produtores rurais.

Saiba mais

Veterinário profissional: O que é a mucocele?

A doutora em cirurgia veterinária e professora da Disciplina Cirurgia de Cães e Gatos, do VET Profissional, Kelly Cristine de Sousa Pontes, ressalta que, no cuidado com cães e gatos é necessário estar atento aos problemas que eles apresentam, para, então encaminhá-los ao veterinário.

Saiba mais

O que é a torção gástrica em cães?

Gustavo Carvalho Cobucci, Médico Veterinário, Mestre em Clínica Médica e Cirúrgica de Cães e Gatos e professor do VET Profissional, explica que "um bom veterinário deve conhecer a fundo todos os problemas que os animais podem apresentar, para conseguir diagnosticar e curá-los da forma mais rápida e eficiente possível".

Saiba mais

Mastite: o que é e o que representa no sistema de produção de leite

A mastite é a inflamação do parênquima da glândula mamária. A doença pode ter causas diversas, mas a maior parte das vezes, é causada por bactérias que atingem o interior de um ou mais quartos da mama bovina através dos ductos localizados nos tetos. De acordo com Paolo Antônio Dutra Vivenza, Professor do VET Profissional, “Além das bactérias, outros microrganismos também podem causar a mastite, entre eles: leveduras, fungos, o vírus do Mycoplasma bovis, microrganismo que ocupa posição intermediária entre bactérias e vírus, e algas microscópicas do gênero Prototheca”. É preciso ressaltar que, sob o ponto de vista epidemiológico, a interação entre a resistência do animal, as condições do ambiente e a presença do agente patogênico favorece a ocorrência da mastite no rebanho.

Saiba mais

Úbere abaixo da linha do jarrete é fator para a ocorrência de mastite

O posicionamento ideal de sustentação do úbere deve ser acima da linha do jarrete. Quando o úbere encontra-se abaixo da linha do jarrete fica evidente a frouxidão do sistema de suporte do úbere, especificamente, do ligamento lateral e da inserção anterior. “A ocorrência desse estado é devido ao número de lactações e à idade do animal”, afirma Paolo Antônio Dutra Vivenza, professor do VET Profissional. Observe, na imagem, o posicionamento do úbere abaixo da linha do jarrete.

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba mais sobre doenças respiratórias em granjas de frangos

A questão respiratória é um dos pontos que mais preocupa a sanidade avícola, seja na criação de pequenos produtores, seja da avicultura industrial. “O microambiente em que vivem as aves e as condições do galpão, com frequência, favorecem a ocorrência de problemas respiratórios e a proliferação de enfermidades bacterianas”, afirma Marcelo Dias, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba um pouco mais sobre a função das proteínas no organismo animal

De acordo com a Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional, “as proteínas desempenham importantes funções em nosso organismo, assim como no organismo animal”. Veja por exemplo a elastina, uma proteína de coloração amarela que forma fibras elásticas e está presente em diversos órgãos e ligamentos, entre eles: pulmão, trompa de Eustáquio, epiglote, laringe e artérias.

Saiba mais

Sr. Veterinário, responda: o que é a ceratotomia em grade?

A ceratotomia em grade consiste no procedimento cirúrgico que trata de lesões da córnea e exposição de células profundas do estroma, e debridamento das lesões para remoção de tecido e estímulo de reparação da córnea com maior eficiência, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, professora do VET Profissional. É indicada para casos em que úlceras de córnea não foram curadas por meio de tratamento médico clínico.

Saiba mais

Fraturas ósseas em cães e gatos: você sabe classificar uma fratura?

A fratura é classificada como uma solução de continuidade do tecido ósseo. “Acontece devido a um trauma ou à fragilidade óssea causada por doença (fratura patológica)”, explica a professora Sâmara Turbay Pires, do VET Profissional.

Saiba mais

Ovelhas prenhes: Você sabe como manejar esses animais de forma correta?

"Separar as ovelhas em lotes homogêneos, em muitos momentos, facilita muito o manejo desses animais, contudo é importante saber identificar as características que definem essa divisão em grupos”, explica Magna Coroa Lima, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Lipidose hepática em gatos: como diagnosticar?

Períodos prolongados de anorexia podem trazer como consequência a lipidose hepática. “Esse quadro ocasiona o mau funcionamento das células do fígado e do trato biliar”, explica Fabíola Carolina de Almeida, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Dirofilaria immitis: você conhece esse nematelminto e seus prejuízos para os animais?

Como representante da família Onchocercidae, destaca-se a espécie Dirofilaria immitis, que possui como hospedeiros definitivos o cão, o gato, os carnívoros silvestres, os equinos, os primatas e, raramente, o homem. “Os hospedeiros intermediários são os mosquitos dos gêneros Aedes spp., Anopheles spp., Culex spp. e Ctenocephalides canis”, explica a professora Mariana Costa, do VET Profissional.

Saiba mais

Necrose celular: qual a diferença entre a necrose coagulativa e a necrose liquefativa?

“Uma célula que sofre agressão, ou degenera, ou se adapta para se tornar mais forte, ou morre. A morte celular, para a patologia refere-se à necrose celular”, explica João Paulo Machado, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Mortalidade e morbidade: entenda o que são esses índices

“A mortalidade e morbidade são indicadores que podem ser utilizados tanto na saúde humana quanto veterinária, agindo, em ambos os casos, para a profilaxia de doenças, avaliação e planejamento de ações sanitárias e observação e constatação de epidemias”, explica Marcelo Dias da Silva, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Exame coproparasitológico e análise macroscópica das fezes: quais características desejadas?

O exame coproparasitológico é aquele que obtém informações importantes sobre o trato gastrointestinal, a partir da análise das fezes do paciente. “A partir desse exame conseguimos detectar parasitas, hemorragias, corpos estranhos, dieta, bacteriologia, material glandular’’, explica Waleska de Melo, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, que é Doutora em Patologia Clínica Animal.

Saiba mais

Mecânica respiratória: Sr. Veterinário, vamos recordar?

A mecânica respiratória explica como as pressões ocorrem dentro do pulmão para propiciar as trocas gasosas. “O sistema nervoso central é quem regula as pressões e propicia o ritmo da respiração”, explica Waleska de Melo, Médica Professora e professora do VET Profissional, Doutora em Patologia Clínica Animal e Mestre em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Médico veterinário: você conhece os tipos de sistemas de abastecimento de água?

O conhecimento a respeito dos sistemas de abastecimento de água é de grande importância para toda a população. “Entretanto, para os médicos veterinários, esse tema é fundamental, pois é sua responsabilidade atuar como agentes de saúde ao conhecer e compreender a utilização diária da água em nossa profissão e na rotina dos locais de atendimento a nossos clientes”, explica Marcelo Dias da Silva, Médico Veterinário e professor do VET Profissional, que é Doutor em Zootecnia e Mestre em Agroquímica.

Saiba mais

Osteologia do membro torácico: articulação úmero radioulnar

Além da escápula e do úmero, os membros torácicos também possuem os ossos do antebraço, rádio e ulna, e os ossos da mão, carpos, metacarpos e falanges. “São estruturas com muitas articulações, com atenção especial para a articulação úmero-radioulnar, que é a articulação do cotovelo do animal”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional, que é Doutor em Morfologia Animal e Mestre em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Fêmeas equinas: conheça 7 sinais clínicos de alterações no sistema reprodutor das éguas

O sistema reprodutor tem a importante função de garantir a perpetuação das espécies por meio da gestação. “Quando se trata de fêmeas equinas, o conhecimento da anatomia desse sistema é indispensável para conseguir identificar anormalidades ao executar a palpação retal no exame físico”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, Pós-doutora em Medicina, na área de Oftalmologia e Oncologia e Doutora em Cirúrgicas e Anestésicas Aplicadas aos Animais.

Saiba mais

Ultrassom terapêutica para animais: conheça essa modalidade de fisioterapia

O ultrassom é dos aparelhos utilizados tanto na fisioterapia humana quanto na área de veterinária. “Trata-se de um recurso que utiliza a energia ultrassônica para produzir vibrações mecânicas no organismo. Essas vibrações são geradas por um transdutor”, explica Ana Carolina Silva Faria, Médica Veterinária, Fisiatra e professora do VET Profissional, que é Mestra em Medicina Veterinária, especialista em Fisioterapia e Reabilitação Animal.

Saiba mais

Acidez do leite: quais fatores podem interferir na acidez?

“A acidez do leite reflete, em quase 100% das vezes, a condição microbiológica do leite produzido (tanto de higiene dos equipamentos, quanto armazenamento do leite nos tanques de expansão)”, explica Adriano França da Cunha, Médico Veterinário e professor do VET Profissional, que é Mestre e Doutor em Ciência Animal.

Saiba mais

Ultrassonografia em fêmeas bovinas: como é feita a sexagem fetal?

O uso da ultrassonografia aplicada à reprodução de bovinos visa o planejamento reprodutivo de fêmeas bovinas, tanto em gado de corte, quanto de leite. “Ela representa uma ferramenta importante para a eficiência reprodutiva e produtiva dentro do sistema de bovinocultura”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Mestre e Doutor em Medicina Veterinária na área de Reprodução Animal.

Saiba mais

Interação medicamentosa na veterinária: entenda como ocorre esse evento

“A interação medicamentosa é quando existe a necessidade da utilização de dois ou mais fármacos juntos dentro de um mesmo composto (medicamento) ou quando se precisa utilizar dois grupos de medicamentos diferentes ou ainda dois medicamentos de um mesmo grupo farmacológico”, explica Waleska de Melo Ferreira Dantas, professora do VET Profissional, Mestre em Medicina Veterinária e Doutora em Patologia Clínica Animal.

Saiba mais

Degeneração celular: entenda o que é esse processo

Degeneração celular é o processo patológico caracterizado por modificações da morfologia das células com diminuição de suas funções. “As degenerações são lesões celulares reversíveis decorrentes de alterações bioquímicas que levam ao acúmulo intracelular de substâncias”, explica João Paulo Machado, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Doutor em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Sêmen de garanhões: como preparar o ejaculado para o congelamento?

O congelamento é feito em laboratório, onde os materiais que serão utilizados no procedimento devem estar devidamente preparados para receber o material coletado. “Contudo, antes de ser congelado, o conteúdo ejaculado deve ser analisado”, explica Bruna de Freitas, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestre e Doutora em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Cirurgia no sistema urinário de animais: a uretrostomia

Kelly Cristina Sousa Pontes, professora do VET Profissional, anuncia que a cirurgia no sistema urinário de pequenos animais apresenta técnicas e mecanismos únicos com os quais os médicos veterinários precisam estar familiarizados, para alcançarem o sucesso na realização dos procedimentos.

Saiba mais

VET Profissional: dicas para vestir os equipamentos cirúrgicos

Para a preparação de cirurgias em cães e gato, é imprescindível estar atento a vários procedimentos, que serão fundamentais para garantir que não haja qualquer tipo de contaminação ao animal por parte do veterinário. Após reunir a equipe, dentre outros procedimentos, é necessário vestir alguns equipamentos cirúrgicos.

Saiba mais

Formas farmacêuticas: vamos conhecer alguns componentes presentes nos medicamentos?

A forma farmacêutica é o medicamento pronto, inserido em um dos três estados: sólido, líquido ou semissólido. “Esta forma possui apresentação de acordo com as características químicas, físicas e de absorção do princípio ativo para que atue beneficamente no organismo do animal”, explica Waleska de Melo Ferreira Dantas, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestre em Medicina Veterinária e Doutora em Patologia Clínica Animal.

Saiba mais

Sistema genital de machos bovinos: vamos conhecer essa estrutura?

“O sistema genital de machos bovinos é composto, principalmente, pelo escroto, cordão espermático, testículos, epidídimo, uretra peniana, glândulas sexuais acessórias e pênis”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Mestre e Doutor em Medicina Veterinária na área de Reprodução Animal.

Saiba mais

Sistema sensorial de animais domésticos: como ocorre o processamento da informação sensorial?

O sistema nervoso é composto pelo sistema nervoso central e sistema nervoso periférico. “O correto processamento da informação sensorial pelos órgãos dos sentidos ocorre por meio da interação entre ambos os sistemas. Essa interação é fundamental para a sobrevivência dos animais no meio em que vivem”, explica Waleska de Melo, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, que é Doutora em Patologia Clínica Animal e Mestre em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Vacinação na avicultura: quais principais características dessas vacinas?

O preço pago para não ter problemas sanitários em um plantel é muito menor do que os prejuízos gerados pelo descarte de toda a criação afetada por uma grave enfermidade. “Desse modo, investir em programas de sanidade animal é um dos métodos de prevenção de doenças mais eficazes atualmente, desde que elaborado com responsabilidade”, explica Marcelo Dias da Silva, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Mestre em Agroquímica e Doutor em Zootecnia.

Saiba mais

Vai preparar um meio de cultura para microrganismos? Veja as principais exigências nutricionais desses seres

Os microrganismos apresentam diversidade metabólica e diferentes exigências nutricionais. Entretanto, pode-se dizer que as necessidades básicas da maioria dos microrganismos estão concentradas nos seguintes elementos, conforme relata Emilene Campos Galvão, Professora do VET Profissional, que é Pós-doutora em Inspeção de Produtos de Origem Animal, Doutora e Mestre em Microbiologia Agrícola:

Saiba mais

Inspeção e palpação da boca dos cães: como realizar esse exame?

Você sabe a importância de examinar a boca do animal? Dentro da cavidade oral, podemos observar uma série de alterações que vão desde a halitose até a presença de fendas palatinas. Por meio dessa observação, é possível categorizar algumas alterações que podem acometer o paciente.

Saiba mais

Mastectomia em fêmeas caninas: como é feita essa intervenção cirúrgica?

A técnica de mastectomia tem como objetivo a remoção unilateral ou completa das glândulas mamárias. “Em casos de mastectomia em pacientes com tumores mamários hormônio dependentes recomenda-se também realizar a Ovário Salpingo Histerectomia – OSH, castração com remoção completa do útero e ovários da fêmea”, explicam os professores Fernando Tadeu Tavares Fernandez e Leonardo Milagres Tavassa de Pádua, Médicos Veterinários e Professores do VET Profissional.

Saiba mais

Exame ultrassonográfico em equinos: quais são as ultrassonográficas que podem ser observadas no abdômen do cavalo?

“O exame ultrassonográfico, associado a outros exames como o físico, transretal, laboratorial, análise de líquido peritoneal e avaliação do grau de dor, ajuda na tomada de decisão do Médico Veterinário para definição do tratamento (cirúrgico ou clínico)”, explica Lorena Chaves Monteiro, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestra em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Tenomiectomia do extensor digital lateral de equinos: você conhece a indicação para esse procedimento?

A Tenomiectomia é indicada em casos de arpejo ou hipertonia reflexa equina, que consiste na hiperflexão involuntária do membro pélvico de equinos. Samuel Pereira Simonato, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Mestre em Medicina Veterinária, explica que esta infermidade tem como principais características:

Saiba mais

Sistema tampão e o equilíbrio ácido-base: vamos conhecer?

