Programa de vigilância epidemiológica na propriedade rural: quais fatores devem ser analisados e seguidos para obter sucesso?

Um programa de vigilância epidemiológica na propriedade rural pode melhorar a produtividade e a rentabilidade, garantir a segurança de produtos e melhorar a sanidade do rebanho a baixo custo

Programa de vigilância epidemiológica na propriedade rural: quais fatores devem ser analisados e seguidos para obter sucesso?

O programa de vigilância epidemiológica em uma propriedade rural permite o acompanhamento do status sanitário do rebanho, ajusta os dados de produção ao ideal, previne o plantel de doenças, planeja o calendário de vacinação e de monitoramento do rebanho e permite melhorar a gestão e a renda da propriedade rural diminuindo perdas e doenças.

Na implantação de um programa de vigilância epidemiológica, alguns fatores devem ser analisados e seguidos para o sucesso do processo”, explica Marcelo Dias da Silva, Médico Veterinário e professor do VET Profissional, que é Doutor em Zootecnia.

Veja a seguir quais são eles:

- Conhecer a realidade da propriedade, verificando e realizando a escrituração dos dados produtivos e sanitários do rebanho. Deve-se realizar o próprio levantamento, vistoriando, aplicando testes de rotina e observando tudo que acontece no local diariamente.

- Verificar quais testes de triagem devem ser feitos para cada espécie e categoria de animais da propriedade.

- Analisar relevo, clima e outros fatores para detecção de possíveis doenças não imaginadas ainda no local, mas que podem estar presentes.

- Realizar os eventos sentinelas, verificando situações que auxiliem na prevenção de problemas no rebanho.

- Os animais adquiridos devem ficar um período isolados do rebanho, em observação e sendo testados.

- Calendários vacinais devem ser criados a partir das doenças prevalentes.

- Mesmo com os animais vacinados, deve ser realizada uma rotina de testes, para obtenção de um diagnóstico precoce, evitando o comprometimento do rebanho.

- Importante ter uma provisão de medicamentos pra enfrentar os desafios sanitários, através da criação de um calendário sanitário e de manejo.


Aprenda mais sobre esse assunto na área Epidemiologia do VET Profissional, com o Prof. Dr. Marcelo Dias da Silva, Doutor em Zootecnia pela Universidade Federal de Viçosa e Mestre em Agroquímica também pela Universidade Federal de Viçosa. O VET Profissional é a plataforma de aperfeiçoamento mais completa para Médicos Veterinários e estudantes de Veterinária, com milhares de vídeos e centenas de livros digitais, para aprender rápido e salvar mais vidas. Tenha acesso ilimitado a centenas de aulas práticas, cursos online, casos clínicos e casos cirúrgicos na palma da sua mão!

Receba Mais Informações