Guias de Capacitação do Veterinários. Clique e baixe!

Resultados da busca para "alterar dados"

Problema cardíaco no animalzinho? Quais os cuidados ao realizar a auscultação?

Muitos veterinários inexperientes podem confundir alterações do sistema cardiovascular com alterações do sistema respiratório. Por isso, durante o processo de observação visual, o médico deve atentar para o comportamento do cão: se apresenta fadiga, tosse, alterações na frequência e ritmo respiratório, ou seja, alterações relacionadas ao sistema cardiovascular.

Saiba mais

Sr. Veterinário, está precisando montar um banco de dados epidemiológico?

Os dados são essenciais em qualquer ação epidemiológica, pois através deles se obtém o conhecimento da situação real de um local (a magnitude do problema), englobando as zoonoses e saúde humana. Vale destacar que precisam ser confiáveis.

Saiba mais

Paciente equino com alteração na locomoção? Quais exames físicos específicos devem ser feitos?

Ao se receber um equino apresentando alterações no padrão de locomoção, com relatos de pioras gradativas, o médico veterinário deve inicialmente realizar um exame físico geral. Após essa primeira etapa de exames, passamos para os exames específicos.

Saiba mais

Inspeção e palpação da boca dos cães: como realizar esse exame?

Você sabe a importância de examinar a boca do animal? Dentro da cavidade oral, podemos observar uma série de alterações que vão desde a halitose até a presença de fendas palatinas. Por meio dessa observação, é possível categorizar algumas alterações que podem acometer o paciente.

Saiba mais

Anamnese em cães e gatos para a identificação de problemas de pele

É mesmo possível realizar anameses em cães e gatos para a identificação de problemas de pele? Sim, é. A anamnese inicia-se pela queixa principal do proprietário e deve se desenvolver por meio de uma série de perguntas feitas pelo médico veterinário, relativas ao sistema tegumentar que irão orientá-lo na identificação das alterações, bem como sugerir exames complementares.

Saiba mais

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação!

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação do esôfago cervical, técnicas que permitem ao Médico Veterinário visualizar externamente aumentos de volume e outras alterações visíveis no esôfago. A palpação ocorre a partir da glote e desce pelo esôfago. Durante esta ação, o médico deve sentir se existe algum tipo de massa ou corpo estranho que dificultando a passagem do alimento no animal. O exame também demonstra o nível de sensibilidade do animal na região do esôfago.

Saiba mais

Estudando farmacodinâmica? Conheça seus conceitos básicos

Farmacodinâmica é o estudo das alterações bioquímicas ou fisiológicas causadas no organismo pelos fármacos. A resposta decorrente dessa ação é o efeito do medicamento. “Para entender a diferença entre absorção local e absorção sistêmica serão apresentados dois medicamentos utilizados na pele do animal para controle de pulga e carrapato e suas diferenças”

Saiba mais

Esofagotomia cervical animal: conheça essa técnica cirúrgica de abertura do esôfago

“A esofagotomia é a técnica cirúrgica de abertura do esôfago. Ela é importante tanto para explorar alguma alteração observada em exames quanto para remoção de corpos estranhos, neoplasias, correção de perfurações e fístulas, entre muitos outros casos”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Alterações radiográficas associadas à claudicação e a patologias no tarso dos equinos

Na rotina de atendimento médico veterinário, na área de grandes animais, é muito comum ocorrer queixas relacionadas ao sistema locomotor dos equinos.

Saiba mais

Palpação do sistema tegumentar em cães e gatos: qual a importância desse exame?

Durante a realização do exame físico específico, podemos classificar morfologicamente alterações que podem ocorrer na pele de cães e gatos e que podem ser identificadas por meio da palpação e olfação.

Saiba mais

Quais são os dados que devem ser coletados antes de iniciar um exame ginecológico em éguas?

O exame ginecológico abrange técnicas diversificadas, além da palpação transretal e ultrassonografia. O médico veterinário deverá considerar cada uma das etapas de modo sistemático para que possa avaliar o exame clínico reprodutivo completo da égua.

Saiba mais

Animais cardiopatas: como montar uma resenha e uma anamnese desses animais?

A resenha compreende os dados básicos do animal, como sexo, espécie, idade e raça, enquanto a anamnese capta dados relacionados ao seu histórico de vida, familiar e de saúde.