O equilíbrio ácido-base consiste em manter o pH fisiológico do sangue próximo a 7,4. “Esse equilíbrio é de extrema importância para o correto funcionamento do organismo, uma vez que várias são as funções biológicas envolvidas em sua regulação”, explica Waleska de Melo, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, que é Doutora em Patologia Clínica Animal e Mestre em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Desenvolvimento da glândula mamária em bovinos: como e quando ocorre?

“É de suma importância que a glândula mamária esteja pronta no momento do parto, expressando assim o seu maior potencial de produção”, explica Pedro Henrique de Araújo Carvalho, Médico Veterinário e professor do VET Profissional, que é Mestre em Zootecnia.

Saiba mais

Imunocastração de suínos: você conhece esse procedimento?

“A imunocastração consiste na castração química do suíno na fase de terminação com a finalidade de impedir que o odor e gosto desagradáveis da carne suína cheguem ao paladar do consumidor”, explica Mariana Costa Fausto, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestre em Medicina Veterinária e Doutora em Medicina Veterinária Preventiva – Saúde Animal e Programas Sanitários.

Saiba mais

Nematelmintos: conheça as características gerais desses vermes que causam prejuízos aos animais e aos humanos

Para entender um pouco mais a respeito dos nematelmintos, Mariana Costa Fausto, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Doutora em Medicina Veterinária Preventiva – Saúde Animal e Programas Sanitários, explica que esses são vermes redondos, pertencentes ao filo Aschelminthes e classe Nematoda. São animais pseudocelomados (cavidade só parcialmente revestida pela mesoderme); dioicos com dimorfismo sexual, sendo a fêmea de tamanho maior que o macho.

Saiba mais

Problema cardíaco no animalzinho? Quais os cuidados ao realizar a auscultação?

Muitos veterinários inexperientes podem confundir alterações do sistema cardiovascular com alterações do sistema respiratório. Por isso, durante o processo de observação visual, o médico deve atentar para o comportamento do cão: se apresenta fadiga, tosse, alterações na frequência e ritmo respiratório, ou seja, alterações relacionadas ao sistema cardiovascular.

Saiba mais

Anestesias para animais

Para realizar a limpeza de dentes, castração, cirurgia ortopédica ou qualquer outro procedimento cirúrgico, os animais precisam de ser anestesiados. O anestésico será o responsável por garantir que o animal não sinta dor, além de deixa-lo inconsciente por todo o procedimento, evitando que ataquem o veterinário.

Saiba mais

Preparo do campo operatório veterinário: a assepsia cirúrgica

Para preparar o campo operatório para a realização de cirurgias veterinárias, é fundamental manter a assepsia do local onde o animal será operado. Isso porque os instrumentos e outros itens usados na cirurgia podem estar contaminados e comprometer ainda mais a saúde do animal.

Saiba mais

Cirurgia veterinária: a sutura

Kelly Cristine de Sousa Pontes, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, que é Mestre e Doutora em Oftalmologia Veterinária, afirma que "para realizar a sutura de animais, é preciso conhecer as técnicas necessárias para esse procedimento, bem como os fios utilizados e outras informações essenciais para o sucesso do procedimento".

Saiba mais

Tire suas dúvidas sobre a castração de cães e gatos!

A castração de cães e gatos ainda é tida como um tabu na nossa sociedade. Muitos donos desses animais de estimação acabam por não realizar o procedimento devido ao que, erroneamente, escutam falar sobre essa cirurgia. Esse procedimento é seguro? O animal sofre? Devo castrar a fêmea antes ou depois do primeiro cio? Esses e outros são alguns dos questionamentos mais comuns.

Saiba mais

O câncer de mama também atinge os pets? Sim!

A saúde dos nossos pets é algo com o que devemos nos preocupar. A castração, tida como um procedimento que gera muitas dúvidas, é importante na prevenção de alguns problemas, como a piometra e o câncer de mama em fêmeas. Mas, afinal, os pets também sofrem com câncer de mama? A resposta é sim!

Saiba mais

Remoção do baço em cães

Kelly Cristine de Sousa Pontes, Médica Veterinária, Mestre e Doutora em Oftalmologia Veterinária e professora do VET Profissional, explica que "todos os órgãos desempenham funções importantes nos animais, mas é possível que eles tenham uma vida tranquila mesmo após a remoção de algum órgão, como é o caso do baço".

Saiba mais

Anestesia veterinária - pré e pós-cirurgia

A anestesia é um procedimento necessário em clínicas veterinárias. Não só para intervenções cirúrgicas, como também para alguns tratamentos simples, como a limpeza de dentes. Além de minimizar a dor, ela é fundamental também porque muitos animais não conseguem ficar quietos por muito tempo.

Saiba mais

Anestesia em cães

Em um conceito mais técnico, a anestesia é um fármaco que deve ser ministrado para eliminar ou aliviar a dor e outras sensações a animais, para que possam passar por procedimentos cirúrgicos, exames diagnósticos e outros procedimentos. Ela deve durar um tempo determinado e deve ser aplicada por um anestesiologista veterinário.

Saiba mais

Técnicas anestésicas locais em bovinos

A anestesia faz parte da rotina veterinária e é importante para os bovinos. Em termos técnicos, a anestesia consiste na aplicação de medicamentos para eliminar ou aliviar a dor em um local ou de forma generalizada, de modo que seja possível realizar procedimentos cirúrgicos. Cabe ao médico veterinário avaliar o animal e definir qual a melhor forma de aplicação em cada caso.

Saiba mais

Produção de leite: qualidade na ordenha e prevenção da mastite

Há uma crescente modificação no controle de qualidade do leite e de seus derivados. Com a modernização da produção, todos os produtores se veem obrigados a produzir com os padrões mais altos de qualidade para sobreviverem no mercado. E, em uma rápida visita ao setor de produtos lácteos dos grandes supermercados, já é possível perceber a diferença.

Saiba mais

Quais são os principais problemas dermatológicos em animais?

Todos os donos de animais sabem que, para que eles vivam bem, é preciso cuidar da sua saúde diariamente. Além da alimentação de qualidade, hidratação, vacinação correta e consultas regulares a um veterinário, é preciso estar atento a outros sinais que podem se manifestar, indicando possíveis problemas que, não tratados, podem prejudicar gravemente o animal.

Saiba mais

As principais doenças dos suínos

Mariana Costa Fausto, professora do VET Profissional, contextualiza que a suinocultura é um dos nichos de mercado mais atraentes para se investir no Brasil graças às possibilidades de produtividade e rentabilidade. Os números da atividade no país são animadores e têm levado cada vez mais criadores a entrar no ramo.

Saiba mais

FeLV: A doença infecciosa felina que mais mata no Brasil

FeLV é a sigla para Leucemia Viral Felina (do inglês “Feline Leukemia Virus”), doença infectocontagiosa não zoonótica mais relacionada à doença clínica e à mortalidade de felinos no Brasil. Seu nome popularmente é acompanhado pela sigla de outra infecção, a FIV, mas é importante que o médico veterinário esclareça aos tutores que não existe a doença “FIV/FeLV” (embora o animal possa ser diagnosticado com as duas), pois são patologias diferentes, com sinais clínicos distintos.

Saiba mais

Manejo do botijão criogênico: cuidados simples para inseminações bem-sucedidas

A inseminação artificial é a técnica reprodutiva mais utilizada nas criações equinas atualmente, pois controlar a qualidade do sêmen e a sanidade das éguas é essencial para a obtenção de animais geneticamente superiores. Embora haja muitos aspectos que colaboram para o bom resultado da inseminação, existe um que nem sempre recebe a seriedade merecida: o manejo do botijão criogênico. Manuseá-lo incorretamente ou mantê-lo em condições inadequadas pode inviabilizar as doses de sêmen, gerando perda de tempo e, principalmente, de dinheiro.

Saiba mais

Exame ginecológico em éguas: importância, etapas e quando fazer

Apesar de a fertilização e gestação serem o núcleo do processo de reprodução animal, os criadores, baseados em inúmeras pesquisas científicas, entenderam que a obtenção de animais de alto desempenho genético só seria possível mediante valorização de todas as etapas que compõem o manejo reprodutivo. Em relação à criação de equinos, uma dessas etapas que se mostra fundamental é o exame ginecológico completo da égua antes da estação reprodutiva.

Saiba mais

Diagnóstico gestacional em éguas: como realizar essa etapa do manejo reprodutivo?

Alguns dias após submeter a égua à inseminação artificial ou cobertura pelo garanhão, entra em vigor uma etapa do manejo reprodutivo fundamental não só para a saúde do animal e do feto, quanto para os negócios: o diagnóstico de gestação.

Saiba mais

Aprenda a como realizar o exame físico externo para diagnosticar doenças em aves

Os médicos veterinários devem sempre orientar criadores de aves domésticas a nunca ignorarem nenhum sinal de doença observado em sua criação, por menor que ele seja. Em granjas, como o número de animais convivendo muito próximos é elevado, infecções se propagam rapidamente, o que pode ocasionar descarte de plantéis inteiros.

Saiba mais

Descorna: indicações e técnicas

Muito comum nas criações de bovinos, ovinos e caprinos, a descorna é uma prática que consiste em eliminar os cornos (chifres) dos animais, extraindo-os ou impedindo seu crescimento. Quando realizada em filhotes, também é chamada de mochação.

Saiba mais

Conheça as características que o macho deve apresentar para ser um rufião

Identificar o cio das fêmeas é uma etapa decisiva para que a inseminação artificial seja bem-sucedida, pois de nada adiantam as técnicas reprodutivas mais modernas se estas não explorarem com precisão o momento em que os animais estão aptos à fecundação. Essa identificação é mais acurada mediante o método da rufiagem, pois como muitas fêmeas apresentam estro curto ou fraco, contar apenas com um funcionário para observar e anotar os sinais de cio pode não ser eficiente. Assim, ao aceitar a monta do rufião, sabe-se que elas estão no momento oportuno para serem inseminadas.

Saiba mais

Aprenda o funcionamento do pastoreio de lotação rotacionada para terminação em pasto

Esse método baseia-se no ajuste da taxa de lotação e na divisão da pastagem em um número variável de piquetes onde os animais permanecem por períodos que podem variar ao longo do ano. Para a implementação do pastoreio de lotação rotacionada, passa a ser de grande importância o conhecimento de variáveis como:

Saiba mais

Veterinário, conheça as subdivisões da Anatomia Animal

A anatomia é um ramo da biologia que estuda as formas e estruturas que compõem o corpo do animal e as correlaciona com as funções do corpo do mesmo. Inicialmente, a anatomia era simplesmente descritiva, utilizando bisturis e pinças, fazendo a separação das estruturas e sua descrição. Com o desenvolvimento da ciência anatômica, surgiu a necessidade de subdividi-la. Uma delas, dentre as várias divisões da anatomia animal, é a anatomia macroscópica, que é a anatomia em si, a descrição das estruturas a olho nu.

Saiba mais

Precisando examinar boca de gatos? Saiba como

O exame físico de inspeção e palpação da boca de cães e gatos além de ser relativamente simples, permite que o médico observe uma série de alterações que possam acometer a cavidade oral desses animais domésticos. “Ao iniciar a inspeção e palpação da boca de felinos, o Veterinário deve conter previamente o animal para que o exame seja feito de forma rápida, precisa e eficiente, minimizando o estresse para o animal e os riscos para o examinador”, afirma Dra. Waleska de Melo Ferreira Dantas

Saiba mais

Exame dermatológico em gatos? Prepare-se com as dicas abaixo!

O exame dermatológico em gatos é, geralmente, um exame difícil de o médico veterinário realizar. “Gatos não gostam da inspeção, pois incomoda bastante o animal”, afirma Prof.ª Dr.ª Waleska de Melo Ferreira Dantas, Doutora em Patologia Clínica Animal pela Universidade Federal de Viçosa - UFV.

Saiba mais

Doenças respiratórias em galinhas: como surgem

O microambiente em que vivem as aves e as condições do galpão, com frequência, favorecem a ocorrência de problemas respiratórios e a proliferação de enfermidades bacterianas, afirma Marcelo Dias, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Veterinário: ajude seu cliente na escolha do tipo de granja de frango

Precisando ajudar seu cliente na escolha certa do tipo de granja de frango? Seus esclarecimentos, então, devem começar pelos três tipos de sistema de podução: produção de matrizes, granjas de poedeiras e granjas de frango de corte. "Juntos, vocês poderão caminhar na direção certa, de acordo com os recursos para a implantação do empreendimento e de acordo com as necessidades de produção local", afirma Marcelo Dias da Silva, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Veterinário, aprofunde seus conhecimentos as espécies de caprinos

Existem muitos preconceitos contra os caprinos e os produtos gerados por essa espécie animal, como o leite e a carne. “Trata-se de uma espécie de ruminante pouco indicada para o manejo a pasto em ambiente úmido, já que esta é uma espécie de animal com grande predisposição para verminose e pneumonia”, afirma Cristiane Leal dos Santos, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Vai criar caprinos? Antes, peça orientação a um veterinário

Antes de iniciar a criação de caprinos, o produtor precisa definir o tipo de exploração que irá empreender: se irá trabalhar com leite, carne ou pele, ou uma combinação destes; e que mercados pretende atender. “Por isso o planejamento é tão importante e é justamente nesse momento que entram as orientações de um médico veterinário”, afirma Cristiane Leal dos Santos, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Medula espinhal: ponto-chave na fisioterapia veterinária

A medula espinhal é de suma importância na fisioterapia veterinária, pois os traumas e doenças medulares são causas frequentes de proprietários buscarem a ajuda de um fisiatra. “Os comandos principais de movimentos do animal que passam por toda a medula espinhal são chamados neurônios motores”, afirma Ana Carolina Silva Faria, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba mais sobre a fisioterapia animal

Segundo Ana Carolina Silva Faria, Professora do VET Profissional, na fisioterapia, são candidatos à reabilitação animais com problemas ortopédicos, neurológicos e corpóreos. Observe, na imagem abaixo, um resumo acerca das alterações observadas no quadro clínico, após avaliação dos candidatos:

Saiba mais

Programa de luz durante a cria e a recria de galinhas poedeiras

Na fase inicial, são fornecidas 23-24 horas de luz, seguindo até 9 semanas com a luz natural. Na fase de 10 a 17 semanas, aproximadamente, é preciso muito cuidado para que a quantidade de luz necessária seja devidamente atingida sem, contanto, que as aves entrem em postura muito cedo.

Saiba mais

Veterinário: entenda a atuação dos hormônios no organismo animal

Para exemplificar como os hormônios atuam no organismo, vamos utilizar a ação de hormônios em dois órgãos que fazem parte do sistema digestivo, a saber: fígado e pâncreas. Esses são responsáveis por regular a taxa de glicose no sangue através da produção de glicogênio, insulina e glucagon.

