Guias de Capacitação do Veterinários. Clique e baixe!

Resultados da busca para "exame da cavidade oral"

Necropsia em ovino: língua, orofaringe e coração. Como é feito o exame desses órgãos?

O exame necroscópico é fundamental para definição ou confirmação de diagnóstico. Entre as etapas de realização dessa técnica destaca-se o exame dos órgãos, a qual é realizada após exame externo do cadáver. O exame dos órgãos é feito de forma minuciosa, e cada órgão é examinado individualmente, observando possíveis processos patológicos.

Saiba mais

Exame coproparasitológico e análise macroscópica das fezes: quais características desejadas?

O exame coproparasitológico é aquele que obtém informações importantes sobre o trato gastrointestinal, a partir da análise das fezes do paciente. “A partir desse exame conseguimos detectar parasitas, hemorragias, corpos estranhos, dieta, bacteriologia, material glandular’’, explica Waleska de Melo, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, que é Doutora em Patologia Clínica Animal.

Saiba mais

Inspeção e palpação da boca dos cães: como realizar esse exame?

Você sabe a importância de examinar a boca do animal? Dentro da cavidade oral, podemos observar uma série de alterações que vão desde a halitose até a presença de fendas palatinas. Por meio dessa observação, é possível categorizar algumas alterações que podem acometer o paciente.

Saiba mais

Semiologia tegumentar em gatos: quais os cuidados necessários para realizar esse exame?

O exame dermatológico em gatos é, geralmente, um exame difícil de o médico realizar. Gatos não gostam da inspeção, pois incomoda bastante o animal. Tal fato exige paciência e determinação do Médico Veterinário, bem como auxílio do proprietário sempre que possível.

Saiba mais

Exame andrológico: qual a finalidade desse exame feito em equinos?

O exame andrológico precisa ser realizado de forma criteriosa pelo Médico Veterinário que deverá incluí-lo na rotina de trabalho com os animais ou sempre que se fizer necessário. Por meio do exame também são avaliados o comportamento, a postura do animal no momento da cópula e características espermáticas.

Saiba mais

Exame dermatológico em gatos? Prepare-se com as dicas abaixo!

O exame dermatológico em gatos é, geralmente, um exame difícil de o médico veterinário realizar. “Gatos não gostam da inspeção, pois incomoda bastante o animal”, afirma Prof.ª Dr.ª Waleska de Melo Ferreira Dantas, Doutora em Patologia Clínica Animal pela Universidade Federal de Viçosa - UFV.

Saiba mais

Exames oftálmicos interno em animais: qual a importância desses exames?

Nos exames oftálmicos, é possível encontrar diferentes variações que são condições de um olho saudável, cabendo ao médico veterinário discernir o que é normal do que é patológico. “Assim, quanto mais exames o profissional fizer, sempre embasado nos estudos teóricos, mais experiente ele ficará para distinguir casos anormais”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Quais são os dados que devem ser coletados antes de iniciar um exame ginecológico em éguas?

O exame ginecológico abrange técnicas diversificadas, além da palpação transretal e ultrassonografia. O médico veterinário deverá considerar cada uma das etapas de modo sistemático para que possa avaliar o exame clínico reprodutivo completo da égua.

Saiba mais

Exame ultrassonográfico em equinos: quais são as ultrassonográficas que podem ser observadas no abdômen do cavalo?

“O exame ultrassonográfico, associado a outros exames como o físico, transretal, laboratorial, análise de líquido peritoneal e avaliação do grau de dor, ajuda na tomada de decisão do Médico Veterinário para definição do tratamento (cirúrgico ou clínico)”, explica Lorena Chaves Monteiro, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestra em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Exame ultrassonográfico ou raio X do tórax do equino? Qual exame de imagem escolher?

A realização de exames de imagem em área torácica de cavalos pode ser um fator limitante para o diagnóstico das enfermidades que envolvem o seu sistema respiratório, por se tratar de uma área muito profunda, de difícil acesso para os equipamentos, principalmente os de raio x.

Saiba mais

Cavidade celomática: vamos conhecer os órgãos do sistema respiratório que compõem essa cavidade presente nas aves

A cavidade celomática representa, nas aves, o tórax e o abdômen dos mamíferos domésticos, pois, nessa cavidade, todos os órgãos estão dispostos de forma uniforme. As aves não possuem o músculo diafragma e nem a divisão da cavidade torácica e abdominal. Nos mamíferos, esse órgão separa o tórax do abdômen.

Saiba mais

Exame ortopédico em cães e gatos: como iniciar?

O exame ortopédico se inicia com a inspeção visual do paciente. Muitos veterinários, por falta de conhecimento, demonstram certo receio em fazer o exame ortopédico completo de cães e gatos, permanecendo apenas na parte inicial da inspeção visual.

Saiba mais

Precisando medicar pássaros? Saiba como proceder por via oral

Para aplicar uma medicação por via oral em aves, pode-se usar uma seringa de precisão, principalmente quando o paciente for uma ave de pequeno porte, para que a dosagem correta não seja ultrapassada. Para aplicações feitas diretamente no inglúvio, são necessárias sondas as quais são introduzidas através do canal oral da ave.

Saiba mais

Precisando examinar boca de gatos? Saiba como

O exame físico de inspeção e palpação da boca de cães e gatos além de ser relativamente simples, permite que o médico observe uma série de alterações que possam acometer a cavidade oral desses animais domésticos. “Ao iniciar a inspeção e palpação da boca de felinos, o Veterinário deve conter previamente o animal para que o exame seja feito de forma rápida, precisa e eficiente, minimizando o estresse para o animal e os riscos para o examinador”, afirma Dra. Waleska de Melo Ferreira Dantas

Saiba mais

Necropsia em ovino: exame externo. Qual a importância?

Você sabia que a necropsia é iniciada com o exame externo, o qual, às vezes, pode ser suficiente para definição do diagnóstico? Nesse exame, é analisado o histórico de vacinação, vermifugação, manejo adotado na propriedade, histórico clínico do rebanho e do cadáver. Esses dados são obtidos com o proprietário do animal e, ou com o médico veterinário responsável, por meio de conversas e registros sanitários.

Saiba mais

Exame radiológico do sistema locomotor de equinos: conheça alguns posicionamentos para obtenção das imagens

Na rotina de atendimento do médico veterinário, na área de grandes animais, é muito comum ocorrer queixas relacionadas ao sistema locomotor dos equinos. O exame de imagem do sistema locomotor fornece informações importantes a respeito de diagnóstico e prognóstico de grande número de enfermidades nessa área.

Saiba mais

Exames oftálmicos em animais domésticos: por onde começar?

O exame oftálmico é importante não só para avaliação da afecção presente, mas também para obter informações importantes sobre outros órgãos, como fígado, sistema cardiovascular etc.

Saiba mais

Necropsia de bovinos a campo: como iniciar esse procedimento?

Para realização da necropsia, são utilizadas técnicas específicas de exames. No entanto, antes de iniciar os exames propriamente ditos, deve ser feito o levantamento do histórico clínico do animal, também conhecido como perinecropsia.

Saiba mais

Necropsia em suíno: exame externo, como devo começar a necropsia?

Você sabia que a necropsia é iniciada com o exame externo, o qual, às vezes, pode ser suficiente para definição do diagnóstico? Nesse exame, é analisado o histórico de vacinação, vermifugação, manejo adotado na propriedade, histórico clínico do rebanho e do cadáver. Esses dados são obtidos com o proprietário do animal e, ou com o médico veterinário responsável, por meio de conversas e registros sanitários.

Saiba mais

Urinálise: você, futuro veterinário, responda rápido, quais são as características organolépticas analisadas nesse exame?

A urinálise é um exame simples e barato que reflete o estado de saúde dos rins e de outros órgãos através da análise da urina. As características organolépticas é a etapa também conhecida como exame físico da urina.

Saiba mais

Precisa examinar a boca de um cão? Siga essas dicas!

O Médico Veterinário, ao iniciar o exame específico da boca de cães, deve atentar-se primeiramente para a área externa que envolve a cabeça: a musculatura responsável pelos movimentos mastigatórios e os lábios do animal, a fim de verificar a presença de lesões ulcerativas, lesões erosivas e algum tipo de massa nessa região. Em seguida, o Médico Veterinário deve palpar toda a região perilabial e a musculatura que participa dos movimentos mastigatórios, principalmente os masseteres.

Saiba mais

Exame físico em lagartos? Saiba como no passo a passo abaixo

Precisa fazer a avaliação física de um lagarto e não sabe como? Contenção, auscultação, inspeção e palpação são as três etapas para o exame físico em lagartos. Isso é fácil. Siga as dicas abaixo: 1º passo: contenção Contenha o lagarto com uma fronha ou toalha

Saiba mais

Exame ultrassonográfico em animais: como fazer

De acordo com os ensinamentos da Profa. Sâmara Turbay Pires, “no exame ultrassonográfico, o animal deve ser colocado à direita do veterinário e a mão esquerda da pessoa vai trabalhar no aparelho de ultrassom”. Para demonstração, veja, a seguir, a avaliação da parte abdominal de um cão.

Saiba mais

Exame clínico em bovinos: como coletar informações para o diagnóstico?

Mesmo que o Veterinário seja chamado em uma propriedade para realizar o exame de apenas um animal, o conjunto precisa ser entendido, pois eles podem fornecer as informações importantes.

Saiba mais

Tendinite crônica em equinos: quais são os exames específicos para esse diagnóstico?

Quando se recebe um animal com histórico de claudicação, além dos exames gerais, deve-se realizar exames físicos específicos.

Saiba mais

Diagnóstico por imagens: qual a importância dos exames de imagens?

Mesmo diante de lesões externamente visíveis, é preciso saber sua extensão e até que ponto os danos internos vão. Por isso, os exames de imagens são muito valiosos no campo da medicina, seja veterinária ou humana. Saber o que acontece dentro do corpo do paciente é imprescindível para o estabelecimento do diagnóstico.

Saiba mais

Língua dos animais: vamos conhecer um pouco sobre esta estrutura?

