Resultados da busca para "ramos da anatomia animal"

Veterinário, conheça as subdivisões da Anatomia Animal

A anatomia é um ramo da biologia que estuda as formas e estruturas que compõem o corpo do animal e as correlaciona com as funções do corpo do mesmo. Inicialmente, a anatomia era simplesmente descritiva, utilizando bisturis e pinças, fazendo a separação das estruturas e sua descrição. Com o desenvolvimento da ciência anatômica, surgiu a necessidade de subdividi-la. Uma delas, dentre as várias divisões da anatomia animal, é a anatomia macroscópica, que é a anatomia em si, a descrição das estruturas a olho nu.

Saiba mais

Como a interação homem x animal pode contribuir para a qualidade do leite?

O trabalhador que tem contato direto com o animal possui grande relevância na produção. O bom trato com o gado é parte fundamental do conforto animal.

Saiba mais

Eutanásia animal. Quando indicar?

O Guia Brasileiro de Boas Práticas Para Eutanásia em Animais define eutanásia como “[...] a indução da cessação da vida animal, por meio de métodos tecnicamente aceitáveis e cientificamente comprovados, observando sempre os princípios éticos”. Logo, esse procedimento preza pelo respeito ao animal e à ética, explica Luís Eugênio Franklin Augusto, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Sistema free stall: conforto animal e melhor qualidade do leite

O conforto animal é fundamental para a qualidade final do leite. Por esse motivo, o produtor deve se preocupar com o bem-estar do gado e propiciar condições para que isso aconteça.

Saiba mais

Precisando examinar boca de gatos? Saiba como

O exame físico de inspeção e palpação da boca de cães e gatos além de ser relativamente simples, permite que o médico observe uma série de alterações que possam acometer a cavidade oral desses animais domésticos. “Ao iniciar a inspeção e palpação da boca de felinos, o Veterinário deve conter previamente o animal para que o exame seja feito de forma rápida, precisa e eficiente, minimizando o estresse para o animal e os riscos para o examinador”, afirma Dra. Waleska de Melo Ferreira Dantas

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba sobre a passagem de substâncias pelo organismo animal

A passagem de substâncias no organismo ocorre de acordo com as necessidades fisiológicas do animal representadas pela demanda de cada uma das células e tecidos-alvo. “O transporte através da membrana plasmática pode se dar de forma passiva por difusão ou por transporte ativo”, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, conheça as principais funções das pálpebras oculares

Precisando avaliar os olhos de algum animal sob seus cuidados? A primeira dica para que isto seja realizado de forma correta é conhecer a anatomia e a fisiologia oftálmica, a começar pelas pálpebras e suas funções. As principais funções das pálpebras são: • Proteção: contra agressões externas, corpos estranhos, dentre outros. • Filme lacrimal: produção de mucina e lipídios. • Ato de piscar, promovendo:

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba um pouco mais sobre a função das proteínas no organismo animal

De acordo com a Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional, “as proteínas desempenham importantes funções em nosso organismo, assim como no organismo animal”. Veja por exemplo a elastina, uma proteína de coloração amarela que forma fibras elásticas e está presente em diversos órgãos e ligamentos, entre eles: pulmão, trompa de Eustáquio, epiglote, laringe e artérias.

Saiba mais

Hérnia umbilical em potros? Conheça a Herniorrafia!

O procedimento de herniorrafia em potros é realizado sempre que o animal jovem ou recém-nascido apresenta a patologia de hérnia umbilical. Esta, por sua vez, ocorre devido a ausência de fechamento adequado da musculatura abdominal ventral. Essa má formação propicia o desenvolvimento de um ponto anatomicamente frágil no corpo do potro, permitindo a passagem do conteúdo oriundo da cavidade abdominal para o espaço subcutâneo.

Saiba mais

O que é possível diagnosticar observando a pele animal?

A pele é o maior órgão do corpo, tanto em extensão quanto em volume. Ela reflete a saúde dos animais e constitui a principal barreira física, química e microbiana do organismo contra as contaminações do ambiente. Dentre as alterações possíveis de se observar na pele podemos mencionar: Problemas endócrinos; Problemas nutricionais;

Saiba mais

Veterinário de aves domésticas? Quais aspectos avaliar em granjas com problemas?

O veterinário de aves domésticas será solicitado à granja sempre que o granjeiro ou proprietário perceber algum problema com os animais. No primeiro contato, já é importante que o profissional comece a traçar o histórico, ou anamnese, do animal, verificando todas as características das aves e as condições a que são submetidas, como idade, alimentação, vacinação, condições das instalações granjeiras, qual o quadro suspeito e quando começou a sua observação, entre outros. É necessário que tudo seja devidamente anotado em fichas próprias.

Saiba mais

Exame dermatológico em gatos? Prepare-se com as dicas abaixo!

O exame dermatológico em gatos é, geralmente, um exame difícil de o médico veterinário realizar. “Gatos não gostam da inspeção, pois incomoda bastante o animal”, afirma Prof.ª Dr.ª Waleska de Melo Ferreira Dantas, Doutora em Patologia Clínica Animal pela Universidade Federal de Viçosa - UFV.

Saiba mais

Necropsia: características anatômicas e fisiológicas das aves

O estudo das características anatômicas e fisiológicas das aves se torna importante devido aos impactos que todas as peculiaridades têm, tanto sobre a parte clínica quanto sobre a produção desses animais. “A necropsia objetiva demonstrar as técnicas mais comuns na avicultura e apresentar as características físicas e anatômicas dessa categoria animal”,

Saiba mais

Fisioterapia animal: trabalho conjunto entre o dono e o fisioterapeuta

Assim como em qualquer área da Medicina Veterinária, a fisioterapia depende de um trabalho em equipe entre o profissional e o proprietário do animal. O profissional deve confiar que o proprietário seguirá todas as recomendações para que o tratamento do paciente obtenha sucesso.

Saiba mais

A importância da anamnese para o trabalho com animais

Segundo Ana Carolina Silva Faria, professora do VET Profissional, “A anamnese deve ser um exame detalhado, capaz de fornecer o perfil do animal, o perfil do ambiente em que ele vive e o perfil do proprietário”. A ficha de anamnese do paciente deve ser preenchida minunciosamente e conter os seguintes dados

Saiba mais

Estudando farmacocinética? Saiba mais sobre a absorção em aninais

A absorção consiste na passagem das moléculas presentes dentro do medicamento do meio externo (via de administração) para a corrente sanguínea do animal, implicando na passagem pelas membranas biológicas. “Para exercer sua ação, tem que alcançar a biofase em concentrações adequadas”, explica Profa. Waleska Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Anatomia dos tetos mamários de vacas leiteiras

A forma e posição dos tetos de uma vaca influenciam na facilidade da ordenha. “A superfície dos tetos apresenta uma pele fina e a parede dos tetos é formada por diversas fibras musculares lisas pelas quais circula extenso volume de sangue”, explica Paolo Vivenza, professor do VET Profissional. Observe, na imagem, as estruturas que compõem a anatomia dos tetos:

Saiba mais

Saiba como interpretar leucograma

O leucograma é uma parte do exame de sangue, que avalia os leucócitos ou glóbulos brancos, responsáveis pela imunidade do animal. Este exame indica o número de basófilos, eosinófilos, linfócitos e monócitos presentes no sangue. Os resultados do leucograma podem ajudar o médico veterinário a interpretar doenças.

Saiba mais

Eutanásia em animais

A eutanásia consiste em proporcionar morte ao animal de forma que ele não sinta dor, para aliviar sofrimentos decorrentes de doenças incuráveis ou, no caso de animais que são abatidos, para a comercialização de sua carne. É realizada através de técnicas já conhecidas, por médicos veterinários, no caso de animais domésticos, ou por pessoas capacitadas.

Saiba mais

Diagnóstico gestacional em éguas: como realizar essa etapa do manejo reprodutivo?

Alguns dias após submeter a égua à inseminação artificial ou cobertura pelo garanhão, entra em vigor uma etapa do manejo reprodutivo fundamental não só para a saúde do animal e do feto, quanto para os negócios: o diagnóstico de gestação.