Saiba mais

O hipotálamo e a produção de hormônios em animais

O hipotálamo é a região do cérebro formado por neurônios na qual ocorre a junção e controle do sistema nervoso e do sistema endócrino para a produção de hormônios que serão transmitidos à adeno-hipófise e à neuro-hipófise, afirma Waleska de Melo Ferreira Dantas, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, um pouco mais sobre membrana plasmática

No organismo, a fisiologia de transporte de substâncias para dentro e para fora para das células é realizado de acordo com a necessidade celular visando à manutenção da homeostasia do organismo dos animais. A membrana plasmática, também conhecida como membrana celular, é a barreira responsável por separar o compartimento intracelular dos sinais exteriores da célula, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba sobre a passagem de substâncias pelo organismo animal

A passagem de substâncias no organismo ocorre de acordo com as necessidades fisiológicas do animal representadas pela demanda de cada uma das células e tecidos-alvo. “O transporte através da membrana plasmática pode se dar de forma passiva por difusão ou por transporte ativo”, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, entenda um pouco mais sobre replicação do DNA

É na interfase que ocorre a replicação do DNA das células no período de 5 a 10 horas antes da mitose. Nesse período ocorrem múltiplas reações enzimáticas com a participação de duas enzimas principais: DNA-polimerase e DNA-ligase, afirma a Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, um pouco mais sobre a distribuição dos fluidos corporais

Os fluidos corporais localizam-se em dois compartimentos no organismo - dentro e fora da célula do animal, afirma afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional. Por isso, são denominados: líquidos intracelulares (LIC) e líquidos extracelulares (LEC). O líquido extracelular pode ser classificado de 3 formas:

Saiba mais

A água na manutenção dos fluidos corporais dos animais

A manutenção do volume de água em relação aos demais fluidos presentes dentro e fora da célula ocorre através da osmose. Dessa forma, é possível manter o nível de água e de íons osmoticamente ativos equilibrado nos meios intra e extracelular. “O nível de água deve permanecer igual em todos os compartimentos nos organismos saudáveis, e não deve haver fluxo resultante de água, ou seja, não deve haver água a mais ou a menos nos compartimentos corporais”, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

A importância da anamnese para o trabalho com animais

Segundo Ana Carolina Silva Faria, professora do VET Profissional, “A anamnese deve ser um exame detalhado, capaz de fornecer o perfil do animal, o perfil do ambiente em que ele vive e o perfil do proprietário”. A ficha de anamnese do paciente deve ser preenchida minunciosamente e conter os seguintes dados

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba mais sobre a atuação dos hormônios na membrana celular

Os hormônios necessitam de receptores para atravessar a membrana celular. “Os receptores posicionados na membrana celular se conectam especificamente a hormônios hidrossolúveis: proteicos/peptídicos e hormônios derivados de aminoácidos”, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, responda: qual a finalidade do citoesqueleto?

O citoesqueleto mantém as estruturas que fazem parte da célula de forma ordenada e organizada. O citoesqueleto é formado por uma rede de filamentos dispostos dentro da célula. “Esses filamentos fazem com que cada organela permaneça no seu devido lugar, exercendo a sua função de modo adequado”, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, você já conhece o Citosol!

O citosol é o fluido livre, gelatinoso, presente na célula. É formado por água, além de eletrólitos, proteínas e carboidratos. "Trata-se de um fluido claro, transparente que tem como função realizar a movimentação de todas as organelas presentes no citoplasma", afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Criação de frangos de corte: dicas para a densidade e cama

A densidade da cama para a criação de frangos de corte diz respeito à quantidade de aves por área de galpão. Densidades menores representam maior conforto e bem-estar para a ave, enquanto que altas densidades representam mais lucro por área. “A cama é um item importante na avicultura, pois seu descuido pode gerar sérios problemas sanitários ao lote”, explica Marcelo Dias, professor do VET Profissional. Dessa forma, a cama precisa ter aspecto seco, sem emplastramentos, e necessita de revolvimentos periódicos.

Saiba mais

Sr. Veterinário: aprenda um pouco mais sobre a sanidade aviária

Os problemas respiratórios em aves levaram algumas empresas a dividir a sanidade aviária em 4 áreas devido à importância que médicos veterinários e produtores devem ter em relação a esses pontos. São elas: proteção entérica, sanidade reprodutiva, sanidade respiratória, sanidade cutânea. “Quando pensamos na moderna linhagem de frangos de corte, dentre os quais a seleção é feita de acordo com aspectos fisiológicos, observamos animais que apresentam rápido crescimento de carcaça com grande volume de deposição muscular”, explica Marcelo Dias, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba mais sobre o reflexo da ejeção do leite

Na natureza, o leite é liberado pela vaca quando o bezerro mama. Já nos rebanhos de gado leiteiro, as vacas devem ser treinadas e condicionadas para responder aos estímulos do ordenhador e do equipamento de ordenha, quando esta é feita sem a presença do bezerro posicionado ao pé do animal. “As células mioepiteliais que compõem o alvéolo encontram-se sujeitas ao controle hormonal. Quando são estimuladas, contraem e causam a ejeção do leite para a fora do alvéolo. Dessa forma, é possível fazer a extração por meio da ordenha mecânica”, explica Paolo Vivenza, professor do VET Profissional.

Saiba mais

6 dicas de ouro para quem vai criar cabras

O criador antes de iniciar seu plantel para criação de cabras deverá planejar muito bem seu negócio, além de optar por um sistema de criação, escolhido mediante as características da sua região e da sua propriedade, explica Magna Coroa Lima, professora do VET Profissional. 1. Sistema de criação: os animais que irão compor seu plantel deverão ter sido pensados também, de acordo com o sistema de criação escolhido. As criações podem ser por hobby, turismo, para produção comercial de leite e, ou derivados e para corte.

Saiba mais

Como limpar ordenhadeiras mecânicas?

As etapas do protocolo de higienização devem ser cumpridas a dedo, principalmente quando se tratar de equipamentos que entram em contato com o leite no processo de ordenha, explica Prof. Leonardo Cotta Quintão, do VET Profissional.

Saiba mais

Estudando farmacocinética? Saiba mais sobre a absorção em aninais

A absorção consiste na passagem das moléculas presentes dentro do medicamento do meio externo (via de administração) para a corrente sanguínea do animal, implicando na passagem pelas membranas biológicas. “Para exercer sua ação, tem que alcançar a biofase em concentrações adequadas”, explica Profa. Waleska Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário: entenda um pouco mais sobre as interações medicamentosas

A interação medicamentosa é um evento clínico que pode ocorrer entre medicamento-medicamento, medicamento-alimento ou medicamento-drogas, caracterizando-se pela interferência na absorção, ação ou eliminação de outro medicamento, explica Profa. Waleska Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, aprenda um pouco mais sobre as estruturas internas do olho

A coroide, juntamente com o corpo ciliar e a íris, compõem a camada vascular. As arteríolas e as vênulas são os vasos sanguíneos. O vítreo é o composto gelatinoso, explica Kelly Pontes, professora do VET Profissional. Veja, a seguir, com mais detalhes, algumas estruturas internas. a) Íris e corpo ciliar • O corpo ciliar é um músculo cuja função é promover a acomodação visual. Ao contrair e relaxar o músculo ciliar, a lente se move para frente e para trás.

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba mais sobre a farmacologia veterinária

A farmacologia veterinária, assim como toda a farmacologia, possui origem grega - Pharmakon (droga). "Ela foi reconhecida como ciência no fim do século XIX, iniciando-se assim os estudos através das separações das moléculas extraídas das plantas para a formação dos princípios ativos", explica Profa. Waleska Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Fisiologia das células ajuda a identificar quadros clínicos patológicos nos animais

A compreensão acerca da fisiologia das células nos ajuda a identificar quadros clínicos patológicos nos animais. “Na célula animal há o citoplasma e na célula vegetal essa estrutura é denominada de protoplasma”, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional. Ambos apresentam estruturas importantes para a sobrevivência ou multiplicação das células.

Saiba mais

Sr. Veterinário, conheça o sistema independente de produção de frangos de corte

O Brasil é o segundo maior produtor de frango de corte e o maior exportador de carne de frango, mesmo sendo o mercado interno o maior consumidor dessa proteína produzida no país. “A avicultura de corte conta basicamente com três grandes sistemas de produção: sistemas independente, sistemas de integração e sistemas de cooperativa”, explica Marcelo Dias, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Micoplasmose em aves causa grandes perdas econômicas e subclínicas

A micoplasmose causa grandes perdas econômicas, além de perdas subclínicas, pois seu controle é difícil de ser realizado nas granjas, explica Marcelo Dias, Professor do VET Profissional. Trata-se de uma doença que se tornou alvo do Programa Nacional de Sanidade Avícola – PNSA, por meio da Instrução Normativa SDA nº 44 de 23 de agosto de 2001, que aprovou uma série de normas técnicas para controle e certificação de núcleos e estabelecimentos avícolas em relação à micoplasmose aviária. São elas:

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba o que é CBT e qual a sua importância na qualidade do leite

A Contagem Bacteriana Total (CBT) avalia a qualidade microbiológica do leite indicando os níveis de contaminação. “Seu resultado é reflexo direto da higiene do processo de obtenção e conservação do leite”, explica Prof. Leonardo Cotta Quintão, do VET Profissional. As principais fontes de contaminação bacteriana do leite são:

Saiba mais

Anatomia dos tetos mamários de vacas leiteiras

A forma e posição dos tetos de uma vaca influenciam na facilidade da ordenha. “A superfície dos tetos apresenta uma pele fina e a parede dos tetos é formada por diversas fibras musculares lisas pelas quais circula extenso volume de sangue”, explica Paolo Vivenza, professor do VET Profissional. Observe, na imagem, as estruturas que compõem a anatomia dos tetos:

Saiba mais

Córnea, esclera e limbo: o que saber sobre isso?

Córnea e esclera formam a camada fibrosa do olho. O que torna a córnea transparente e a esclera branca são os tipos de colágenos atuantes, as disposições de suas fibras e as vascularizações. O limbo é a transição entre a córnea e a esclera. “Nesta região são encontradas inúmeras células-tronco que se multiplicam em ceratócitos que caminham no sentido da córnea, levando as células que se renovarão”, explica Kelly Pontes, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Mosca do Chifre: um dos parasitas que mais causam prejuízo à pecuária

Um dos parasitas que mais causam prejuízo à pecuária de corte ou de leite é a mosca de chifre. Sua população aumenta rapidamente com o início do período de chuvas e causa grande irritação nos animais, que ficam inquietos, tentando espantá-las. “As moscas, geralmente, ficam na região da cernelha, próximo ao pescoço dos animais. Têm preferência por animais de pelagem preta, principalmente machos inteiros”, explica Prof. Leonardo Cotta Quintão, do VET Profissional.

Saiba mais

Jardim filtrante: para que serve e como construir?

O jardim filtrante tem como finalidade dar destino as águas cinzas, isto é, águas que saem do chuveiro, do tanque e da máquina de lavar. Para construir esse jardim, é preciso colocar uma caixa para reter resíduos sólidos e uma caixa para reter gordura. “A primeira é ligada à entrada de água de toda casa, por uma tubulação, exceto do vaso sanitário. Também através de tubulação, o jardim é ligado à segunda caixa”, explica Marcelo Dias, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Quando optar pela compostagem nas propriedades rurais?

A compostagem é um processo controlado por decomposição microbiana, utilizado, assim como a fossa séptica, para purificar os dejetos produzidos nas propriedades rurais, no entanto, é a opção mais indicada para materiais de menor umidade, explica Prof. Marcelo Dias da Silva, do VET Profissional. O processo de compostagem ocorre da seguinte forma: - Inicialmente, formam-se leiras com o produto que passará pela compostagem. Esse material deverá fica sob temperatura de 25 C°.

Saiba mais

Saneamento básico: de quem é essa responsabilidade?

No Brasil, a falta de saneamento básico afeta mais as áreas mais pobres, agravando quadros epidemiológicos e de doenças infecciosas, sendo as crianças as maiores vítimas desse problema. “O saneamento básico é de responsabilidade do Estado e deve ficar sob sua supervisão, pois, tem como objeto a promoção da saúde e necessita de alto investimento”, explica o Prof. Dr. Marcelo Dias da Silva, do VET Profissional. Nesse caso, o ponto chave não pode ser o lucro.

Saiba mais

O que saber sobre a captação de água no meio rural?

Geralmente na zona rural não há água disponível pela rede pública. Diante disso, a questão da fonte dentro na propriedade para fornecimento de água é muito importante, explica Prof. Marcelo Dias da Silva, do VET Profissional. Na escolha do manancial, deve-se analisar as opções e características de cada tipo: • Se fornecerá água em quantidade suficiente, mesmo em período de escassez; • Lago e represas: fornecimento durante a seca; rios: suscetível a contaminações, se passa por alguma cidade e se recebe dejetos de indústrias.

Saiba mais

Pulorose, doença de alta mortalidade em granjas de aves jovens

A pulorose é uma doença causada pela Salmonella pullorum, um bacilo imóvel sem flagelo. Afeta exclusivamente aves, principalmente as jovens, desencadeando a chamada diarreia branca bacilar. “É uma doença de alta mortalidade, que chega a afetar 90% do plantel quando acontece”, explica Prof. Marcelo Dias, do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário: saiba mais sobre a bactéria Salmonelose

Segundo Prof. Marcelo Dias, do VET Profissional, “o gênero Salmonella é composto por inúmeras espécies, havendo grupos que causam grandes problemas sanitários na avicultura e outros que causam importantes doenças nos seres humanos”. Existem três grandes grupos de doenças associadas à salmonela, sendo duas delas de grande prejuízo para a avicultura: - Tifo, causada por Salmonella gallinarum. - Pulorose, causada por Salmonella pullorum. - Paratifo, causada por Salmonella spp. (as principais são Salmonella enteritidis e Salmonella typhimurium).

Saiba mais

Sr. Veterinário, responda: o que são parasitas?

Parasitas ou parasitos são organismos que vivem em associação com outros dos quais retiram os meios para a sua sobrevivência, normalmente prejudicando o organismo hospedeiro, um processo conhecido por parasitismo, afirma Profa. Mariana Fausto, do VET Profissional.

Saiba mais

Anemia infecciosa equina: saiba mais sobre essa doença

A anemia infecciosa equina (AIE) é uma doença de etiologia viral causada por um retrovírus da subfamília Lentivirinae, família Retroviridae. “A transmissão se dá a partir da transferência de sangue ou derivados sanguíneos contaminados, seja por via fômite ou por picadas de insetos, e ainda de forma intrauterina e seminal”, explica Maria Gazzinelli, Professora do VET Profissional.

Saiba mais

Aves em estado crítico: o que o veterinário deve fazer?

As aves quando chegam em clínicas, geralmente, já se encontram em estado crítico. “Elas são pacientes diferentes, não são como os cães e os gatos, porque mascaram os sinais clínicos de doenças. Devido a isso, os seus responsáveis normalmente não percebem quando elas começam a adoecer e a doença se agrava”, explica Letícia Bergo Coelho Ferreira, Professora do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário: aprenda sobre o bloqueio do nervo maxilar de cães

O nervo maxilar emerge pelo forame maxilar e é responsável por irrigar um dos lados da face do cão, explica Luís Eugênio Franklin Augusto, Professor do VET Profissional. O bloqueio desse nervo permite dessensibilizar a parte superior rostral e arcada superior do animal (teto da cavidade nasal, palato duro, palato mole, focinho, lábio superior, dentes incisivos e caninos superiores, dentes molares e pré-molares de um dos lados da face do paciente).

Saiba mais

Água de má qualidade mata muitas galinhas, você sabia?