“Entre as funções da língua, estão a deglutição e movimentação durante a mastigação, apreensão dos alimentos - sobretudo nos bovinos, funções gustativas e táteis e até mesmo a troca térmica nos carnívoros, que não tem glândulas sudoríparas”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Palpação do sistema tegumentar em cães e gatos: qual a importância desse exame?

Durante a realização do exame físico específico, podemos classificar morfologicamente alterações que podem ocorrer na pele de cães e gatos e que podem ser identificadas por meio da palpação e olfação.

Saiba mais

Cavidade abdominal: divisões da estrutura que aloja a maioria dos órgãos do sistema digestório

A cavidade abdominal faz parte do tronco do animal, que é dividido em tórax, abdômen e pelve e se encontra na porção caudal ao diafragma. Ela é composta por quatro músculos, formando, assim, a parede abdominal.

Saiba mais

Paciente equino com alteração na locomoção? Quais exames físicos específicos devem ser feitos?

Ao se receber um equino apresentando alterações no padrão de locomoção, com relatos de pioras gradativas, o médico veterinário deve inicialmente realizar um exame físico geral. Após essa primeira etapa de exames, passamos para os exames específicos.

Saiba mais

Aves de estimação: quais os cuidados e preparativos para realizar o exame desses animais?

A avaliação da ave como um paciente envolve fatores que correspondem não apenas ao exame físico, mas também ao seu histórico de saúde. Ainda, se possível, o profissional deve observar o ambiente em que a ave está inserida e o seu comportamento de interação com esse ambiente para um diagnóstico completo.

Saiba mais

Padrão brônquico: você conhece esse padrão radiográfico pulmonar?

Em qualquer padrão, deve-se associar o exame físico, a anamnese e os exames complementares dos animais.

Saiba mais

Ultrassonografia para avaliação ginecológica de fêmeas bovinas: quais são as vantagens desse exame?

A ultrassonografia em reprodução animal, tanto relacionada a bovinos de corte quanto de leite, possibilita uma avaliação ginecológica mais precisa, executando exames de fêmeas para protocolos de IATF (inseminação artificial em tempo fixo) e TETF (transferência de embriões em tempo fixo).

Saiba mais

Avaliação ultrassonográfica da região de metacarpo, metatarso e quartela dos cavalos: como preparar o animal para esse exame?

Saber executar o equipamento ultrassonográfico, dominar a composição das estruturas anatômicas dos cavalos e também identificar as imagens das regiões tem se tornado um grande desafio e agregado muito valor aos Médicos Veterinários. Mas para que o exame tenha sucesso, é de grande importância o preparo dos animais.

Saiba mais

Palpação transretal e ultrassonografia em éguas: vamos entender o objetivo desse exame?

Na prática, para fazer o exame de palpação transretal é necessário lubrificar as luvas com um gel feito à base de pó de carboxymethylcellulose e água aquecida. O primeiro procedimento é a retirada de todas as cíbalas da ampola retal.

Saiba mais

Suspeita de afecção no trato urinário do animal? Quais são os exames iniciais que o médico veterinário deve realizar?

Ao se deparar com um animal com suspeita de afecção no trato urinário, deve ser feito tanto o exame físico geral (sistema orgânico como um todo), quanto o específico (incluem técnicas semiológicas).

Saiba mais

Exame básico em equinos: como deve ser a avaliação visual realizada pelo Médico Veterinário?

“A inspeção visual deve ser realizada pelo Veterinário de maneira minuciosa”, explica Ludmila Souza, médica veterinária e professora do VET Profissional, que é Mestre em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Conheça os cuidados técnicos durante a celiorrafia que podem garantir o sucesso de uma cirurgia

Celiotomia é o termo que designa a incisão na cavidade abdominal. Equivocadamente, muitos profissionais a chama de laparotomia, nomenclatura até mais utilizada atualmente, porém que corresponde à incisão na região do flanco. Celiorrafia, por sua vez, é a sutura da cavidade abdominal, de modo que é o procedimento que finaliza a celiotomia.

Saiba mais

Exame ginecológico em éguas: importância, etapas e quando fazer

Apesar de a fertilização e gestação serem o núcleo do processo de reprodução animal, os criadores, baseados em inúmeras pesquisas científicas, entenderam que a obtenção de animais de alto desempenho genético só seria possível mediante valorização de todas as etapas que compõem o manejo reprodutivo. Em relação à criação de equinos, uma dessas etapas que se mostra fundamental é o exame ginecológico completo da égua antes da estação reprodutiva.

Saiba mais

Quais principais doenças periodontais que acometem cães e gatos?

Doença periodontal é a enfermidade mais comum da cavidade oral de cães e gatos. Inicia-se por acúmulo de bactérias na superfície dos dentes e progride até os tecidos de sustentação que formam o periodonto, que são gengiva, osso alveolar, cemento e ligamento periodontal.

Saiba mais

Medicamentos por via oral: como aplicar tais medicamentos em cães e gatos?

A correta aplicação de medicamentos também é essencial para que o fármaco cumpra seu objetivo. Além das práticas corretas, outros aspectos são levados em consideração, como a definição da via adequada, a correta manipulação de instrumentos como o aplicador, os métodos de contenção e a realização da assepsia são fatores essenciais para que o medicamento cumpra sua finalidade.

Saiba mais

Equino apresentando o jarrete do membro pélvico direito edemaciado: quais exames necessários para detectar a enfermidade?

“O exame físico geral deve sempre ser realizado em animais atendidos a campo com queixas de problemas no sistema locomotor, pois muitas vezes cursam com episódios crônicos de dor”, explica Lorena Chaves Monteiro, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Equinos: como diagnosticar doenças do sistema nervoso?

O exame semiológico do sistema nervoso começa com a avaliação geral do animal, desde a identificação, anamnese e histórico de vacinações e vermifugações, dando atenção ao estado mental do animal, sua postura, alterações anatômicas e de ambulações.

Saiba mais

Estomatite em bovinos: você conhece essa afecção do sistema digestivo?

Estomatites são alterações (inflamações) que acometem a mucosa oral dos bovinos, podendo ocorrer em diversas partes como língua (glossite), palato (palatite) e gengiva (gengivite).

Saiba mais

Auscultação do sistema respiratório em cães e gatos: quais os cuidados necessários para realizar esse procedimento?

É importante que o Médico Veterinário saiba observar e identificar as alterações encontradas no sistema respiratório de cães e gatos, assim como praticar e saber usar os termos técnicos adequados para cada uma das alterações do sistema respiratório.

Saiba mais

Exame de ultrassom das glândulas mamárias de vacas leiteiras? Por que fazer esse exame?

A pecuária leiteira possui grande importância econômica no Brasil. É um ramo do agronegócio que gera emprego, renda e cada vez mais vem sofrendo avanços tecnológicos.

Saiba mais

Ritmos sinusais: como interpretar os resultados do exame eletrocardiográfico?

O exame eletrocardiográfico é muito importante para avaliação das arritmias. Por isso, saber avaliar o ritmo sinusal (normal ou com alteração) é o ponto chave para interpretação do eletrocardiograma (ECG). Para a interpretação do ritmo sinusal, alguns pontos devem ser analisados no traçado eletrocardiográfico, como nos mostra Luiz Eduardo Duarte de Oliveira, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Mestre em Ciências Veterinárias:

Saiba mais

Contenção de caprinos para exames? Como realizar essa prática?

Na rotina de uma propriedade de criação de caprinos, é comum a realização de um conjunto de práticas relacionadas à lida com os animais. Entre essas práticas, destacam-se a contenção dos animais para realização de procedimentos, como exames, administração de medicamentos, pequenas cirurgias, entre outros.

Saiba mais

Anormalidades ultrassonográficas do boleto de equinos: vamos conhecer?

O exame ultrassonográfico é a melhor alternativa para o diagnóstico de imagem precoce de alterações mais sensíveis que só são detectadas pela imagem radiográfica quando em estágios avançados, como as lesões em cartilagens articulares e tecidos periarticulares, explica Lorena Chaves Monteiro, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestra em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Tratamento de fístulas oronasais em cão: quais são os cuidados pós-cirúrgicos?

O tratamento se inicia com a anestesia e bloqueio regional. Após o animal anestesiado, o primeiro procedimento deve ser a limpeza dos dentes e retirada dos cálculos, sobretudo do dente afetado, podendo-se extrair algum que eventualmente apresente grande mobilidade, avaliando a extensão da lesão.

Saiba mais

Anestesia em cães

Em um conceito mais técnico, a anestesia é um fármaco que deve ser ministrado para eliminar ou aliviar a dor e outras sensações a animais, para que possam passar por procedimentos cirúrgicos, exames diagnósticos e outros procedimentos. Ela deve durar um tempo determinado e deve ser aplicada por um anestesiologista veterinário.

Saiba mais

Precisando fazer exame de urina em éguas? Saiba como!

A coleta de urina em éguas é feita por meio da cateterização vesical ou sondagem vesical. É importante, como primeira medida para a realização do procedimento, fazer a assepsia da vulva para retirar resíduos de fezes e evitar a contaminação ao introduzir a sonda na uretra dos equinos.

Saiba mais

Anamnese em cães e gatos para a identificação de problemas de pele

É mesmo possível realizar anameses em cães e gatos para a identificação de problemas de pele? Sim, é. A anamnese inicia-se pela queixa principal do proprietário e deve se desenvolver por meio de uma série de perguntas feitas pelo médico veterinário, relativas ao sistema tegumentar que irão orientá-lo na identificação das alterações, bem como sugerir exames complementares.

Saiba mais

A importância da anamnese para o trabalho com animais

Segundo Ana Carolina Silva Faria, professora do VET Profissional, “A anamnese deve ser um exame detalhado, capaz de fornecer o perfil do animal, o perfil do ambiente em que ele vive e o perfil do proprietário”. A ficha de anamnese do paciente deve ser preenchida minunciosamente e conter os seguintes dados

Saiba mais

Exodontia em cães: o que o veterinário deve saber a respeito

A exodontia é um procedimento cirúrgico frequente na prática odontológica de pequenos animais, em que se realiza a extração de um ou mais dentes devido a algum problema, como trauma ou doença oral. Para a realização da exodondia são utilizados o osteótomo e o martelo para a retirada do osso alveolar.