Saiba mais

Inquéritos populacionais: você sabe o que é?

O inquérito populacional é um levantamento epidemiológico, geralmente amostral, feito em uma população através de coleta de dados. Fornece dados de prevalência ou de portadores em dada comunidade ou rebanho.

Saiba mais

Fisite em equinos: você conhece essa Doença Ortopédica Desenvolvimentar (DOD)?

As Doenças Ortopédicas Desenvolvimentares (DOD) são distúrbios do que acontecem durante o desenvolvimento do animal, relacionados a alteração na formação óssea.

Saiba mais

Sistema urinário de cães e gatos: qual a sequência do exame clínico desse sistema?

Várias são as alterações clínicas que podem acometer o sistema urinário, cujos sinais clínicos vão desde alterações na conformação do animal, até alteração no pênis e lesão na mucosa da boca, sendo esta causada por síndrome urêmica.

Saiba mais

Efusão pleural em cães e gatos: como identificar em uma imagem radiográfica?

A pleura é uma membrana que recobre todo o tórax do animal, desde a região da parede torácica até a região dos órgãos internos da cavidade torácica. Nos animais, encontramos dois tipos de pleuras, a pleura visceral (que recobre os pulmões) e a pleura parietal (que reveste a cavidade torácica).

Saiba mais

Você sabe o que é o DATASUS? Não? Então, venha conhecer!

A internet possibilitou a organização e centralização dos dados de saúde, os quais podem ser consultados em qualquer parte do mundo desde que se tenha acesso à plataforma de registro.

Saiba mais

Veterinário: você sabe o que é Bioeletrogênese?

O meio intracelular é carregado negativamente devido a altas quantidades de proteínas existentes dentro das células. O meio extracelular é carregado positivamente devido à abundância de moléculas iônicas, principalmente eletrólitos, predominantes fora das células. Dessa forma, há diferença de potencial elétrico existente no interior e no exterior das células. De modo geral, as células apresentam potencial elétrico em torno de 90 miliwolts.

Saiba mais

Cronologia dentária dos ovinos: conheça as alterações na dentição desses animais

O estudo da cronologia dentária é muito importante quanto pensamos na nutrição dos animais, uma vez que o processo de digestão começa na boca, com a mastigação. Outra importância desse estudo é com relação ao desgaste e nascimento dos dentes, pois através desse podemos estimar a idade do animal.

Saiba mais

Alterações ortopédicas em animais: como avaliar a movimentação do paciente?

“É necessário observar o animal em diversas posições antes de prosseguir para os exames físicos. Devemos avaliar o paciente também em movimento: enquanto caminha, a trote e a galope, quando possível”, explica a professora Ana Carolina Silva Faria, do VET Profissional.

Saiba mais

Exame andrológico: qual a finalidade desse exame feito em equinos?

O exame andrológico precisa ser realizado de forma criteriosa pelo Médico Veterinário que deverá incluí-lo na rotina de trabalho com os animais ou sempre que se fizer necessário. Por meio do exame também são avaliados o comportamento, a postura do animal no momento da cópula e características espermáticas.

Saiba mais

Equino apresentando o jarrete do membro pélvico direito edemaciado: quais exames necessários para detectar a enfermidade?

“O exame físico geral deve sempre ser realizado em animais atendidos a campo com queixas de problemas no sistema locomotor, pois muitas vezes cursam com episódios crônicos de dor”, explica Lorena Chaves Monteiro, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Fêmeas equinas: conheça 7 sinais clínicos de alterações no sistema reprodutor das éguas

O sistema reprodutor tem a importante função de garantir a perpetuação das espécies por meio da gestação. “Quando se trata de fêmeas equinas, o conhecimento da anatomia desse sistema é indispensável para conseguir identificar anormalidades ao executar a palpação retal no exame físico”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, Pós-doutora em Medicina, na área de Oftalmologia e Oncologia e Doutora em Cirúrgicas e Anestésicas Aplicadas aos Animais.

Saiba mais

Crioscopia do leite: quais os fatores que podem causar variações na crioscopia do leite?

Crioscopia é o estudo da diminuição do ponto (temperatura) de congelamento (solidificação) do solvente presente em uma determinada solução após a adição de um soluto não volátil.

