Exame físico em lagartos? Saiba como no passo a passo abaixo

Contenção, auscultação, inspeção e palpação são as três etapas para o exame físico em lagartos

Exame físico em lagartos? Saiba como no passo a passo abaixo   Artigos VetProfissional

 

Precisa fazer a avaliação física de um lagarto e não sabe como? Contenção, auscultação, inspeção e palpação são as três etapas para o exame físico em lagartos. Isso é fácil. Siga as dicas abaixo:


1º passo: contenção
Contenha o lagarto com uma fronha ou toalha

2º passo: auscultação
Devido à presença de uma pele muito grossa, a auscultação em lagartos é mais dificultada. Desse modo, caso não se consiga auscultar os batimentos cardíacos e o movimento respiratório, pode-se colocar um chumaço de algodão úmido no estetoscópio que funcionará de interface entre o corpo do animal e o instrumento, favorecendo a passagem do som. Para fazer auscultação cardíaca, deve-se posicionar o estetoscópio na região ventral; para verificar os movimentos respiratórios, posiciona-se o estetoscópio na porção dorsal e região caudal.

3º passo: inspeção e palpação
I- Deve-se observar a pigmentação da pele do lagarto e, principalmente, se a ecdise está sendo realizada.
II- Na região da cabeça, o primeiro passo é observar se está simétrica. Em seguida, examinar:
• Olhos: verificar se estão brilhantes; observar simetria; verificar se não há ácaros ou carrapatos nas pálpebras.
• Narinas: verificar simetria; acúmulo de secreção; crosta; descamação; entre outros.
• Orifício auditivo (quando houver): observar se há secreção ou descamação, se estão simétricos, se estão com diferença de pigmentação, se há obstrução.
• Boca (externamente): verificar se há diferença de pigmentação, descamação.

III- Na região celomática
• Realizar a palpação externa, ventralmente, das costelas e da região vertebral.
• Pela lateral e região ventral, faz-se a palpação da cavidade celomática (posição anatômica), observando o abdômen.

IV- Inspeção dos membros torácicos e pélvicos
• Movimentações normais de flexão e extensão.
• Observar a região palmar e solar, se há existência de lesões.

V- Cavidade oral
• A coloração da mucosa deve ser rosada e umedecida.
• A coana precisa estar desobstruída, pois é por onde o ar passa para chegar às vias aéreas.

Após a inspeção, é importante que o paciente seja solto imediatamente para que se recupere do estresse causado pelo exame.

Aprenda mais sobre Manejo de lagomorfos e pequenos roedores em cativeiro no Curso Online Clínica e Manejo de Animais Silvestres e Pets Exóticos, disponível no VetProfissonal, a mais moderna ferramenta de capacitação para médicos veterinários e estudantes de veterinária disponível no mercado, com a qual você obterá todos os conhecimentos necessários para garantir o bem-estar dos animais e alcançar êxito em sua profissão. 

Receba Mais Informações