A qualidade da água a ser consumida é de extrema importância para a sanidade do plantel avícola. “É costume falar que se a água não está boa para consumo humano, também não está boa para consumo animal”, afirma Marcelo Dias, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário: aprenda um pouco mais sobre os instrumentais cirúrgicos

Os instrumentais cirúrgicos são classificados e agrupados de acordo com a sua função ou sua utilização principal durante a cirurgia, sendo que a maioria deles possui mais de uma função, explica Profa. Kelly Cristine de Sousa Pontes, do VET Profissional.

Saiba mais

Galinhas poedeiras em gaiolas: vantagens e dimensão das gaiolas

Hoje, no Brasil, é mais comum as fases de cria e recria serem realizadas em piso e a fase de produção em gaiolas, explica Marcelo Dias, Professor do VET Profissional. As principais vantagens da criação de galinhas poedeiras em gaiolas são: - Ovos mais limpos; - Menor contato da ave com o solo; - Devido ao menor gasto de energia proporcionado pelo espaço limitado, tem-se maior produtividade.

Saiba mais

Suinocultura: como evitar a carne DFP de suínos

A "carne DFD, sigla em inglês que significa - dark, firm, dry, ou seja, escura, dura e seca - pode ser evidenciada pela cor escura, sendo ainda carne firme e seca com média de pH superior a 6,2", explica Mariana Costa Fausto, Professora do VET Profissional.

Saiba mais

Quanto mais luz mais botam as galinhas, você sabia?

Para botar, as aves precisam de boa quantidade e intensidade de luz. Somente assim terão a hipófise e o hipotálamo estimulados para a postura de ovos. “Para poedeiras, a intensidade de luz necessária é de 20 lux (lux é a unidade de medida de intensidade luminosa)”, explica Marcelo Dias, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

O fator Luz nas fases de cria e recria de galinhas poedeiras

Ao se trabalhar com cria e recria de aves, é preciso pensar em alguns pontos, explica Marcelo Dias, Professor do VET Profissional. São eles: I- Até 9 semanas, as aves são refratárias hormonalmente à luz. Dessa forma, nos dois primeiros dias de chegada da pintainha, são necessárias 23-24 horas de luz para que elas se adaptem aos círculos de proteção e ao ambiente. A partir daí, utiliza-se luz natural até a 9a semana de vida.

Saiba mais

Sr. Veterinário: conheça as vantagens e as desvantagens da TIVA

TIVA é a sigla para Total Intravenous Anesthesia (Anestesia Venosa Total em português – AVT). É uma técnica que se baseia na aplicação do anestésico geral injetável tanto para a indução da anestesia quanto para sua manutenção, explica Prof. Luís Eugênio Franklin Augusto, do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba mais sobre o Programa Nacional de Sanidade Avícola - PNSA

Devido à importância das doenças tifo aviário e pulorose, o MAPA desenvolveu um Programa Nacional de Sanidade Avícola (PNSA) que possui uma série de normatizações para proteger o plantel avícola nacional, explica Marcelo Dias, Professor do VET Profissional. Conforme a legislação do PNSA - Plantéis de reprodução devem ter certificação dos núcleos e granjas avícolas livres de Salmonella gallinarum e Salmonella pullorum, e controlados para Salmonella enteritidis e Salmonella typhimurium em todas as unidades da Federação.

Saiba mais

Sr. Veterinário: cuidados especiais durante a extração das presas caninas

Para extração do dente canino são utilizados o osteótomo e o martelo, retirando assim o alveolar em camadas, seguindo a curvatura do dente. “Ao utilizar os instrumentais, deve-se tomar cuidado para que os mesmos não escapem e atinjam a gengiva e a mucosa”, salienta Fernando T. Tavares Fernandes, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Esplenectomia em pequenos animais. Você sabe o que é isso?

A esplenectomia é o procedimento cirúrgico de remoção parcial ou completa do baço. "A técnica de esplenectomia parcial exige cuidados no momento da sutura a fim de evitar a hemorragia do órgão, pois o baço é caracterizado como parenquimatoso", explica Kelly Cristine de Souza Pontes, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Eutanásia animal. Quando indicar?

O Guia Brasileiro de Boas Práticas Para Eutanásia em Animais define eutanásia como “[...] a indução da cessação da vida animal, por meio de métodos tecnicamente aceitáveis e cientificamente comprovados, observando sempre os princípios éticos”. Logo, esse procedimento preza pelo respeito ao animal e à ética, explica Luís Eugênio Franklin Augusto, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, nesta aula um pouco mais sobre as células

As células possuem um ciclo de vida em que crescem, reproduzem e morrem. As que estão no período de crescimento passam por aumento quantitativo de moléculas e de material genético. A reprodução celular, por sua vez, corresponde à partição do núcleo e do citoplasma em duas células. “A reprodução celular é proporcional o aumento exponencial de células até a fase adulta do animal na qual o crescimento do organismo cessa”, explica Waleska de Melo Ferreira Dantas, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário: saiba como fazer as melhores suturas

Preocupar-se com a estética, em realizar ótimas e delicadas suturas em seus pacientes, é um quesito que todo médico veterinário deve se atentar. Afinal, “donos de animais que passam por procedimentos cirúrgicos têm seus pets como filhos e exigem, para os mesmos, uma prestação de serviço para lá de ótima e de excelente qualidade”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Pré-cobrição e gestações de porcas: instalações adequadas

O sistema de produção de suínos compreende as fases de pré-cobrição e gestação, maternidade, creche, crescimento e terminação. É de muita importância que os criadores, orientados por veterinários, saibam que “os aspectos construtivos das instalações diferem em cada fase de criação e devem se adequar às características físicas, fisiológicas e térmicas do animal”, explica Paulo César Brustolini, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário: atente-se à dosagem e concentração dos medicamentos

Conhecimentos sobre dosagem, concentração, dose e reconstituição são fundamentais para o médico veterinário, pois se não souber calcular a dosagem de um medicamento, não se terá condições de administrá-lo aos pacientes, explica Prof. Luís Eugênio Franklin Augusto, do VET Profissional.

Saiba mais

Suinocultor integrado/cooperado: o que saber sobre esse modelo?

O objetivo do sistema integrado/cooperado de criação de porcos é atender à agroindústria. “Nesses casos, a agroindústria realiza um contrato com o suinocultor que dedica toda a sua produção diretamente para a empresa”, explica Mariana Costa Fausto, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário: conheça as dimensões da suinocultura brasileira

O dimensionamento da suinocultura brasileira envolve a estimativa do número de animais produzidos, bem como a movimentação financeira dos elos que formam a cadeia produtiva, explica Mariana Costa Fausto, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Clostridioses em caprinos: doenças bacterianas de alta mortalidade

As Clostridioses são um complexo de enfermidades que ocorrem de forma muito rápida e fatal em caprinos, e são causadas por bactérias do gênero Clostrídios. Essas bactérias têm capacidade de esporulação, e são encontradas nas fezes dos animais, no solo, entre outros, explica Dra. Magna Coroa Lima, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Anestesia inalatória em cães e gatos: vantagens e desvantagens

A anestesia inalatória é a técnica de introdução de um agente anestésico por via respiratória através de vaporização. “Após a absorção pelo pulmão, o agente alcança a corrente sanguínea e chega até o sistema nervoso central, local em que produz o efeito desejado”, explica o Professor Luís Eugênio Franklin Augusto, do VET Profissional.

Saiba mais

Clostridioses em bovinos: doenças bacterianas de alta mortalidade

As Clostridioses são um complexo de enfermidades que ocorrem de forma muito rápida e fatal, e é causado por bactérias do gênero Clostrídios. Essas bactérias têm capacidade de esporulação, e são encontradas nas fezes dos animais, no solo, entre outros, explica Marcelo dias da Silva, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Equinos com carrapatos: como fazer o controle?

Os carrapatos são os principais ectoparasitas de equinos e correspondem ao maior desafio de contingência na criação e também em relação ao plano de biosseguridade.

Saiba mais

Doenças bacterianas em caprinos podem causar mortalidade dos animais?

É de grande importância saber identificar as doenças bacterianas de alta morbidade e de alta mortalidade em caprinos, sabendo quais são as mais prevalentes em jovens, conhecendo as práticas de diagnóstico, tratamento, profilaxia e controle dessas doenças nos caprinos.

Saiba mais

Bovinos e equinos: você conhece a fisiologia bucal desses animais?

O aparelho digestório, que é constituído por boca, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus, é responsável por garantir ao organismo o aproveitamento de todos os nutrientes presentes nos alimentos. “Esse aparelho se inicia pela boca, que é responsável pela apreensão e transformação física do alimento por meio do processo de mastigação, insalivação e deglutição”, explica a Dr.ª Waleska de Melo, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Médico Veterinário: você sabe o seu papel na preservação da água da propriedade rural?

“A produção de alimentos no campo seria impossível sem a presença de água. Ela é fonte de nutrientes para o homem, para os animais, necessária para a formação de pastagens e todos os tipos de cultivares e grãos”, explica Marcelo Dias da Silva, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Necropsia em suíno: avaliação da carcaça

Na necropsia, todas as estruturas que compõem o organismo do animal são detalhadamente investigadas em busca de anormalidades que corroborem para elucidação do diagnóstico post mortem.

Saiba mais

Osteologia canina: como é feita a divisão dos ossos?

A osteologia é o estudo dos ossos, juntamente com a cartilagem e os ligamentos, que formam o esqueleto do animal.

Saiba mais

Escarificação cirúrgica: você sabe o que é?

A escarificação cirúrgica é o preparo de mãos e antebraços de todos os integrantes da equipe cirúrgica e tem como finalidade exercer o bloqueio do crescimento bacteriano. “A escarificação atua separando os microrganismos da pele e colocando-os em contato com agente antimicrobiano”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Médico Veterinário: sabia que você pode atuar como fisioterapeuta animal?

Os profissionais que atuam em fisioterapia veterinária são médicos veterinários formados em instituições reconhecidas pelo MEC. Após a graduação, o profissional que deseja atuar na área de fisioterapia veterinária deverá fazer uma especialização - pós-graduação lato sensu - em fisioterapia animal.

Saiba mais

Anatomia sistemática da boca de animais: conheça as funções dos lábios e da bochecha dos animais domésticos

O aparelho digestório se inicia pela boca. A cavidade oral possui estruturas necessárias para apreensão, mastigação e deglutição do alimento ingerido. “A maioria das espécies de animais utilizam os lábios para realiza a apreensão e seleção dos alimentos”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Ultrassonografia para avaliação ginecológica de fêmeas bovinas: quais são as vantagens desse exame?

A ultrassonografia em reprodução animal, tanto relacionada a bovinos de corte quanto de leite, possibilita uma avaliação ginecológica mais precisa, executando exames de fêmeas para protocolos de IATF (inseminação artificial em tempo fixo) e TETF (transferência de embriões em tempo fixo).

Saiba mais

Ciclo estral de bovinos: você sabe reconhecer o cio de uma vaca?

“O ciclo estral é o período compreendido entre dois estros de duração variável. Porém, em torno de 21 dias, apresenta fases bastante evidentes, caracterizado por modificações da genitália tanto interna quanto externa, bem como no comportamento da fêmea”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Farmacocinética veterinária: como ocorre a absorção dos medicamentos?

“A farmacocinética estuda o caminho percorrido pelos medicamentos no organismo animal. Este caminho se inicia com a absorção da droga, a depender da via de administração”, explica Waleska de Melo, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Exodontia em pequenos animais: cuidados ao extrair dentes caninos

Para a realização da exodondia são utilizados o osteótomo e o martelo para a retirada do osso alveolar. “Essa técnica precisa ser executada de forma cuidadosa devido à força empregada nos instrumentos bem próximos às áreas internas da boca”, explica Fernando Fernandes, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Sêmen de garanhões: como fazer a coleta de forma adequada?

A inseminação artificial é uma técnica que permite maior eficiência na reprodução equina. “No entanto, para alcançar essa eficiência, é preciso coletar e avaliar o sêmen que será utilizado no processo, observando os critérios: número de espermatozoides, porcentagem de concentração, padrões de motilidade e vigor”, explica Maria Gazzinelli, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Staphylococcus aureus: bactéria de maior importância para a saúde animal

O Staphylococcus aureus é a bactéria que tem maior importância tanto para a saúde animal quanto pra saúde humana. “Ela pode ocasionar tanto infecções superficiais como profundas, além da produção de toxinas, muitas das quais responsáveis pelas toxinfecções alimentares”, explica Magna Coroa Lima, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Epidemiologia: qual a sua importância para o médico veterinário?

A epidemiologia (Epi-: sobre; -demos-: povo ; -logia: estudo) consiste em estudar “aquilo que se abate sobre o povo”: as epidemias. “É função da epidemiologia conhecer detalhadamente as doenças e buscar intervenções. Nesse contexto, a medicina veterinária se insere tanto na saúde pública quanto no controle de doenças em animais”, explica Marcelo Dias da Silva, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Histologia: qual a importância dessa disciplina para a Medicina Veterinária?

Uma das competências do médico veterinário é dar diagnósticos, procedimento que nem sempre envolve lesões e doenças. “Após uma análise, identificar que no órgão ou tecido não há alterações microscópicas também é uma forma de diagnosticar um paciente e é a histologia que fornece conhecimento para que o profissional consiga fazer esse tipo de verificação”, explica Rosyane Souza Cruzeiro, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Coliformes fecais na água? O que significa?

São indicadores de presença de microrganismos patogênicos na água. “Os coliformes fecais existem em grande quantidade em fezes humanas e animais e, quando encontrados na água, sugerem que essa pode ter sido contaminada com fezes ou dejetos”, explica Marcelo Dias da Silva, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Esofagotomia cervical animal: conheça essa técnica cirúrgica de abertura do esôfago

“A esofagotomia é a técnica cirúrgica de abertura do esôfago. Ela é importante tanto para explorar alguma alteração observada em exames quanto para remoção de corpos estranhos, neoplasias, correção de perfurações e fístulas, entre muitos outros casos”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Dentição dos animais domésticos: vamos conhecer as características dos dentes desses animais?

O conjunto dos dentes presentes na boca de um animal é chamado de arcada dentária. “Nos animais domésticos, o número de dentes é reduzido, chegando ao máximo de 46 a 48 dentes em um suíno, que são os representantes que apresentam a dentição mais completa desse grupo”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Microscópio cirúrgico: você conhece esse aparelho?

“O microscópio cirúrgico é um aparelho bem complexo, que permite melhores resultados, principalmente em microcirurgias. Os tipos existentes são os de teto, de mesa e de chão”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Indiscrição alimentar em cães: como diagnosticar?

“A Indiscrição alimentar é uma inflamação e, ou infecção do estômago e do intestino, caracterizada pelo aparecimento súbito de sinais como vômito, diarreia com ou sem sangue, desidratação, depressão, febre e dor abdominal”, explica Fabíola Carolina de Almeida, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Palpação transretal: qual a importância desse exame em fêmeas bovinas?

“As avaliações ginecológicas feitas em bovinos são de suma importância para o correto andamento dos estudos de índices zootécnicos nas propriedades, relacionados à reprodução animal”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Parasitologia veterinária: como os parasitas se disseminam?