Saiba mais

Avaliação ginecológica em vacas: por que fazer?

A ultrassonografia em reprodução animal, tanto relacionada a bovinos de corte quanto de leite, possibilita uma avaliação ginecológica mais precisa, executando exames de fêmeas para protocolos de IATF (inseminação artificial em tempo fixo) e TETF (transferência de embriões em tempo fixo).

Saiba mais

Exame de aves em postura: como fazer?

Quando o avicultor opta pela criação de aves de postura, é possível ter até 18 mil poedeiras por galpão. Assim, como identificar, dentre tantas aves, se alguma delas não está produzindo? Para isso, alguns pontos devem ser observados, como: - As aves produtivas têm crista aquecida, quente ao toque, devido ao alto metabolismo, e uma coloração vermelha levemente pálida, já que o sangue do seu corpo está sendo desviado para a região do oviduto. - O espaço entre pernas deve ser de aproximadamente três dedos, pois os hormônios sexuais dilatam a região dos ossos pélvicos para facilitar a passagem dos ovos.

Saiba mais

Esofagotomia cervical animal: conheça essa técnica cirúrgica de abertura do esôfago

“A esofagotomia é a técnica cirúrgica de abertura do esôfago. Ela é importante tanto para explorar alguma alteração observada em exames quanto para remoção de corpos estranhos, neoplasias, correção de perfurações e fístulas, entre muitos outros casos”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Pesquisa de endoparasitas: conheça as principais técnicas

A pesquisa de endoparasitas nas fezes de animais serve para detectar a presença de vermes e protozoários no organismo do animal, o que pode causar doenças intestinais.

Saiba mais

Exame radiográfico do boleto equino: achados normais nessas imagens radiográficas

As imagens radiográficas obtidas através de quatro projeções permitem a avaliação completa e importantes informações sobre a articulação do boleto dos equinos.

Saiba mais

Projeções radiográficas: você sabe quais e como solicitar?

De acordo com os achados no exame físico, o médico veterinário deve solicitar o exame radiográfico, especificando as projeções necessárias. Para isso, deve relembrar os conceitos anatômicos aprendidos durante seus anos de estudo e conhecer o posicionamento correto do paciente e o mecanismo do raio, desde a sua direção de ação até os fatores de proteção e qualidade da imagem.

Saiba mais

Suspeita de enteroparasitas? Saiba como coletar amostras para o exame coproparasitológico

O diagnóstico de helmintoses em animais domésticos, deve conter a análise cuidadosa de vários fatores, como anamnese, observação microscópica e diagnóstico diferencial.

Saiba mais

Imagem radiológica: quais fatores afetam a sua formação?

Conhecer os princípios da formação da imagem radiográfica, a ação dos raios X e os equipamentos que podem ser usados para a captura de imagens auxilia na execução correta do exame e na compreensão da importância dos cuidados que devem ser tomados ao lidar com radiações.

Saiba mais

Lesões ósseas em animais: conheça os tipos de lesões que podem ser observadas nos exames radiográficos

Para as lesões ósseas serem vistas e detectadas radiograficamente, mais de 30% ou 50% de lesão já deve ter ocorrido no osso, ou seja, quando já se tem uma lesão maior.

Saiba mais

Como iniciar uma necropsia em equino a campo?

O exame necroscópico consiste em realizar um exame detalhado do cadáver do animal com o objetivo principal de investigar a causa da morte, quando esta ainda é uma incógnita, ou para confirmar um diagnóstico.

Saiba mais

Eletrocardiografia: vamos entender a importância desse tipo de exame

Eletrocardiografia é o registro gráfico do impulso elétrico do coração durante a despolarização e repolarização. É o principal e mais completo exame para avaliação das arritmias.

Saiba mais

Necropsia em gatos: entenda o que deve ser observado ao examinar o fígado de felino

O exame dos órgãos deve ser feito de forma minuciosa, e cada órgão deve ser examinado individualmente, observando possíveis processos patológicos.

Saiba mais

Saiba como interpretar leucograma

O leucograma é uma parte do exame de sangue, que avalia os leucócitos ou glóbulos brancos, responsáveis pela imunidade do animal. Este exame indica o número de basófilos, eosinófilos, linfócitos e monócitos presentes no sangue. Os resultados do leucograma podem ajudar o médico veterinário a interpretar doenças.

Saiba mais

Aprenda a realizar o exame físico externo para diagnosticar doenças em aves

Os médicos veterinários devem sempre orientar criadores de aves domésticas a nunca ignorarem nenhum sinal de doença observado em sua criação, por menor que ele seja. Em granjas, como o número de animais convivendo muito próximos é elevado, infecções se propagam rapidamente, o que pode ocasionar descarte de plantéis inteiros.

Saiba mais

Aprenda a como realizar o exame físico externo para diagnosticar doenças em aves

Os médicos veterinários devem sempre orientar criadores de aves domésticas a nunca ignorarem nenhum sinal de doença observado em sua criação, por menor que ele seja. Em granjas, como o número de animais convivendo muito próximos é elevado, infecções se propagam rapidamente, o que pode ocasionar descarte de plantéis inteiros.

Saiba mais

Anatomia sistemática da boca de animais: conheça as funções dos lábios e da bochecha dos animais domésticos

O aparelho digestório se inicia pela boca. A cavidade oral possui estruturas necessárias para apreensão, mastigação e deglutição do alimento ingerido. “A maioria das espécies de animais utilizam os lábios para realiza a apreensão e seleção dos alimentos”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Dermatofitose em Gato: como coletar amostras para o diagnóstico?

Quando nos deparamos com pacientes com lesões de pele circunscritas em determinadas áreas do corpo, é muito difícil fazer o diagnóstico observando apenas as características das lesões, pois essas se apresentam de modo semelhante para diferentes agentes ou causas.

Saiba mais

Exodontia em pequenos animais: cuidados ao extrair dentes caninos

Para a realização da exodondia são utilizados o osteótomo e o martelo para a retirada do osso alveolar. “Essa técnica precisa ser executada de forma cuidadosa devido à força empregada nos instrumentos bem próximos às áreas internas da boca”, explica Fernando Fernandes, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Palpação transretal: qual a importância desse exame em fêmeas bovinas?

“As avaliações ginecológicas feitas em bovinos são de suma importância para o correto andamento dos estudos de índices zootécnicos nas propriedades, relacionados à reprodução animal”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Babebiose em equinos: como diagnosticar?

“As possibilidades de diagnóstico são inúmeras quando se fala em redução de apetite. As primeiras suspeitas são problemas dentários ou relacionados à cavidade oral e verminoses, que não só reduzem o apetite como provocam considerável perda de peso”, explica Lorena Chaves Monteiro, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Anestesia local e regional em cães e gatos: por que usar?

“A língua ou palato de um animal, quando não examinadas, podem deixar patologias passarem despercebidas”, explica Fernando Fernandes, professor do VET Profissional. O exame oral detalhado, nesse caso, só é possível em um paciente anestesiado e, para isso, o indicado é a utilização da anestesia local e regional.

Saiba mais

Alterações radiográficas associadas à claudicação e a patologias no tarso dos equinos

Na rotina de atendimento médico veterinário, na área de grandes animais, é muito comum ocorrer queixas relacionadas ao sistema locomotor dos equinos.

Saiba mais

Dicas para ministrar medicamentos em pets

Você pode precisar dar remédio para dor após um acidente grave ou um vermífugo mensal; aprender a dar medicação via oral para o seu pet é um truque útil

Saiba mais

Tamanduá-mirim: Sr. Veterinário, como realizar o atendimento desse animal?

A avaliação física do tamanduá-mirim deve ser feita da mesma forma que a avaliação de um animal doméstico. É importante que todos os equipamentos que serão utilizados já estejam prontos na hora do exame para que a contenção física do paciente seja rápida e objetiva, diminuindo, assim, o estresse.

Saiba mais

Um animal necessita de biopsia gástrica: como é feito esse procedimento?

Inicialmente foi feito um exame de ultrassonografia que mostrou um espessamento da parede do estômago e uma massa no lóbulo direito do fígado. Sendo assim, foi realizada uma laparotomia exploratória, para avaliação da cavidade abdominal e do estômago para determinação do correto procedimento cirúrgico a se realizar.

Saiba mais

Suspeita de câncer no animalzinho? Qual exame solicitar? Citologia ou histopatologia?

O câncer deriva da palavra karkinos que, no grego, significa caranguejo. Esta é uma analogia à forma pouco delimitada e infiltrativa dos diversos tumores cancerígenos.

Saiba mais

Felino com suspeita de DTUIF: quais exames solicitar?

A DTUIF é uma afecção que atinge o trato urinário inferior felino afetando a vesícula urinária e a uretra dos pacientes. Os sinais clínicos mais comuns são: hematúria, disúria, estrangúria, polaciúria, periúria e manifestações de alterações comportamentais, tais como a lambedura do pênis.

Saiba mais

Leucograma: você sabe a importância desse exame na avaliação do estado de saúde do animal?

O leucograma faz parte do hemograma e corresponde à avaliação das células brancas, chamadas leucócitos, responsáveis pela defesa ou segurança imunológica do organismo dos animais.

Saiba mais

Faringe dos animais: vamos conhecer essa estrutura?

A faringe é a porção do aparelho digestório responsável pelo controle da passagem de ar e de alimento.

Saiba mais

Celiotomia: o que é? Como é feita?

• Celio = abdômen. • Tomia = incisão. Trata-se da incisão da região do abdômen.

Saiba mais

Animais cardiopatas: como montar uma resenha e uma anamnese desses animais?

A resenha compreende os dados básicos do animal, como sexo, espécie, idade e raça, enquanto a anamnese capta dados relacionados ao seu histórico de vida, familiar e de saúde.

Saiba mais

Sistema urinário de cães e gatos: qual a sequência do exame clínico desse sistema?

Várias são as alterações clínicas que podem acometer o sistema urinário, cujos sinais clínicos vão desde alterações na conformação do animal, até alteração no pênis e lesão na mucosa da boca, sendo esta causada por síndrome urêmica.