Saiba mais

Medicina veterinária? Apresento-lhe a Orquiectomia, vulgo castração!

A orquiectomia, popularmente conhecida como castração, consiste no procedimento cirúrgico de remoção da gônada do animal e de alguns de seus anexos. Trata-se de uma cirurgia realizada com grande frequência, principalmente na espécie equina, e é uma das causas mais comuns de processos legais contra veterinários nos Estados Unidos, devido a erros de conduta e falhas na aplicação da técnica.

Saiba mais

Precisa examinar a boca de um cão? Siga essas dicas!

O Médico Veterinário, ao iniciar o exame específico da boca de cães, deve atentar-se primeiramente para a área externa que envolve a cabeça: a musculatura responsável pelos movimentos mastigatórios e os lábios do animal, a fim de verificar a presença de lesões ulcerativas, lesões erosivas e algum tipo de massa nessa região. Em seguida, o Médico Veterinário deve palpar toda a região perilabial e a musculatura que participa dos movimentos mastigatórios, principalmente os masseteres.

Saiba mais

Precisa anestesiar equinos? Saiba como!

Se você precisa anestesiar um equino para uma cirurgia, saiba que o primeiro passo é realizar uma rápida avaliação física do animal, a fim de mensurar o peso, a frequência cardíaca e respiratória, o TPC e a coloração da mucosa. Essa avaliação deve ser realizada antes de qualquer anestesia, seja a campo ou em ambiente hospitalar.

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba mais sobre a fisioterapia animal

Segundo Ana Carolina Silva Faria, Professora do VET Profissional, na fisioterapia, são candidatos à reabilitação animais com problemas ortopédicos, neurológicos e corpóreos. Observe, na imagem abaixo, um resumo acerca das alterações observadas no quadro clínico, após avaliação dos candidatos:

Saiba mais

Sr. Veterinário, um pouco mais sobre a distribuição dos fluidos corporais

Os fluidos corporais localizam-se em dois compartimentos no organismo - dentro e fora da célula do animal, afirma afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional. Por isso, são denominados: líquidos intracelulares (LIC) e líquidos extracelulares (LEC). O líquido extracelular pode ser classificado de 3 formas:

Saiba mais

Unidade básica do corpo dos mamíferos? A célula!

A vida de um animal se inicia com apenas uma célula, através da fecundação de um óvulo por um espermatozoide que dá origem ao crescimento celular de um novo ser vivo. A célula é a unidade básica do corpo dos mamíferos. O corpo é formado por mais de trilhões de células.

Saiba mais

Vai trabalhar com ultrassonografia animal? Conheça os transdutores

Os transdutores acoplados são escolhidos de acordo com o objetivo do exame ultrassonográfico a ser realizado. • Para observação de estruturas mais superficiais: transdutor com frequência maior → mais curto o pulso → menor penetração (visibilizar estruturas superficiais) → alta resolução. • Para observação de estruturas mais profundas: frequência menor →maior penetração (visibilizar estruturas mais profundas) → baixa resolução.

Saiba mais

Sr. Veterinário, aprenda como fazer na prática a TIVA

O animal será pré-medicado com 0,5 ml/kg de diazepan intravenoso e, em seguida, será feita a indução da anestesia de 2 em 2 ml/kg de propofol até atingir o efeito esperado. Como a paciente pesa 2,65 kg, a regulagem da bomba de infusão deve seguir a adaptação desse valor.

Saiba mais

Pré-cobrição e gestações de porcas: instalações adequadas

O sistema de produção de suínos compreende as fases de pré-cobrição e gestação, maternidade, creche, crescimento e terminação. É de muita importância que os criadores, orientados por veterinários, saibam que “os aspectos construtivos das instalações diferem em cada fase de criação e devem se adequar às características físicas, fisiológicas e térmicas do animal”, explica Paulo César Brustolini, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Exame ultrassonográfico em animais: como fazer

De acordo com os ensinamentos da Profa. Sâmara Turbay Pires, “no exame ultrassonográfico, o animal deve ser colocado à direita do veterinário e a mão esquerda da pessoa vai trabalhar no aparelho de ultrassom”. Para demonstração, veja, a seguir, a avaliação da parte abdominal de um cão.

Saiba mais

Sr. Veterinário, responda: o que é cardiopatia congênita e como ela acontece?

Cardiopatia congênita é o defeito morfológico na estrutura e função do coração ou dos grandes vasos, presentes no nascimento do animal. Ocorrem no desenvolvimento embrionário, podendo acometer cães e gatos. Possui, porém, baixa prevalência.

Saiba mais

Preparo do campo operatório veterinário: a assepsia cirúrgica

Para preparar o campo operatório para a realização de cirurgias veterinárias, é fundamental manter a assepsia do local onde o animal será operado. Isso porque os instrumentos e outros itens usados na cirurgia podem estar contaminados e comprometer ainda mais a saúde do animal.

Saiba mais

Cuidados com o banho de cavalos

A criação de cavalos desperta a paixão de muitas pessoas por todo o Brasil. Seja para a competição, para o trabalho na fazenda ou por hobby, é preciso saber que esses animais são temperamentais e que não demonstram reações facilmente. Por conta disso, podem trabalhar normalmente até a exaustão, sem demonstrar dores e fraquezas que sentem. Por conta disso, é preciso estar atento a alguns sinais que indicam que está na hora de colocar o animal para descansar e, antes de soltá-lo no pasto, dar um banho para sua completa recuperação.

Saiba mais

Anestesia veterinária - pré e pós-cirurgia

A anestesia é um procedimento necessário em clínicas veterinárias. Não só para intervenções cirúrgicas, como também para alguns tratamentos simples, como a limpeza de dentes. Além de minimizar a dor, ela é fundamental também porque muitos animais não conseguem ficar quietos por muito tempo.

Saiba mais

O pet precisa de transfusão de sangue, e agora? Critérios para a seleção dos doadores

Algumas enfermidades debilitam muito os cães e gatos, ao ponto de eles necessitarem de transfusão sanguínea. Essa técnica fortalece o organismo do animal anêmico, repõe o volume de sangue perdido em decorrência de ferimentos e hemorragias e, acima de tudo, fornece tempo para o médico veterinário analisar melhor o quadro de saúde do paciente emergencial, de modo a evitar diagnósticos precipitados.

Saiba mais

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação!

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação do esôfago cervical, técnicas que permitem ao Médico Veterinário visualizar externamente aumentos de volume e outras alterações visíveis no esôfago. A palpação ocorre a partir da glote e desce pelo esôfago. Durante esta ação, o médico deve sentir se existe algum tipo de massa ou corpo estranho que dificultando a passagem do alimento no animal. O exame também demonstra o nível de sensibilidade do animal na região do esôfago.

Saiba mais

Veterinário, aprofunde seus conhecimentos as espécies de caprinos

Existem muitos preconceitos contra os caprinos e os produtos gerados por essa espécie animal, como o leite e a carne. “Trata-se de uma espécie de ruminante pouco indicada para o manejo a pasto em ambiente úmido, já que esta é uma espécie de animal com grande predisposição para verminose e pneumonia”, afirma Cristiane Leal dos Santos, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Aferir temperatura de cavalos é simples. Saiba como

De acordo com Ludmila Souza Fernandes, Profª. Do VET Profissional, a avaliação da temperatura corporal de cavalos pode ser feita por: Palpação externa (dorso da mão do examinador deve tocar a narina do animal, a região abdominal e extremidades do animal); Termômetros; e Aferição da temperatura retal (lubrificação e assepsia).

Saiba mais

Medula espinhal: ponto-chave na fisioterapia veterinária

A medula espinhal é de suma importância na fisioterapia veterinária, pois os traumas e doenças medulares são causas frequentes de proprietários buscarem a ajuda de um fisiatra. “Os comandos principais de movimentos do animal que passam por toda a medula espinhal são chamados neurônios motores”, afirma Ana Carolina Silva Faria, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Veterinário: entenda a atuação dos hormônios no organismo animal

Para exemplificar como os hormônios atuam no organismo, vamos utilizar a ação de hormônios em dois órgãos que fazem parte do sistema digestivo, a saber: fígado e pâncreas. Esses são responsáveis por regular a taxa de glicose no sangue através da produção de glicogênio, insulina e glucagon.