“Essas zoonoses, como enfermidades naturalmente transmissíveis entre os animais e o homem, representam uma importante ameaça à saúde e ao bem-estar da população”, explica a professora Mariana Costa, do VET Profissional.

Saiba mais

Células: conheça essa estrutura essencial para a vida animal

A célula é a unidade básica do corpo dos mamíferos. O corpo é formado por mais de trilhões de células. “O conjunto de células formam os órgãos e sistemas responsáveis pelas funções vitais do organismo, por exemplo: respiração, deglutição, absorção e adaptação ao meio ambiente”, explica Waleska de Melo, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Babebiose em equinos: como diagnosticar?

“As possibilidades de diagnóstico são inúmeras quando se fala em redução de apetite. As primeiras suspeitas são problemas dentários ou relacionados à cavidade oral e verminoses, que não só reduzem o apetite como provocam considerável perda de peso”, explica Lorena Chaves Monteiro, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Teste de Schirmer: você sabe o que é?

“O teste de Schirmer determina a produção lacrimal do olho avaliado, com o uso de uma tira comercial, milimétrica, que deve ser colocada entre o terço lateral e o terço médio do saco conjuntival ventral do olho, evitando, dessa forma, o contato com a terceira pálpebra”, explica Gustavo Carvalho Cobucci, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Quando e como fazer a necropsia em animais?

No que se refere a animais, tanto de produção quanto de estimação, muitas são as causas que podem ceifar a vida desses seres. “A necropsia é, muitas vezes, a única forma de definir a causa mortis, o que, em relação aos animais de trabalho e produção, é importante para trabalhar a prevenção com os outros animais”, explica o Dr. João Paulo Machado, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Tricotomia em animais: o que é? Como deve ser feita?

“A tricotomia é a remoção dos pelos em torno do local a ser operado, o que facilita a visão do cirurgião e elimina partículas contaminantes porventura aderidas aos fios”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Alterações ortopédicas em animais: como avaliar a movimentação do paciente?

“É necessário observar o animal em diversas posições antes de prosseguir para os exames físicos. Devemos avaliar o paciente também em movimento: enquanto caminha, a trote e a galope, quando possível”, explica a professora Ana Carolina Silva Faria, do VET Profissional.

Saiba mais

Língua dos animais: vamos conhecer um pouco sobre esta estrutura?

“Entre as funções da língua, estão a deglutição e movimentação durante a mastigação, apreensão dos alimentos - sobretudo nos bovinos, funções gustativas e táteis e até mesmo a troca térmica nos carnívoros, que não tem glândulas sudoríparas”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Exames oftálmicos interno em animais: qual a importância desses exames?

Nos exames oftálmicos, é possível encontrar diferentes variações que são condições de um olho saudável, cabendo ao médico veterinário discernir o que é normal do que é patológico. “Assim, quanto mais exames o profissional fizer, sempre embasado nos estudos teóricos, mais experiente ele ficará para distinguir casos anormais”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Otite externa fúngica-bacteriana em cães: como diagnosticar?

A Malassezia é uma espécie de fungo que costuma viver de maneira comensal na pele dos cães, mas pode causar dermatites quando ocorre exagerada proliferação. As causas da otite bacteriana podem ser de cunho alérgico e recorrente ou devido à ação de bactérias oportunistas. “Ambas remetem ao manejo incorreto do paciente durante o banho ou tosa”, explica Fabíola Carolina de Almeida, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Como ocorre a fertilização em bovinos?

“O deslocamento dos espermatozoides desde a vagina até a região da tuba uterina pode ocorrer mediante os processos de transporte imediato (espermatozoides não viáveis para fertilização) ou transporte de sustentação (espermatozoides passando por etapas de transposição)”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Anestesia local e regional em cães e gatos: por que usar?

“A língua ou palato de um animal, quando não examinadas, podem deixar patologias passarem despercebidas”, explica Fernando Fernandes, professor do VET Profissional. O exame oral detalhado, nesse caso, só é possível em um paciente anestesiado e, para isso, o indicado é a utilização da anestesia local e regional.

Saiba mais

Nematelmintos da família Trichostrongylidae: características dos gêneros Trichostrongylus e Cooperia

“Os gêneros Trichostrongylus e Cooperia, são parasitos responsáveis pela gastroenterite parasitária”, explica a professora Mariana Costa, do VET Profissional, tendo o gênero Trichostrongylus como hospedeiros os ruminantes, equinos, suínos, coelhos e aves e o gênero Cooperia apenas os ruminantes.

Saiba mais

Eletrocardiograma em animais: você sabe o significado das ondas e intervalos?

O eletrocardiograma (ECG) é o registro gráfico da atividade elétrica do coração, em que as ondas e os intervalos vão simbolizar regiões específicas de passagem da onda elétrica. “O traçado eletrocardiográfico será marcado por um complexo de ondas e intervalos, representando a atividade elétrica no coração”, explica Luiz Eduardo Duarte de Oliveira, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Ovos: além de gerar uma nova vida, é um alimento de grande valor nutricional

O ovo, além de gerar uma nova vida, é também um alimento de grande valor nutricional. “Isso porque, como não há ligação direta entre a mãe e o embrião, dentro do ovo está todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento do filhote”, explica Marcelo Dias da Silva, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Equino apresentando o jarrete do membro pélvico direito edemaciado: quais exames necessários para detectar a enfermidade?

“O exame físico geral deve sempre ser realizado em animais atendidos a campo com queixas de problemas no sistema locomotor, pois muitas vezes cursam com episódios crônicos de dor”, explica Lorena Chaves Monteiro, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Programa de vigilância epidemiológica na propriedade rural: quais fatores devem ser analisados e seguidos para obter sucesso?

O programa de vigilância epidemiológica em uma propriedade rural permite o acompanhamento do status sanitário do rebanho, ajusta os dados de produção ao ideal, previne o plantel de doenças, planeja o calendário de vacinação e de monitoramento do rebanho e permite melhorar a gestão e a renda da propriedade rural diminuindo perdas e doenças.

Saiba mais

Tecido conjuntivo adiposo em animais: conheça as características desse tecido

O tecido conjuntivo adiposo é um tecido especializado, responsável pelo armazenamento e quebra de energia sob a forma de triglicerídeos; pela formação de coxins absorventes de choque, presentes, por exemplo, nos colchões palmares e plantares das patas dos animais.

Saiba mais

Equinos: como diagnosticar doenças do sistema nervoso?

O exame semiológico do sistema nervoso começa com a avaliação geral do animal, desde a identificação, anamnese e histórico de vacinações e vermifugações, dando atenção ao estado mental do animal, sua postura, alterações anatômicas e de ambulações.

Saiba mais

Estomatite em bovinos: você conhece essa afecção do sistema digestivo?

Estomatites são alterações (inflamações) que acometem a mucosa oral dos bovinos, podendo ocorrer em diversas partes como língua (glossite), palato (palatite) e gengiva (gengivite).

Saiba mais

Proteção radiológica: cuidados essenciais para o bem-estar e saúde do paciente, tutor e profissional

Quando se trata de radiação, os cuidados para proteger o paciente, o tutor e o funcionário são imprescindíveis. Para minimizar as doses a pacientes e trabalhadores, empregando os métodos razoáveis existentes, foi criado um princípio de segurança de radiação denominado ALARA (As Low As Reasonably Achievable - “tão baixo quanto razoavelmente possível”).

Saiba mais

Produção de leite: quais são os custos dessa atividade?

A produção de leite está diretamente relacionada com o consumo alimentar dos animais. Essa produção precisa vir de nutrientes que serão absorvidos no trato gastrointestinal do animal, passando por diversas reações bioquímicas, até chegar à glândula mamária. A partir disso serão formados precursores do leite, responsáveis pelo produto final de qualidade.

Saiba mais

Raças de ovinos de clima tropical: Conheça a raça Morada Nova

Entre as raças de ovinos indicadas para o clima tropical, reconhecidas como nacionais pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, estão Santa Inês, Morada Nova, Rabo Largo, Cariri, Crioula, Somalis Brasileira e Bergamácia Brasileira.

Saiba mais

Caprinos e as doenças parasitárias que os acometem - ectoparasitas

Apesar de sua rusticidade, os caprinos são bastante sensíveis às parasitoses, as quais afetam seu desempenho. Considerando a grande importância social e econômica da caprinocultura, é preciso que os criadores sigam rigorosamente as medidas de manejo adequadas para evitar esse problema, possibilitando, assim, maior desenvolvimento da atividade.

Saiba mais

Anestesia paravertebral proximal: vamos conhecer essa técnica de anestesia?

A técnica de anestesia paravertebral proximal é uma das técnicas mais utilizadas e mais eficientes para o acesso ao flanco dos bovinos, garantindo analgesia das seguintes estruturas: • Pele; • Subcutâneo; • Musculatura; • Peritônio.

Saiba mais

Instrumentais cirúrgicos: você sabe organizar a mesa de instrumentais para uma cirurgia?

Material cirúrgico é todo o conjunto de objetos, instrumentos e equipamentos que entram em contato direto ou indireto com a região a ser submetida a determinado procedimento cirúrgico. Existem vários instrumentos cirúrgicos e quase sempre levam o nome de seus idealizadores.

Saiba mais

Suinocultura: medidas de biosseguridade necessárias na granja

Você sabe o que é biosseguridade? Biosseguridade é um conjunto de medidas de manejo inteligente, imprescindíveis frente ao aumento dos desafios enfrentados na suinocultura, sobretudo: a alta densidade populacional das unidades produtoras e a alta rotatividade. Nesse cenário, qualquer perda gera grande impacto econômico.

Saiba mais

Sr. Veterinário: o que é cirurgia de nodulectomia?

A cirurgia de nodulectomia é uma técnica direcionada para a remoção de tumores malignos e benignos. A retirada dos tecidos é uma medida preventiva para evitar a proliferação de células tumorais.

Saiba mais

Tamanduá-mirim: Sr. Veterinário, como realizar o atendimento desse animal?

A avaliação física do tamanduá-mirim deve ser feita da mesma forma que a avaliação de um animal doméstico. É importante que todos os equipamentos que serão utilizados já estejam prontos na hora do exame para que a contenção física do paciente seja rápida e objetiva, diminuindo, assim, o estresse.

Saiba mais

Urolitíase em animais domésticos: o que é e como diagnosticar?

A urolitíase é uma enfermidade de formação de cálculos no aparelho urinário, causando obstruções e infecções urinárias e formação de cristais. Esses cálculos são chamados de urólitos e variam conforme a sua composição.

Saiba mais

Aparelho urogenital de animais domésticos: órgãos reprodutivos femininos

A reprodução, tanto na espécie humana quanto na espécie animal, é essencial para a perpetuação das espécies. Nas fêmeas, o ovário é a gônada feminina responsável pela produção do gameta, chamado de ovócito ou óvulo. Os ovócitos produzidos pelo ovário são liberados a cada ciclo estral da fêmea para que seja fecundado, formando, assim, o embrião e, consequentemente, gerando uma nova vida.

Saiba mais

Exames oftálmicos em animais domésticos: por onde começar?

O exame oftálmico é importante não só para avaliação da afecção presente, mas também para obter informações importantes sobre outros órgãos, como fígado, sistema cardiovascular etc.

Saiba mais

Sarna otodécica: o que é e como diagnosticar?

O agente é definido como “ácaro não escavador”. Essa denominação ocorre em razão de todo o seu ciclo e atividades que ocorrerem na superfície da epiderme do conduto auditivo dos animais infectados.

Saiba mais

Estrutura óssea da cabeça de cães e gatos: vamos conhecer?

No caso do estudo de estruturas da cabeça e regiões da face, torna-se necessário observar as áreas como um todo.

Saiba mais

Pesquisa de endoparasitas: conheça as principais técnicas

A pesquisa de endoparasitas nas fezes de animais serve para detectar a presença de vermes e protozoários no organismo do animal, o que pode causar doenças intestinais.

Saiba mais

Regulação da síntese hormonal: entenda mais esse processo

Os hormônios são substâncias químicas específicas sintetizadas pelo sistema endócrino ou por neurônios altamente especializados.

Saiba mais

Exame radiográfico do boleto equino: achados normais nessas imagens radiográficas

As imagens radiográficas obtidas através de quatro projeções permitem a avaliação completa e importantes informações sobre a articulação do boleto dos equinos.

Saiba mais

Insuficiência cardíaca congestiva em cães e gatos: quais são as características dessa síndrome?

A insuficiência cardíaca congestiva é uma síndrome clínica decorrente de diversas doenças cardíacas. É caracterizada por altas pressões de enchimento do ventrículo (direito ou esquerdo), levando a uma congestão sanguínea.

Saiba mais

Avicultura: o que é círculo de proteção para pintinhos?

Para os pintinhos, o ambiente quente é fundamental para a sobrevivência, eles devem ficar juntos e bem aquecidos, o que se obtém com a utilização de um cercado, chamado círculo de proteção. O círculo de proteção ou determinada área limitada do galpão, tem por finalidade proteger os pintos de correntes de ar e mantê-los próximos da fonte de calor, de água e de alimento.

Saiba mais

Cistocentese em animais domésticos: você conhece essa prática?

A cistocentese é o método de coleta de urina que apresenta como vantagem a redução da possibilidade de contaminação da amostra por material presente no prepúcio, pênis ou uretra dos pacientes. Além disso, a técnica evita a contaminação iatrogênica do trato urinário e lesões causadas pela passagem de sondas uretrais.

Saiba mais

Bactérias do gênero Brucella: conheça esse gênero de bactérias responsável por causar doenças em animais e humanos

Os microrganismos que compõem o gênero Brucella são cocobacilos gram-negativos, intracelulares facultativos, possuem um sistema reprodutor e células reticuloendoteliais e causam infecção de caráter crônico.

Saiba mais

O que são fungos? Qual a sua importância ecológica?

Os fungos são organismos eucariontes, isto é, possuem células nucleadas, existindo espécies unicelulares e pluricelulares. Possuem quitina (não possuem celulose) como componente da parede celular. Eles estão presentes em ambientes aquáticos, mas principalmente em ambiente terrestre, e sobrevivem decompondo organismos mortos (saprófitas), se associando a outros animais em uma relação de mutualismo (simbiose) ou parasitando outros organismos.

Saiba mais

Rufiões: como escolher e preparar esses animais?

Rufiões são machos não castrados, mas incapazes de fecundar as fêmeas. Eles são importantes, não apenas para a identificação do cio, mas também para estimular as fêmeas a retornar de modo mais precoce ao estro. Esse retorno, gerado pela presença de rufiões, funciona para fêmeas paridas e também para novilhas primíparas, que estão adentrando à puberdade.

Saiba mais

Doença no rebanho: como verificar o comportamento dessa doença?

Quando um animal fica doente, a primeira coisa a ser ponderada é se ele adoeceu em isolamento ou a partir do contato com locais diferentes ou outros animais/populações. Um animal adquirido em um leilão, por exemplo, pode levar para a propriedade uma doença que ainda não existia lá.

Saiba mais

Neonato equino: você sabe o que é retenção de mecônio?

Mas afinal, o que é mecônio? Mecônio é o nome dado às primeiras fezes do equino compostas por secreções intestinais, secreções do fluido amniótico e debris celulares. A eliminação do mecônio se dá até 12 horas de vida e, quando fica retido por período maior, desencadeia uma condição denominada retenção de mecônio.