Saiba mais

Suspeita de enteroparasitas? Saiba como coletar amostras para o exame coproparasitológico

O diagnóstico de helmintoses em animais domésticos, deve conter a análise cuidadosa de vários fatores, como anamnese, observação microscópica e diagnóstico diferencial.

Saiba mais

Parto em bovinos: quais são os principais eventos e alterações endócrinas que estão associados ao parto?

É fundamental para o início do parto que o eixo fetal hipotálamo-hipófise-adrenal do feto esteja em funcionalidade de maturação completa e ativa.

Saiba mais

Lista de doenças de notificação compulsória: você sabe o que significa essa lista?

O conhecimento das doenças prevalentes em uma localidade é essencial para o planejamento estratégico de saúde pública. A lista de doenças de notificação compulsória fornecem informações de forma rápida e ágil, oferecendo subsídios para a tomada de decisão, permitindo a implementação de medidas de prevenção e de controle dos agravos.

Saiba mais

Auscultação do sistema respiratório em cães e gatos: quais os cuidados necessários para realizar esse procedimento?

É importante que o Médico Veterinário saiba observar e identificar as alterações encontradas no sistema respiratório de cães e gatos, assim como praticar e saber usar os termos técnicos adequados para cada uma das alterações do sistema respiratório.

Saiba mais

Microrganismos encontrados no corpo de um animal é sinal de doença?

Os microrganismos são ubíquos, isto é, estão presentes em todas as áreas, seja no solo, no ar, na pele, no cabelo e em todos os ambientes. Mesmo aqueles em que, muitas vezes, se imagina nem haver vida, há a presença de microrganismos. O corpo humano, por exemplo, é todo colonizado por microrganismos.

Saiba mais

Cólica espasmódica em equinos: entenda as causas dessa afecção

Quando se trata de cólica em equinos, na maioria das vezes, as pessoas se assustam e têm medo, pois dependendo do motivo, pode levar o animal a óbito. Por isso é importância conhecer a causa dessa afecção para conseguir aplicar um tratamento adequado.

Saiba mais

Coluna vertebral dos animais: conheça as principais alterações que podem acontecer

A coluna vertebral é uma estrutura de sustentação do corpo dos animais, constituídas por ossos denominados de vértebras. Os elementos da coluna vertebral têm como objetivo proteger a medula espinhal.

Saiba mais

Clínica Médica de Bovinos: Nova Disciplina VET Profissional

A criação de bovinos para a produção de leite é uma opção extremamente promissora para os pecuaristas. O mercado do leite no Brasil encontra-se em expansão, mas é preciso oferecer um produto de qualidade para garantir o seu espaço. Uma doença que pode atacar esses animais é a mastite, que causa alterações físico-químicas na composição do leite, ocasionando grandes prejuízos aos produtores rurais.

Saiba mais

O que é possível diagnosticar observando a pele animal?

A pele é o maior órgão do corpo, tanto em extensão quanto em volume. Ela reflete a saúde dos animais e constitui a principal barreira física, química e microbiana do organismo contra as contaminações do ambiente. Dentre as alterações possíveis de se observar na pele podemos mencionar: Problemas endócrinos; Problemas nutricionais;

Saiba mais

Quando realizar a eutanásia em granjas avícolas e como fazê-la?

Após o médico veterinário proceder à correta realização da anamnese, é preciso iniciar a necropsia para observar as alterações internas das aves. Para tal, ele deverá escolher tanto animais que estejam aparentemente saudáveis quanto animais que já apresentem o quadro suspeito, tendo o cuidado de evitar, ao máximo, espécimes mortos, pois suas características de autólise poderão se confundir com os processos patológicos.

Saiba mais

Precisando examinar boca de gatos? Saiba como

O exame físico de inspeção e palpação da boca de cães e gatos além de ser relativamente simples, permite que o médico observe uma série de alterações que possam acometer a cavidade oral desses animais domésticos. “Ao iniciar a inspeção e palpação da boca de felinos, o Veterinário deve conter previamente o animal para que o exame seja feito de forma rápida, precisa e eficiente, minimizando o estresse para o animal e os riscos para o examinador”, afirma Dra. Waleska de Melo Ferreira Dantas

Saiba mais

Linfonodos equinos: como examinar corretamente e o que observar

A avaliação dos linfonodos é feita comparando-se um linfonodo ao linfonodo do antímero contrário, ou seja, linfonodos esquerdo e direito. Sempre que possível, deve-se palpar os dois linfonodos juntos para que o Veterinário perceba alterações.