Saiba mais

Fisiologia das células ajuda a identificar quadros clínicos patológicos nos animais

A compreensão acerca da fisiologia das células nos ajuda a identificar quadros clínicos patológicos nos animais. “Na célula animal há o citoplasma e na célula vegetal essa estrutura é denominada de protoplasma”, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional. Ambos apresentam estruturas importantes para a sobrevivência ou multiplicação das células.

Saiba mais

Ajudando na recuperação pós-operatória do seu cão

Seja por acidente ou por motivo de saúde, quando um cão passa por uma intervenção cirúrgica, além de todo o amor e carinho do seu dono, ele precisará de alguns cuidados especiais para se recuperar tranquilamente. Os cuidados podem variar de acordo com as condições em que o animal se encontra ou de acordo com a complexidade da intervenção.

Saiba mais

Dicas para ministrar medicamentos em pets

Ministrar medicamentos em pets requer o conhecimento de técnicas, além de alguns cuidados essenciais. Os medicamentos líquidos devem ser ministrados com a ajuda de uma seringa de 10 ml, por exemplo. Antes de administrar a medicação, é importante que o animal esteja sentado e tranquilo.

Saiba mais

VET Profissional: dicas para vestir os equipamentos cirúrgicos

Para a preparação de cirurgias em cães e gato, é imprescindível estar atento a vários procedimentos, que serão fundamentais para garantir que não haja qualquer tipo de contaminação ao animal por parte do veterinário. Após reunir a equipe, dentre outros procedimentos, é necessário vestir alguns equipamentos cirúrgicos.

Saiba mais

Anestesias para animais

Para realizar a limpeza de dentes, castração, cirurgia ortopédica ou qualquer outro procedimento cirúrgico, os animais precisam de ser anestesiados. O anestésico será o responsável por garantir que o animal não sinta dor, além de deixa-lo inconsciente por todo o procedimento, evitando que ataquem o veterinário.

Saiba mais

Quais são os instrumentos utilizados para cirurgia em animais?

Na realização de cirurgias em cães, gatos e outros animais de pequeno porte, é fundamental estar atento a cada detalhe, para que esse animal consiga passar por esse procedimento de forma tranquila e sem riscos. Assim como em humanos, para realizar qualquer cirurgia, o médico veterinário precisa estar atento a todos os instrumentos que usará e qual a finalidade de cada um.

Saiba mais

Tire suas dúvidas sobre a castração de cães e gatos!

A castração de cães e gatos ainda é tida como um tabu na nossa sociedade. Muitos donos desses animais de estimação acabam por não realizar o procedimento devido ao que, erroneamente, escutam falar sobre essa cirurgia. Esse procedimento é seguro? O animal sofre? Devo castrar a fêmea antes ou depois do primeiro cio? Esses e outros são alguns dos questionamentos mais comuns.

Saiba mais

Técnicas anestésicas locais em bovinos

A anestesia faz parte da rotina veterinária e é importante para os bovinos. Em termos técnicos, a anestesia consiste na aplicação de medicamentos para eliminar ou aliviar a dor em um local ou de forma generalizada, de modo que seja possível realizar procedimentos cirúrgicos. Cabe ao médico veterinário avaliar o animal e definir qual a melhor forma de aplicação em cada caso.

Saiba mais

Quais são os principais problemas dermatológicos em animais?

Todos os donos de animais sabem que, para que eles vivam bem, é preciso cuidar da sua saúde diariamente. Além da alimentação de qualidade, hidratação, vacinação correta e consultas regulares a um veterinário, é preciso estar atento a outros sinais que podem se manifestar, indicando possíveis problemas que, não tratados, podem prejudicar gravemente o animal.

Saiba mais

Dermatite canina: saiba tudo sobre essa doença

Um dos problemas mais comuns em pets é a dermatite canina. De forma resumida, a dermatite é uma doença na pele do animal, que provoca coceira, vermelhidão e o surgimento de pequenas feridas. Um dos exemplos mais conhecidos dessa doença é a sarna, mas também há outros como a micose e a escabiose.

Saiba mais

Cães: alergia e dermatite alérgica

Por andarem em quase todos os locais da casa e terem contato com diversas substâncias, os cães podem facilmente apresentar alergias e dermatite causada por reação alérgica. Essa doença na pele é muito comum e é resultado de uma reação alérgica quando o animal entra em contato com alguma substância alérgena.

Saiba mais

O que é Neonatologia Veterinária?

Dentro da medicina veterinária são vários os ramos em que o médico veterinário pode se especializar. Pediatria e especialização em equinos, são algumas dessas especializações. Assim como para nós, humanos, também existe uma especialização veterinária que cuida da mãe e observa o comportamento da ninhada: a Neonatologia Veterinária.

Saiba mais

As principais doenças dos suínos

Mariana Costa Fausto, professora do VET Profissional, contextualiza que a suinocultura é um dos nichos de mercado mais atraentes para se investir no Brasil graças às possibilidades de produtividade e rentabilidade. Os números da atividade no país são animadores e têm levado cada vez mais criadores a entrar no ramo.

Saiba mais

Conheça os cuidados técnicos durante a celiorrafia que podem garantir o sucesso de uma cirurgia

Celiotomia é o termo que designa a incisão na cavidade abdominal. Equivocadamente, muitos profissionais a chama de laparotomia, nomenclatura até mais utilizada atualmente, porém que corresponde à incisão na região do flanco. Celiorrafia, por sua vez, é a sutura da cavidade abdominal, de modo que é o procedimento que finaliza a celiotomia.

Saiba mais

FeLV: A doença infecciosa felina que mais mata no Brasil

FeLV é a sigla para Leucemia Viral Felina (do inglês “Feline Leukemia Virus”), doença infectocontagiosa não zoonótica mais relacionada à doença clínica e à mortalidade de felinos no Brasil. Seu nome popularmente é acompanhado pela sigla de outra infecção, a FIV, mas é importante que o médico veterinário esclareça aos tutores que não existe a doença “FIV/FeLV” (embora o animal possa ser diagnosticado com as duas), pois são patologias diferentes, com sinais clínicos distintos.

Saiba mais

Exame ginecológico em éguas: importância, etapas e quando fazer

Apesar de a fertilização e gestação serem o núcleo do processo de reprodução animal, os criadores, baseados em inúmeras pesquisas científicas, entenderam que a obtenção de animais de alto desempenho genético só seria possível mediante valorização de todas as etapas que compõem o manejo reprodutivo. Em relação à criação de equinos, uma dessas etapas que se mostra fundamental é o exame ginecológico completo da égua antes da estação reprodutiva.

Saiba mais

Você sabe qual é a importância das pastagens?

A pastagem é a base da produção de carne e, se bem manejada, pode tornar a atividade mais rentável. Para a engorda e terminação em pasto, o bom manejo das pastagens é fator determinante para o êxito da atividade. Pastagens em processo de degradação levam a queda continua da produtividade e, consequentemente, da rentabilidade. Manejar bem é fundamental para que o desempenho animal seja compatível com as metas propostas de ganho de peso e produção por área.

Saiba mais

Como fazer o manejo sanitário do rebanho?

O manejo sanitário é uma questão crucial para a produção orgânica. O produtor orgânico deve considerar a saúde do consumidor, de quem trabalha na produção, do animal, dos insumos, da propriedade e do meio ambiente, como um todo.

Saiba mais

O sucesso na castração de carneiros? Pré-operatórios seguidos à risca!

A orquiectomia em carneiro é feita através de uma única incisão para exposição inicial dos testículos. A cirurgia se inicia com os procedimentos pré-operatórios e com a preparação do paciente. Importante salientar, nesse momento, que o veterinário precisa anestesiar eficazmente o animal, a fim de que ele não sofra dores durante a realização da castração.