Saiba mais

Equipamentos odontológicos utilizados para atendimentos de cães e gatos

Os instrumentais podem ser adquiridos à medida que for havendo demanda. Contudo, existem equipamentos básicos que toda clínica deve ter desde o início, que são aqueles utilizados para a avaliação clínica da cavidade oral.

Saiba mais

Efusão pleural em cães e gatos: como identificar em uma imagem radiográfica?

A pleura é uma membrana que recobre todo o tórax do animal, desde a região da parede torácica até a região dos órgãos internos da cavidade torácica. Nos animais, encontramos dois tipos de pleuras, a pleura visceral (que recobre os pulmões) e a pleura parietal (que reveste a cavidade torácica).

Saiba mais

Fascíola hepática: você conhece esse platelminto de importância médico-veterinária?

Entre os platelmintos, uma classe que se destaca é a Trematoda. É uma classe de importância médico-veterinária, por conter indivíduos altamente zoonóticos, e um que se destaca é a Fascíola hepática.

Saiba mais

Cuidados pré-gestação para a segurança de gatas, cadelas e filhotes

A importância de um acompanhamento médico adequado durante a gestação de gatas e cadelas não é mais segredo para os tutores, de modo que são cada vez mais frequentes as pacientes prenhas e os neonatos nas clínicas e hospitais veterinários. Entretanto, existem alguns cuidados nem sempre observados que devem ser tomados antes mesmo do acasalamento e que podem prevenir problemas de alto risco para os filhotes.

Saiba mais

Hérnia umbilical em potros? Conheça a Herniorrafia!

O procedimento de herniorrafia em potros é realizado sempre que o animal jovem ou recém-nascido apresenta a patologia de hérnia umbilical. Esta, por sua vez, ocorre devido a ausência de fechamento adequado da musculatura abdominal ventral. Essa má formação propicia o desenvolvimento de um ponto anatomicamente frágil no corpo do potro, permitindo a passagem do conteúdo oriundo da cavidade abdominal para o espaço subcutâneo.

Saiba mais

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação!

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação do esôfago cervical, técnicas que permitem ao Médico Veterinário visualizar externamente aumentos de volume e outras alterações visíveis no esôfago. A palpação ocorre a partir da glote e desce pelo esôfago. Durante esta ação, o médico deve sentir se existe algum tipo de massa ou corpo estranho que dificultando a passagem do alimento no animal. O exame também demonstra o nível de sensibilidade do animal na região do esôfago.

Saiba mais

Precisando avaliar cavalos? Observe-os em grupo, não isoladamente

Precisando avaliar cavalos? Observe-os em grupo, não isoladamente. Quando observarmos os animais em conjunto, é possível comparar comportamentos e posturas diferenciadas entre animais saudáveis e animais doentes. Esses últimos tendem a se afastar do grupo, apresentam comportamento ingestivo diferenciado, bem como o modo como se locomovem.

Saiba mais

Linfonodos equinos: como examinar corretamente e o que observar

A avaliação dos linfonodos é feita comparando-se um linfonodo ao linfonodo do antímero contrário, ou seja, linfonodos esquerdo e direito. Sempre que possível, deve-se palpar os dois linfonodos juntos para que o Veterinário perceba alterações.

Saiba mais

Vai trabalhar com ultrassonografia animal? Conheça os transdutores

Os transdutores acoplados são escolhidos de acordo com o objetivo do exame ultrassonográfico a ser realizado. • Para observação de estruturas mais superficiais: transdutor com frequência maior → mais curto o pulso → menor penetração (visibilizar estruturas superficiais) → alta resolução. • Para observação de estruturas mais profundas: frequência menor →maior penetração (visibilizar estruturas mais profundas) → baixa resolução.

Saiba mais

Sr. Veterinário: aprenda sobre o bloqueio do nervo maxilar de cães

O nervo maxilar emerge pelo forame maxilar e é responsável por irrigar um dos lados da face do cão, explica Luís Eugênio Franklin Augusto, Professor do VET Profissional. O bloqueio desse nervo permite dessensibilizar a parte superior rostral e arcada superior do animal (teto da cavidade nasal, palato duro, palato mole, focinho, lábio superior, dentes incisivos e caninos superiores, dentes molares e pré-molares de um dos lados da face do paciente).

Saiba mais

Veterinário Radiologista: atenção aos artefatos de imagem!

Os artefatos de imagem são exibições de informações (imagens) que não correspondem exatamente à verdadeira imagem da área examinada. São frequentemente observados nos exames ultrassonográficos. Os artefatos mais comuns vistos dentro da avaliação ultrassonográfica dos animais são:

Saiba mais

Médico veterinário: vamos lembrar como coletar o sangue pela veia jugular em cães?

Antes de indicar a coleta de sangue, é necessário que o Médico veterinário faça um bom exame físico do paciente, pois aqueles com coagulopatias graves não devem ser submetidos ao procedimento.

Saiba mais

Urinálises: como realizar a coleta de urina em fêmeas bovinas?

As urinálises possibilitam a obtenção de informações sobre muitas funções metabólicas do organismo e sobre os rins, além disso, a urina possui a vantagem de ser de fácil coleta para exame em laboratório.

Saiba mais

Alterações ortopédicas em animais: como avaliar a movimentação do paciente?

“É necessário observar o animal em diversas posições antes de prosseguir para os exames físicos. Devemos avaliar o paciente também em movimento: enquanto caminha, a trote e a galope, quando possível”, explica a professora Ana Carolina Silva Faria, do VET Profissional.

Saiba mais

Omentopexia: conheça esse procedimento cirúrgico

A Omentopexia é um procedimento realizado para evitar a recidiva de deslocamento do abomaso, cuja posição original é caudal à cartilagem xifoide, em torno de 10 cm a 15 cm. Na cavidade abdominal, dois tipos de deslocamento do abomaso são possíveis: à esquerda (DAE) e à direita (DAD).

Saiba mais

Fêmeas equinas: conheça 7 sinais clínicos de alterações no sistema reprodutor das éguas

O sistema reprodutor tem a importante função de garantir a perpetuação das espécies por meio da gestação. “Quando se trata de fêmeas equinas, o conhecimento da anatomia desse sistema é indispensável para conseguir identificar anormalidades ao executar a palpação retal no exame físico”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, Pós-doutora em Medicina, na área de Oftalmologia e Oncologia e Doutora em Cirúrgicas e Anestésicas Aplicadas aos Animais.

Saiba mais

Eritrograma? Você sabe o que significa?

O hemograma tem como objetivo avaliar a saúde geral do animal. O exame é composto por três partes principais, a saber: eritrograma, leucograma e trombograma.

Saiba mais

Necropsia em gatos: como fazer a avaliação das mucosas?

Na necropsia é feita uma análise detalhada do cadáver, tanto na parte externa como interna. O exame externo nada mais é que uma avaliação detalhada da superfície do cadáver. Trata-se da primeira fase da necropsia em que informações relevantes são coletadas para elucidar a causa mortis do animal.

Saiba mais

Nematelmintos: conheça as características gerais desses vermes que causam prejuízos aos animais e aos humanos

Para entender um pouco mais a respeito dos nematelmintos, Mariana Costa Fausto, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Doutora em Medicina Veterinária Preventiva – Saúde Animal e Programas Sanitários, explica que esses são vermes redondos, pertencentes ao filo Aschelminthes e classe Nematoda. São animais pseudocelomados (cavidade só parcialmente revestida pela mesoderme); dioicos com dimorfismo sexual, sendo a fêmea de tamanho maior que o macho.

Saiba mais

O que é edema? Quais são os mecanismos que levam à sua formação?

Edema é o acúmulo de líquido no tecido intercelular (intersticial), nos espaços ou nas cavidades do corpo. É resultado do aumento da quantidade de líquido no meio extracelular, sendo externo ao meio intravascular.

Saiba mais

Dermatites fúngicas em cães e gatos: conheça a dermatofitose!

Muitas das dermatites fúngicas são zoonoses, isto é, podem ser transmitidas do animal para o homem e vice-versa, exigindo do veterinário cuidado redobrado no momento de examinar o animal e executar os procedimentos para exames clínicos.

Saiba mais

Cistotomia em animais: como chegar a um diagnóstico para a realização desse procedimento?

O diagnóstico de doença da bexiga é essencial para que se possa iniciar o procedimento cirúrgico. O diagnóstico pode ser realizado por meio do histórico do animal junto com o exame de palpação.

Saiba mais

Necropsia em suínos: como deve ser feita a análise do coração?

Na necropsia é feita uma análise detalhada do cadáver, tanto da parte externa quanto da parte interna, e envolve exame dos órgãos, da carcaça e de todas as estruturas que compõem o organismo do animal em busca de sinais que possam levar à causa da morte. Nessa investigação também são coletados materiais para análise laboratorial.

Saiba mais

Dermatites alérgicas em cães e gatos: como proceder ao receber esses animais no consultório?

Todas as vezes que se abordar um paciente alérgico ou qualquer paciente dermatológico, deve-se realizar o exame de triagem. Logo, o raspado cutâneo parasitológico, raspado cutâneo profundo e cultura fúngica devem ser feitos em todos os casos. Também testes diagnósticos, a fim de avaliar se o animal apresenta infecções secundárias, infecções bacterianas ou leveduriformes, devem ser realizados, pois tais doenças devem ser tratadas antes de se focar nas dermatites alérgicas.

Saiba mais

Nodulectomia em galo: como é realizada a cirurgia para remoção de uma pododermatite?

Um galo caipira, diagnosticado com hiperqueratinização e dermatopatia na região plantar deverá ser tratado com retirada da pododermatite, ressecção do tumor e exame histopatológico para avaliar sua causa. Veja como proceder.

Saiba mais

Anamnese em pacientes equinos: quais são os questionamentos interessantes para o veterinário?

A anamnese deve ser um exame detalhado, capaz de fornecer o perfil do animal, o perfil do ambiente em que ele vive e o perfil do proprietário. Para o proprietário, a anamnese deve parecer um bate-papo descontraído em que o médico veterinário busca obter o máximo de informações possíveis sobre o animal, por meio de perguntas diretas.

Saiba mais

Necropsia em ovino: língua, orofaringe e coração. Como é feito o exame desses órgãos?