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba mais sobre a fisioterapia animal

Segundo Ana Carolina Silva Faria, Professora do VET Profissional, na fisioterapia, são candidatos à reabilitação animais com problemas ortopédicos, neurológicos e corpóreos. Observe, na imagem abaixo, um resumo acerca das alterações observadas no quadro clínico, após avaliação dos candidatos:

Saiba mais

A importância da anamnese para o trabalho com animais

Segundo Ana Carolina Silva Faria, professora do VET Profissional, “A anamnese deve ser um exame detalhado, capaz de fornecer o perfil do animal, o perfil do ambiente em que ele vive e o perfil do proprietário”. A ficha de anamnese do paciente deve ser preenchida minunciosamente e conter os seguintes dados

Saiba mais

Histologia: qual a importância dessa disciplina para a Medicina Veterinária?

Uma das competências do médico veterinário é dar diagnósticos, procedimento que nem sempre envolve lesões e doenças. “Após uma análise, identificar que no órgão ou tecido não há alterações microscópicas também é uma forma de diagnosticar um paciente e é a histologia que fornece conhecimento para que o profissional consiga fazer esse tipo de verificação”, explica Rosyane Souza Cruzeiro, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Necropsia em ovino: exame externo. Qual a importância?

Você sabia que a necropsia é iniciada com o exame externo, o qual, às vezes, pode ser suficiente para definição do diagnóstico? Nesse exame, é analisado o histórico de vacinação, vermifugação, manejo adotado na propriedade, histórico clínico do rebanho e do cadáver. Esses dados são obtidos com o proprietário do animal e, ou com o médico veterinário responsável, por meio de conversas e registros sanitários.

Saiba mais

Omentopexia: conheça esse procedimento cirúrgico

A Omentopexia é um procedimento realizado para evitar a recidiva de deslocamento do abomaso, cuja posição original é caudal à cartilagem xifoide, em torno de 10 cm a 15 cm. Na cavidade abdominal, dois tipos de deslocamento do abomaso são possíveis: à esquerda (DAE) e à direita (DAD).

Saiba mais

Programa de vigilância epidemiológica na propriedade rural: quais fatores devem ser analisados e seguidos para obter sucesso?

O programa de vigilância epidemiológica em uma propriedade rural permite o acompanhamento do status sanitário do rebanho, ajusta os dados de produção ao ideal, previne o plantel de doenças, planeja o calendário de vacinação e de monitoramento do rebanho e permite melhorar a gestão e a renda da propriedade rural diminuindo perdas e doenças.

Saiba mais

Equinos: como diagnosticar doenças do sistema nervoso?

O exame semiológico do sistema nervoso começa com a avaliação geral do animal, desde a identificação, anamnese e histórico de vacinações e vermifugações, dando atenção ao estado mental do animal, sua postura, alterações anatômicas e de ambulações.

Saiba mais

Estomatite em bovinos: você conhece essa afecção do sistema digestivo?

Estomatites são alterações (inflamações) que acometem a mucosa oral dos bovinos, podendo ocorrer em diversas partes como língua (glossite), palato (palatite) e gengiva (gengivite).

Saiba mais

Degeneração celular: entenda o que é esse processo

Degeneração celular é o processo patológico caracterizado por modificações da morfologia das células com diminuição de suas funções. “As degenerações são lesões celulares reversíveis decorrentes de alterações bioquímicas que levam ao acúmulo intracelular de substâncias”, explica João Paulo Machado, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Doutor em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Neonato equino: você sabe o que é retenção de mecônio?

Mas afinal, o que é mecônio? Mecônio é o nome dado às primeiras fezes do equino compostas por secreções intestinais, secreções do fluido amniótico e debris celulares. A eliminação do mecônio se dá até 12 horas de vida e, quando fica retido por período maior, desencadeia uma condição denominada retenção de mecônio.

Saiba mais

Necropsia de ovinos: avaliação da cabeça e remoção do cérebro

Na necropsia, todas as estruturas que compõem o organismo do animal são detalhadamente investigadas em busca de anormalidades que corroborem para elucidação do diagnóstico post mortem. Entende-se como carcaça as estruturas que permanecem após a retirada de todos os órgãos internos do animal, como cabeça, ossos, músculos, cérebro e medula espinhal, e ao realizar a avaliação dessas estruturas, alterações podem representar processos patológicos em outros sistemas orgânicos.