Saiba mais

Precisando fazer exame de urina em éguas? Saiba como!

A coleta de urina em éguas é feita por meio da cateterização vesical ou sondagem vesical. É importante, como primeira medida para a realização do procedimento, fazer a assepsia da vulva para retirar resíduos de fezes e evitar a contaminação ao introduzir a sonda na uretra dos equinos.

Saiba mais

Cateter endovenoso? Conheça a função do Mandril e o Canhão

O mandril é o instrumento do cateter que penetra a pele do paciente e alcança o vaso, por isso, possui uma ponta com bisel. A ponta biselada, por sua vez, deve ser posicionada para cima no momento de penetrar a pele do animal para evitar que a ponta de silicone do tubo do cateter se dobre ao atravessar a veia do paciente.

Saiba mais

Aleitamento artificial em potros: saiba quando indicar

O uso de aleitamento artificial na criação de potros ocorre quando éguas com baixo escore corporal apresentam pouca produção de leite, sendo necessário administrar uma complementação aos potros, afirma Fabiana Garcia Christovão, Doutora em Medicina Veterinária na área de Patologia Animal.

Saiba mais

Mastite: o que é e o que representa no sistema de produção de leite

A mastite é a inflamação do parênquima da glândula mamária. A doença pode ter causas diversas, mas a maior parte das vezes, é causada por bactérias que atingem o interior de um ou mais quartos da mama bovina através dos ductos localizados nos tetos. De acordo com Paolo Antônio Dutra Vivenza, Professor do VET Profissional, “Além das bactérias, outros microrganismos também podem causar a mastite, entre eles: leveduras, fungos, o vírus do Mycoplasma bovis, microrganismo que ocupa posição intermediária entre bactérias e vírus, e algas microscópicas do gênero Prototheca”. É preciso ressaltar que, sob o ponto de vista epidemiológico, a interação entre a resistência do animal, as condições do ambiente e a presença do agente patogênico favorece a ocorrência da mastite no rebanho.

Saiba mais

Úbere abaixo da linha do jarrete é fator para a ocorrência de mastite

O posicionamento ideal de sustentação do úbere deve ser acima da linha do jarrete. Quando o úbere encontra-se abaixo da linha do jarrete fica evidente a frouxidão do sistema de suporte do úbere, especificamente, do ligamento lateral e da inserção anterior. “A ocorrência desse estado é devido ao número de lactações e à idade do animal”, afirma Paolo Antônio Dutra Vivenza, professor do VET Profissional. Observe, na imagem, o posicionamento do úbere abaixo da linha do jarrete.

Saiba mais

Sr. Veterinário, entenda melhor o reflexo da ejeção do leite bovino

Na natureza, o leite é liberado pela vaca quando o bezerro mama. Já nos rebanhos de gado leiteiro, as vacas devem ser treinadas e condicionadas para responder aos estímulos do ordenhador e do equipamento de ordenha, quando esta é feita sem a presença do bezerro posicionado ao pé do animal. As células mioepiteliais que compõem o alvéolo, por sua vez, encontram-se sujeitas ao controle hormonal. Quando são estimuladas, contraem e causam a ejeção do leite para a fora do alvéolo. Dessa forma, é possível fazer a extração por meio da ordenha mecânica.

Saiba mais

Sr. Veterinário, entenda mais sobre pets com problemas neurológicos

Precisando estudar a fisioterapia e reabilitação de pets acometidos por problemas neurológicos? Pois bem, em caso de lesões neurológicas, a fisioterapia é importante para a recuperação e manutenção do paciente. Pacientes com lesão medular, por exemplo, apresentam diversos problemas de locomoção. Nesses casos, a fisioterapia tem como principal função, reestabelecer o animal novamente na vida social

Saiba mais

Sr. Veterinário, entenda mais sobre as proteínas

Todas as proteínas são formadas a partir de um mesmo conjunto de 20 aminoácidos, também denominados de aminoácidos essenciais, ligados covalentemente em sequências lineares. As células são formadas por diversas proteínas. A estrutura das proteínas é formada por cadeias polipeptídicas que sempre são adicionadas a um grupo Amino e a um grupo Carboxílico. A formação dessa estrutura é comandada pelo DNA, de acordo com a necessidade de cada uma das células e do organismo animal.

Saiba mais

Sr. Veterinário: um pouco mais sobre homeostase e seus mecanismos

Homeostase ou homeostasia, especialmente nos seres vivos, é a propriedade de um sistema aberto em regular o seu ambiente interno, de modo a manter a condição estável de seus mecanismos. Em grego a palavra homeostase significa: Homeo – similar e Stasis - estático. Nesse sentido, a homeostase tenta manter de forma estática ou equilibrada das reações fisiológicas que acontecem dentro do organismo do animal

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba mais sobre o reflexo da ejeção do leiteira

Na natureza, o leite é liberado pela vaca quando o bezerro mama. Já nos rebanhos de gado leiteiro, as vacas devem ser treinadas e condicionadas para responder aos estímulos do ordenhador e do equipamento de ordenha, quando esta é feita sem a presença do bezerro posicionado ao pé do animal. “As células mioepiteliais que compõem o alvéolo encontram-se sujeitas ao controle hormonal. Quando são estimuladas, contraem e causam a ejeção do leite para a fora do alvéolo. Dessa forma, é possível fazer a extração por meio da ordenha mecânica”, explica Paolo Vivenza, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Estudando farmacodinâmica? Conheça seus conceitos básicos

Farmacodinâmica é o estudo das alterações bioquímicas ou fisiológicas causadas no organismo pelos fármacos. A resposta decorrente dessa ação é o efeito do medicamento. “Para entender a diferença entre absorção local e absorção sistêmica serão apresentados dois medicamentos utilizados na pele do animal para controle de pulga e carrapato e suas diferenças”

Saiba mais

Sr. Veterinário: aprenda sobre o bloqueio do nervo maxilar de cães

O nervo maxilar emerge pelo forame maxilar e é responsável por irrigar um dos lados da face do cão, explica Luís Eugênio Franklin Augusto, Professor do VET Profissional. O bloqueio desse nervo permite dessensibilizar a parte superior rostral e arcada superior do animal (teto da cavidade nasal, palato duro, palato mole, focinho, lábio superior, dentes incisivos e caninos superiores, dentes molares e pré-molares de um dos lados da face do paciente).

Saiba mais

Água de má qualidade mata muitas galinhas, você sabia?

A qualidade da água a ser consumida é de extrema importância para a sanidade do plantel avícola. “É costume falar que se a água não está boa para consumo humano, também não está boa para consumo animal”, afirma Marcelo Dias, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Debicagem: importante processo no manejo de galinhas poedeiras

Um processo importante no manejo das poedeiras é a debicagem, realizado para evitar desperdício de ração, canibalismo e agressividade entre os animais. Esse método, por se tratar de um corte feito no bico das aves, também tem sido muito questionado pelos ativistas do bem-estar animal, mas ainda é bastante utilizado nas granjas.

Saiba mais

Avaliação ginecológica em vacas: por que fazer?

A ultrassonografia em reprodução animal, tanto relacionada a bovinos de corte quanto de leite, possibilita uma avaliação ginecológica mais precisa, executando exames de fêmeas para protocolos de IATF (inseminação artificial em tempo fixo) e TETF (transferência de embriões em tempo fixo).

Saiba mais

Sr. Veterinário, nesta aula um pouco mais sobre as células

As células possuem um ciclo de vida em que crescem, reproduzem e morrem. As que estão no período de crescimento passam por aumento quantitativo de moléculas e de material genético. A reprodução celular, por sua vez, corresponde à partição do núcleo e do citoplasma em duas células. “A reprodução celular é proporcional o aumento exponencial de células até a fase adulta do animal na qual o crescimento do organismo cessa”, explica Waleska de Melo Ferreira Dantas, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Veterinário, conheça as subdivisões da Anatomia Animal

A anatomia é um ramo da biologia que estuda as formas e estruturas que compõem o corpo do animal e as correlaciona com as funções do corpo do mesmo. Inicialmente, a anatomia era simplesmente descritiva, utilizando bisturis e pinças, fazendo a separação das estruturas e sua descrição. Com o desenvolvimento da ciência anatômica, surgiu a necessidade de subdividi-la. Uma delas, dentre as várias divisões da anatomia animal, é a anatomia macroscópica, que é a anatomia em si, a descrição das estruturas a olho nu.