O exame necroscópico é fundamental para definição ou confirmação de diagnóstico. Entre as etapas de realização dessa técnica destaca-se o exame dos órgãos, a qual é realizada após exame externo do cadáver. O exame dos órgãos é feito de forma minuciosa, e cada órgão é examinado individualmente, observando possíveis processos patológicos.

Saiba mais

Exame coproparasitológico e análise macroscópica das fezes: quais características desejadas?

O exame coproparasitológico é aquele que obtém informações importantes sobre o trato gastrointestinal, a partir da análise das fezes do paciente. “A partir desse exame conseguimos detectar parasitas, hemorragias, corpos estranhos, dieta, bacteriologia, material glandular’’, explica Waleska de Melo, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, que é Doutora em Patologia Clínica Animal.

Saiba mais

Inspeção e palpação da boca dos cães: como realizar esse exame?

Você sabe a importância de examinar a boca do animal? Dentro da cavidade oral, podemos observar uma série de alterações que vão desde a halitose até a presença de fendas palatinas. Por meio dessa observação, é possível categorizar algumas alterações que podem acometer o paciente.

Saiba mais

Semiologia tegumentar em gatos: quais os cuidados necessários para realizar esse exame?

O exame dermatológico em gatos é, geralmente, um exame difícil de o médico realizar. Gatos não gostam da inspeção, pois incomoda bastante o animal. Tal fato exige paciência e determinação do Médico Veterinário, bem como auxílio do proprietário sempre que possível.

Saiba mais

Exame andrológico: qual a finalidade desse exame feito em equinos?

O exame andrológico precisa ser realizado de forma criteriosa pelo Médico Veterinário que deverá incluí-lo na rotina de trabalho com os animais ou sempre que se fizer necessário. Por meio do exame também são avaliados o comportamento, a postura do animal no momento da cópula e características espermáticas.

Saiba mais

Exame dermatológico em gatos? Prepare-se com as dicas abaixo!

O exame dermatológico em gatos é, geralmente, um exame difícil de o médico veterinário realizar. “Gatos não gostam da inspeção, pois incomoda bastante o animal”, afirma Prof.ª Dr.ª Waleska de Melo Ferreira Dantas, Doutora em Patologia Clínica Animal pela Universidade Federal de Viçosa - UFV.

Saiba mais

Exames oftálmicos interno em animais: qual a importância desses exames?

Nos exames oftálmicos, é possível encontrar diferentes variações que são condições de um olho saudável, cabendo ao médico veterinário discernir o que é normal do que é patológico. “Assim, quanto mais exames o profissional fizer, sempre embasado nos estudos teóricos, mais experiente ele ficará para distinguir casos anormais”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Quais são os dados que devem ser coletados antes de iniciar um exame ginecológico em éguas?

O exame ginecológico abrange técnicas diversificadas, além da palpação transretal e ultrassonografia. O médico veterinário deverá considerar cada uma das etapas de modo sistemático para que possa avaliar o exame clínico reprodutivo completo da égua.

Saiba mais

Exame ultrassonográfico em equinos: quais são as ultrassonográficas que podem ser observadas no abdômen do cavalo?

“O exame ultrassonográfico, associado a outros exames como o físico, transretal, laboratorial, análise de líquido peritoneal e avaliação do grau de dor, ajuda na tomada de decisão do Médico Veterinário para definição do tratamento (cirúrgico ou clínico)”, explica Lorena Chaves Monteiro, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestra em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Exame ultrassonográfico ou raio X do tórax do equino? Qual exame de imagem escolher?

A realização de exames de imagem em área torácica de cavalos pode ser um fator limitante para o diagnóstico das enfermidades que envolvem o seu sistema respiratório, por se tratar de uma área muito profunda, de difícil acesso para os equipamentos, principalmente os de raio x.

Saiba mais

Cavidade celomática: vamos conhecer os órgãos do sistema respiratório que compõem essa cavidade presente nas aves

A cavidade celomática representa, nas aves, o tórax e o abdômen dos mamíferos domésticos, pois, nessa cavidade, todos os órgãos estão dispostos de forma uniforme. As aves não possuem o músculo diafragma e nem a divisão da cavidade torácica e abdominal. Nos mamíferos, esse órgão separa o tórax do abdômen.

Saiba mais

Exame ortopédico em cães e gatos: como iniciar?

O exame ortopédico se inicia com a inspeção visual do paciente. Muitos veterinários, por falta de conhecimento, demonstram certo receio em fazer o exame ortopédico completo de cães e gatos, permanecendo apenas na parte inicial da inspeção visual.

Saiba mais

Precisando medicar pássaros? Saiba como proceder por via oral

Para aplicar uma medicação por via oral em aves, pode-se usar uma seringa de precisão, principalmente quando o paciente for uma ave de pequeno porte, para que a dosagem correta não seja ultrapassada. Para aplicações feitas diretamente no inglúvio, são necessárias sondas as quais são introduzidas através do canal oral da ave.

Saiba mais

Precisando examinar boca de gatos? Saiba como

O exame físico de inspeção e palpação da boca de cães e gatos além de ser relativamente simples, permite que o médico observe uma série de alterações que possam acometer a cavidade oral desses animais domésticos. “Ao iniciar a inspeção e palpação da boca de felinos, o Veterinário deve conter previamente o animal para que o exame seja feito de forma rápida, precisa e eficiente, minimizando o estresse para o animal e os riscos para o examinador”, afirma Dra. Waleska de Melo Ferreira Dantas

Saiba mais

Necropsia em ovino: exame externo. Qual a importância?

Você sabia que a necropsia é iniciada com o exame externo, o qual, às vezes, pode ser suficiente para definição do diagnóstico? Nesse exame, é analisado o histórico de vacinação, vermifugação, manejo adotado na propriedade, histórico clínico do rebanho e do cadáver. Esses dados são obtidos com o proprietário do animal e, ou com o médico veterinário responsável, por meio de conversas e registros sanitários.

Saiba mais

Exame radiológico do sistema locomotor de equinos: conheça alguns posicionamentos para obtenção das imagens

Na rotina de atendimento do médico veterinário, na área de grandes animais, é muito comum ocorrer queixas relacionadas ao sistema locomotor dos equinos. O exame de imagem do sistema locomotor fornece informações importantes a respeito de diagnóstico e prognóstico de grande número de enfermidades nessa área.

Saiba mais

Exames oftálmicos em animais domésticos: por onde começar?

O exame oftálmico é importante não só para avaliação da afecção presente, mas também para obter informações importantes sobre outros órgãos, como fígado, sistema cardiovascular etc.

Saiba mais

Necropsia de bovinos a campo: como iniciar esse procedimento?

Para realização da necropsia, são utilizadas técnicas específicas de exames. No entanto, antes de iniciar os exames propriamente ditos, deve ser feito o levantamento do histórico clínico do animal, também conhecido como perinecropsia.

Saiba mais

Necropsia em suíno: exame externo, como devo começar a necropsia?

Você sabia que a necropsia é iniciada com o exame externo, o qual, às vezes, pode ser suficiente para definição do diagnóstico? Nesse exame, é analisado o histórico de vacinação, vermifugação, manejo adotado na propriedade, histórico clínico do rebanho e do cadáver. Esses dados são obtidos com o proprietário do animal e, ou com o médico veterinário responsável, por meio de conversas e registros sanitários.

Saiba mais

Urinálise: você, futuro veterinário, responda rápido, quais são as características organolépticas analisadas nesse exame?

A urinálise é um exame simples e barato que reflete o estado de saúde dos rins e de outros órgãos através da análise da urina. As características organolépticas é a etapa também conhecida como exame físico da urina.

Saiba mais

Precisa examinar a boca de um cão? Siga essas dicas!

O Médico Veterinário, ao iniciar o exame específico da boca de cães, deve atentar-se primeiramente para a área externa que envolve a cabeça: a musculatura responsável pelos movimentos mastigatórios e os lábios do animal, a fim de verificar a presença de lesões ulcerativas, lesões erosivas e algum tipo de massa nessa região. Em seguida, o Médico Veterinário deve palpar toda a região perilabial e a musculatura que participa dos movimentos mastigatórios, principalmente os masseteres.

Saiba mais

Exame físico em lagartos? Saiba como no passo a passo abaixo

Precisa fazer a avaliação física de um lagarto e não sabe como? Contenção, auscultação, inspeção e palpação são as três etapas para o exame físico em lagartos. Isso é fácil. Siga as dicas abaixo: 1º passo: contenção Contenha o lagarto com uma fronha ou toalha

Saiba mais

Exame ultrassonográfico em animais: como fazer

De acordo com os ensinamentos da Profa. Sâmara Turbay Pires, “no exame ultrassonográfico, o animal deve ser colocado à direita do veterinário e a mão esquerda da pessoa vai trabalhar no aparelho de ultrassom”. Para demonstração, veja, a seguir, a avaliação da parte abdominal de um cão.

Saiba mais

Exame clínico em bovinos: como coletar informações para o diagnóstico?

Mesmo que o Veterinário seja chamado em uma propriedade para realizar o exame de apenas um animal, o conjunto precisa ser entendido, pois eles podem fornecer as informações importantes.

Saiba mais

Tendinite crônica em equinos: quais são os exames específicos para esse diagnóstico?

Quando se recebe um animal com histórico de claudicação, além dos exames gerais, deve-se realizar exames físicos específicos.

Saiba mais

Diagnóstico por imagens: qual a importância dos exames de imagens?

Mesmo diante de lesões externamente visíveis, é preciso saber sua extensão e até que ponto os danos internos vão. Por isso, os exames de imagens são muito valiosos no campo da medicina, seja veterinária ou humana. Saber o que acontece dentro do corpo do paciente é imprescindível para o estabelecimento do diagnóstico.

Saiba mais

Língua dos animais: vamos conhecer um pouco sobre esta estrutura?

“Entre as funções da língua, estão a deglutição e movimentação durante a mastigação, apreensão dos alimentos - sobretudo nos bovinos, funções gustativas e táteis e até mesmo a troca térmica nos carnívoros, que não tem glândulas sudoríparas”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Palpação do sistema tegumentar em cães e gatos: qual a importância desse exame?

