Osteologia canina: como é feita a divisão dos ossos?

A osteologia é o estudo dos ossos, juntamente com a cartilagem e os ligamentos, que formam o esqueleto do animal

Osteologia canina: como é feita a divisão dos ossos?

A osteologia é o estudo dos ossos, juntamente com a cartilagem e os ligamentos, que formam o esqueleto do animal.

Observando o esqueleto de um cão vemos que o corpo do animal é dividido em cinco partes”, explica Marcelo Lopes de Santana, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Mestre em Medicina Veterinária e Doutor em Morfologia Animal.

- Cabeça
- Tronco
- Membro torácico
- Membro pélvico
- Cauda

O esqueleto divide-se em três porções:

- Esqueleto axial
- Esqueleto apendicular
- Esqueleto visceral

Esqueleto canino.

Esqueleto canino.


O esqueleto visceral é um conjunto de ossos que estão relacionados com as vísceras e não com o aparelho locomotor. No caso do cão, tem-se, por exemplo, o osso peniano, ou seja, a presença de um osso dentro do pênis do animal. Também há o osso clitoriano, no caso das fêmeas, e o osso cardíaco, nos bovinos. Portanto, são ossos que não estão relacionados com o aparelho locomotor, e sim relacionados com algum órgão ou víscera.

No caso do aparelho locomotor, o esqueleto foi dividido em duas partes: esqueleto axial e esqueleto apendicular. O esqueleto axial é o eixo principal do animal e o esqueleto apendicular está anexado ao esqueleto axial.


Aprenda mais sobre esse assunto na área Anatomia Veterinária - Osteologia e Miologia de Animais Domésticos do VET Profissional, com o Prof. Dr. Marcelo Lopes de Santana, Doutor em Morfologia Animal pela Universidade Federal de Viçosa e Mestre em Medicina Veterinária também pela Universidade Federal de Viçosa. O VET Profissional é a plataforma de aperfeiçoamento mais completa para Médicos Veterinários e estudantes de Veterinária, com milhares de vídeos e centenas de livros digitais, para aprender rápido e salvar mais vidas. Tenha acesso ilimitado a centenas de aulas práticas, cursos online, casos clínicos e casos cirúrgicos na palma da sua mão!

 

Receba Mais Informações