Saiba mais

Como a interação homem x animal pode contribuir para a qualidade do leite?

O trabalhador que tem contato direto com o animal possui grande relevância na produção. O bom trato com o gado é parte fundamental do conforto animal.

Saiba mais

Eutanásia animal. Quando indicar?

O Guia Brasileiro de Boas Práticas Para Eutanásia em Animais define eutanásia como “[...] a indução da cessação da vida animal, por meio de métodos tecnicamente aceitáveis e cientificamente comprovados, observando sempre os princípios éticos”. Logo, esse procedimento preza pelo respeito ao animal e à ética, explica Luís Eugênio Franklin Augusto, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Sistema free stall: conforto animal e melhor qualidade do leite

O conforto animal é fundamental para a qualidade final do leite. Por esse motivo, o produtor deve se preocupar com o bem-estar do gado e propiciar condições para que isso aconteça.

Saiba mais

Precisando examinar boca de gatos? Saiba como

O exame físico de inspeção e palpação da boca de cães e gatos além de ser relativamente simples, permite que o médico observe uma série de alterações que possam acometer a cavidade oral desses animais domésticos. “Ao iniciar a inspeção e palpação da boca de felinos, o Veterinário deve conter previamente o animal para que o exame seja feito de forma rápida, precisa e eficiente, minimizando o estresse para o animal e os riscos para o examinador”, afirma Dra. Waleska de Melo Ferreira Dantas

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba sobre a passagem de substâncias pelo organismo animal

A passagem de substâncias no organismo ocorre de acordo com as necessidades fisiológicas do animal representadas pela demanda de cada uma das células e tecidos-alvo. “O transporte através da membrana plasmática pode se dar de forma passiva por difusão ou por transporte ativo”, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Sr. Veterinário, conheça as principais funções das pálpebras oculares

Precisando avaliar os olhos de algum animal sob seus cuidados? A primeira dica para que isto seja realizado de forma correta é conhecer a anatomia e a fisiologia oftálmica, a começar pelas pálpebras e suas funções. As principais funções das pálpebras são: • Proteção: contra agressões externas, corpos estranhos, dentre outros. • Filme lacrimal: produção de mucina e lipídios. • Ato de piscar, promovendo:

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba um pouco mais sobre a função das proteínas no organismo animal

De acordo com a Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional, “as proteínas desempenham importantes funções em nosso organismo, assim como no organismo animal”. Veja por exemplo a elastina, uma proteína de coloração amarela que forma fibras elásticas e está presente em diversos órgãos e ligamentos, entre eles: pulmão, trompa de Eustáquio, epiglote, laringe e artérias.

Saiba mais

Hérnia umbilical em potros? Conheça a Herniorrafia!

O procedimento de herniorrafia em potros é realizado sempre que o animal jovem ou recém-nascido apresenta a patologia de hérnia umbilical. Esta, por sua vez, ocorre devido a ausência de fechamento adequado da musculatura abdominal ventral. Essa má formação propicia o desenvolvimento de um ponto anatomicamente frágil no corpo do potro, permitindo a passagem do conteúdo oriundo da cavidade abdominal para o espaço subcutâneo.

Saiba mais

O que é possível diagnosticar observando a pele animal?

A pele é o maior órgão do corpo, tanto em extensão quanto em volume. Ela reflete a saúde dos animais e constitui a principal barreira física, química e microbiana do organismo contra as contaminações do ambiente. Dentre as alterações possíveis de se observar na pele podemos mencionar: Problemas endócrinos; Problemas nutricionais;

Saiba mais

Veterinário de aves domésticas? Quais aspectos avaliar em granjas com problemas?

O veterinário de aves domésticas será solicitado à granja sempre que o granjeiro ou proprietário perceber algum problema com os animais. No primeiro contato, já é importante que o profissional comece a traçar o histórico, ou anamnese, do animal, verificando todas as características das aves e as condições a que são submetidas, como idade, alimentação, vacinação, condições das instalações granjeiras, qual o quadro suspeito e quando começou a sua observação, entre outros. É necessário que tudo seja devidamente anotado em fichas próprias.

Saiba mais

Exame dermatológico em gatos? Prepare-se com as dicas abaixo!

O exame dermatológico em gatos é, geralmente, um exame difícil de o médico veterinário realizar. “Gatos não gostam da inspeção, pois incomoda bastante o animal”, afirma Prof.ª Dr.ª Waleska de Melo Ferreira Dantas, Doutora em Patologia Clínica Animal pela Universidade Federal de Viçosa - UFV.

Saiba mais

Necropsia: características anatômicas e fisiológicas das aves

O estudo das características anatômicas e fisiológicas das aves se torna importante devido aos impactos que todas as peculiaridades têm, tanto sobre a parte clínica quanto sobre a produção desses animais. “A necropsia objetiva demonstrar as técnicas mais comuns na avicultura e apresentar as características físicas e anatômicas dessa categoria animal”,

Saiba mais

Fisioterapia animal: trabalho conjunto entre o dono e o fisioterapeuta

Assim como em qualquer área da Medicina Veterinária, a fisioterapia depende de um trabalho em equipe entre o profissional e o proprietário do animal. O profissional deve confiar que o proprietário seguirá todas as recomendações para que o tratamento do paciente obtenha sucesso.

Saiba mais

A importância da anamnese para o trabalho com animais

Segundo Ana Carolina Silva Faria, professora do VET Profissional, “A anamnese deve ser um exame detalhado, capaz de fornecer o perfil do animal, o perfil do ambiente em que ele vive e o perfil do proprietário”. A ficha de anamnese do paciente deve ser preenchida minunciosamente e conter os seguintes dados

Saiba mais

Estudando farmacocinética? Saiba mais sobre a absorção em aninais

A absorção consiste na passagem das moléculas presentes dentro do medicamento do meio externo (via de administração) para a corrente sanguínea do animal, implicando na passagem pelas membranas biológicas. “Para exercer sua ação, tem que alcançar a biofase em concentrações adequadas”, explica Profa. Waleska Dantas, do VET Profissional.

Saiba mais

Anatomia dos tetos mamários de vacas leiteiras

A forma e posição dos tetos de uma vaca influenciam na facilidade da ordenha. “A superfície dos tetos apresenta uma pele fina e a parede dos tetos é formada por diversas fibras musculares lisas pelas quais circula extenso volume de sangue”, explica Paolo Vivenza, professor do VET Profissional. Observe, na imagem, as estruturas que compõem a anatomia dos tetos:

Saiba mais

Saiba como interpretar leucograma

O leucograma é uma parte do exame de sangue, que avalia os leucócitos ou glóbulos brancos, responsáveis pela imunidade do animal. Este exame indica o número de basófilos, eosinófilos, linfócitos e monócitos presentes no sangue. Os resultados do leucograma podem ajudar o médico veterinário a interpretar doenças.

Saiba mais

Eutanásia em animais

A eutanásia consiste em proporcionar morte ao animal de forma que ele não sinta dor, para aliviar sofrimentos decorrentes de doenças incuráveis ou, no caso de animais que são abatidos, para a comercialização de sua carne. É realizada através de técnicas já conhecidas, por médicos veterinários, no caso de animais domésticos, ou por pessoas capacitadas.

Saiba mais

Diagnóstico gestacional em éguas: como realizar essa etapa do manejo reprodutivo?

Alguns dias após submeter a égua à inseminação artificial ou cobertura pelo garanhão, entra em vigor uma etapa do manejo reprodutivo fundamental não só para a saúde do animal e do feto, quanto para os negócios: o diagnóstico de gestação.

Saiba mais

Medicina veterinária? Apresento-lhe a Orquiectomia, vulgo castração!

