Anestesia loco-regional para descorna bovina: como realizar este procedimento?

Descorna é a remoção cirúrgica do processo cornual em bovinos já adultos. Todas as vezes que se deseja realizar o processo, é necessário fazer o bloqueio do ramo cornual

Anestesia loco-regional para descorna bovina: como realizar este procedimento?

A descorna é a remoção cirúrgica do processo cornual em bovinos já adultos. A presença do processo cornual é uma característica que diferencia bovinos de equinos. Todas as vezes que se deseja remover o processo, é necessário fazer o bloqueio do ramo cornual que faz parte do nervo zigomático temporal.

Não existe o “nervo cornual”, o que é existe é um ramo do nervo zigomático que comumente recebe essa denominação. Contudo, a terminologia correta é ramo cornual do nervo zigomático temporal”, explica Luís Eugênio Franklin Augusto, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Mestre em Medicina Veterinária.

O médico veterinário precisa optar pela técnica anestésica tendo como orientação os estímulos cirúrgicos que serão efetuados no paciente. A partir dessa informação é que se irá definir a área em que será efetuado o bloqueio, ou seja, de acordo com a finalidade da cirurgia.

A anestesia local é a aplicação de substâncias em determinada região do corpo do paciente com o objetivo de garantir o bloqueio parcial e reversível dessa região.

Em grandes animais, como os bovinos, a anestesia local é importante tendo em vista que a maior parte das cirurgias veterinárias realizadas nessas espécies é feita a campo, com o animal posicionado em estação, associando-se técnicas de contenção química e física, juntamente com a anestesia local. Outras utilizações da anestesia local em grandes animais estão relacionadas a procedimentos de diagnóstico.


Existem duas técnicas de bloqueio para descorna cirúrgica:

1ª técnica de bloqueio: é feita com a entrada da agulha na borda lateral do osso frontal. O posicionamento de entrada da agulha deve ser em direção ao corno. O bloqueio com entrada pela borda lateral é muito aplicado em raças de bovinos que possuem o corno grande e voltado para baixo.

2ª técnica de bloqueio para descorna: é feita através de aplicação de anestesia infiltrativa ao redor da base do corno. A segunda técnica é mais trabalhosa que a primeira, pois o tecido de transição entre o corno e a pele constitui-se em um espaço delgado, o que dificulta a aplicação do anestésico.

Além disso, a pressão do anestésico é muito grande no momento em que adentra o espaço próximo ao corno e o líquido acaba por vazar e espirrar durante o procedimento. É comum apresentar riscos de atingir os olhos do médico veterinário.


Aprenda mais sobre esse assunto na área Anestesiologia Veterinária do VET Profissional, com o Prof. M. Luís Eugênio Franklin Augusto, Mestre em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). O VET Profissional é a plataforma de aperfeiçoamento mais completa para Médicos Veterinários e estudantes de Veterinária, com milhares de vídeos e centenas de livros digitais, para aprender rápido e salvar mais vidas. Tenha acesso ilimitado a centenas de aulas práticas, cursos online, casos clínicos e casos cirúrgicos na palma da sua mão! 

Receba Mais Informações