Durante a realização do exame físico específico, podemos classificar morfologicamente alterações que podem ocorrer na pele de cães e gatos e que podem ser identificadas por meio da palpação e olfação.

Saiba mais

Cavidade abdominal: divisões da estrutura que aloja a maioria dos órgãos do sistema digestório

A cavidade abdominal faz parte do tronco do animal, que é dividido em tórax, abdômen e pelve e se encontra na porção caudal ao diafragma. Ela é composta por quatro músculos, formando, assim, a parede abdominal.

Saiba mais

Paciente equino com alteração na locomoção? Quais exames físicos específicos devem ser feitos?

Ao se receber um equino apresentando alterações no padrão de locomoção, com relatos de pioras gradativas, o médico veterinário deve inicialmente realizar um exame físico geral. Após essa primeira etapa de exames, passamos para os exames específicos.

Saiba mais

Aves de estimação: quais os cuidados e preparativos para realizar o exame desses animais?

A avaliação da ave como um paciente envolve fatores que correspondem não apenas ao exame físico, mas também ao seu histórico de saúde. Ainda, se possível, o profissional deve observar o ambiente em que a ave está inserida e o seu comportamento de interação com esse ambiente para um diagnóstico completo.

Saiba mais

Padrão brônquico: você conhece esse padrão radiográfico pulmonar?

Em qualquer padrão, deve-se associar o exame físico, a anamnese e os exames complementares dos animais.

Saiba mais

Ultrassonografia para avaliação ginecológica de fêmeas bovinas: quais são as vantagens desse exame?

A ultrassonografia em reprodução animal, tanto relacionada a bovinos de corte quanto de leite, possibilita uma avaliação ginecológica mais precisa, executando exames de fêmeas para protocolos de IATF (inseminação artificial em tempo fixo) e TETF (transferência de embriões em tempo fixo).

Saiba mais

Avaliação ultrassonográfica da região de metacarpo, metatarso e quartela dos cavalos: como preparar o animal para esse exame?

Saber executar o equipamento ultrassonográfico, dominar a composição das estruturas anatômicas dos cavalos e também identificar as imagens das regiões tem se tornado um grande desafio e agregado muito valor aos Médicos Veterinários. Mas para que o exame tenha sucesso, é de grande importância o preparo dos animais.

Saiba mais

Palpação transretal e ultrassonografia em éguas: vamos entender o objetivo desse exame?

Na prática, para fazer o exame de palpação transretal é necessário lubrificar as luvas com um gel feito à base de pó de carboxymethylcellulose e água aquecida. O primeiro procedimento é a retirada de todas as cíbalas da ampola retal.

Saiba mais

Suspeita de afecção no trato urinário do animal? Quais são os exames iniciais que o médico veterinário deve realizar?

Ao se deparar com um animal com suspeita de afecção no trato urinário, deve ser feito tanto o exame físico geral (sistema orgânico como um todo), quanto o específico (incluem técnicas semiológicas).

Saiba mais

Exame básico em equinos: como deve ser a avaliação visual realizada pelo Médico Veterinário?

“A inspeção visual deve ser realizada pelo Veterinário de maneira minuciosa”, explica Ludmila Souza, médica veterinária e professora do VET Profissional, que é Mestre em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Conheça os cuidados técnicos durante a celiorrafia que podem garantir o sucesso de uma cirurgia

Celiotomia é o termo que designa a incisão na cavidade abdominal. Equivocadamente, muitos profissionais a chama de laparotomia, nomenclatura até mais utilizada atualmente, porém que corresponde à incisão na região do flanco. Celiorrafia, por sua vez, é a sutura da cavidade abdominal, de modo que é o procedimento que finaliza a celiotomia.

Saiba mais

Exame ginecológico em éguas: importância, etapas e quando fazer

Apesar de a fertilização e gestação serem o núcleo do processo de reprodução animal, os criadores, baseados em inúmeras pesquisas científicas, entenderam que a obtenção de animais de alto desempenho genético só seria possível mediante valorização de todas as etapas que compõem o manejo reprodutivo. Em relação à criação de equinos, uma dessas etapas que se mostra fundamental é o exame ginecológico completo da égua antes da estação reprodutiva.

Saiba mais

Quais principais doenças periodontais que acometem cães e gatos?

Doença periodontal é a enfermidade mais comum da cavidade oral de cães e gatos. Inicia-se por acúmulo de bactérias na superfície dos dentes e progride até os tecidos de sustentação que formam o periodonto, que são gengiva, osso alveolar, cemento e ligamento periodontal.

Saiba mais

Medicamentos por via oral: como aplicar tais medicamentos em cães e gatos?

A correta aplicação de medicamentos também é essencial para que o fármaco cumpra seu objetivo. Além das práticas corretas, outros aspectos são levados em consideração, como a definição da via adequada, a correta manipulação de instrumentos como o aplicador, os métodos de contenção e a realização da assepsia são fatores essenciais para que o medicamento cumpra sua finalidade.

Saiba mais

Equino apresentando o jarrete do membro pélvico direito edemaciado: quais exames necessários para detectar a enfermidade?

“O exame físico geral deve sempre ser realizado em animais atendidos a campo com queixas de problemas no sistema locomotor, pois muitas vezes cursam com episódios crônicos de dor”, explica Lorena Chaves Monteiro, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Equinos: como diagnosticar doenças do sistema nervoso?

O exame semiológico do sistema nervoso começa com a avaliação geral do animal, desde a identificação, anamnese e histórico de vacinações e vermifugações, dando atenção ao estado mental do animal, sua postura, alterações anatômicas e de ambulações.

Saiba mais

Estomatite em bovinos: você conhece essa afecção do sistema digestivo?

Estomatites são alterações (inflamações) que acometem a mucosa oral dos bovinos, podendo ocorrer em diversas partes como língua (glossite), palato (palatite) e gengiva (gengivite).

Saiba mais

Auscultação do sistema respiratório em cães e gatos: quais os cuidados necessários para realizar esse procedimento?

É importante que o Médico Veterinário saiba observar e identificar as alterações encontradas no sistema respiratório de cães e gatos, assim como praticar e saber usar os termos técnicos adequados para cada uma das alterações do sistema respiratório.

Saiba mais

Exame de ultrassom das glândulas mamárias de vacas leiteiras? Por que fazer esse exame?

A pecuária leiteira possui grande importância econômica no Brasil. É um ramo do agronegócio que gera emprego, renda e cada vez mais vem sofrendo avanços tecnológicos.

Saiba mais

Ritmos sinusais: como interpretar os resultados do exame eletrocardiográfico?

O exame eletrocardiográfico é muito importante para avaliação das arritmias. Por isso, saber avaliar o ritmo sinusal (normal ou com alteração) é o ponto chave para interpretação do eletrocardiograma (ECG). Para a interpretação do ritmo sinusal, alguns pontos devem ser analisados no traçado eletrocardiográfico, como nos mostra Luiz Eduardo Duarte de Oliveira, Médico Veterinário e Professor do VET Profissional, que é Mestre em Ciências Veterinárias:

Saiba mais

Contenção de caprinos para exames? Como realizar essa prática?

Na rotina de uma propriedade de criação de caprinos, é comum a realização de um conjunto de práticas relacionadas à lida com os animais. Entre essas práticas, destacam-se a contenção dos animais para realização de procedimentos, como exames, administração de medicamentos, pequenas cirurgias, entre outros.

Saiba mais

Anormalidades ultrassonográficas do boleto de equinos: vamos conhecer?

O exame ultrassonográfico é a melhor alternativa para o diagnóstico de imagem precoce de alterações mais sensíveis que só são detectadas pela imagem radiográfica quando em estágios avançados, como as lesões em cartilagens articulares e tecidos periarticulares, explica Lorena Chaves Monteiro, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Mestra em Medicina Veterinária.

Saiba mais

Tratamento de fístulas oronasais em cão: quais são os cuidados pós-cirúrgicos?

O tratamento se inicia com a anestesia e bloqueio regional. Após o animal anestesiado, o primeiro procedimento deve ser a limpeza dos dentes e retirada dos cálculos, sobretudo do dente afetado, podendo-se extrair algum que eventualmente apresente grande mobilidade, avaliando a extensão da lesão.

Saiba mais

Anestesia em cães

Em um conceito mais técnico, a anestesia é um fármaco que deve ser ministrado para eliminar ou aliviar a dor e outras sensações a animais, para que possam passar por procedimentos cirúrgicos, exames diagnósticos e outros procedimentos. Ela deve durar um tempo determinado e deve ser aplicada por um anestesiologista veterinário.

Saiba mais

Precisando fazer exame de urina em éguas? Saiba como!

A coleta de urina em éguas é feita por meio da cateterização vesical ou sondagem vesical. É importante, como primeira medida para a realização do procedimento, fazer a assepsia da vulva para retirar resíduos de fezes e evitar a contaminação ao introduzir a sonda na uretra dos equinos.

Saiba mais

Anamnese em cães e gatos para a identificação de problemas de pele

É mesmo possível realizar anameses em cães e gatos para a identificação de problemas de pele? Sim, é. A anamnese inicia-se pela queixa principal do proprietário e deve se desenvolver por meio de uma série de perguntas feitas pelo médico veterinário, relativas ao sistema tegumentar que irão orientá-lo na identificação das alterações, bem como sugerir exames complementares.

Saiba mais

A importância da anamnese para o trabalho com animais

Segundo Ana Carolina Silva Faria, professora do VET Profissional, “A anamnese deve ser um exame detalhado, capaz de fornecer o perfil do animal, o perfil do ambiente em que ele vive e o perfil do proprietário”. A ficha de anamnese do paciente deve ser preenchida minunciosamente e conter os seguintes dados

Saiba mais

Exodontia em cães: o que o veterinário deve saber a respeito

A exodontia é um procedimento cirúrgico frequente na prática odontológica de pequenos animais, em que se realiza a extração de um ou mais dentes devido a algum problema, como trauma ou doença oral. Para a realização da exodondia são utilizados o osteótomo e o martelo para a retirada do osso alveolar.

Saiba mais

Avaliação ginecológica em vacas: por que fazer?