A orquiectomia, popularmente conhecida como castração, consiste no procedimento cirúrgico de remoção da gônada do animal e de alguns de seus anexos. Trata-se de uma cirurgia realizada com grande frequência, principalmente na espécie equina, e é uma das causas mais comuns de processos legais contra veterinários nos Estados Unidos, devido a erros de conduta e falhas na aplicação da técnica.

Saiba mais

Precisa examinar a boca de um cão? Siga essas dicas!

O Médico Veterinário, ao iniciar o exame específico da boca de cães, deve atentar-se primeiramente para a área externa que envolve a cabeça: a musculatura responsável pelos movimentos mastigatórios e os lábios do animal, a fim de verificar a presença de lesões ulcerativas, lesões erosivas e algum tipo de massa nessa região. Em seguida, o Médico Veterinário deve palpar toda a região perilabial e a musculatura que participa dos movimentos mastigatórios, principalmente os masseteres.

Saiba mais

Precisa anestesiar equinos? Saiba como!

Se você precisa anestesiar um equino para uma cirurgia, saiba que o primeiro passo é realizar uma rápida avaliação física do animal, a fim de mensurar o peso, a frequência cardíaca e respiratória, o TPC e a coloração da mucosa. Essa avaliação deve ser realizada antes de qualquer anestesia, seja a campo ou em ambiente hospitalar.

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba mais sobre a fisioterapia animal

Segundo Ana Carolina Silva Faria, Professora do VET Profissional, na fisioterapia, são candidatos à reabilitação animais com problemas ortopédicos, neurológicos e corpóreos. Observe, na imagem abaixo, um resumo acerca das alterações observadas no quadro clínico, após avaliação dos candidatos:

Saiba mais

Sr. Veterinário, um pouco mais sobre a distribuição dos fluidos corporais

Os fluidos corporais localizam-se em dois compartimentos no organismo - dentro e fora da célula do animal, afirma afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional. Por isso, são denominados: líquidos intracelulares (LIC) e líquidos extracelulares (LEC). O líquido extracelular pode ser classificado de 3 formas:

Saiba mais

Unidade básica do corpo dos mamíferos? A célula!

A vida de um animal se inicia com apenas uma célula, através da fecundação de um óvulo por um espermatozoide que dá origem ao crescimento celular de um novo ser vivo. A célula é a unidade básica do corpo dos mamíferos. O corpo é formado por mais de trilhões de células.

Saiba mais

Vai trabalhar com ultrassonografia animal? Conheça os transdutores

Os transdutores acoplados são escolhidos de acordo com o objetivo do exame ultrassonográfico a ser realizado. • Para observação de estruturas mais superficiais: transdutor com frequência maior → mais curto o pulso → menor penetração (visibilizar estruturas superficiais) → alta resolução. • Para observação de estruturas mais profundas: frequência menor →maior penetração (visibilizar estruturas mais profundas) → baixa resolução.

Saiba mais

Sr. Veterinário, aprenda como fazer na prática a TIVA

O animal será pré-medicado com 0,5 ml/kg de diazepan intravenoso e, em seguida, será feita a indução da anestesia de 2 em 2 ml/kg de propofol até atingir o efeito esperado. Como a paciente pesa 2,65 kg, a regulagem da bomba de infusão deve seguir a adaptação desse valor.

Saiba mais

Pré-cobrição e gestações de porcas: instalações adequadas

O sistema de produção de suínos compreende as fases de pré-cobrição e gestação, maternidade, creche, crescimento e terminação. É de muita importância que os criadores, orientados por veterinários, saibam que “os aspectos construtivos das instalações diferem em cada fase de criação e devem se adequar às características físicas, fisiológicas e térmicas do animal”, explica Paulo César Brustolini, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Exame ultrassonográfico em animais: como fazer

De acordo com os ensinamentos da Profa. Sâmara Turbay Pires, “no exame ultrassonográfico, o animal deve ser colocado à direita do veterinário e a mão esquerda da pessoa vai trabalhar no aparelho de ultrassom”. Para demonstração, veja, a seguir, a avaliação da parte abdominal de um cão.

Saiba mais

Sr. Veterinário, responda: o que é cardiopatia congênita e como ela acontece?

Cardiopatia congênita é o defeito morfológico na estrutura e função do coração ou dos grandes vasos, presentes no nascimento do animal. Ocorrem no desenvolvimento embrionário, podendo acometer cães e gatos. Possui, porém, baixa prevalência.

Saiba mais

Preparo do campo operatório veterinário: a assepsia cirúrgica

Para preparar o campo operatório para a realização de cirurgias veterinárias, é fundamental manter a assepsia do local onde o animal será operado. Isso porque os instrumentos e outros itens usados na cirurgia podem estar contaminados e comprometer ainda mais a saúde do animal.

Saiba mais

Cuidados com o banho de cavalos

A criação de cavalos desperta a paixão de muitas pessoas por todo o Brasil. Seja para a competição, para o trabalho na fazenda ou por hobby, é preciso saber que esses animais são temperamentais e que não demonstram reações facilmente. Por conta disso, podem trabalhar normalmente até a exaustão, sem demonstrar dores e fraquezas que sentem. Por conta disso, é preciso estar atento a alguns sinais que indicam que está na hora de colocar o animal para descansar e, antes de soltá-lo no pasto, dar um banho para sua completa recuperação.

Saiba mais

Anestesia veterinária - pré e pós-cirurgia

A anestesia é um procedimento necessário em clínicas veterinárias. Não só para intervenções cirúrgicas, como também para alguns tratamentos simples, como a limpeza de dentes. Além de minimizar a dor, ela é fundamental também porque muitos animais não conseguem ficar quietos por muito tempo.

Saiba mais

O pet precisa de transfusão de sangue, e agora? Critérios para a seleção dos doadores

Algumas enfermidades debilitam muito os cães e gatos, ao ponto de eles necessitarem de transfusão sanguínea. Essa técnica fortalece o organismo do animal anêmico, repõe o volume de sangue perdido em decorrência de ferimentos e hemorragias e, acima de tudo, fornece tempo para o médico veterinário analisar melhor o quadro de saúde do paciente emergencial, de modo a evitar diagnósticos precipitados.

Saiba mais

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação!

Como avaliar o esôfago de um cão? Com inspeção e palpação do esôfago cervical, técnicas que permitem ao Médico Veterinário visualizar externamente aumentos de volume e outras alterações visíveis no esôfago. A palpação ocorre a partir da glote e desce pelo esôfago. Durante esta ação, o médico deve sentir se existe algum tipo de massa ou corpo estranho que dificultando a passagem do alimento no animal. O exame também demonstra o nível de sensibilidade do animal na região do esôfago.

Saiba mais

Veterinário, aprofunde seus conhecimentos as espécies de caprinos

Existem muitos preconceitos contra os caprinos e os produtos gerados por essa espécie animal, como o leite e a carne. “Trata-se de uma espécie de ruminante pouco indicada para o manejo a pasto em ambiente úmido, já que esta é uma espécie de animal com grande predisposição para verminose e pneumonia”, afirma Cristiane Leal dos Santos, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Aferir temperatura de cavalos é simples. Saiba como

De acordo com Ludmila Souza Fernandes, Profª. Do VET Profissional, a avaliação da temperatura corporal de cavalos pode ser feita por: Palpação externa (dorso da mão do examinador deve tocar a narina do animal, a região abdominal e extremidades do animal); Termômetros; e Aferição da temperatura retal (lubrificação e assepsia).

Saiba mais

Medula espinhal: ponto-chave na fisioterapia veterinária

A medula espinhal é de suma importância na fisioterapia veterinária, pois os traumas e doenças medulares são causas frequentes de proprietários buscarem a ajuda de um fisiatra. “Os comandos principais de movimentos do animal que passam por toda a medula espinhal são chamados neurônios motores”, afirma Ana Carolina Silva Faria, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Veterinário: entenda a atuação dos hormônios no organismo animal

Para exemplificar como os hormônios atuam no organismo, vamos utilizar a ação de hormônios em dois órgãos que fazem parte do sistema digestivo, a saber: fígado e pâncreas. Esses são responsáveis por regular a taxa de glicose no sangue através da produção de glicogênio, insulina e glucagon.