Saiba mais

Melhoramento genético de suínos: vamos conhecer o histórico?

No melhoramento genético se modifica um rebanho em suas características fenotípicas, por meio de alterações na frequência de determinados genes, com o objetivo de aumentar a eficiência produtiva dos animais. Devem ser identificadas as características de maior impacto na produtividade e lucratividade da atividade e, a seguir, deve ser promovido o melhoramento, especificamente, para essas características.

Saiba mais

Felino com suspeita de DTUIF: quais exames solicitar?

A DTUIF é uma afecção que atinge o trato urinário inferior felino afetando a vesícula urinária e a uretra dos pacientes. Os sinais clínicos mais comuns são: hematúria, disúria, estrangúria, polaciúria, periúria e manifestações de alterações comportamentais, tais como a lambedura do pênis.

Saiba mais

Indicadores de saúde: qual a importância dessa ferramenta?

“Os indicadores mostram a situação de saúde de um grupo populacional em determinado local e período a partir de observações, de dados quantitativos ou literatura”, explica Marcelo Dias da Silva, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Mestre em Agroquímica e Doutor em Zootecnia.

Saiba mais

Fisioterapia pré-operatória em animais com displasia coxofemoral

A displasia coxofemoral é a afecção de quadril mais recorrente nas clínicas de fisioterapia. O tratamento dessa alteração ortopédica é, em sua maioria, conservador. “Contudo, em pacientes aos quais a cirurgia foi indicada, o protocolo para a fase pré-cirúrgica é o mesmo descrito para o tratamento conservador”, explica Ana Carolina Silva Faria, Médica Veterinária, Fisiatra e professora do VET Profissional, que é Mestra em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Necropsia em suíno: exame externo, como devo começar a necropsia?

Você sabia que a necropsia é iniciada com o exame externo, o qual, às vezes, pode ser suficiente para definição do diagnóstico? Nesse exame, é analisado o histórico de vacinação, vermifugação, manejo adotado na propriedade, histórico clínico do rebanho e do cadáver. Esses dados são obtidos com o proprietário do animal e, ou com o médico veterinário responsável, por meio de conversas e registros sanitários.

Saiba mais

Técnica de Hotz-Celsus para entrópio de pálpebra inferior central: conheça essa técnica

Mas afinal, o que é entrópio? Entrópio é o nome dado à condição em que a margem da pálpebra, seja inferior, superior ou as duas, sofre inversão, isto é, se dobra para dentro, de modo que os cílios, em contato com o globo ocular, causam irritação e, em casos mais graves, lesões de córnea e conjuntiva.

Saiba mais

Ritmos sinusais: como interpretar os resultados do exame eletrocardiográfico?

O exame eletrocardiográfico é muito importante para avaliação das arritmias. Por isso, saber avaliar o ritmo sinusal (normal ou com alteração) é o ponto chave para interpretação do eletrocardiograma (ECG). Para a interpretação do ritmo sinusal, alguns pontos devem ser analisados no traçado eletrocardiográfico, como nos mostra Luiz Eduardo Duarte de Oliveira, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Mestre em Ciências Veterinárias:

Saiba mais

Excisão palpebral lateral em cunha: você conhece essa prática cirúrgica?

O ectrópio é o nome dado à condição em que a margem da pálpebra, seja inferior, superior ou as duas, sofre eversão, isto é, se dobra para fora, de modo que não entra em contato com o globo ocular.

Saiba mais

Anormalidades ultrassonográficas do boleto de equinos: vamos conhecer?

O exame ultrassonográfico é a melhor alternativa para o diagnóstico de imagem precoce de alterações mais sensíveis que só são detectadas pela imagem radiográfica quando em estágios avançados, como as lesões em cartilagens articulares e tecidos periarticulares, explica Lorena Chaves Monteiro, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestra em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Alterações patológicas mais recorrentes no sistema reprodutivo de fêmeas bovinas: como diagnosticar?

As patologias mais comuns encontradas, tanto em fazendas de leite quanto de corte, são o cisto ovariano (folicular e luteínico) e o tumor das células da granulosa.

Saiba mais

Receba Mais Informações