A ultrassonografia em reprodução animal, tanto relacionada a bovinos de corte quanto de leite, possibilita uma avaliação ginecológica mais precisa, executando exames de fêmeas para protocolos de IATF (inseminação artificial em tempo fixo) e TETF (transferência de embriões em tempo fixo).

Saiba mais

Exame de aves em postura: como fazer?

Quando o avicultor opta pela criação de aves de postura, é possível ter até 18 mil poedeiras por galpão. Assim, como identificar, dentre tantas aves, se alguma delas não está produzindo? Para isso, alguns pontos devem ser observados, como: - As aves produtivas têm crista aquecida, quente ao toque, devido ao alto metabolismo, e uma coloração vermelha levemente pálida, já que o sangue do seu corpo está sendo desviado para a região do oviduto. - O espaço entre pernas deve ser de aproximadamente três dedos, pois os hormônios sexuais dilatam a região dos ossos pélvicos para facilitar a passagem dos ovos.

Saiba mais

Esofagotomia cervical animal: conheça essa técnica cirúrgica de abertura do esôfago

“A esofagotomia é a técnica cirúrgica de abertura do esôfago. Ela é importante tanto para explorar alguma alteração observada em exames quanto para remoção de corpos estranhos, neoplasias, correção de perfurações e fístulas, entre muitos outros casos”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Pesquisa de endoparasitas: conheça as principais técnicas

A pesquisa de endoparasitas nas fezes de animais serve para detectar a presença de vermes e protozoários no organismo do animal, o que pode causar doenças intestinais.

Saiba mais

Exame radiográfico do boleto equino: achados normais nessas imagens radiográficas

As imagens radiográficas obtidas através de quatro projeções permitem a avaliação completa e importantes informações sobre a articulação do boleto dos equinos.

Saiba mais

Projeções radiográficas: você sabe quais e como solicitar?

De acordo com os achados no exame físico, o médico veterinário deve solicitar o exame radiográfico, especificando as projeções necessárias. Para isso, deve relembrar os conceitos anatômicos aprendidos durante seus anos de estudo e conhecer o posicionamento correto do paciente e o mecanismo do raio, desde a sua direção de ação até os fatores de proteção e qualidade da imagem.

Saiba mais

Suspeita de enteroparasitas? Saiba como coletar amostras para o exame coproparasitológico

O diagnóstico de helmintoses em animais domésticos, deve conter a análise cuidadosa de vários fatores, como anamnese, observação microscópica e diagnóstico diferencial.

Saiba mais

Imagem radiológica: quais fatores afetam a sua formação?

Conhecer os princípios da formação da imagem radiográfica, a ação dos raios X e os equipamentos que podem ser usados para a captura de imagens auxilia na execução correta do exame e na compreensão da importância dos cuidados que devem ser tomados ao lidar com radiações.

Saiba mais

Lesões ósseas em animais: conheça os tipos de lesões que podem ser observadas nos exames radiográficos

Para as lesões ósseas serem vistas e detectadas radiograficamente, mais de 30% ou 50% de lesão já deve ter ocorrido no osso, ou seja, quando já se tem uma lesão maior.

Saiba mais

Como iniciar uma necropsia em equino a campo?

O exame necroscópico consiste em realizar um exame detalhado do cadáver do animal com o objetivo principal de investigar a causa da morte, quando esta ainda é uma incógnita, ou para confirmar um diagnóstico.

Saiba mais

Eletrocardiografia: vamos entender a importância desse tipo de exame

Eletrocardiografia é o registro gráfico do impulso elétrico do coração durante a despolarização e repolarização. É o principal e mais completo exame para avaliação das arritmias.

Saiba mais

Necropsia em gatos: entenda o que deve ser observado ao examinar o fígado de felino

O exame dos órgãos deve ser feito de forma minuciosa, e cada órgão deve ser examinado individualmente, observando possíveis processos patológicos.

Saiba mais

Saiba como interpretar leucograma

O leucograma é uma parte do exame de sangue, que avalia os leucócitos ou glóbulos brancos, responsáveis pela imunidade do animal. Este exame indica o número de basófilos, eosinófilos, linfócitos e monócitos presentes no sangue. Os resultados do leucograma podem ajudar o médico veterinário a interpretar doenças.

Saiba mais

Aprenda a realizar o exame físico externo para diagnosticar doenças em aves

Os médicos veterinários devem sempre orientar criadores de aves domésticas a nunca ignorarem nenhum sinal de doença observado em sua criação, por menor que ele seja. Em granjas, como o número de animais convivendo muito próximos é elevado, infecções se propagam rapidamente, o que pode ocasionar descarte de plantéis inteiros.

Saiba mais

Aprenda a como realizar o exame físico externo para diagnosticar doenças em aves

Os médicos veterinários devem sempre orientar criadores de aves domésticas a nunca ignorarem nenhum sinal de doença observado em sua criação, por menor que ele seja. Em granjas, como o número de animais convivendo muito próximos é elevado, infecções se propagam rapidamente, o que pode ocasionar descarte de plantéis inteiros.

Saiba mais

Anatomia sistemática da boca de animais: conheça as funções dos lábios e da bochecha dos animais domésticos

O aparelho digestório se inicia pela boca. A cavidade oral possui estruturas necessárias para apreensão, mastigação e deglutição do alimento ingerido. “A maioria das espécies de animais utilizam os lábios para realiza a apreensão e seleção dos alimentos”, explica Marcelo Lopes de Santana, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Dermatofitose em Gato: como coletar amostras para o diagnóstico?

Quando nos deparamos com pacientes com lesões de pele circunscritas em determinadas áreas do corpo, é muito difícil fazer o diagnóstico observando apenas as características das lesões, pois essas se apresentam de modo semelhante para diferentes agentes ou causas.

Saiba mais

Exodontia em pequenos animais: cuidados ao extrair dentes caninos

Para a realização da exodondia são utilizados o osteótomo e o martelo para a retirada do osso alveolar. “Essa técnica precisa ser executada de forma cuidadosa devido à força empregada nos instrumentos bem próximos às áreas internas da boca”, explica Fernando Fernandes, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Palpação transretal: qual a importância desse exame em fêmeas bovinas?

“As avaliações ginecológicas feitas em bovinos são de suma importância para o correto andamento dos estudos de índices zootécnicos nas propriedades, relacionados à reprodução animal”, explica Carlos Augusto Gontijo Pellegrino, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Babebiose em equinos: como diagnosticar?

“As possibilidades de diagnóstico são inúmeras quando se fala em redução de apetite. As primeiras suspeitas são problemas dentários ou relacionados à cavidade oral e verminoses, que não só reduzem o apetite como provocam considerável perda de peso”, explica Lorena Chaves Monteiro, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Anestesia local e regional em cães e gatos: por que usar?

“A língua ou palato de um animal, quando não examinadas, podem deixar patologias passarem despercebidas”, explica Fernando Fernandes, professor do VET Profissional. O exame oral detalhado, nesse caso, só é possível em um paciente anestesiado e, para isso, o indicado é a utilização da anestesia local e regional.

Saiba mais

Alterações radiográficas associadas à claudicação e a patologias no tarso dos equinos

Na rotina de atendimento médico veterinário, na área de grandes animais, é muito comum ocorrer queixas relacionadas ao sistema locomotor dos equinos.

Saiba mais

Dicas para ministrar medicamentos em pets

Você pode precisar dar remédio para dor após um acidente grave ou um vermífugo mensal; aprender a dar medicação via oral para o seu pet é um truque útil

Saiba mais

Tamanduá-mirim: Sr. Veterinário, como realizar o atendimento desse animal?

A avaliação física do tamanduá-mirim deve ser feita da mesma forma que a avaliação de um animal doméstico. É importante que todos os equipamentos que serão utilizados já estejam prontos na hora do exame para que a contenção física do paciente seja rápida e objetiva, diminuindo, assim, o estresse.

Saiba mais

Um animal necessita de biopsia gástrica: como é feito esse procedimento?

Inicialmente foi feito um exame de ultrassonografia que mostrou um espessamento da parede do estômago e uma massa no lóbulo direito do fígado. Sendo assim, foi realizada uma laparotomia exploratória, para avaliação da cavidade abdominal e do estômago para determinação do correto procedimento cirúrgico a se realizar.

Saiba mais

Suspeita de câncer no animalzinho? Qual exame solicitar? Citologia ou histopatologia?

O câncer deriva da palavra karkinos que, no grego, significa caranguejo. Esta é uma analogia à forma pouco delimitada e infiltrativa dos diversos tumores cancerígenos.

Saiba mais

Felino com suspeita de DTUIF: quais exames solicitar?

A DTUIF é uma afecção que atinge o trato urinário inferior felino afetando a vesícula urinária e a uretra dos pacientes. Os sinais clínicos mais comuns são: hematúria, disúria, estrangúria, polaciúria, periúria e manifestações de alterações comportamentais, tais como a lambedura do pênis.

Saiba mais

Leucograma: você sabe a importância desse exame na avaliação do estado de saúde do animal?

O leucograma faz parte do hemograma e corresponde à avaliação das células brancas, chamadas leucócitos, responsáveis pela defesa ou segurança imunológica do organismo dos animais.

Saiba mais

Faringe dos animais: vamos conhecer essa estrutura?

A faringe é a porção do aparelho digestório responsável pelo controle da passagem de ar e de alimento.

Saiba mais

Celiotomia: o que é? Como é feita?

• Celio = abdômen. • Tomia = incisão. Trata-se da incisão da região do abdômen.

Saiba mais

Animais cardiopatas: como montar uma resenha e uma anamnese desses animais?

A resenha compreende os dados básicos do animal, como sexo, espécie, idade e raça, enquanto a anamnese capta dados relacionados ao seu histórico de vida, familiar e de saúde.

Saiba mais

Sistema urinário de cães e gatos: qual a sequência do exame clínico desse sistema?

Várias são as alterações clínicas que podem acometer o sistema urinário, cujos sinais clínicos vão desde alterações na conformação do animal, até alteração no pênis e lesão na mucosa da boca, sendo esta causada por síndrome urêmica.

Saiba mais

Equipamentos odontológicos utilizados para atendimentos de cães e gatos

Os instrumentais podem ser adquiridos à medida que for havendo demanda. Contudo, existem equipamentos básicos que toda clínica deve ter desde o início, que são aqueles utilizados para a avaliação clínica da cavidade oral.