Saiba mais

Fisiologia das células ajuda a identificar quadros clínicos patológicos nos animais

A compreensão acerca da fisiologia das células nos ajuda a identificar quadros clínicos patológicos nos animais. “Na célula animal há o citoplasma e na célula vegetal essa estrutura é denominada de protoplasma”, afirma Profª. Waleska de Melo Ferreira Dantas, do VET Profissional. Ambos apresentam estruturas importantes para a sobrevivência ou multiplicação das células.

Saiba mais

Ajudando na recuperação pós-operatória do seu cão

Seja por acidente ou por motivo de saúde, quando um cão passa por uma intervenção cirúrgica, além de todo o amor e carinho do seu dono, ele precisará de alguns cuidados especiais para se recuperar tranquilamente. Os cuidados podem variar de acordo com as condições em que o animal se encontra ou de acordo com a complexidade da intervenção.

Saiba mais

Dicas para ministrar medicamentos em pets

Ministrar medicamentos em pets requer o conhecimento de técnicas, além de alguns cuidados essenciais. Os medicamentos líquidos devem ser ministrados com a ajuda de uma seringa de 10 ml, por exemplo. Antes de administrar a medicação, é importante que o animal esteja sentado e tranquilo.

Saiba mais

VET Profissional: dicas para vestir os equipamentos cirúrgicos

Para a preparação de cirurgias em cães e gato, é imprescindível estar atento a vários procedimentos, que serão fundamentais para garantir que não haja qualquer tipo de contaminação ao animal por parte do veterinário. Após reunir a equipe, dentre outros procedimentos, é necessário vestir alguns equipamentos cirúrgicos.

Saiba mais

Anestesias para animais

Para realizar a limpeza de dentes, castração, cirurgia ortopédica ou qualquer outro procedimento cirúrgico, os animais precisam de ser anestesiados. O anestésico será o responsável por garantir que o animal não sinta dor, além de deixa-lo inconsciente por todo o procedimento, evitando que ataquem o veterinário.

Saiba mais

Quais são os instrumentos utilizados para cirurgia em animais?

Na realização de cirurgias em cães, gatos e outros animais de pequeno porte, é fundamental estar atento a cada detalhe, para que esse animal consiga passar por esse procedimento de forma tranquila e sem riscos. Assim como em humanos, para realizar qualquer cirurgia, o médico veterinário precisa estar atento a todos os instrumentos que usará e qual a finalidade de cada um.

Saiba mais

Tire suas dúvidas sobre a castração de cães e gatos!

A castração de cães e gatos ainda é tida como um tabu na nossa sociedade. Muitos donos desses animais de estimação acabam por não realizar o procedimento devido ao que, erroneamente, escutam falar sobre essa cirurgia. Esse procedimento é seguro? O animal sofre? Devo castrar a fêmea antes ou depois do primeiro cio? Esses e outros são alguns dos questionamentos mais comuns.

Saiba mais

Técnicas anestésicas locais em bovinos

A anestesia faz parte da rotina veterinária e é importante para os bovinos. Em termos técnicos, a anestesia consiste na aplicação de medicamentos para eliminar ou aliviar a dor em um local ou de forma generalizada, de modo que seja possível realizar procedimentos cirúrgicos. Cabe ao médico veterinário avaliar o animal e definir qual a melhor forma de aplicação em cada caso.

Saiba mais

Quais são os principais problemas dermatológicos em animais?

Todos os donos de animais sabem que, para que eles vivam bem, é preciso cuidar da sua saúde diariamente. Além da alimentação de qualidade, hidratação, vacinação correta e consultas regulares a um veterinário, é preciso estar atento a outros sinais que podem se manifestar, indicando possíveis problemas que, não tratados, podem prejudicar gravemente o animal.

Saiba mais

Dermatite canina: saiba tudo sobre essa doença

Um dos problemas mais comuns em pets é a dermatite canina. De forma resumida, a dermatite é uma doença na pele do animal, que provoca coceira, vermelhidão e o surgimento de pequenas feridas. Um dos exemplos mais conhecidos dessa doença é a sarna, mas também há outros como a micose e a escabiose.

Saiba mais

Cães: alergia e dermatite alérgica

Por andarem em quase todos os locais da casa e terem contato com diversas substâncias, os cães podem facilmente apresentar alergias e dermatite causada por reação alérgica. Essa doença na pele é muito comum e é resultado de uma reação alérgica quando o animal entra em contato com alguma substância alérgena.

Saiba mais

O que é Neonatologia Veterinária?

Dentro da medicina veterinária são vários os ramos em que o médico veterinário pode se especializar. Pediatria e especialização em equinos, são algumas dessas especializações. Assim como para nós, humanos, também existe uma especialização veterinária que cuida da mãe e observa o comportamento da ninhada: a Neonatologia Veterinária.

Saiba mais

As principais doenças dos suínos

Mariana Costa Fausto, professora do VET Profissional, contextualiza que a suinocultura é um dos nichos de mercado mais atraentes para se investir no Brasil graças às possibilidades de produtividade e rentabilidade. Os números da atividade no país são animadores e têm levado cada vez mais criadores a entrar no ramo.

Saiba mais

Conheça os cuidados técnicos durante a celiorrafia que podem garantir o sucesso de uma cirurgia

Celiotomia é o termo que designa a incisão na cavidade abdominal. Equivocadamente, muitos profissionais a chama de laparotomia, nomenclatura até mais utilizada atualmente, porém que corresponde à incisão na região do flanco. Celiorrafia, por sua vez, é a sutura da cavidade abdominal, de modo que é o procedimento que finaliza a celiotomia.

Saiba mais

FeLV: A doença infecciosa felina que mais mata no Brasil

FeLV é a sigla para Leucemia Viral Felina (do inglês “Feline Leukemia Virus”), doença infectocontagiosa não zoonótica mais relacionada à doença clínica e à mortalidade de felinos no Brasil. Seu nome popularmente é acompanhado pela sigla de outra infecção, a FIV, mas é importante que o médico veterinário esclareça aos tutores que não existe a doença “FIV/FeLV” (embora o animal possa ser diagnosticado com as duas), pois são patologias diferentes, com sinais clínicos distintos.

Saiba mais

Exame ginecológico em éguas: importância, etapas e quando fazer

Apesar de a fertilização e gestação serem o núcleo do processo de reprodução animal, os criadores, baseados em inúmeras pesquisas científicas, entenderam que a obtenção de animais de alto desempenho genético só seria possível mediante valorização de todas as etapas que compõem o manejo reprodutivo. Em relação à criação de equinos, uma dessas etapas que se mostra fundamental é o exame ginecológico completo da égua antes da estação reprodutiva.

Saiba mais

Você sabe qual é a importância das pastagens?

A pastagem é a base da produção de carne e, se bem manejada, pode tornar a atividade mais rentável. Para a engorda e terminação em pasto, o bom manejo das pastagens é fator determinante para o êxito da atividade. Pastagens em processo de degradação levam a queda continua da produtividade e, consequentemente, da rentabilidade. Manejar bem é fundamental para que o desempenho animal seja compatível com as metas propostas de ganho de peso e produção por área.

Saiba mais

Como fazer o manejo sanitário do rebanho?

O manejo sanitário é uma questão crucial para a produção orgânica. O produtor orgânico deve considerar a saúde do consumidor, de quem trabalha na produção, do animal, dos insumos, da propriedade e do meio ambiente, como um todo.

Saiba mais

O sucesso na castração de carneiros? Pré-operatórios seguidos à risca!

A orquiectomia em carneiro é feita através de uma única incisão para exposição inicial dos testículos. A cirurgia se inicia com os procedimentos pré-operatórios e com a preparação do paciente. Importante salientar, nesse momento, que o veterinário precisa anestesiar eficazmente o animal, a fim de que ele não sofra dores durante a realização da castração.

