Artigos

Veterinário: ajude seu cliente na escolha do tipo de granja de frango

Precisando ajudar seu cliente na escolha certa do tipo de granja de frango? Seus esclarecimentos, então, devem começar pelos três tipos de sistema de podução: produção de matrizes, granjas de poedeiras e granjas de frango de corte. "Juntos, vocês poderão caminhar na direção certa, de acordo com os recursos para a implantação do empreendimento e de acordo com as necessidades de produção local", afirma Marcelo Dias da Silva, Professor do VetProfissional.

Veterinário: dicas para identificar a Micoplasmose em galinhas

Nos anos de 1980, o Brasil passou por um grave problema na avicultura, quando foram constatados lotes de aves com problemas de doença crônica respiratória – DCR. Ao se investigar a causa dessa situação, descobriu-se que a micoplasmose era a doença responsável pelo quadro clínico de inúmeras aves.

Veterinário, entenda melhor como funciona o sistema de piscicultura Raceway

Precisando entender melhor como funciona o sistema RAS de produção de peixe? Pois bem, vamos lá! Na concepção do sistema produtivo de piscicultura em Raceway com recirculação, as perdas de água por infiltração devem ser minimizadas por meio de estruturas em material rígido impermeável, como PVC, fibra de vidro, Polietileno de Alta Densidade “PEAD”, alvenaria, ferrocimento, entre outros.

Planejamento da Produção na Pecuária de Corte. Como ajudar o produtor?

O planejamento dos sistemas de produção e, particularmente, de sistemas pastoris, baseia-se em informações como a projeção da dinâmica do rebanho, a identificação de épocas críticas para a sua nutrição e o estabelecimento de níveis esperados de produtividade da pastagem ao longo do ano. Essas informações permitem estabelecer épocas de provável escassez ou excesso de forragem e possibilitam prever intervenções de manejo para minimizar estresses nutricionais dos animais e condições inadequadas de utilização da pastagem.

O segredo da criação de tilápias em tanques escavados? A água

Para se ter sucesso na criação de tilápias em tanques escavados, o piscicultor deverá ter em mente que a água, em quantidade e qualidade, é fator essencial. “Portanto, deve ser monitorada constantemente”, afirma Giovanni Resende de Oliveira, Zootecnista, Mestre e Doutor em Aquicultura.

Vai criar tilápias? Conheça as três fases da produção

O piscicultor que desejar especializar-se na criação de tilápias, a fim de abastecer o mercado consumidor, deverá antes de mais nada atentar-se às três fases do processo de produção: alevinagem, recria e engorda. “Aprofundando os estudos sobre essas três fases, podemos perceber que a alevinagem é a que mais se diferencia em termos de estrutura, técnicas de produção e manejo e, por isso, necessita de conhecimentos e estrutura específica para ser realizada”,

Vai criar tilápias em tanques escavados? Acerte no tipo de solo!

Se você pretende criar tilápias em tanques escavados, saiba, então, que estudar o tipo de solo do local de escavação dos tanques é muito importante para o sucesso de seu empreendimento, afirma Giovanni Resende de Oliveira, Zootecnista, Mestre e Doutor em Aquicultura.

Os parâmetros de qualidade segundo a IN 77

Segundo a IN 77, por meio de um manejo simples, porém bem feito, é possível atingir os parâmetros de qualidade e, ainda, reduzir os custos de produção. No que diz respeito à responsabilidade social, a IN 77 reza que para um manejo bem feito, devemos levar em consideração que o leite é um produto para consumo humano, por isso, a qualidade é fundamental. O leite, portanto, deve ser livre de resíduos, tais como antibióticos, anti-inflamatórios.

Veterinário, entenda o que diz a IN 77 sobre a parasitose em gado leiteiro

Você, veterinário, está precisando entender o que reza a IN 77 sobre o controle de parasitose em gado leiteiro? Pois bem, vamos às devidas explicações: “para o controle de parasitoses no rebanho leiteiro a adoção de boas práticas no manejo sanitário é essencial, pois independente do tamanho do rebanho, a ocorrência de parasitas pode comprometer o desempenho da atividade”, afirma Prof. Leonardo Cotta Quintão

Os laticínios, cooperativas e o Plano de Qualificação de Fornecedores de Leite

O objetivo do Plano de Qualificação de Fornecedores de Leite é aproximar produtores e indústria, visando maior desenvolvimento para o setor produtivo e segurança para o consumidor. Esse plano faz parte da gestão de qualidade e está incluído no autocontrole realizado pelo laticínio ou pela cooperativa.

Receba Mais Informações