Saiba mais

Tecido ósseo: você conhece as características desse tecido de sustentação?

O tecido ósseo é o principal tecido presente no esqueleto dos animais, tendo a função de sustentação do corpo, apoio aos músculos, inserção de tendões, proteção dos órgãos e depósito de cálcio e outros minerais, chegando a conter 99% de todo o cálcio presente no organismo.

Saiba mais

Projeções radiográficas: você sabe quais e como solicitar?

De acordo com os achados no exame físico, o médico veterinário deve solicitar o exame radiográfico, especificando as projeções necessárias. Para isso, deve relembrar os conceitos anatômicos aprendidos durante seus anos de estudo e conhecer o posicionamento correto do paciente e o mecanismo do raio, desde a sua direção de ação até os fatores de proteção e qualidade da imagem.

Saiba mais

Ovinos em sistema orgânico de produção

Definir qual sistema de produção utilizar na ovinocultura é uma decisão que depende das características da propriedade, do produto que será produzido, se a criação opta pela aquisição de animais ou se a propriedade conta com uma programação de manejo reprodutivo, entre inúmeros outros aspectos. Assim, é preciso conhecer as especificações de cada sistema para entender qual se encaixa melhor em cada realidade.

Saiba mais

Saiba quais são os cuidados necessários no manejo da cabra prenha a fim de evitar o estresse e a ocorrência de abortos

O manejo correto do rebanho em cada etapa é fundamental para o bom desenvolvimento dos animais e o manejo das fêmeas gestantes requer atenção especial, uma vez que nesse período elas apresentam baixa imunidade e, por isso, grande possibilidade de perda da cria.

Saiba mais

Classificação de doenças na medicina de produção de bovinos

A medicina de produção se baseia no gerenciamento das informações coletadas para a elaboração de um diagnóstico, de modo que essas informações englobam a realidade da propriedade atendida e das do seu entorno, a identificação de cada animal, o levantamento do histórico clínico de todas as doenças que o animal atendido teve ao longo da sua vida, anotação dos parâmetros produtivos, reconhecimento das estruturas da propriedade, entre outros.

Saiba mais

Fisiologia renal: filtração glomerular e sua importância

Entre as funções dos rins, destaca-se a função excretora, que consiste na eliminação de toxinas por meio da urina. No entanto, para que isso ocorra, é preciso que a urina seja formada, o que é possibilitado, entre outros processos, pela filtração glomerular.

Saiba mais

Animais sinantrópicos: você sabe o que são?

Animais sinantrópicos são aqueles que, embora indesejados pelo homem, vivem no espaço urbano devido às condições de alimentação e abrigo que o ambiente proporciona. São pragas que transmitem doenças ou são peçonhentos.

Saiba mais

Regulação de consumo alimentar em bovinos: entenda como ocorre

O consumo de matéria seca (CMS) é o principal ponto da nutrição bovina. Em um período de 24 horas, os animais de alta produção podem ter problemas para consumir grande quantidade de alimentos, sendo necessário o estímulo.

Saiba mais

Necropsia de ovinos: avaliação da cabeça e remoção do cérebro

Na necropsia, todas as estruturas que compõem o organismo do animal são detalhadamente investigadas em busca de anormalidades que corroborem para elucidação do diagnóstico post mortem. Entende-se como carcaça as estruturas que permanecem após a retirada de todos os órgãos internos do animal, como cabeça, ossos, músculos, cérebro e medula espinhal, e ao realizar a avaliação dessas estruturas, alterações podem representar processos patológicos em outros sistemas orgânicos.

Saiba mais

Quais são as normas que devem ser seguidas para se realizar uma boa sutura?

A realização da sutura, principalmente a cirúrgica, envolve lógica e habilidade. É importante que o Médico Veterinário tenha cuidado ao realizar a sutura, afinal, muitos proprietários avaliarão o trabalho do cirurgião de acordo com o resultado da sutura em seus animais.

Saiba mais

Quarentena de fêmeas suínas: o que é e como fazer?

A quarentena é uma estrutura separada do galpão principal para onde devem ser encaminhadas as fêmeas recém-chegadas à granja. Lá, elas permanecerão por tempo suficiente até que se verifique a ausência de doenças e outros fatores contaminantes trazidos de fora que podem comprometer todo o plantel principal.

Saiba mais

Osteologia animal: membros torácico e pélvico. Há semelhança entre eles?

Os membros torácico e pélvico representam a porção principal do esqueleto e são responsáveis pela locomoção dos animais. A principal diferença entre os membros torácico e pélvico está na função que desempenham: o membro torácico é responsável pelo direcionamento do animal, ou seja, seu deslocamento em direções distintas, enquanto o membro pélvico está relacionado com a capacidade de tração animal, isto é, a força para realizar movimentos em determinada direção.

Saiba mais

Anestesia inalatória em pequenos animais: quais são as vantagens e desvantagens?

Você sabe o que é a anestesia inalatória? A anestesia inalatória consiste em introduzir o agente anestésico por via respiratória por meio da vaporização, e a anestesia ocorre quando o medicamento é absorvido pelo pulmão, alcançando o sistema nervoso central através da corrente sanguínea.

Saiba mais

Palpação do sistema tegumentar em cães e gatos: qual a importância desse exame?

Durante a realização do exame físico específico, podemos classificar morfologicamente alterações que podem ocorrer na pele de cães e gatos e que podem ser identificadas por meio da palpação e olfação.

Saiba mais

Um animal necessita de biopsia gástrica: como é feito esse procedimento?

Inicialmente foi feito um exame de ultrassonografia que mostrou um espessamento da parede do estômago e uma massa no lóbulo direito do fígado. Sendo assim, foi realizada uma laparotomia exploratória, para avaliação da cavidade abdominal e do estômago para determinação do correto procedimento cirúrgico a se realizar.

Saiba mais

Eutanásia em animais

O Guia Brasileiro de Boas Práticas Para Eutanásia em Animais define eutanásia como “[...] a indução da cessação da vida animal, por meio de métodos tecnicamente aceitáveis e cientificamente comprovados, observando sempre os princípios éticos”. Logo, esse procedimento preza pelo respeito ao animal e à ética.

Saiba mais

Répteis: o que é preciso saber sobre esses animais como pacientes?

Estudar sobre pets exóticos ou não convencionais é muito importante para o médico veterinário porque se trata de animais cada vez mais recorrentes nos consultórios e dentre esses animais se encontram os répteis.

Saiba mais

Injúria renal aguda (IRA) em animais domésticos: como diagnosticar?

A injúria renal aguda (IRA) pode ser caracterizada pelo declínio rápido, abrupto, sustentado e reversível da função renal por um período de dias a semanas. A IRA trata-se então de uma disfunção renal decorrente de uma lesão aguda.

Saiba mais

Crioterapia na oftalmologia veterinária: entenda quando pode ser utilizada

A crioterapia, técnica que utiliza gelo, é aplicada na oftalmologia veterinária para corrigir anormalidades ciliares, destruindo os folículos problemáticos.

Saiba mais

Cavidade abdominal: divisões da estrutura que aloja a maioria dos órgãos do sistema digestório

A cavidade abdominal faz parte do tronco do animal, que é dividido em tórax, abdômen e pelve e se encontra na porção caudal ao diafragma. Ela é composta por quatro músculos, formando, assim, a parede abdominal.

Saiba mais

Defeito de septo ventricular: Você conhece essa cardiopatia que acomete cães e gatos?

O defeito de septo ventricular acontece durante a formação do septo interventricular, sendo mais comum em cães de médio a grande porte e gatos.

Saiba mais

Fisioterapia em animais: é possível realizar atendimento no domicílio do paciente?

Os pacientes internos são aqueles que recebem atendimento do fisiatra em clínicas, hospitais ou centros de reabilitação de propriedade do médico veterinário ou em parceria com outros médicos. Já os pacientes externos, são aqueles cujo atendimento é realizado pelo fisiatra em domicílio.

Saiba mais

Crioscopia do leite: quais os fatores que podem causar variações na crioscopia do leite?

Crioscopia é o estudo da diminuição do ponto (temperatura) de congelamento (solidificação) do solvente presente em uma determinada solução após a adição de um soluto não volátil.

Saiba mais

Osteossíntese: você conhece esse procedimento?

Na ortopedia, osteossíntese é o termo utilizado para a intervenção cirúrgica feita nas extremidades de ossos fraturados, havendo necessidade do uso de placas, hastes, parafusos e, ou pinos para unir as bordas do osso, para que a fratura seja corrigida.

Saiba mais

Paciente canino diagnosticado com Diabetes Mellitus: e agora?

A diabetes pode causar aumento da taxa de glicemia acarretando complicações no coração, nas artérias, olhos, rins e nervos. Em casos mais graves, pode levar à morte.

Saiba mais

Eritrograma? Você sabe o que significa?

O hemograma tem como objetivo avaliar a saúde geral do animal. O exame é composto por três partes principais, a saber: eritrograma, leucograma e trombograma.

Saiba mais

Fratura do corpo da mandíbula de um cachorro. E agora?

As fraturas mandibulares são muito comuns de ocorrem em cães e gatos. O médico veterinário deve ter em mente que, na fratura mandibular os animais devem ser tratados de forma independente, estudando-se caso a caso e recorrendo a manejos adequados para cada situação.

Saiba mais

Suspeita de enteroparasitas? Saiba como coletar amostras para o exame coproparasitológico

O diagnóstico de helmintoses em animais domésticos, deve conter a análise cuidadosa de vários fatores, como anamnese, observação microscópica e diagnóstico diferencial.

Saiba mais

Avaliação ultrassonográfica da região de metacarpo, metatarso e quartela dos cavalos: como preparar o animal para esse exame?

Saber executar o equipamento ultrassonográfico, dominar a composição das estruturas anatômicas dos cavalos e também identificar as imagens das regiões tem se tornado um grande desafio e agregado muito valor aos Médicos Veterinários. Mas para que o exame tenha sucesso, é de grande importância o preparo dos animais.

Saiba mais

Degeneração hidrópica: você sabe o que é?

Conceituação de degeneração hidrópica: lesão celular reversível caracterizada por acúmulo de eletrólitos (principalmente Na+) e de água no interior da célula, tornando-a tumefeita.

Saiba mais

Suspeita de câncer no animalzinho? Qual exame solicitar? Citologia ou histopatologia?

O câncer deriva da palavra karkinos que, no grego, significa caranguejo. Esta é uma analogia à forma pouco delimitada e infiltrativa dos diversos tumores cancerígenos.

Saiba mais

Inseminação artificial: como preparar a égua para o procedimento?

A inseminação artificial na reprodução animal torna o processo reprodutivo mais eficiente quando comparado ao método de monta natural. Nesse sentido, entre os benefícios da inseminação de éguas, cita-se a possibilidade de inseminar várias éguas com apenas um ejaculado, aumentando a eficiência do garanhão, evitando a transmissão de DSTs entre outros.

Saiba mais

Paciente equino com alteração na locomoção? Quais exames físicos específicos devem ser feitos?

Ao se receber um equino apresentando alterações no padrão de locomoção, com relatos de pioras gradativas, o médico veterinário deve inicialmente realizar um exame físico geral. Após essa primeira etapa de exames, passamos para os exames específicos.

Saiba mais

Enucleação: você conhece esse procedimento?

A enucleação é a remoção cirúrgica do globo ocular, da conjuntiva, da terceira pálpebra (nictante) e das margens palpebrais. Essa é uma das cirurgias oftalmológicas mais comuns em animais de grande porte.

Saiba mais

Bactérias do gênero Moraxella: quais os prejuízos que essas bactérias causam?

O gênero Moraxella apresenta cocoides gram-negativos, colônias acinzentadas, hemolíticas, oxidase e catalase positivas, possui a característica de ser imóvel e apresenta uréase e indol negativas.

Saiba mais

Epidemiologia descritiva: você sabe o que é?

A epidemiologia descritiva é importante na área da medicina, cujo objetivo é examinar e descrever todos os fatores relacionados à incidência ou prevalência de uma doença e que podem ser responsáveis por seu desenvolvimento. Para isso, são considerados vários fatores, como sexo, idade, ocupação, estilo de vida etc.

Saiba mais

Doenças nutricionais em equinos: conhceça a Paralisia Periódica Hipercalêmica (PPH)

A Paralisia Periódica Hipercalêmica (PPH) é uma doença genética autossômica dominante, também chamada de doença do Impressive (garanhão da raça quarto de milha que foi o principal disseminador da doença), ou paralisia periódica induzida por potássio.

Saiba mais

Células do tecido conjuntivo: o que são células fixas ou residentes?

Algumas células do tecido conjuntivo são produzidas localmente, ou seja, são próprias do tecido conjuntivo. São chamadas de células fixas ou residentes. Outras vêm de outro local e podem habitar o tecido temporariamente.

Saiba mais

Imagem radiológica: quais fatores afetam a sua formação?

Conhecer os princípios da formação da imagem radiográfica, a ação dos raios X e os equipamentos que podem ser usados para a captura de imagens auxilia na execução correta do exame e na compreensão da importância dos cuidados que devem ser tomados ao lidar com radiações.

Saiba mais

Ovino intoxicado por ureia? Conheça esse tipo de intoxicação que pode acometer o rebanho

A intoxicação por ureia é causada por níveis elevados de NH3 no sangue que excedem a capacidade tamponante do sistema circulatório. É mais frequente em animais confinados e em animais que recebem suplementação no período de seca.

Saiba mais

Verminoses em caprinos: quais são os cuidados necessários com o rebanho?

Você sabia que, assim como ocorre com as ectoparasitoses e protozooses, os caprinos são sensíveis também às verminoses? As verminoses são endoparasitas de grande importância na caprinocultura, causadas pelos helmintos (vermes).

Saiba mais

Retenção de placenta em bovinos: quais os cuidados necessários?

A retenção de placenta é a não expulsão da placenta dentro do período de 12 horas após o parto. Em algumas literaturas consta que esse período pode ser de 24 horas, mas, como é difícil saber com exatidão a hora em que o parto ocorreu, o comum é considerar um caso de retenção de placenta se a expulsão não tiver ocorrido até o dia seguinte.

Saiba mais

Ventilação pulmonar: vamos conhecer as variações encontradas nesse processo?

A ventilação pulmonar é a renovação do ar contido na porção condutora da via respiratória. Esse processo é também denominado respiração e é regido pelo movimento involuntário ou voluntário de inspiração e expiração.

Saiba mais

Raiva: conheça essa zoonose de alta taxa de mortalidade

Dentre as diversas zoonoses existentes no Brasil, a Raiva talvez seja a mais conhecida. Contudo, essa é uma doença que preocupa todas as sociedades humanas. Ao longo da história, sua gravidade e abrangência geraram uma série de campanhas para combate e controle.

Saiba mais

Bovinos: exigência nutricional de energia para produção de leite

O bovino possui exigências diárias de água, energia, proteína, minerais, vitaminas e outros nutrientes. Essas exigências podem variar em função de fatores como: peso vivo, categoria, estado fisiológico, uso de promotores de crescimento e fatores ambientais.

Saiba mais

Necropsia de bovinos a campo: como iniciar esse procedimento?