Saiba mais

Precisando fazer exame de urina em éguas? Saiba como!

A coleta de urina em éguas é feita por meio da cateterização vesical ou sondagem vesical. É importante, como primeira medida para a realização do procedimento, fazer a assepsia da vulva para retirar resíduos de fezes e evitar a contaminação ao introduzir a sonda na uretra dos equinos.

Saiba mais

Cateter endovenoso? Conheça a função do Mandril e o Canhão

O mandril é o instrumento do cateter que penetra a pele do paciente e alcança o vaso, por isso, possui uma ponta com bisel. A ponta biselada, por sua vez, deve ser posicionada para cima no momento de penetrar a pele do animal para evitar que a ponta de silicone do tubo do cateter se dobre ao atravessar a veia do paciente.

Saiba mais

Aleitamento artificial em potros: saiba quando indicar

O uso de aleitamento artificial na criação de potros ocorre quando éguas com baixo escore corporal apresentam pouca produção de leite, sendo necessário administrar uma complementação aos potros, afirma Fabiana Garcia Christovão, Doutora em Medicina Veterinária na área de Patologia Animal.

Saiba mais

Mastite: o que é e o que representa no sistema de produção de leite

A mastite é a inflamação do parênquima da glândula mamária. A doença pode ter causas diversas, mas a maior parte das vezes, é causada por bactérias que atingem o interior de um ou mais quartos da mama bovina através dos ductos localizados nos tetos. De acordo com Paolo Antônio Dutra Vivenza, Professor do VET Profissional, “Além das bactérias, outros microrganismos também podem causar a mastite, entre eles: leveduras, fungos, o vírus do Mycoplasma bovis, microrganismo que ocupa posição intermediária entre bactérias e vírus, e algas microscópicas do gênero Prototheca”. É preciso ressaltar que, sob o ponto de vista epidemiológico, a interação entre a resistência do animal, as condições do ambiente e a presença do agente patogênico favorece a ocorrência da mastite no rebanho.

Saiba mais

Úbere abaixo da linha do jarrete é fator para a ocorrência de mastite

O posicionamento ideal de sustentação do úbere deve ser acima da linha do jarrete. Quando o úbere encontra-se abaixo da linha do jarrete fica evidente a frouxidão do sistema de suporte do úbere, especificamente, do ligamento lateral e da inserção anterior. “A ocorrência desse estado é devido ao número de lactações e à idade do animal”, afirma Paolo Antônio Dutra Vivenza, professor do VET Profissional. Observe, na imagem, o posicionamento do úbere abaixo da linha do jarrete.

Saiba mais

Sr. Veterinário, entenda melhor o reflexo da ejeção do leite bovino

Na natureza, o leite é liberado pela vaca quando o bezerro mama. Já nos rebanhos de gado leiteiro, as vacas devem ser treinadas e condicionadas para responder aos estímulos do ordenhador e do equipamento de ordenha, quando esta é feita sem a presença do bezerro posicionado ao pé do animal. As células mioepiteliais que compõem o alvéolo, por sua vez, encontram-se sujeitas ao controle hormonal. Quando são estimuladas, contraem e causam a ejeção do leite para a fora do alvéolo. Dessa forma, é possível fazer a extração por meio da ordenha mecânica.

Saiba mais

Sr. Veterinário, entenda mais sobre pets com problemas neurológicos

Precisando estudar a fisioterapia e reabilitação de pets acometidos por problemas neurológicos? Pois bem, em caso de lesões neurológicas, a fisioterapia é importante para a recuperação e manutenção do paciente. Pacientes com lesão medular, por exemplo, apresentam diversos problemas de locomoção. Nesses casos, a fisioterapia tem como principal função, reestabelecer o animal novamente na vida social

Saiba mais

Sr. Veterinário, entenda mais sobre as proteínas

Todas as proteínas são formadas a partir de um mesmo conjunto de 20 aminoácidos, também denominados de aminoácidos essenciais, ligados covalentemente em sequências lineares. As células são formadas por diversas proteínas. A estrutura das proteínas é formada por cadeias polipeptídicas que sempre são adicionadas a um grupo Amino e a um grupo Carboxílico. A formação dessa estrutura é comandada pelo DNA, de acordo com a necessidade de cada uma das células e do organismo animal.

Saiba mais

Sr. Veterinário: um pouco mais sobre homeostase e seus mecanismos

Homeostase ou homeostasia, especialmente nos seres vivos, é a propriedade de um sistema aberto em regular o seu ambiente interno, de modo a manter a condição estável de seus mecanismos. Em grego a palavra homeostase significa: Homeo – similar e Stasis - estático. Nesse sentido, a homeostase tenta manter de forma estática ou equilibrada das reações fisiológicas que acontecem dentro do organismo do animal

Saiba mais

Sr. Veterinário, saiba mais sobre o reflexo da ejeção do leiteira

Na natureza, o leite é liberado pela vaca quando o bezerro mama. Já nos rebanhos de gado leiteiro, as vacas devem ser treinadas e condicionadas para responder aos estímulos do ordenhador e do equipamento de ordenha, quando esta é feita sem a presença do bezerro posicionado ao pé do animal. “As células mioepiteliais que compõem o alvéolo encontram-se sujeitas ao controle hormonal. Quando são estimuladas, contraem e causam a ejeção do leite para a fora do alvéolo. Dessa forma, é possível fazer a extração por meio da ordenha mecânica”, explica Paolo Vivenza, professor do VET Profissional.

Saiba mais

Estudando farmacodinâmica? Conheça seus conceitos básicos

Farmacodinâmica é o estudo das alterações bioquímicas ou fisiológicas causadas no organismo pelos fármacos. A resposta decorrente dessa ação é o efeito do medicamento. “Para entender a diferença entre absorção local e absorção sistêmica serão apresentados dois medicamentos utilizados na pele do animal para controle de pulga e carrapato e suas diferenças”

Saiba mais

Sr. Veterinário: aprenda sobre o bloqueio do nervo maxilar de cães

O nervo maxilar emerge pelo forame maxilar e é responsável por irrigar um dos lados da face do cão, explica Luís Eugênio Franklin Augusto, Professor do VET Profissional. O bloqueio desse nervo permite dessensibilizar a parte superior rostral e arcada superior do animal (teto da cavidade nasal, palato duro, palato mole, focinho, lábio superior, dentes incisivos e caninos superiores, dentes molares e pré-molares de um dos lados da face do paciente).

Saiba mais

Água de má qualidade mata muitas galinhas, você sabia?

A qualidade da água a ser consumida é de extrema importância para a sanidade do plantel avícola. “É costume falar que se a água não está boa para consumo humano, também não está boa para consumo animal”, afirma Marcelo Dias, Professor do VET Profissional.

Saiba mais

Debicagem: importante processo no manejo de galinhas poedeiras

Um processo importante no manejo das poedeiras é a debicagem, realizado para evitar desperdício de ração, canibalismo e agressividade entre os animais. Esse método, por se tratar de um corte feito no bico das aves, também tem sido muito questionado pelos ativistas do bem-estar animal, mas ainda é bastante utilizado nas granjas.

Saiba mais

Avaliação ginecológica em vacas: por que fazer?

A ultrassonografia em reprodução animal, tanto relacionada a bovinos de corte quanto de leite, possibilita uma avaliação ginecológica mais precisa, executando exames de fêmeas para protocolos de IATF (inseminação artificial em tempo fixo) e TETF (transferência de embriões em tempo fixo).

Saiba mais

Sr. Veterinário, nesta aula um pouco mais sobre as células

As células possuem um ciclo de vida em que crescem, reproduzem e morrem. As que estão no período de crescimento passam por aumento quantitativo de moléculas e de material genético. A reprodução celular, por sua vez, corresponde à partição do núcleo e do citoplasma em duas células. “A reprodução celular é proporcional o aumento exponencial de células até a fase adulta do animal na qual o crescimento do organismo cessa”, explica Waleska de Melo Ferreira Dantas, professora do VET Profissional.

Saiba mais

Receba Mais Informações