Saiba mais

Efusão pleural em cães e gatos: como identificar em uma imagem radiográfica?

A pleura é uma membrana que recobre todo o tórax do animal, desde a região da parede torácica até a região dos órgãos internos da cavidade torácica. Nos animais, encontramos dois tipos de pleuras, a pleura visceral (que recobre os pulmões) e a pleura parietal (que reveste a cavidade torácica).

Saiba mais

Fascíola hepática: você conhece esse platelminto de importância médico-veterinária?

Entre os platelmintos, uma classe que se destaca é a Trematoda. É uma classe de importância médico-veterinária, por conter indivíduos altamente zoonóticos, e um que se destaca é a Fascíola hepática.

Saiba mais

Cuidados pré-gestação para a segurança de gatas, cadelas e filhotes

A importância de um acompanhamento médico adequado durante a gestação de gatas e cadelas não é mais segredo para os tutores, de modo que são cada vez mais frequentes as pacientes prenhas e os neonatos nas clínicas e hospitais veterinários. Entretanto, existem alguns cuidados nem sempre observados que devem ser tomados antes mesmo do acasalamento e que podem prevenir problemas de alto risco para os filhotes.

Saiba mais

Hérnia umbilical em potros? Conheça a Herniorrafia!

O procedimento de herniorrafia em potros é realizado sempre que o animal jovem ou recém-nascido apresenta a patologia de hérnia umbilical. Esta, por sua vez, ocorre devido a ausência de fechamento adequado da musculatura abdominal ventral. Essa má formação propicia o desenvolvimento de um ponto anatomicamente frágil no corpo do potro, permitindo a passagem do conteúdo oriundo da cavidade abdominal para o espaço subcutâneo.

Saiba mais

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação!

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação do esôfago cervical, técnicas que permitem ao Médico Veterinário visualizar externamente aumentos de volume e outras alterações visíveis no esôfago. A palpação ocorre a partir da glote e desce pelo esôfago. Durante esta ação, o médico deve sentir se existe algum tipo de massa ou corpo estranho que dificultando a passagem do alimento no animal. O exame também demonstra o nível de sensibilidade do animal na região do esôfago.

Saiba mais

Precisando avaliar cavalos? Observe-os em grupo, não isoladamente

Precisando avaliar cavalos? Observe-os em grupo, não isoladamente. Quando observarmos os animais em conjunto, é possível comparar comportamentos e posturas diferenciadas entre animais saudáveis e animais doentes. Esses últimos tendem a se afastar do grupo, apresentam comportamento ingestivo diferenciado, bem como o modo como se locomovem.

Saiba mais

Linfonodos equinos: como examinar corretamente e o que observar

A avaliação dos linfonodos é feita comparando-se um linfonodo ao linfonodo do antímero contrário, ou seja, linfonodos esquerdo e direito. Sempre que possível, deve-se palpar os dois linfonodos juntos para que o Veterinário perceba alterações.

Saiba mais

Vai trabalhar com ultrassonografia animal? Conheça os transdutores

Os transdutores acoplados são escolhidos de acordo com o objetivo do exame ultrassonográfico a ser realizado. • Para observação de estruturas mais superficiais: transdutor com frequência maior → mais curto o pulso → menor penetração (visibilizar estruturas superficiais) → alta resolução. • Para observação de estruturas mais profundas: frequência menor →maior penetração (visibilizar estruturas mais profundas) → baixa resolução.

Saiba mais

Sr. Veterinário: aprenda sobre o bloqueio do nervo maxilar de cães

O nervo maxilar emerge pelo forame maxilar e é responsável por irrigar um dos lados da face do cão, explica Luís Eugênio Franklin Augusto, Professor do VET Profissional. O bloqueio desse nervo permite dessensibilizar a parte superior rostral e arcada superior do animal (teto da cavidade nasal, palato duro, palato mole, focinho, lábio superior, dentes incisivos e caninos superiores, dentes molares e pré-molares de um dos lados da face do paciente).

Saiba mais

Veterinário Radiologista: atenção aos artefatos de imagem!

Os artefatos de imagem são exibições de informações (imagens) que não correspondem exatamente à verdadeira imagem da área examinada. São frequentemente observados nos exames ultrassonográficos. Os artefatos mais comuns vistos dentro da avaliação ultrassonográfica dos animais são:

Saiba mais

Médico veterinário: vamos lembrar como coletar o sangue pela veia jugular em cães?

Antes de indicar a coleta de sangue, é necessário que o Médico veterinário faça um bom exame físico do paciente, pois aqueles com coagulopatias graves não devem ser submetidos ao procedimento.

Saiba mais

Urinálises: como realizar a coleta de urina em fêmeas bovinas?

As urinálises possibilitam a obtenção de informações sobre muitas funções metabólicas do organismo e sobre os rins, além disso, a urina possui a vantagem de ser de fácil coleta para exame em laboratório.

Saiba mais

Alterações ortopédicas em animais: como avaliar a movimentação do paciente?

“É necessário observar o animal em diversas posições antes de prosseguir para os exames físicos. Devemos avaliar o paciente também em movimento: enquanto caminha, a trote e a galope, quando possível”, explica a professora Ana Carolina Silva Faria, do VET Profissional.

Saiba mais

Omentopexia: conheça esse procedimento cirúrgico

A Omentopexia é um procedimento realizado para evitar a recidiva de deslocamento do abomaso, cuja posição original é caudal à cartilagem xifoide, em torno de 10 cm a 15 cm. Na cavidade abdominal, dois tipos de deslocamento do abomaso são possíveis: à esquerda (DAE) e à direita (DAD).

Saiba mais

Fêmeas equinas: conheça 7 sinais clínicos de alterações no sistema reprodutor das éguas

O sistema reprodutor tem a importante função de garantir a perpetuação das espécies por meio da gestação. “Quando se trata de fêmeas equinas, o conhecimento da anatomia desse sistema é indispensável para conseguir identificar anormalidades ao executar a palpação retal no exame físico”, explica Kelly Cristine de Sousa Pontes, Médica Veterinária e professora do VET Profissional, Pós-doutora em Medicina, na área de Oftalmologia e Oncologia e Doutora em Cirúrgicas e Anestésicas Aplicadas aos Animais.

Saiba mais

Eritrograma? Você sabe o que significa?

O hemograma tem como objetivo avaliar a saúde geral do animal. O exame é composto por três partes principais, a saber: eritrograma, leucograma e trombograma.

Saiba mais

Necropsia em gatos: como fazer a avaliação das mucosas?

Na necropsia é feita uma análise detalhada do cadáver, tanto na parte externa como interna. O exame externo nada mais é que uma avaliação detalhada da superfície do cadáver. Trata-se da primeira fase da necropsia em que informações relevantes são coletadas para elucidar a causa mortis do animal.

Saiba mais

Nematelmintos: conheça as características gerais desses vermes que causam prejuízos aos animais e aos humanos

Para entender um pouco mais a respeito dos nematelmintos, Mariana Costa Fausto, Médica Veterinária e Professora do VET Profissional, que é Doutora em Medicina Veterinária Preventiva – Saúde Animal e Programas Sanitários, explica que esses são vermes redondos, pertencentes ao filo Aschelminthes e classe Nematoda. São animais pseudocelomados (cavidade só parcialmente revestida pela mesoderme); dioicos com dimorfismo sexual, sendo a fêmea de tamanho maior que o macho.

Saiba mais

O que é edema? Quais são os mecanismos que levam à sua formação?

Edema é o acúmulo de líquido no tecido intercelular (intersticial), nos espaços ou nas cavidades do corpo. É resultado do aumento da quantidade de líquido no meio extracelular, sendo externo ao meio intravascular.

Saiba mais

Dermatites fúngicas em cães e gatos: conheça a dermatofitose!

Muitas das dermatites fúngicas são zoonoses, isto é, podem ser transmitidas do animal para o homem e vice-versa, exigindo do veterinário cuidado redobrado no momento de examinar o animal e executar os procedimentos para exames clínicos.

Saiba mais

Cistotomia em animais: como chegar a um diagnóstico para a realização desse procedimento?

O diagnóstico de doença da bexiga é essencial para que se possa iniciar o procedimento cirúrgico. O diagnóstico pode ser realizado por meio do histórico do animal junto com o exame de palpação.

Saiba mais

Necropsia em suínos: como deve ser feita a análise do coração?

Na necropsia é feita uma análise detalhada do cadáver, tanto da parte externa quanto da parte interna, e envolve exame dos órgãos, da carcaça e de todas as estruturas que compõem o organismo do animal em busca de sinais que possam levar à causa da morte. Nessa investigação também são coletados materiais para análise laboratorial.

Saiba mais

Dermatites alérgicas em cães e gatos: como proceder ao receber esses animais no consultório?

Todas as vezes que se abordar um paciente alérgico ou qualquer paciente dermatológico, deve-se realizar o exame de triagem. Logo, o raspado cutâneo parasitológico, raspado cutâneo profundo e cultura fúngica devem ser feitos em todos os casos. Também testes diagnósticos, a fim de avaliar se o animal apresenta infecções secundárias, infecções bacterianas ou leveduriformes, devem ser realizados, pois tais doenças devem ser tratadas antes de se focar nas dermatites alérgicas.

Saiba mais

Nodulectomia em galo: como é realizada a cirurgia para remoção de uma pododermatite?

Um galo caipira, diagnosticado com hiperqueratinização e dermatopatia na região plantar deverá ser tratado com retirada da pododermatite, ressecção do tumor e exame histopatológico para avaliar sua causa. Veja como proceder.

Saiba mais

Anamnese em pacientes equinos: quais são os questionamentos interessantes para o veterinário?

A anamnese deve ser um exame detalhado, capaz de fornecer o perfil do animal, o perfil do ambiente em que ele vive e o perfil do proprietário. Para o proprietário, a anamnese deve parecer um bate-papo descontraído em que o médico veterinário busca obter o máximo de informações possíveis sobre o animal, por meio de perguntas diretas.

Saiba mais

Receba Mais Informações