Para realização da necropsia, são utilizadas técnicas específicas de exames. No entanto, antes de iniciar os exames propriamente ditos, deve ser feito o levantamento do histórico clínico do animal, também conhecido como perinecropsia.

Saiba mais

Exérese de glândulas salivares: você conhece este procedimento?

A exérese nada mais é do que a remoção cirúrgica de partes estranhas ou doentes do corpo. A exérese das glândulas salivares, nos casos veterinários, é geralmente recomendada quando, estando os ductos salivares obstruídos, cistos se formam devido ao acúmulo de saliva, ou quando há lesões glandulares ou dos ductos em virtude de traumas que geram o extravasamento da saliva. Esses traumas acontecem frequentemente por brigas entre os animais, que mordem uns aos outros na região do pescoço.

Saiba mais

Melhoramento genético de suínos: vamos conhecer o histórico?

No melhoramento genético se modifica um rebanho em suas características fenotípicas, por meio de alterações na frequência de determinados genes, com o objetivo de aumentar a eficiência produtiva dos animais. Devem ser identificadas as características de maior impacto na produtividade e lucratividade da atividade e, a seguir, deve ser promovido o melhoramento, especificamente, para essas características.

Saiba mais

Osso coxal: conheça essa porção da pelve óssea de animais

A pelve, formada pelos ossos coxal, sacro e as primeiras vértebras coccígeas é a porção final do tronco, onde se fixam os membros pélvicos e a cauda. O osso coxal é constituído pela fusão de três ossos: ílio, ísquio e púbis.

Saiba mais

Reconstituição: que tipo de medicamento é esse?

A reconstituição consiste em retornar um medicamento da forma de pó (liofilizado) para sua forma original líquida. Muitos medicamentos são vendidos liofilizados, pois isso garante maior durabilidade do fármaco para a comercialização. Após serem reconstituídos, os medicamentos passam a ter vida útil reduzida.

Saiba mais

Aquaponia: Sr. Veterinário, você conhece esse sistema de integração?

A aquaponia é a integração da produção de pescados, como peixes e camarões, com o cultivo hidropônico de hortaliças, como legumes e verduras, em um mesmo sistema produtivo, com reaproveitamento constante da água e dos nutrientes remanescentes dos processos produtivos ainda presentes nessa água.

Saiba mais

Fisioterapia animal: como o proprietário pode ajudar na recuperação do animal?

O profissional deve confiar que o proprietário irá seguir todas as recomendações para que o tratamento do paciente obtenha sucesso. Por isso, podemos dizer que a fisioterapia não se limita ao tratamento na clínica.

Saiba mais

Aves de estimação: quais os cuidados e preparativos para realizar o exame desses animais?

A avaliação da ave como um paciente envolve fatores que correspondem não apenas ao exame físico, mas também ao seu histórico de saúde. Ainda, se possível, o profissional deve observar o ambiente em que a ave está inserida e o seu comportamento de interação com esse ambiente para um diagnóstico completo.

Saiba mais

Células somáticas (CCS): qual a importância da contagem dessas células?

A contagem de células somáticas (CCS) é uma importante ferramenta que indica a saúde da glândula mamária de vacas leiteiras. É realizada nos laticínios para verificação da qualidade do leite e da prevalência de mastite no rebanho.

Saiba mais

Apiterapia: qual a importância das abelhas na vida do ser humano?

As abelhas participam diariamente de nossa vida, até mesmo de quem não tem conhecimento de como criá-las: basta pensar na polinização das plantas com sua geração de frutos e no verde do Planeta.

Saiba mais

Cystoisospora: você conhece esse tipo de afecção?

Geralmente, as infeções por Cystoisospora ocorrem em animais jovens, associadas a situações estresse, deficiências sanitárias, doenças concomitantes ou subnutrição.

Saiba mais

Eritrócitos de aves: vamos conhecer suas características morfológicas?

A morfologia dos eritrócitos varia de acordo com a espécie animal. Dentre as características morfológicas dos eritrócitos das aves, podemos citar: • As aves possuem eritrócitos nucleados. • São células elípticas, com citoplasma. O núcleo é centralizado. • O núcleo cora-se de roxo e o citoplasma de rosa-alaranjado, mantendo uma textura uniforme. • A cromatina nuclear fica mais condensada com a idade do animal. Nas aves, a cromatina nuclear funciona como um diferenciador entre aves mais novas e aves velhas.

Saiba mais

Foliculogênese ovariana em bovinos: você sabe o que são foliculogênese basal e foliculogênese tônica?

A foliculogênese é um processo dinâmico e contínuo de crescimento e maturação do oócito, em que ocorre a proliferação e diferenciação das células da granulosa e teca (indução hormonal) e liberação de oócito apto para ser fertilizado.

Saiba mais

Parasitas de animais domésticos: o que são?

Parasitas ou parasitos são organismos que vivem em associação com outros dos quais retiram os meios para a sua sobrevivência, normalmente prejudicando o organismo hospedeiro, um processo conhecido por parasitismo.

Saiba mais

Sistema nervoso: vamos conhecer a divisão desse sistema?

O sistema nervoso é considerado um dos tecidos mais especializados do organismo animal, sendo o principal regulador de todas as funções realizadas no organismo.

Saiba mais

Melanina? Melanócito? Melanose? Entenda o que são estes termos

A melanina é um pigmento endógeno, cuja cor varia do castanho ao negro, sendo amplamente encontrada em animais e plantas. O acúmulo de melanina é a melanose.

Saiba mais

Muda de penas das aves poedeiras: entenda esse processo

A muda anual é uma ocorrência natural, caracterizada pela perda de penas do corpo da ave e por um descanso ou pausa na produção de ovos. As aves nesse estado tornam-se fotorrefratárias, ou seja, não respondem aos estímulos luminosos, perdem o apetite e têm o peso corporal reduzido.

Saiba mais

Animal com câncer, necessitando de quimioterapia. Mas afinal, o que é quimioterapia?

A quimioterapia é uma modalidade recente para tratamento do câncer, apresentando, aproximadamente 50 anos de prática. Contudo, existem relatos de civilizações antigas que utilizavam extratos de plantas para o tratamento de tumorações, a exemplo do arsenito, cujo uso foi mencionado há 400 a.C.

Saiba mais

Comportamento sexual e libido de equinos: quais tipos de distúrbios podem ser observados?

O médico veterinário deve ter plena noção do que é considerado um comportamento sexual e a libido normal para a espécie, ao avaliar garanhões a fim de considerar ou não esses animais como reprodutores de excelência.

Saiba mais

Morfologia bacteriana: você sabe classificar as bactérias morfologicamente?

Bactérias são organismos unicelulares formados por células procariontes. Apresentam estruturas essenciais, comuns a todas as espécies, entretanto há grupos que apresentam estruturas específicas.

Saiba mais

Adestrar ou não o cãozinho? Qual a importância do adestramento?

Grande parte dos donos de cães acha que não é necessário adestrá-los, mas, certamente, esta não é a melhor conduta para quem possui um cão.

Saiba mais

Broncopneumonia em equinos: veja como alguns descuidos pode favorecer essa doença

Um animal foi transportado por cerca de 100 km até um evento de cavalgada, por onde permaneceu em exercício físico intenso até a noite, retornando em uma carreta aberta, sem proteção contra o vento.

Saiba mais

Fungos? Não. Actinomyces. Você conhece esse gênero de bactérias?

Actinomyces é um gênero de actinobactérias anaeróbias ou anaeróbias facultativas que não formam esporos. São gram-positivas, que individualmente possuem a forma esférica e, quando formam colônias, assumem estruturas semelhantes às hifas dos fungos.

Saiba mais

Influenza equina: um tipo de afecção viral que acomete o sistema respiratório de equinos

A influenza equina é uma doença respiratória aguda de etiologia viral causada por duas cepas de ortomixovírus: Influenza A/equina 1 (H7N7) e Influenza A/equina 2 (H3N8).

Saiba mais

Fisiopatogenia das doenças ósseas metabólicas: vamos entender o que é?

O corpo sempre busca o equilíbrio. Em relação ao sistema ósseo, o principal equilíbrio é entre cálcio e fósforo séricos e dos ossos, o que quer dizer que, sempre que precisar, o corpo vai retirar esses minerais dos ossos ou do sangue para desempenhar suas funções.

Saiba mais

Criação de ovinos: qual a importância do bem-estar animal?

Já é comprovado que o animal que vive sob condições saudáveis e que o permite expressar seu comportamento natural produz bem mais que o animal submetido a condições ruins, além de seu produto ser de qualidade muito superior. Sendo assim, o produtor só tem a ganhar ao adotar as práticas de bem-estar animal na propriedade.

Saiba mais

Alimentação dos caprinos: o que deve ser pensado ao fazer o planejamento alimentar desses animais?

A alimentação está entre os principais fatores que contribuem para o bom desempenho produtivo e reprodutivo dos caprinos, de modo que uma dieta inadequada acarreta importantes prejuízos ao produtor, uma vez que provoca a queda da imunidade e torna o animal suscetível a doenças.

Saiba mais

Cetose e esteatose hepática em vacas leiteiras: conheça duas doenças metabólicas que ocorrem simultaneamente no animal

A cetose é uma desordem metabólica associada ao balanço energético negativo e à carência de carboidratos precursores de glicose, típicas do período do parto de vacas de elevada produção de leite. Enquanto a esteatose hepática é a condição na qual ocorre acúmulo de triglicerídeos dentro dos hepatócitos (acúmulo de gordura nas células do fígado).

Saiba mais

Febre maculosa? Como ocorre a transmissão dessa doença?

A febre maculosa é uma doença causada pela bactéria Rickettsia Gram-, cujo vetor são os carrapatos do gênero Amblyommas da família Ixodidae. No Brasil, a maior parte dos casos acontece na região sudeste.

Saiba mais

Necropsia em gatos: como fazer a avaliação das mucosas?

Na necropsia é feita uma análise detalhada do cadáver, tanto na parte externa como interna. O exame externo nada mais é que uma avaliação detalhada da superfície do cadáver. Trata-se da primeira fase da necropsia em que informações relevantes são coletadas para elucidar a causa mortis do animal.

Saiba mais

Uretrosmia escrotal em cães: você conhece essa técnica cirúrgica?

Os cálculos encontrados em cães são comuns na base do osso peniano. Isso ocorre pelo fato de a uretra nessa região não conseguir distender e, consequentemente, não conseguir expelir os cálculos, causando, assim, a obstrução.

Saiba mais

Primeiros socorros para cães e gatos: qual a importância desse procedimento?

Mesmo com tantos profissionais e materiais de alta qualidade no mercado, é fundamental que os donos de animais, ou responsáveis por eles (como cuidadores, banhistas e tosadores) tenham noções de primeiros socorros, para atuarem caso aconteça algo inesperado ao animal de estimação.

Saiba mais

Articulações do joelho de animais domésticos: conheça as principais estruturas

A articulação do joelho é formada pelo contato entre o osso fêmur e os ossos da perna tíbia e fíbula. Entre os ossos envolvidos nessa articulação, está presente ainda o osso Patela, maior osso sesamoide do animal.

Saiba mais

Feridas em animais domésticos: como classificar essas injúrias do tecido cutâneo?

O Médico Veterinário deve saber avaliar as feridas para eleger o melhor recurso terapêutico para o caso, uma vez que nem toda terapia deve ser aplicada em qualquer tipo de ferida.

Saiba mais

Felino com suspeita de DTUIF: quais exames solicitar?

A DTUIF é uma afecção que atinge o trato urinário inferior felino afetando a vesícula urinária e a uretra dos pacientes. Os sinais clínicos mais comuns são: hematúria, disúria, estrangúria, polaciúria, periúria e manifestações de alterações comportamentais, tais como a lambedura do pênis.

Saiba mais

Gordura do leite: quais são os fatores responsáveis pelas variações do teor desse componente?

A gordura é o principal componente energético do leite e a porcentagem desse componente é importante para o rendimento dos derivados elaborados nas indústrias como, por exemplo, os cremes, os queijos, a manteiga e o requeijão.

Saiba mais

Como montar uma anamnese para animais lagomorfos e pequenos roedores herbívoros?

Na anamnese é importante que o clínico veterinário promova um ambiente tranquilo para o paciente e para o proprietário tendo em vista que, durante esse período, é necessário fazer perguntas sobre o histórico clínico do paciente ao tutor ou à pessoa que estiver acompanhando o animal.

Saiba mais

Leucograma: você sabe a importância desse exame na avaliação do estado de saúde do animal?

O leucograma faz parte do hemograma e corresponde à avaliação das células brancas, chamadas leucócitos, responsáveis pela defesa ou segurança imunológica do organismo dos animais.

Saiba mais

Parto em bovinos: quais são os principais eventos e alterações endócrinas que estão associados ao parto?

É fundamental para o início do parto que o eixo fetal hipotálamo-hipófise-adrenal do feto esteja em funcionalidade de maturação completa e ativa.

Saiba mais

Cólica em equinos? Conheça o Strongylus vulgaris, verme responsável por essa enfermidade

Os vermes da família Strongylidae são facilmente observados na mucosa intestinal de equídeos (equinos, asininos), possuindo coloração vermelho escuro.

Saiba mais

Membrana plasmática: vamos conhecer o transporte passivo por difusão?

No organismo, a fisiologia de transporte de substâncias para dentro e para fora das células é realizada de acordo com a necessidade celular visando à manutenção da homeostasia do organismo dos animais.

Saiba mais

Demodiciose canina: você conhece esse tipo de dermatite parasitária que acomete os cães?

O que são dermatites? Dermatites são inflamações cutâneas que podem gerar vermelhidão, coceira, bolhas, odores ruins, entre outros, que incomodam muito o animal a ponto de provocar lesões mecânicas devido ao ato de coçar.

Saiba mais

Mannheimia: conheça esse gênero que causa doenças em animais

A família Pasteurellaceae também está dentro dos gêneros Actinobacillus, Haemophilus e Pasteurella Mannheimia.

Saiba mais

Lista de doenças de notificação compulsória: você sabe o que significa essa lista?

O conhecimento das doenças prevalentes em uma localidade é essencial para o planejamento estratégico de saúde pública. A lista de doenças de notificação compulsória fornecem informações de forma rápida e ágil, oferecendo subsídios para a tomada de decisão, permitindo a implementação de medidas de prevenção e de controle dos agravos.

Saiba mais

Saúde pública: quais são os principais modelos existentes no mundo?

Conhecer os diversos modelos ao longo do mundo permite copiar o que é bom, propor correções do que não funciona e evitar propostas falhas ocorridas em algum momento histórico.

Saiba mais

Anti-inflamatórios esteroidais: conheça as características desse tipo de medicamento

Atualmente, os esteroides sintéticos vêm ganhando muito espaço tanto na medicina humana, quanto na veterinária, principalmente por serem potentes anti-inflamatórios e imunossupressores.

Saiba mais

Proteínas constituintes do leite: vamos conhecer suas características?

O leite bovino é um fluido complexo, produto da secreção mamária, que contém água, lipídios, proteínas, carboidratos e sais minerais.

Saiba mais

Infecção do trato urinário em animais domésticos

A infecção do trato urinário (ITU) é uma doença frequente em cães, geralmente causada por bactérias, mas podendo também acontecer pela presença de fungos e vírus no organismo do animal.

Saiba mais

Faringe dos animais: vamos conhecer essa estrutura?

A faringe é a porção do aparelho digestório responsável pelo controle da passagem de ar e de alimento.

Saiba mais

Flap de terceira pálpebra: quais são as vantagens e as desvantagens?

O flap de terceira pálpebra consiste em imobilizar a terceira pálpebra por cima do globo ocular com a finalidade de constituir uma barreira física para proteção da córnea.

Saiba mais

Reprodução de bovinos: vamos conhecer a atuação do sistema nervoso e do sistema endócrino?

Você sabia que a atuação do sistema nervoso é importante para a transformação de qualquer estímulo externo e sinais nervosos em mudanças em todo o organismo do animal?

Saiba mais

10 passos para fazer a coleta de sangue na veia jugular de pacientes caninos

Ao considerar o volume de sangue a ser coletado para hemograma e bioquímico, a veia de escolha para coleta das amostras foi a veia jugular, localizada na região do pescoço.

Saiba mais

Alimentação natural e medicina veterinária: qual a ligação?

Os veterinários são a primeira fonte de informação quando o tema é nutrição pet. Em segundo lugar vem a internet. É fundamental estar atento às necessidades nutricionais dos pacientes e aos hábitos alimentares para fornecer conselhos nutricionais.

Saiba mais

Síntese de proteína: como ocorre esse processo?

As células são formadas por diversas proteínas. A estrutura das proteínas é formada por cadeias polipeptídicas que sempre são adicionadas a um grupo Amino e a um grupo Carboxílico. A formação dessa estrutura é comandada pelo DNA, de acordo com a necessidade de cada uma das células e do organismo animal.

Saiba mais

Exame ultrassonográfico ou raio X do tórax do equino? Qual exame de imagem escolher?

A realização de exames de imagem em área torácica de cavalos pode ser um fator limitante para o diagnóstico das enfermidades que envolvem o seu sistema respiratório, por se tratar de uma área muito profunda, de difícil acesso para os equipamentos, principalmente os de raio x.

Saiba mais

Pré-parto de bovinos: manejo e cuidados com a vaca

Na fase pré-parto existem algumas limitações relacionadas à própria vaca, ao manejo desses animais e ao aproveitamento da dieta. É fisiológico para um animal a antecipação ou atraso no parto em até 15 dias.

Saiba mais

Responda rápido: o que é calcificação patológica?

A calcificação patológica também pode ser denominada de mineralização patológica, pois junto ao cálcio se deposita muitas vezes magnésio, fósforo e uma série de outros íons.

Saiba mais

Incubação de ovos de galinha: como é feito esse procedimento?

Quando a incubação é feita de maneira artificial, é utilizada uma máquina, conhecida como chocadeira, a qual permite definir a umidade e a temperatura específicas para esse fim. Esses dois elementos influenciam diretamente no desenvolvimento do embrião, por isso, devem atender ao que é estabelecido pelos órgãos competentes, entre outros critérios.

Saiba mais

Transfusão sanguínea em cães e gatos: quando devo fazer?

A transfusão sanguínea consiste em transferir o sangue de um animal sadio, ou ainda, de sangue devidamente armazenado em bancos sanguíneos, para um animal enfermo, seguindo rigorosos procedimentos no que se refere à seleção do doador, determinação do tipo sanguíneo dos animais envolvidos, processamento da coleta, cálculo de transfusão, entre outros.

Saiba mais

Palpação transretal e ultrassonografia em éguas: vamos entender o objetivo desse exame?

Na prática, para fazer o exame de palpação transretal é necessário lubrificar as luvas com um gel feito à base de pó de carboxymethylcellulose e água aquecida. O primeiro procedimento é a retirada de todas as cíbalas da ampola retal.

Saiba mais

Celiotomia: o que é? Como é feita?

• Celio = abdômen. • Tomia = incisão. Trata-se da incisão da região do abdômen.

Saiba mais

Síndrome do osso navicular em equinos: o que é?

A síndrome do osso navicular possui características (histológicas, radiográficas e ultrassonográficas) de uma doença articular degenerativa crônica, como a osteoartrite. Sendo assim, muitas vezes não ocorrerá uma evolução positiva com relação ao tratamento.

Saiba mais

Tenotomia do flexor digital profundo: quais as indicações para esse procedimento?

Tenotomia do flexor digital profundo: procedimento cirúrgico que tem como finalidade corrigir deformidades flexurais das articulações interfalangeanas.

Saiba mais

Salmonella: quais são as características e perigo desta família de bactérias?

As bactérias do gênero Salmonella pertencem à família Enterobacteriaceae, são patógenos primários, ou seja, produzem doenças e causam inúmeros prejuízos a diversas espécies de animais e em humanos, com enorme frequência. Além disso, representam uma preocupação muito grande na cadeira alimentar de carnes, ovos e produtos processados.

Saiba mais

Quer se tornar um assinante do VET Profissional? Aposte nos cartões digitais!

O VET Profissional oferece ao Médico Veterinário a oportunidade de rever e aprimorar, por meio de Aulas Práticas e Cursos de Aperfeiçoamento, conceitos e técnicas para aplicar em seu dia a dia, transformando-se em um profissional diferenciado. O VET Profissional é essencial, também, para o Estudante de Veterinária, pois proporciona um aprendizado ágil e dinâmico, além, é claro, de servir como complemento para as aulas práticas abordadas nas disciplinas do seu curso. Contudo, para ter acesso ao conteúdo das aulas e cursos, é preciso efetuar sua assinatura anual, por meio de um cartão de crédito.

Saiba mais

Conheça a nova disciplina VET Profissional: Clínica Médica de Cães e Gatos

O VET Profissional acaba de ganhar mais uma disciplina: Clínica Médica de Cães e Gatos. Para os médicos veterinários, a clínica médica é uma prática importante, pois trata do diagnóstico e tratamento de doenças, atuando, também, na área de saúde pública, ao combater zoonoses, promovendo a interação entre o profissional veterinário e a sociedade. Independente da especialidade do médico veterinário, essas práticas fazem parte de sua rotina.

Saiba mais

Lançamento VET Profissional: Disciplina Suínos - Produção e Principais Doenças

A suinocultura é um dos nichos de mercado mais atraentes para se investir no Brasil graças às possibilidades de produtividade e rentabilidade. A atividade gera impacto na economia do país e apresenta índices de crescimento maiores a cada ano que passa. Porém, essa atividade pode sofrer enormes prejuízos devido a várias doenças que podem afetar os animais.

Saiba mais

Aferir temperatura de cavalos é simples. Saiba como

De acordo com Ludmila Souza Fernandes, Profª. Do VET Profissional, a avaliação da temperatura corporal de cavalos pode ser feita por: Palpação externa (dorso da mão do examinador deve tocar a narina do animal, a região abdominal e extremidades do animal); Termômetros; e Aferição da temperatura retal (lubrificação e assepsia).

Saiba mais

Semiologia tegumentar em gatos: quais os cuidados necessários para realizar esse exame?

O exame dermatológico em gatos é, geralmente, um exame difícil de o médico realizar. Gatos não gostam da inspeção, pois incomoda bastante o animal. Tal fato exige paciência e determinação do Médico Veterinário, bem como auxílio do proprietário sempre que possível.

Saiba mais

Clínica Médica de Bovinos: Nova Disciplina VET Profissional

A criação de bovinos para a produção de leite é uma opção extremamente promissora para os pecuaristas. O mercado do leite no Brasil encontra-se em expansão, mas é preciso oferecer um produto de qualidade para garantir o seu espaço. Uma doença que pode atacar esses animais é a mastite, que causa alterações físico-químicas na composição do leite, ocasionando grandes prejuízos aos produtores rurais.

Saiba mais

Veterinário profissional: O que é a mucocele?

A doutora em cirurgia veterinária e professora da Disciplina Cirurgia de Cães e Gatos, do VET Profissional, Kelly Cristine de Sousa Pontes, ressalta que, no cuidado com cães e gatos é necessário estar atento aos problemas que eles apresentam, para, então encaminhá-los ao veterinário.

Saiba mais

O que é a torção gástrica em cães?

Gustavo Carvalho Cobucci, Médico Veterinário, Mestre em Clínica Médica e Cirúrgica de Cães e Gatos e professor do VET Profissional, explica que "um bom veterinário deve conhecer a fundo todos os problemas que os animais podem apresentar, para conseguir diagnosticar e curá-los da forma mais rápida e eficiente possível".

Saiba mais

Mastite: o que é e o que representa no sistema de produção de leite

A mastite é a inflamação do parênquima da glândula mamária. A doença pode ter causas diversas, mas a maior parte das vezes, é causada por bactérias que atingem o interior de um ou mais quartos da mama bovina através dos ductos localizados nos tetos. De acordo com Paolo Antônio Dutra Vivenza, Professor do VET Profissional, “Além das bactérias, outros microrganismos também podem causar a mastite, entre eles: leveduras, fungos, o vírus do Mycoplasma bovis, microrganismo que ocupa posição intermediária entre bactérias e vírus, e algas microscópicas do gênero Prototheca”. É preciso ressaltar que, sob o ponto de vista epidemiológico, a interação entre a resistência do animal, as condições do ambiente e a presença do agente patogênico favorece a ocorrência da mastite no rebanho.

Saiba mais

Úbere abaixo da linha do jarrete é fator para a ocorrência de mastite

O posicionamento ideal de sustentação do úbere deve ser acima da linha do jarrete. Quando o úbere encontra-se abaixo da linha do jarrete fica evidente a frouxidão do sistema de suporte do úbere, especificamente, do ligamento lateral e da inserção anterior. “A ocorrência desse estado é devido ao número de lactações e à idade do animal”, afirma Paolo Antônio Dutra Vivenza, professor do VET Profissional. Observe, na imagem, o posicionamento do úbere abaixo da linha do jarrete.

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba mais sobre doenças respiratórias em granjas de frangos

A questão respiratória é um dos pontos que mais preocupa a sanidade avícola, seja na criação de pequenos produtores, seja da avicultura industrial. “O microambiente em que vivem as aves e as condições do galpão, com frequência, favorecem a ocorrência de problemas respiratórios e a proliferação de enfermidades bacterianas”, afirma Marcelo Dias, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba um pouco mais sobre a função das proteínas no organismo animal

De acordo com a Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional, “as proteínas desempenham importantes funções em nosso organismo, assim como no organismo animal”. Veja por exemplo a elastina, uma proteína de coloração amarela que forma fibras elásticas e está presente em diversos órgãos e ligamentos, entre eles: pulmão, trompa de Eustáquio, epiglote, laringe e artérias.

Saiba mais

Sr. Veterinário, responda: o que é a ceratotomia em grade?

A ceratotomia em grade consiste no procedimento cirúrgico que trata de lesões da córnea e exposição de células profundas do estroma, e debridamento das lesões para remoção de tecido e estímulo de reparação da córnea com maior eficiência, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, professora do VET Profissional. É indicada para casos em que úlceras de córnea não foram curadas por meio de tratamento médico clínico.

Saiba mais

Fraturas ósseas em cães e gatos: você sabe classificar uma fratura?

A fratura é classificada como uma solução de continuidade do tecido ósseo. “Acontece devido a um trauma ou à fragilidade óssea causada por doença (fratura patológica)”, explica a professora Sâmara Turbay Pires, do VET Profissional.

Saiba mais

Ovelhas prenhes: Você sabe como manejar esses animais de forma correta?

"Separar as ovelhas em lotes homogêneos, em muitos momentos, facilita muito o manejo desses animais, contudo é importante saber identificar as características que definem essa divisão em grupos”, explica Magna Coroa Lima, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Lipidose hepática em gatos: como diagnosticar?

Períodos prolongados de anorexia podem trazer como consequência a lipidose hepática. “Esse quadro ocasiona o mau funcionamento das células do fígado e do trato biliar”, explica Fabíola Carolina de Almeida, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Dirofilaria immitis: você conhece esse nematelminto e seus prejuízos para os animais?

Como representante da família Onchocercidae, destaca-se a espécie Dirofilaria immitis, que possui como hospedeiros definitivos o cão, o gato, os carnívoros silvestres, os equinos, os primatas e, raramente, o homem. “Os hospedeiros intermediários são os mosquitos dos gêneros Aedes spp., Anopheles spp., Culex spp. e Ctenocephalides canis”, explica a professora Mariana Costa, do VET Profissional.

Saiba mais

Necrose celular: qual a diferença entre a necrose coagulativa e a necrose liquefativa?

“Uma célula que sofre agressão, ou degenera, ou se adapta para se tornar mais forte, ou morre. A morte celular, para a patologia refere-se à necrose celular”, explica João Paulo Machado, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Mortalidade e morbidade: entenda o que são esses índices

“A mortalidade e morbidade são indicadores que podem ser utilizados tanto na saúde humana quanto veterinária, agindo, em ambos os casos, para a profilaxia de doenças, avaliação e planejamento de ações sanitárias e observação e constatação de epidemias”, explica Marcelo Dias da Silva, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Exame coproparasitológico e análise macroscópica das fezes: quais características desejadas?

O exame coproparasitológico é aquele que obtém informações importantes sobre o trato gastrointestinal, a partir da análise das fezes do paciente. “A partir desse exame conseguimos detectar parasitas, hemorragias, corpos estranhos, dieta, bacteriologia, material glandular’’, explica Waleska de Melo, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, que é Doutora em Patologia Clínica Animal.

Saiba mais

Mecânica respiratória: Sr. Veterinário, vamos recordar?

A mecânica respiratória explica como as pressões ocorrem dentro do pulmão para propiciar as trocas gasosas. “O sistema nervoso central é quem regula as pressões e propicia o ritmo da respiração”, explica Waleska de Melo, Médica Professora e professora do VET Profissional, Doutora em Patologia Clínica Animal e Mestre em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Médico veterinário: você conhece os tipos de sistemas de abastecimento de água?

O conhecimento a respeito dos sistemas de abastecimento de água é de grande importância para toda a população. “Entretanto, para os médicos veterinários, esse tema é fundamental, pois é sua responsabilidade atuar como agentes de saúde ao conhecer e compreender a utilização diária da água em nossa profissão e na rotina dos locais de atendimento a nossos clientes”, explica Marcelo Dias da Silva, Médico Veterinário e professor do VET Profissional, que é Doutor em Zootecnia e Mestre em Agroquímica.

Saiba mais

Osteologia do membro torácico: articulação úmero radioulnar

Além da escápula e do úmero, os membros torácicos também possuem os ossos do antebraço, rádio e ulna, e os ossos da mão, carpos, metacarpos e falanges. “São estruturas com muitas articulações, com atenção especial para a articulação úmero-radioulnar, que é a articulação do cotovelo do animal”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional, que é Doutor em Morfologia Animal e Mestre em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Fêmeas equinas: conheça 7 sinais clínicos de alterações no sistema reprodutor das éguas

O sistema reprodutor tem a importante função de garantir a perpetuação das espécies por meio da gestação. “Quando se trata de fêmeas equinas, o conhecimento da anatomia desse sistema é indispensável para conseguir identificar anormalidades ao executar a palpação retal no exame físico”, explica Kelly Cristine de S